Your SlideShare is downloading. ×
Apostila de Atualidades/Conhecimentos Gerais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apostila de Atualidades/Conhecimentos Gerais

28,254

Published on

Published in: Education
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
28,254
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
1,163
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL APOSTILA DEATUALIDADES/ CONHECIMENTOS GERAISACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 1
  • 2. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL FONTES DE ENERGIA -Fontes Renováveis; -Fontes não renováveis; - Fontes alternativas (limpas) Quando se fala em fontes de energia nas épocas de hojerelaciona-se a: Geopolítica + estratégia. Antes de partimos para uma análise direta das fontes em si, é de grandevalia analisarmos a composição geológica dos terrenos. Escudos Cristalinos ou Maciços antigos (36%) = origina minerais metálicos Ex: Ferro + Manganês + Bauxita + Cassiterita + OuroBRASIL - ESTRUTURA GEOLÓGICA(origina a formação dos solos e das rochas) Bacias Sedimentares (64%) = origina minerais energéticos (Combustíveis fósseis = Não- renováveis). Ex: Petróleo + Carvão Mineral + Gás Natural + Urânio + Xisto Betuminoso.PETRÓLEO * Assim como o carvão mineral as maiores reservas e a maior produção de Petróleo estão no hemisfério norte; * Oriente Médio destaca-se em possuir as maiores reservas mundiais de Petróleo = 60%; * Maiores Reservas: 1ªArábia Saudita + 2ª Iraque + 3ª Emirados Árabes, 5ª Venezuela. * Maiores Produtores: 1ºArábia Saudita + 2º EUA + 3ºRússia OPEP* Organização dos Países Exportadores de Petróleo.* Criada na década de 60 pela Venezuela.* 12 Membros (Arábia Saudita, Irã, Iraque, Kuwait, Catar, Emirados Árabes Unidos, Indonésia, Líbia,Argélia, Venezuela, Nigéria e Gabão)* Centraliza a produção + oferta dos preços do petróleo; * Com a descoberta da bacia de Santos, o Brasil começa pleitear a Atualidade entrada na OPEP. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 2
  • 3. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELCARVÃO MINERAL  Apontado como substituto imediato do petróleo = vida útil mais longa  Utilizações principais: Siderurgia + produção de energia elétrica (termoelétricas) + matéria- prima setor carboquímico;  Maiores Produtores: 1º China, 2º EUA, 3º Austrália;  Maior reserva: RússiaGÁS NATURAL  Principais formas de utilização: utilizado em veículos (GNV – Gás natural veicular) + cada vez mais utilizado na industria (motores pesados) + maçaricos + Usinas Termoelétricas (maior potencia instalada no Brasil – MW)  Transportado através de dutos  Maiores produtores: 1º Rússia (exporta 25% para UE), 2º EUA, 3º Canadá  Brasil produz em pequena escala = possui reservas interessantes (Bacia de Santos + Região norte) = importa da BolíviaBIOMASSA Gera diversos novos tipos de combustíveis e fontes de Toda matéria orgânica utilizada na produção de energia. energia como: A preocupação ambiental, mais do que nunca, Biocombustíveis: produzido a partir da cana-de- deve ser prioridade na utilização da biomassa. açúcar + plantas oleaginosas + lenha e resíduos Ex: Desmatamentos originados pelo aumento de agropecuários. áreas cultiváveis;  são alternativas mais baratas e eficientes no combate ao efeito estufa (alternativa correta na substituição dos combustíveis fóssies); LENHA: (já representou 40% da produção energética primária no Brasil = década de 70); ÓLEOS VEGETAIS – extraídos do amendoim, Mais usados: babaçu, beterraba, dendê, girassol, mamona, milho e  Álcool ou Etanol + biogás; e biodiesel (oleoginosas) = soja (queima da casca de arroz) Brasil aumenta para 3% a mistura do biodiesel ao diesel ÁLCOOL – Brasil e Rússia são destaques. (2008) BIOGÁS – liberado a partir da decomposição de resíduos agropecuários. Vantagens:  Baixo custo;  fato de ser renovável;  permitir o reaproveitamento de resíduos;  ser bem menos poluente que outras fontes de energia como o petróleo ou o carvão ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 3
