• Save
Personalismo e historicismo axiológico de Miguel Reale - Filosofia jurídica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Personalismo e historicismo axiológico de Miguel Reale - Filosofia jurídica

on

  • 1,870 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,870
Views on SlideShare
1,870
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Personalismo e historicismo axiológico de Miguel Reale - Filosofia jurídica Presentation Transcript

  • 1. PERSONALISMOEHISTORICISMO AXIOLÓGICOILHÉUS-BA2013FACULDADE DE ILHÉUS - CESUPI
  • 2. FILOSOFIA JURÍDICADISCENTES:Antonio Santos Jr.Gilmário CarvalhoHigia PollianaItamar AraújoNadson Morais DOCENTE:Marco Antonio
  • 3. INTRODUÇÃOTEMA: Personalismo e historicismo axiológicoOBJETIVO GERAL:Elucidar questões que permeiam e norteiam oPersonalismo e historicismo axiológico da teoriatridimensional de Miguel Reale.OBJETIVOS ESPECÍFICOS:Analisar historicamente o Personalismo e historicismoaxiológicoApresentar os critérios abordados pelos ilustres pensadoresDescrever o processo da dimensão do Direito.
  • 4. PERSONALISMOVisão particular das coisas de um ponto devista muito pessoal, onde o sistema filosóficoé que afirma a integral valorização dapessoa humana em sua totalidade, natranscendência da Natureza e na superaçãodo individualismo.
  • 5. HISTORICISMOEstudo de um tema iluminado especialmentepor sua origem e desenvolvimento, sendouma teoria que enfatiza a importância dahistória como padrão de valor e determinantede acontecimentos.
  • 6. AXIOLÓGICOAxiológico é um termo que se refere a tudoaquilo que tem caráter de um valor ou queconstitui uma axiologia, isto é, os valorespredominantes em uma determinadasociedade.
  • 7. PERSONALISMOEHISTORICISMO AXIOLÓGICOÉ situar os valores na teoria dos objetos etranscendência da natureza que vaiapresentar as suas principais característicasque consigna como que a cultura deve sercompreendida em tal realidade humanaconstituída pela pessoa no transcorrer dahistória.
  • 8. HISTÓRIAInicio: Ano 1953;A publicação dos dois primeiros livros daFilosofia do Direito;O merecimento de obter a atenção de algunspensadores nacionais e estrangeiros;Criando reparos e necessariamenteinduzindo o reexame de algumas posiçõesassumidas.
  • 9. A CONTROVÉRSIAAutores:Miguel Reale;Hans Kelsen;Josef L. Kunz;Max Scheler;Hermes Lima.
  • 10. NEOTOMISMOÉ o sistema filosófico abordado por SãoTomás de Aquino, no seio da modernidadeque representa o ponto mais elevado daescola escolástica medieval sendo, porém, odestaque na mediação da acesaproblemática que ocupou na filosofiamedieval na tentativa de definir uma posiçãoquanto ao problema de realismo e de(nominalismo) “é apenas um nomeacompanhado de uma imagem individual”.
  • 11. A PERCEPÇÃOAbstraçãoAnáliseEssência
  • 12. FUNDAMENTAÇÃOINICIA-SE:CRISTIANISMOJUSNATURALISMOPOSITIVISMO
  • 13. A POLARIDADE DO HOMEMÉ identificado pelo ser em três partes:“Ser passado” ;“Ser futuro ”;“Dever ser” .
  • 14. A INTEGRAÇÃOA relação do Direito na teoria tridimensional deMiguel Reale:Norma ou Validade técnico-jurídica O Direito é visto como ordenamento.Fato ou Eficácia socialO Direito é observado como fato.Valor ou Validade éticaO Direito é tido como valor de justiça.
  • 15. CONCLUSÃOEsse seminário nós proporcionou uma visãomais detalhada a cerca da importância daTeoria Tridimensional de Miguel Reale para aformação do aplicador do Direito. Esta teoriaesta diretamente vinculada ao modo deinterpretação do acontecimento jurídico, ouseja, este pode ser analisado e interpretadode acordo com focos distintos, poréminterligados. Dessa maneira, demonstra quea mesma situação pode ser encarada pordiversos olhares e necessita de sensibilidadee foco de trabalho por parte do aplicador dedireito.
  • 16. OBRIGADOCultura é o amplo e variado espectro desuas investigações, tanto sob o ponto devista cronológico, desde o estudo do homempré-histórico, como no da pesquisa que seestende das ciências naturais às humanas,das positivas às transcendentais.Miguel Reale