Your SlideShare is downloading. ×
0
TEORIA E PRÁTICACIENTÍFICA<br />Nayara de Cassia Gaban – RA: 404977<br />
Objetivo do capítulo:<br />Aproximar o significado de ciência como construção do conhecimento;<br />Mostrar sua formação h...
Ciência<br />Enlace de uma malha teórica com dados empíricos; articulação do lógico com o real; do teórico com o empírico;...
Quando e como surgiu a ciência:<br />A Ciência surge na modernidade se caracterizando como uma leitura da fenomenalidade d...
O método como caminho do conhecimento científico<br />“A percepção de uma situação problemática que envolve um objeto é o ...
Método científico<br />Elemento fundamental do processo do conhecimento realizado pela ciência para diferenciá-la não só d...
Passos do método científico<br />Hipótese: proposição explicativa provisória de relações entre fenômenos;<br />Verificação...
Passos do método científico<br />O método científico é um método experimental/matemático:<br /><ul><li>Momento experimenta...
Momento matemático, está em curso a fase dedutiva(procedimento lógico, raciocínio);</li></li></ul><li>
Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />“Depois de conhecer o mundo físico mediante a aplicação da metodologi...
Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />A ciência tornou-se instância hegemônica de conhecimento na modernida...
Ciências humanas<br />Homem e suas manifestações tratados idênticos aos fenômenos naturais;<br />Ser natural, como todos o...
Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />Ao fazer ciência, parte-se de uma determinada concepção acerca da nat...
Paradigmas epistemológicos<br />Paradigmas epistemológicos alternativos > PLURALISMO PARADIGMÁTICO; pois ao tentar compree...
Positivismo <br />Paradigmas epistemológicos com os pressupostos das ciências naturais = Positivismo;<br />“Põe” o conheci...
Método experimental-matemático<br />Novo método próprio, adequado para apreender as relações fenomenais e mensurá-las quan...
A formação das ciências humanas e os novos paradigmas epistemológicos<br />
A formação das ciências humanas e os novos paradigmas epistemológicos<br />Á partir do séc. XIX foram se constituindo as C...
Novas referências teórico-metodológicas<br />FUNCIONALISMO: A sociedade humana e a cultura são como um organismo, cujas pa...
Outros modos de conceber a relação de reciprocidade entre sujeito e objeto<br />FENOMENOLOGIA: Todo conhecimento fatual (a...
Condição e condutas humanas – paradigma dialético<br />Totalidade;<br />Historicidade;<br />Complexidade;<br />Dialeticida...
Modalidades e metodologias de pesquisa científica<br />A ciência se constitui aplicando técnicas, seguindo um método e apo...
Referências<br /> Ciências humanas. Disponível em:<http://www.guiadacarreira.com.br/wp-content/uploads/2009/06/humanas.jpg...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cap.3 Teoria e prática científica - Antonio Severino

12,536

Published on

Slide do Cap.3 Teoria e prática científica de Antonio Severino. Elaborado por: Nayara Gaban.

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
12,536
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
233
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Cap.3 Teoria e prática científica - Antonio Severino"

