Administração do Conhecimento nas Organizações

1,065 views

Published on

Seminário Apresentado na Disciplina gestão de Unidades de informação no Campus da UFC no Cariri

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,065
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
178
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Administração do Conhecimento nas Organizações

  1. 1. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA HOLÍSTICA CONSULTORIA JR. Razão Social: Empresa de Consultoria e Serviços Informacionais. Nome Fantasia da Empresa: HOLÍSTICA Consultoria. Endereço: Avenida Carlos Cruz, Bairro Franciscano, CEP: 63010 – 420, Nº 1222, Juazeiro do Norte – CE. 2 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  2. 2. Diretoria Executiva NAIRA MICHELLE ALVES PEREIRA - Líder TATIANE PEREIRA JORGE – Comunicação MARIA VENDERLEIA DE SOUSA – Criativa ERIVANA D ‘ARC DANIEL DA SILVA FERREIRA – Estratégico LÍVIA DE SOUSA RODRIGUES - Redatora 3 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  3. 3. HOLÍSTICA Consultoria Missão: atuar no âmbito informacional em seus diferentes ramos profissionais e mercadológicos, prezando sempre pela qualidade, inovação e aprimoramento dos seus serviços e consultoria. Visão: Estabelecer-se em curto prazo na Região Nordeste como referência na prestação de serviços e consultoria informacional, a médio prazo, estender-se nacionalmente e a longo prazo, internacionalmente. Valores: Ética, Responsabilidade, Interatividade, Criatividade, Inovação, Tecnologia, Cooperação, Coletividade, Respeito, Dedicação, Visão Holística. 4 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  4. 4. Estrutura Organizacional Líder Estratégico CriativoRedação Comunicação 5 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  5. 5. Ciclo Operacional da Holística Consultoria Líder Estratégico Criativo Redação Comunicação Responsável pela Supervisão, monitoramento, Orientação, Administração. Planejamento e execução de sistemas, métodos e estratégias organizacionais. Desenvolvimento de projetos de Inovação, Inteligência Criativa de novos serviços, consultorias e tecnologias, através de um conjunto de habilidades cognitivas Gerir e registrar informações e protocolar ações da empresa através de atas, ofícios e termos. Responsável pelo fluxo informacional e geração de conteúdos e propagandas de serviços e consultorias, bem como a promoção da marca: HOLÍSTICA Consultoria e relações externas 6 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  6. 6. ADMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 7 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  7. 7. Agenda da HOLÍSTICA Consultoria • Abordagem Humanística: O papel de Abraham Maslow; • Pirâmide de Maslow; • Administração do Conhecimento; • Diretrizes da Administração do Conhecimento; • Conhecimento nas Organizações; • Gestão da Informação; • Gestão do Conhecimento; • Diretrizes da Gestão do Conhecimento; • Aplicação dos conceitos na Fundação Casa Grande: uma análise da Gestão do conhecimento na instituição. 8 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  8. 8. Abordagem Humanística O papel de Abraham Maslow Abraham Maslow foi o psicólogo que fundou o que mais tarde veio a ser conhecido como a escola humanista da psicologia. Seu principal tema de estudo foi a motivação humana. 9 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  9. 9. Maslow desenvolveu a “hierarquia de necessidades”, que explica a motivação e o comportamento das pessoas como resultado de diferentes conjuntos de necessidades que as impelem. 10 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  10. 10. Maslow classificou nossas necessidades em cinco categorias em ordem ascendente: 1. Necessidades psicológicas; 2. Necessidades de segurança; 3. Necessidades de amor e de pertencimento; 4. Necessidades de estima; 5. Necessidades de auto-realização. 11 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  11. 11. Pirâmide de Maslow 12 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  12. 12. Abordagem Humanística da Administração ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 13
  13. 13. Representa transparência colocada nos aspecto técnicos e formais da Administração para os aspectos sociológicos e psicológicos do trabalho. • Distingue-se entre dois assuntos:  A análise do trabalho e adaptação do trabalhador ao trabalho;  A adaptação do trabalho ao trabalhador. 14 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  14. 14.  A necessidade de humanizar e democratizar a administração;  O desenvolvimento das chamadas ciências humanas;  As conclusões das experiências de Hawthorne. Origens da Abordagem humanística 15 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  15. 15. • Propõe determinar a relação entre a intensidade da iluminação e a eficiência dos operários; • Western Electric Company; • A experiência aconteceu em três fases. A experiência de Hawthorne 16 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  16. 