  • 4. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL ENERGIA NUCLEAR - Diante do aquecimento global passou a ser vista como um mal menor = alternativa viável para geração de energia. - não é considerada limpa; Problemas: militarização + acidentes nucleares + lixo atômico.ENERGIA HIDRELÉTRICA Depende: Rios caudolosos ou de planaltos;  Elevado Custo de implantação  Custo social e ambiental (deslocamento de cidades + povoados e comunidades indígenas);  Gera mortandade de peixes / perda da vegetação nativa;  Maiores Produtores: EUA + Canadá + Brasil Fontes LimpasENERGIA EÓLICA ENERGIA DAS MARÉS -Usinas de pequeno porte Depende: da ação dos ventos -Destaque: Reino Unido + Japão + França  Usinas de pequeno porte;  Problemas: poluição sonora + mortandade de -Transforma a energia mecânica em elétrica aves; (construção de represas) Brasil: ventos mais propícios são os da Região Nordeste (maior potencial instalado 52%) + ventos da Região Sul (Parque Eólico de Osório). Destaques: Alemanha, Espanha, EUA e ENERGIA GEOTÉRMICA Dianamarca. - Originada do calor proveniente do interior da terra (gêiseres); Destaque: EUA + Japão + Filipinas e Itália ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 4
  • 5. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL -É a preferida dos ambientalistas ENERGIA SOLAR -Utilizada como complemento de outras fontes Destaque: Israel + Indonésia + EUA + Alemanha. Fontes de Energia Consumo Mundial (%) 1º Petróleo 40% 2º Gás Natural 28% 3º Carvão Mineral 19% 4º Energia Renovável 8% Outros 5% Quando se fala em fontes de energia Geração de Energia Produção Mundial Elétrica por fonte (%) É importante saber! 1º Carvão Mineral 38,7 ATENÇÃO! 2º Gás Natural 18,3 - Produção por fonte 3º Hidrelétrica 16,6 - Consumo por fonte 4º Petróleo 7,5 - Geração/ consumo de energia elétrica Outros 18,9 TOTAL 100 BRASIL – FONTES DE ENERGIA A crescente industrialização do Brasil, sobretudo a partir da década de 1950, o processo de urbanização maisintenso, a mecanização da agricultura, o uso mais intenso de veículos de combustão interna o próprio crescimentopopulacional, do comércio e dos serviços, alteraram o perfil do consumo de energia quanto ás fontes. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 5
  • 6. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL(onsel BRASIL: CONSUMO DE ENERGIA POR FONTE Brasil: consumo de energia elétrica por setores - 2000 HIDRELETRICIDADE  O Brasil só explora pouco mais de 25,7% de seu potencial hidráulico. Bacia do Paraná: possui maior potencial hidrelétrico instalado no país. Bacia Amazônica: possui maior potencial hidrelétrico não instalado do Brasil Desafios: A instalação de usinas de grande porte na Região Norte. IMPORTANTE!!Principais Usinas Hidrelétricas Brasileiras Usina de Balbina (PA) = considerado maior Usinas Potência desastre ecológico do país.hidrelétricas instalada Usina de Sobradinho: maior área alagada da Itaipu 12.600 mW hidrelétricas brasileiras. Tucuruí 4.200 mW Paulo Afonso 3.800 mW A disparada do consumo de energia: O crescimento do Ilha Solteira 3.230 mW país e o aumento de renda da população brasileira criam Itumbiara 2.280 mW uma pressão enorme pelo incremento da capacidade de geração. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 6
  • 7. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL TERMOELETRICAS Vantagem em relação à hidreletricidade: localização da usina é determinada pelo mercadoconsumidor e não pelo relevo.-A geração térmica deve crescer e dar maior segurança ao abastecimento.PROÁLCOOL  Criado no governo Ernesto Geisel (1975) = subsídiado pelo governo até a década de 90.  Teve apoio do setor automobilístico;  Teve seu recuo no Governo Collor = privatização do setor energético. ANOTAÇÕES:PRINCIPAIS ÀREAS DE CULTIVOS DE CANA-DE-AÇUCAR: Planalto Ocidental Paulista + Zonada Mata Nordestina + Baixada Fluminense. PRÓS CONTRA  Menor emissão de CO2;  Não substitui o óleo diesel;  Redução de dependência com petróleo;  Reafirmação das grandes propriedades =  Fonte renovável de energia plantations;  Expulsão das culturas alimentares = monocultura ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 7
