Sistemas de controle de estoques
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Sistemas de controle de estoques

on

  • 2,796 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,796
Views on SlideShare
2,716
Embed Views
80

Actions

Likes
0
Downloads
38
Comments
0

5 Embeds 80

https://cursosrapidosonline.com.br 50
https://www.cursosonlinecursos.com.br 22
http://cesbonline.com.br 5
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 2
https://cesbonline.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Sistemas de controle de estoques Sistemas de controle de estoques Presentation Transcript

    • SISTEMAS DE CONTROLES DE ESTOQUES Murilo Toledo
    • INTRODUÇÃO Descobrir fórmulas para reduzir estoques sem afetar o processo produtivo e sem o crescimento dos custos é um dos maiores desafios dos empresários.
    • Quanto? E Quando? • Quanto? • Quando? Definido pelo LEC Determinado pelo P.P. Considera os recursos ilimitados e abundantes. Consumo previsto durante o tempo de reposição.
    • Sistema duas gavetas • É o mais simples para controlar os estoques. Por sua simplicidade, é recomendável a utilização para as peças classe C. A sua grande vantagem consiste numa substancial redução de processo burocrático. • Imaginemos duas caixas, A e B.
    • Sistema duas gavetas • O estoque que inicia o processo é armazenado nessas duas caixas ou gavetas. • A caixa A tem uma quantidade de material suficiente para atender ao consumo durante a TR + Es • A caixa B possui um estoque equivalente ao consumo previsto no período. As requisições que chegam ao almoxarifado são atendidas pelo estoque da caixa B.
    • Sistema duas gavetas • Quando o estoque da caixa B chega a zero, deverá ser providenciada uma reposição de material. • Para não interromper o ciclo de atendimento, passase a atender às requisições pelo estoque da caixa A.
    • Sistema duas gavetas • Quando o material chegar, deve-se então completar o nível de estoque da caixa A e o saldo, completar a caixa B, voltando-se a consumir o estoque da caixa B.
    • Sistema dos máximos - mínimos Pelas dificuldades para determinação do consumo e pelas variações do tempo de reposição é que usamos o sistema de máximos e mínimos, também chamado de quantidades fixas. A principal vantagem desse método é uma razoável automatização do processo de reposição, que estimula o uso do lote econômico, em situações em que ele pode ser usado naturalmente, e abrange os itens das classes A, B e C.
    • Sistema dos máximos - mínimos O sistema consiste em: a)Determinação dos consumos previstos para o item desejado; b)Fixação do período de consumo previsto em a; c)Cálculo do ponto do pedido em função do tempo de reposição do item do fornecedor; d)Cálculo dos estoques mínimos e máximos; e e)Cálculo dos lotes de compra.
    • Sistema dos máximos - mínimos Pelo gráfico podemos identificar todos os níveis de estoque e concluir que PP, e o Lote de Compra Q, são fixos e constantes, e as reposições são em períodos variáveis, sempre acontecendo quando o nível de estoque alcança o ponto de pedido.
    • Sistema das revisões periódicas Por esse sistema, o material é reposto periodicamente em ciclos de tempo iguais, chamados períodos de revisão. A quantidade pedida será a necessidade da demanda do próximo período.
    • Sistema das revisões periódicas A dificuldade desse método é a determinação do período entre revisões; diversos aspectos devem ser analisados, sendo que: Uma periodicidade alta entre as revisões acarreta um estoque médio alto, e, como consequência, um aumento no custo de estocagem; Uma periodicidade baixa entre as revisões acarreta um baixo estoque médio, e, como consequência, um aumento no custo de pedido e risco de ruptura.
    • Sistema das revisões periódicas Para minimizar riscos, é preciso: Definir o volume dos materiais a comprar; Listar os itens de uso comum para serem processados simultaneamente; Executar uma compra única; Efetuar compras e entregas programadas, optando pela determinação das periodicidades mais convenientes das necessidades.
    • Os sistemas de planejamento de materiais preocupam-se basicamente com o dimensionamento correto dos estoques. Redução de custo ou maximização de lucro, provenientes de uma perfeita adequação dos estoques ao tamanho das necessidades, podem ser alcançadas através da utilização de métodos e sistemas de planejamento e controle especialmente projetados para esta finalidade.
    • Referência Dias, Marco Aurélio P. Administração de Materiais: princípios, conceitos gestão 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2011. e