16. Verificou-se a descoberta do fator psicológico preponderante sobre o fator fisiológico. Ambiente Constante Iluminação Intensificada Produtividade semelhantes Grupo 1 Grupo 2 17 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  17. 17. • Retornaram o trabalho as condições originais e mesmo assim, houve um crescimento na produtividade. 2ª FASE Introdução de novas variáveis •Horário de descanso; •Lanches; •Reduções de trabalho; •Sistema de Pagamento. Crescimento na Produtividade 18 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  18. 18. • Programa de entrevista; • Entrevistados 21.126 operários; • Organização informal; • Resultando a união dos operários entre si ou para com a empresa, que divididos poderiam trazer conflitos, tensão, inquietação e provável descontentamento. 3ª FASE 19 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  19. 19. Nesta última fase foi possível o estudo das relações entre a organização informal dos operários e a organização formal da fábrica. Constantemente observados Percebeu-se artimanhas dos operários para redução do trabalho Redução do trabalho Operadores Soldadores Inspetores 20 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  20. 20. • Nível de produção resultante da integração social; • Comportamento social dos empregados; • As recompensas e sanções sociais; • Grupos informais; • As relações humanas; • A importância do conteúdo de cargo; • Ênfase nos aspectos emocionais. Conclusão da Experiência de Hawthorne 21 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  21. 21. • A abordagem Humanística constituiu-se na mais ferrenha oposição à Teoria Clássica e seus preceitos apresentando evidências da existência de outros aspectos envolvendo a produtividade humana nas organizações de natureza não mecanicista ou operacional. • Essa teoria abordou o lado humano das organizações. 22 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  22. 22.  Trata a organização como uma máquina  Enfatiza as tarefas ou a tecnologia  Inspirada em sistemas de engenharias  Autoridade centralizada  Linhas claras de autoridade  Especialização e competência Técnica  Acentuada divisão do trabalho  Confiança nas regras e nos regulamentos  Clara separação entre linha e Staff. Comparação Trata a organização como um grupo de pessoas Enfatiza as pessoas Inspirada em sistema de Psicologia Delegação plena de autoridade Autonomia do empregado Confiança e abertura Ênfase nas relações humanas entre as pessoas Confiança nas pessoas Dinâmica grupal e interpessoal Teoria Clássica Teoria das Relações Humanas 23 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  23. 23. • Procura explicar por que as pessoas se comportam de maneiras diferentes; • A compreensão da motivação do comportamento humano exige o conhecimento das necessidades humanas fundamentais; • A motivação se refere ao comportamento que é causado por necessidades dentro do indivíduo e que é dirigido em direção aos objetivos que podem satisfazer essas necessidades. Influência da Motivação Humana 24 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  24. 24. Ciclo Motivacional Satisfação Equilíbrio Estímulo ou Incentivo Necessidade Tensão Comportamento ou ação 25 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  25. 25. • O organismo humano permanece em estado de equilíbrio psicológico; • Um estimulo rompe e cria uma necessidade; • Essa necessidade provoca tensão em substituição ao anterior estado de equilíbrio; • A tensão conduz a um comportamento capaz de atingir alguma forma de satisfação dessa necessidade. As etapas do ciclo Motivacional 26 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  26. 26. Ciclo Motivacional com barreiras Barreira Equilíbrio Estímulo ou Incentivo Necessidade TensãoComportamento ou ação Frustração 27 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  27. 27. • Quando a satisfação é bloqueada por alguma barreira, ocorre a frustração; • Gera uma tensão interno no indivíduo deixando em intenso estado de desequilíbrio; • Quando o indivíduo tenta satisfazer essa tensão por meio da satisfação de outra necessidade complementar ocorre a compensação; • A satisfação de outra necessidade evita a frustração. Ciclo Motivacional com barreiras 28 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  28. 28. Dentro dessa perspectiva, verificou-se que a motivação no sentido psicológico, é a tensão persistente que leva o indivíduo a alguma forma de comportamento visando a satisfação de uma ou mais determinadas necessidades.Toda a necessidade humana pode ser satisfeita, frustrada ou compensada. 29 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  29. 29. Administração do Conhecimento A administração do conhecimento reflete a organização capaz de se renovar e inovar continuamente. É um conceito que envolve o coração e a mente dos funcionários em uma mudança contínua, harmoniosa e produtiva, projetada para atingir os resultados desejados pela organização. Todas as organizações possuem conhecimento organizacional: a capacidade de executar coletivamente tarefas que as pessoas não conseguem fazer atuando de forma isolada. ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 30