  • 8. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELPETRÓLEO O petróleo como vimos, forma-se em estruturas sedimentares. Apesar de 64% da superfíciebrasileira ser formada por terrenos sedimentares o Brasil não apresenta grandes jazidas no continente, amaioria de nossas reservas aparece ao mar. *Primeira área de exploração de Petróleo no Brasil: Lobato/ BA (Recôncavo Baiano) *Bacia de Campos/ RJ – maior área de exploração de petróleo no país = descoberta década de 60. *Bacia de Santos (Campos de Tupi + Campo de Carioca) – maior reserva de petróleo do Brasil = descoberta em 2007. * Petrobras: Criada em 1953 -(2º mandato Governo Getúlio Vargas) Exploração * ANP – Agência Nacional de Petróleo EXPLORAÇÃO BACIA DE SANTOSBRASIL: Balança Comercial do Petróleo eDerivados.  Vai do Estado do Rio de Janeiro até Santa Catarina. Tupi = reserva de 5 a 8 bilhões de barris de petróleo. 2006 2007 2008 Campo de Carioca = reservas de petróleo cinco vezes maiores que a de Tupi (33 bilhões de barris).  Será o terceiro maior campo petrolífero do mundo = maior descoberta dos últimos 30 anos.  Consórcio formado pela Petrobras (45% - Operadora), BG (30%) e Repsol YPF Brasil (25%). U$ - 3,2 bi ATENÇÃO: Na teoria somos exportadores = mas U$ - 5,8 bi na prática estamos importando cada vez mais. U$ - 8,0 bi* Questões interessantes!! * Em 1995 houve a quebra do monopólio estatal do petróleo (governo FHC); * Refinaria de Paulínia (SP) é a maior do país; * Construção da Refinaria Abreu e Lima, parceria com a Venezuela em Recife-PE (Petrobras + PDVSA). ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 8
  • 9. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL INDUSTRIA BRASILEIRA  O setor industrial brasileiro vive um momento de desconcentração de suas atividades = periferização/ interiorização (entrada no interior do país) + afastamento dos grandes centros 1º Guerra fiscal (isenção de impostos + doação deFatores de desconcentração infra-estrutura). 2º Mercosul (proximidade de áreas de exportação). 3º Força dos sindicatos ( greves + aumento de salários )RESGATE HISTÓRICO DA INDUSTRIALIZAÇÃOI) Inicio República Velha (1889-1930): Construção de ferrovias (Barão de Mauá – gera o inicio doprocesso industrial em nosso país)II) Final Repúlica Velha: Quebra da bolsa de Nova York (1929) + fim modelo agroexportador (Café)III) Criação de empresas estatais (Getúlio Vargas/ Terceiro Período Estado Novo) = substituição dasimportações;V) JK (1956-1961): endividamento externo + ascensão Ind. Automobilística (Fusca).- Plano de Metas: investimentos em transportes e energia (aumento da malha rodoviária);V) Governos Militares = Garraztazú Médice (Milagre Brasileiro) = país cresce seu PIB 10% a.a= obrasfaraônicas = endividamento externo; Motivo: gerar industrializaçãoSurgem as Superintendências de DesenvolvimentoSUDENE ( Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste) extinta 2° mandato FHC reativada LulaSUDAM (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) extinta Collor reativada LulaSUDESUL (Superintendência de Desenvolvimento do Sul) extinta Collor =SUDECO (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste) extinta Collor = Em atividadeSUFRAMA (Superintendência da Zona Franca de Manaus) = ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 9
  • 10. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELVI) Neoliberalismo (década de 90) = Collor + Itamar Franco + FHC = Política fiscal austera(criação do Plano Real no Brasil);-“Estado mínimo” extrair petróleo e produzir aço, por exemplo não são atribuições do Estado =desestatização . AGROPECUÁRIA BRASILEIRA O setor primário de nosso país, vem ganhando espaçointeressantes na mídia em virtude das discussões da Rodada de Doha (OMC). Nosso sistema agrícola quepassou de um modelo comercial para agroindustrial (voltado para exportação). Estados maiores produtores de grãos 1º MT 2º PR – destaca-se na produção de orgânicos 3º RS Produção agrícola - Brasil Produtos Ranking Famílias assentadas por período de governo Mundial Café 1ºPeríodo/ Governo Nº de famílias assentadas Feijão 1º1964 a 1984 (período militar) 77. 