• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Curva abc
 

Curva abc

on

  • 6,007 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,007
Views on SlideShare
6,007
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
198
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Curva abc Curva abc Presentation Transcript

    • Murilo Toledo Curva ABC
    • A História da Curva ABC O principio básico da curva ABC é a regra de Pareto, muito conhecida como regra 80 – 20. No final do século XIX, este italiano, desenvolveu um estudo para verificar o comportamento da distribuição de renda da população. O resultado foi a constatação de que a riqueza estava concentrada em uma pequena parcela da população, mais exatamente na proporção de 80% da riqueza sendo acumulada por 20% da população. Algum tempo depois, após a 2ª Guerra Mundial, F. Dixie, engenheiro da GE, aplicou o princípio de Pareto sobre os itens existentes no estoque da empresa. O resultado da pesquisa não foi surpreendente: 8% dos itens em estoque representavam aproximadamente 75% do valor do estoque no período estudado. E, 67% dos itens, apenas 5% do valor, o que comprovou o princípio de forte concentração polarizada, que pode ser entendido como a essência do princípio de Pareto. Dixie criou então uma escala classificatória A, B e C.
    • A curva abc... É uma importante ferramenta que possibilita ter informações estratégicas para a realização de compra de mercadorias, exclusão de itens (redução de estoques, controle sobre o(s) produto(s) entre outras formas de controles. O ponto-chave da Curva ABC é ver – constatar – que as maiores parcelas do VALOR (acumulado) correspondem às menores parcelas da QUANTIDADE. Quanto mais desuniforme a distribuição, mais se acentua a Curva ABC. Mais interessante e vantajosa se torna a sua aplicação.
    • Aplicação da curva abc A curva ABC tem sido usada para a administração de estoques, para definição de políticas de vendas, estabelecimento de prioridades para a programação da produção e uma série de outros problemas usuais na empresa. OBS: A curva ABC permite identificar aqueles itens que justificam atenção e tratamento adequados quanto à sua administração.
    • Como funciona? Aos itens mais importantes de todos, segundo a ótica do valor, ou da quantidade, dá-se a denominação de itens da classe A, aos intermediários, itens da classe B, e aos menos importantes, itens da classe C. A experiência demonstra que poucos itens (de 10% a 20% do total) são da classe A, em torno de 30% a 40% são classificados como B, e a classe C representa aproximadamente 50% dos itens estocados.
    • Curva abc - tabela
    • Curva abc - gráfico
    • Itens A’s Itens que possuem alto valor de demanda ou consumo. São os principais itens em estoque de alta prioridade, foco de atenção do gestor de materiais, pois são materiais com maior valor devido à sua importância econômica. Estima-se que 20% dos itens em estoque correspondem a 80% do valor em estoque.
    • Itens A’s  Devem ocupar as posições mais estratégicas  Manter um controle rígido de entradas, saídas e saldos  Comprar somente baseado em necessidades calculadas  Manter um estoque de segurança baixo  Negociar com fornecedores a garantia de entrega, de forma a poder manter estoques baixos
    • Itens B’s Itens que possuem um valor de demanda ou consumo intermediário. Compreendem os itens que ainda são considerados economicamente preciosos, logo após os itens de categoria A, e que recebem cuidados medianos. Estima-se que 30% dos itens em estoque correspondem a 15% do valor em estoque.  Manter um controle moderado evitando sua falta;  Comprar quantidades maiores, pois o baixo valor envolvidos nestes itens faz com que despesas como frete, contatos com fornecedores, tornem-se mais elevados;
    • Itens C’s Itens que possuem um valor de demanda ou consumo baixo. Não deixam de ser importantes também, pois sua falta pode inviabilizar a continuidade do processo, no entanto o critério estabelece que seu impacto econômico não é dramático, o que possibilita menos esforços. Estima-se que 50% dos itens em estoque correspondem a 5% do valor em estoque.  Manter um controle moderado evitando sua falta;  Comprar quantidades maiores, pois o baixo valor envolvidos nestes itens faz com que despesas como frete, contatos com fornecedores, tornem-se mais elevados;
    • CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO ABC* GRUPOS QUANTIDADE (% de itens) VALOR DE (% de $) GRAU DE CONTROLE TIPOS DE REGISTRO ESTOQUE DE SEGURANÇA PROCEDIMENTOS DE PEDIDO itens A 10 -20 % 70-80% rígido completo rigoroso baixo cuidadoso, rigoroso; revisões freqüentes itens B 30 - 40% 15 - 20% normal completo rigoroso moderado pedidos normais; algum acompanhamento itens C 40 - 50% 5 - 10% simples simplificado grande pedidos periódicos; suprimento para longo prazo *ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO - JOSEPH MONKS
    • Objetivo da curva abc A partir desta classificação priorizamos aqueles de classe A nas políticas de estoques devido à maior importância econômica. Desta forma, os itens classe A receberão sistematicamente maior atenção do que itens classe C, em termos de análises mais detalhadas, menores estoques, maiores giros, menores lotes de reposição, mais contagem, etc.
    • Curva abc – 1ª Etapa  relaciona-se todos os itens que foram consumidos em determinado período (1);  para cada item registra-se o preço unitário (2) e o consumo (3) no período considerado (se a análise fosse sobre vendas, ou sobre transporte, ao invés de consumo seria usada a quantidade vendida, ou a quantidade transportada, etc.);  para cada item calcula-se o valor do consumo (4), que é igual ao preço unitário x consumo;  registra-se a classificação (5) do valor do consumo (1 para o maior valor, 2 para o segundo maior valor, e assim por diante).
    • Curva abc - exemplo Material(1) Preço Unitário(2) Consumo(3) Mat1 2,00 115,00 Mat2 12,00 25,00 Mat3 8,50 95,00 Mat4 5,98 12,00 Mat5 30,00 115,00 Mat6 12,00 6,00 Mat7 1,50 22,00 Mat8 0,20 84,00 Mat9 11,00 20,00 Mat10 21,00 3,00 Valor do Consumo(4) 230,00 300,00 807,50 71,76 3450,00 72,00 33,00 16,80 220,00 63,00 Classificação (5) 4 3 2 7 1 6 9 10 5 8
    • Curva abc – 2ª etapa  ordena-se os itens de acordo com a classificação (5);  para cada item, lança-se o valor de consumo acumulado (6), que é igual ao seu valor de consumo somado ao valor de consumo acumulado da linha anterior;  para cada item, calcula-se o percentual sobre o valor total acumulado (7), que é igual ao seu valor de consumo acumulado dividido pelo valor de consumo acumulado do último item.
    • Material(1) Valor do Consumo(4) Valor do Consumo Acumulado (6) % Sobre o Valor Total Acumulado (7) Classificação dos Itens (8) Mat5 3.450,00 3.450,00 65,54 A Mat3 807,50 4.257,50 80,88 Mat2 300,00 4.557,50 86,58 BMat1 230,00 4.787,50 90,95 Mat9 220,00 5.007,50 95,13 Mat6 72,00 5.079,50 96,49 C Mat4 71,76 5.151,26 97,86 Mat10 63,00 5.214,26 99,05 Mat7 33,00 5.247,26 99,68 Mat8 16,80 5.264,06 100,00 TOTAL 5.264,06 Curva abc - exemplo
    • Curva abc - conclusão Para a definição das classes A, B e C, adotando-se o critério de que A = 20%; B = 30% e C = 50% dos itens. Sendo, no exemplo 10 itens, 20% são os dois primeiros itens, 30% os três itens seguintes e 50% os cinco últimos itens, resultando, assim, os seguintes valores: - classe A (2 primeiros itens) = 80,88%; - classe B (3 itens seguintes) = 14,25%; - classe C (5 itens restantes) = 4,87%;
    • Curva abc – exercício 01
    • Curva abc – resolução exercício 01
    • Curva abc - exercício 02
    • Curva abc – resolução exercício 02 2 2
    • ITEM QUANT. MÉDIA EM ESTOQUE (A) CUSTO UNITÁRIO (B) Unidades R$/unid. A 5 2.000,00 B 10 70,00 C 1 800,00 D 100 50,00 E 5.000 1,50 F 800 100,00 G 40 4,00 H 50 20,00 I 4 30,00 J 240 150,00 K 300 7,50 L 2.000 0,60 Curva abc –Exercício 3
    • Curva abc – Resolução Exercício 3 ORDEM ITEM QUANT. MÉD. EM ESTOQUE (A) CUSTO UNITÁRIO (B) CUSTO TOTAL (A) X (B) CUSTO TOTAL ACUM. PERCEN- TUAIS Unidades R$/unid. R$ % 1º F 800 100,00 80.000,00 80.000,00 55,3 2º J 240 150,00 36.000,00 116.000,00 80,1 3º A 5 2.000,00 10.000,00 126.000,00 87,1 4º E 5.000 1,50 7.500,00 133.500,00 92,2 5º D 100 50,00 5.000,00 138.500,00 95,7 6º K 300 7,50 2.250,00 140.750,00 97,3 7º L 2.000 0,60 1.200,00 141.950,00 98,1 8º H 50 20,00 1000,00 142.950,00 98,8 9º C 1 800,00 800,00 143.750,00 99,3 10º B 10 70,00 700,00 144.450,00 99,8 11º G 40 4,00 160,00 144.610,00 99,9 12º I 4 30,00 120,00 144.730,00 100,0 TOTAL 144.730,00