  30. 30. Diretrizes da Administração do Conhecimento Dimensões Infra-estrutura Organizacional Pessoas Tecnologia Essa Três dimensões são estratégias executadas pela administração do conhecimento para a organização se tornar hábil a Gestão do Conhecimento em prol do aprimoramento, inovação e ensinamento. 31 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  31. 31. Conhecimento nas Organizações No âmbito das organizações o conhecimento pode ser: •Conhecimento Tácito; •Conhecimento Explícito. 32 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  32. 32. A Administração do Conhecimento deve ser particularmente hábil na gestão do conhecimento organizacional,uma vez que o aprendizado não deve ser reativo, mas sim intencional, eficaz e conectado ao objetivo e à estratégia da organização[...]. [Buscando] desenvolver o conhecimento e as habilidades que capacitem os funcionários a compreender e agir efizcamente dentro das organizações. 33 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  33. 33. Gestão da Informação É um processo que consiste nas atividades de busca, identificação, classificação, armazenamento e disseminação da informação. Gestão da Informação consiste em recursos que se pode comprar, a fim da organização do conhecimento explícito, portanto se constitui de um processamento técnico. É uma aquisição que qualquer organização pode TER. 34 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  34. 34. Gestão do Conhecimento Apontada como um novo vetor da administração, a Gestão do Conhecimento (GC) é muito mais um modo de ser (praticar) do que um recurso que se pode comprar é algo que se constrói com o trabalho, coerência e dedicação. (FIGUEIREDO, Saulo). 35 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  35. 35. Diretrizes da Gestão do Conhecimento Alavancar Multiplicar Gerar Riquezas Capital Intelectual e Conhecimento da Organização A GC é um conjunto de técnicas, posturas e condutas dedicadas ao zelo do saber organizacional. É uma viagem e não um ponto de chagada. É uma conquista e não uma aquisição. É mais SER do que ter. 36 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  36. 36. Aplicação dos Conceitos na Fundação Casa Grande 37 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  37. 37. Diretrizes Identificadas na Fundação Casa Grande • Administração conhecimento; • Autocontrole; • Autogestão; • Criatividade; • Coletividade; • Cooperação; • Auto-estima; • Visão Holística; • Autodeterminação. 38 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  38. 38. Administração do Conhecimento na Fundação Casa Grande A HOLÍSTICA Consultoria procurou identificar através de uma análise baseada nas três dimensões constitutivas da organização do conhecimento: infra-estrutura, pessoas e tecnologias, como a Fundação Casa Grande configura sua gestão em uma possível administração do conhecimento. 39 ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  39. 39. Resultados Percebemos que esta Fundação se encaixa nas dimensão de infra-estrutura, pois inicialmente implementa em seus gestores uma visão holística, trabalhando a cultura da organização e buscando um estilo gerencial que rompa com as características de comando e controle, passando a ser uma gestão participativa. Nesse contexto a figura do líder e seu perfil funcional assumem novas configurações, através de uma visão compartilhada, se encaixando assim na segunda dimensão da organização do conhecimento (pessoas), que destaca a necessidade de se considerar o agente humano nas organizações como artífice criador do conhecimento por meio de um trabalho criativo. ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 40
  40. 40. Resultados No caso da terceira dimensão (tecnologia), identificou-se o uso de computadores e redes, como ferramentas para criar, armazenar, resgatar e distribuir conhecimento desenvolvidos internamente, em um trabalho participativo e criativo dos gestores para a comunidade, presentes nas seguintes unidades de informação da Fundação: Biblioteca, DVDteca, Gibiteca, Rádio Casa Grande FM, TV, editora e teatro. ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 41
  41. 41. Referência OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de; SILVA, Edison Aurélio da. Gestão Organizacional: descobrindo uma chave de sucesso para negócios. [S.l]: Editora Saraiva, 2006. CABRAL,Paulo. evolução do pensamento administrativo. Disponível em:< www.gestaopedagogica.com.br> .Acesso em: 01 nov. 2010. ADIMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES 42

×