465 Mate 1º Laranja 1º1985 a 1989 (governo Sarney) 83.687 Mamão 1º1990 a 1992 (governo Collor) 42.516 Cana-de-Açucar 1º1993 a 1994 (governo Itamar Franco) 14.365 Banana 1º1995 a 1998/ 1999 a 2002 (governo FHC) 579.733 Carne Bovina 2º Carne de frango 2ºFonte: Incra/ Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2002. Soja 2º Tabaco 2º Região Percentual total Mamona 3° Norte 44,4 % Milho 3º Nordeste 29,1% Centro-Oeste 16,5% Sudeste 4,7% Distribuição Regional dos assentamentos Sul 5,3% rurais Total 100,0% ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 10
  • 11. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELFonte: Balanço da Reforma Agrária 2002, disponível em http/ www.incra.gov.brAs fragilidades socioambientais do agronegócio brasileiro que podem prejudicar a imagem no setor exterior ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 11
  • 12. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL Unidade 7 COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Brasil se torna um parceiro global (Global trader) , aumento das comercializações de importações e Exportações. Produtos mais importados ao Brasil Produtos mais exportados do Brasil Produtos % exportado Produtos % exportado Petróleo e derivados 13,7 Minério de Ferro, ferro fundido e aço 9,7 Motores e peças automotives 6,5 Soja e derivados 6,9 Circuitos eletrônicos 3,4 Automóveis 3,7 Transmissores/ receptores 2,7 Óleos brutos de petróleo 3,5 Computadores e components de informática 2,6 Carne de franco 2,8 Medicamentos 2,5 Aviões 2,7 Motores, turbinas e peças para aviação 1,8 Transmissores/ receptores 2,3 Carvão 1,8 Café cru em grãos 2,1 Instrumentos de medição 1,7 Carne de Bovino 2 Cloreto de potássio 1,3 Açúcar de cana, em bruto 2Fonte: Ministério do Desenvolvimento e Organização do Comércio ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 12
  • 13. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELFonte: AgroStat/ MAPAFonte: AgroStat/ MAPA ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 13
  • 14. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL ECONOMIA BRASILEIRA  Recentes cortes de 50 bilhões no orçamento da união assustaram o país sobre um futuro surto inflacionário.Perigo da inflação:- Poucas vezes se viu um cenário tão propicio para o consumo nacional;- O desemprego está no menor patamar da história recente;- reajustes salariais em diversas categorias superam a inflação;- econômica brasileira não esta preparada para suportar um ritmo de crescimento tão acelerado = isso se reflete nospreços dos produtos (quando a demanda sobe num ritmo mais acelerado do que a oferta gera a demarcação dospreços, e em conseqüência a perda do poder de compra- Para conter este processo de ameaça inflacionária existem dois procedimentos clássicos: aumento na taxas de juros(inibe o crédito) + corte nos gastos públicos: OMC Organização Mundial do Comércio. O Gatt (Acordo Geral de Tarifas e Comércio) = acordo ATENÇÃO: provisório =antecedeu a OMC;  Commodities: denominação dada ás Fundação OMC: 1º de Janeiro de 1995 matérias-primas voltadas para Sede: Genebra (Suíça) exportação. É constituída de 151 membros (Brasil é membro);  Commodities tradicionais: Últimos a aderir á organização: República Popular da Trigo, soja, suco de laranja, boi, produtos China (2001), Taiwan (2002), Armênia (2003) e minerais (petróleo, aço e ouro). Macedônia (2003) = rodada de Doha (Catar) Hoje o país que viola as regras da OMC deve retroceder =  Commodities mordernos: sob pena de sofrer sansões comerciais; Créditos de carbono OMC se preocupa com o capital especulativo e a ação das transnacionais no mundo. ATENÇÃO: SUBSÍDIOS: Com a ONU enfraquecida, a OMC assume papel central nas relações São benefícios econômicos que um internacionais; governo concede aos produtores de bens, muitas vezes para fortalecer sua posição  Com sua arbitragem a OMC competitiva. O subsídio pode ser direto. conseguiu esfriar tópicos diplomáticos quentes. Ex: financiamento dos EUA e da UE. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 14