  1. 1. TEORIA E PRÁTICACIENTÍFICA<br />Nayara de Cassia Gaban – RA: 404977<br />
  2. 2. Objetivo do capítulo:<br />Aproximar o significado de ciência como construção do conhecimento;<br />Mostrar sua formação história e sua constituição teórica.<br />
  3. 3. Ciência<br />Enlace de uma malha teórica com dados empíricos; articulação do lógico com o real; do teórico com o empírico; do ideal com o real;<br />A ciência é simultaneamente um saber teórico (explica o real) e um poder prático (maneja o real pela técnica).<br />
  4. 4. Quando e como surgiu a ciência:<br />A Ciência surge na modernidade se caracterizando como uma leitura da fenomenalidade do mundo natural, se apoiando em alguns pressupostos filosóficos;<br />Começou á cumprir um roteiro preciso, em função de um método e aplicações técnicas, referindo-se á um fundamento epistemológico que sustente e justifique a própria metodologia aplicada;<br />
  5. 5. O método como caminho do conhecimento científico<br />“A percepção de uma situação problemática que envolve um objeto é o fator que desencadeia a indagação científica”. (SEVERINO, p. 102).<br />
  6. 6. Método científico<br />Elemento fundamental do processo do conhecimento realizado pela ciência para diferenciá-la não só do senso comum, mas também das demais modalidades de expressão da subjetividade humana, como a filosofia, a arte, a religião, etc.;<br />É aonde se procura saber exatamente porque tais fatos ocorrem de tais maneiras, para isso, não basta observá-los, é necessário olhar para eles e problematizá-los em uma ordem racional e lógica.<br />
  7. 7. Passos do método científico<br />Hipótese: proposição explicativa provisória de relações entre fenômenos;<br />Verificação experimental: teste da hipótese;<br />Lei: princípio geral que unifica uma série ilimitada de fatos;<br />Teoria: síntese geral que se propõe a explicar um conjunto de fatos cujos subconjuntos foram explicados pelas leis;<br />
  8. 8. Passos do método científico<br />O método científico é um método experimental/matemático:<br /><ul><li>Momento experimental: está em curso a fase indutiva(princípio geral, universal, generalização dos fatos);
  9. 9. Momento matemático, está em curso a fase dedutiva(procedimento lógico, raciocínio);</li></li></ul><li>
  10. 10. Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />“Depois de conhecer o mundo físico mediante a aplicação da metodologia experimental/metamática, a ciência se propôs a conhecer também o mundo humano, seguindo o mesmo caminho”... (SEVERINO, p. 106).<br />
  11. 11. Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />A ciência tornou-se instância hegemônica de conhecimento na modernidade;<br />Única modalidade de conhecimento válido, universal e verdadeira, existência de um único método;<br />Através dessa perspectiva de unicidade metodológica se desenvolveram os sistemas das Ciências Naturais e das Ciências Humanas;<br />
  12. 12. Ciências humanas<br />Homem e suas manifestações tratados idênticos aos fenômenos naturais;<br />Ser natural, como todos os demais ( Naturalismo);<br />Submisso as leis de regularidade (Determinismo);<br />Acessível aos procedimentos de observação e experimentação (Experimentalismo e Racionalismo);<br />
  13. 13. Os fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />Ao fazer ciência, parte-se de uma determinada concepção acerca da natureza do real e acerca do seu modo de conhecer > pressupostos > paradigmas > paradigmas epistemológicos;<br />
  14. 14. Paradigmas epistemológicos<br />Paradigmas epistemológicos alternativos > PLURALISMO PARADIGMÁTICO; pois ao tentar compreender/explicar cientificamente o que é homem em sua especificidade constatou-se que há várias possibilidades de como se conceber a relaçãosujeito/objeto, podendo-se ter também várias formas de compreensão/explicação do modo de ser do homem.<br />
  15. 15. Positivismo <br />Paradigmas epistemológicos com os pressupostos das ciências naturais = Positivismo;<br />“Põe” o conhecimento a respeito do mundo, mas o faz a partir da experiência que tem da manifestação dos fenômenos;<br />Entende que o mundo é aquilo que ele se mostra fenomenalmente, a apreensão de seus fenômenos sendo feita através de uma experiência controlada, qual são eliminadas das interferências qualitativas.<br />
  16. 16. Método experimental-matemático<br />Novo método próprio, adequado para apreender as relações fenomenais e mensurá-las quantativamente, cuja aplicação possibilitará ao homem ampliar a aprofundar seu conhecimento da natureza, a tal ponto que passará a ter o poder de interferir nos objetos, transformando-o pela técnica.<br />
  17. 17. A formação das ciências humanas e os novos paradigmas epistemológicos<br />
  18. 18. A formação das ciências humanas e os novos paradigmas epistemológicos<br />Á partir do séc. XIX foram se constituindo as Ciências Humanas;<br />Homem como objeto de conhecimento;<br />Não se prevalece mais o paradigma epistemológico único representado pelo positivismo;<br />Outros paradigmas e pressupostos ontológicos podem ser utilizados;<br />Outros pressupostos epistemológicos são assumidos para fundamentar o conhecimento do homem (pluralismo epistemológico).<br />
  19. 19. Novas referências teórico-metodológicas<br />FUNCIONALISMO: A sociedade humana e a cultura são como um organismo, cujas partes funcionam para atender ás necessidades do conjunto. Identifica relações funcionais, descreve seus processos e explicita suas articulações no interior da sociedade;<br />ESTRUTURALISMO: Interdependência entre as partes, de tal forma que as alterações que ocorrerem num elemento acarretam alteração em cada um dos outros elementos do sistema, atingindo todo o conjunto.<br />
  20. 20. Outros modos de conceber a relação de reciprocidade entre sujeito e objeto<br />FENOMENOLOGIA: Todo conhecimento fatual (aquele das ciências fáticas ou positivas) funda-se num conhecimento originário (o das ciências eidéticas).<br />HERMENÊUTICA: Todo conhecimento é necessariamente uma interpretação que o sujeito faz a partir das expressões simbólicas das produções humanas, dos signos culturais; investigação antropológica.<br />ARQUEOGENEALOGIA: Prioriza inclusive na ordem do conhecimento, outras dimensões que não aquela da lógica racional.<br />DIALÉTICA: Reciprocidade entre sujeito/objeto eminentemente como uma interação social que vai se formando ao longo do tempo histórico.<br />
  21. 21. Condição e condutas humanas – paradigma dialético<br />Totalidade;<br />Historicidade;<br />Complexidade;<br />Dialeticidade;<br />Praxidade;<br />Cientificidade;<br />Concreticidade.<br />
  22. 22. Modalidades e metodologias de pesquisa científica<br />A ciência se constitui aplicando técnicas, seguindo um método e apoiando-se em fundamentos epistemológicos;<br />Pesquisa quantitativa e pesquisa qualitativa: referem-se á conjuntos de metodologias, envolvendo, eventualmente, diversas referências epistemológicas;<br />Pesquisa etnográfica: visa compreender, na sua cotidianidade, os processos do dia-a-dia em suas diversas modalidades.<br />
  23. 23. Referências<br /> Ciências humanas. Disponível em:<http://www.guiadacarreira.com.br/wp-content/uploads/2009/06/humanas.jpg> Acesso em: 17 de set. de 2011.<br /> <br />Método científico. Disponível em: <http://astropt.org/blog/wp-content/uploads/2011/08/Image1.gif> Acesso em: 16 de set. de 2011.<br /> <br />Metodologia da pesquisa científica. Disponível em: <http://2.bp.blogspot.com/_sL1ozLKUMqA/SjWUK8PfYRI/AAAAAAAAAw4/brS3EmM1OYs/s400/metodologia_da_pesquisa_cientifica.png> Acesso em: 16 de set. de 2011.<br /> <br />Pesquisa. Disponível em: <http://ppgci.eci.ufmg.br/bimgs/pesquisa.jpg> Acesso em: 16 de set. de 2011.<br />SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 2007. Capítulo III: Teoria e prática científica, p. 99-119.<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×