  • 15. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL DEMOGRAFIA BRASILEIRA  A população brasileira é formada por três tipos étnicos básicos: os indígenas, o branco e oContexto negro africano. No século XX, mais um grupo étnico veio a participar da formação dahistórico população brasileira: os asiáticos (representados pelos japoneses, chineses e coreanos) = miscigenação de raçasBrasil – Grupos étnicos na população total Etnias % da pop, em 1980 % da pop, em 1991 % da pop, em 2000 Anotações!! Brancos 54,2 55,2 54,0 Negros 6,0 4,8 5,4 Pardos (mestiços) 38,8 39,2 40,0 Amarelos 0,6 0,6 0,6 Não declarados 0,4 0,2 -* No censo de 2000 no grupo indígena (0,4%) foi separado dos amarelos Conceitos Básicos Taxa de Natalidade: Nº de nascimentos vivos ano/ 1000 Taxa de Fecundidade: Nº de seres gerados num período fértil Taxa de Mortalidade: Nº de mortes ano/ 1000 * População Absoluta = População total = País populoso = Nº total de hab ** População Relativa = Densidade Demográfica = País povoado = Nº total de hab/ Km² *** Crescimento populacional de um país  Diferença Imigração em relação emigração (Brasil até 1934)  Crescimento Vegetativo/ Natural (Taxa de Natalidade – taxa de Mortalidade) ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 15
  • 16. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL DADOS CENSO 2010População brasileira conforme Censo 2010 160.879.708 29.852.986 BRASIL 190.732.694 169.799.170 1,17 93.390.532 97.342.162 (84,35%) (15,65%)Fonte: IBGE- População brasileira aumentou 12% nos últimos 10 anos. Nos últimos anos, o Brasil vem apresentando um novo padrão demográfico que se caracteriza pela redução da taxa de crescimento populacional e por transformações profundas na composição de sua estrutura etária, com um significativo aumento do contingente de idosos. Estas modificações, por seu turno, têm imprimido importantes mudanças também no perfil epidemiológico da população, com alterações relevantes nos indicadores de morbimortalidade.Figura: Pirâmide etária brasileira - 2010 ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 16
  • 17. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL -Em 1940, os idosos representavam 4,1% da população total brasileira, mas passaram a representar 11,4% em 2009. -Segundo o Ipea, além do envelhecimento da população total, a proporção dos “mais idosos”, de 80 anos e mais, está aumentando, ou seja, a população idosa também envelheceu. Sua participação entre os brasileiros passou de 0,9% para 1,6%, entre 1992 e 2009.Conseqüências do aumento do número de idosos no país:- maior utilização do sistema de saúde;- nos últimos anos estudos indicam a redução do declínio funcional entre os idosos, o que aponta nadireção de uma população mais saudável. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 17
  • 18. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL IMIGRAÇÃO NO BRASIL A imigração no Brasil pode ser compreendida em três períodos: Primeiro Período migratório: (1808-1850) - Imigração pequena = desinteresse em país escravagista. Segundo período migratório: (1850-1934) – mais importante e intenso = abolição da escravatura + necessidade mão-de-obra (cafeicultura) + trabalho assalariado. Terceiro período imigratório: (após 1934) – diminuição progressiva da imigração = fim República Velha + quebra da bolsa de Nova York (1929) + criação de leis que restringem entrada de imigrantes Imigrantes no Brasil 1º Portugueses 31,06% 2º Italianos 29,90% 3º Espanhóis 12,9 % 4º Alemães 4,2% 5º Japoneses 4,0% Maiores Emigrações Brasileiras 1º EUA - 1,3 Milhão/ Brasileiros 2º Paraguai – 400 mil/ Brasileiros (Brasiguaios) 3º Japão - 280 mil/ Brasileiros (Dekasseguis) 6º Espanha – 100 mil/ Brasileiros Fonte: Itamaraty POPULAÇÃO E O MERCADO DE TRABALHO As atividades econômicas em geral são relacionadas à população ativa e a população inativa dolocal.População ativa: é a parcela da população que trabalha, está procurando serviço ou trabalha sem carteiraassinada (trabalho informal);População Inativa - crianças; - aposentados; Anotações - estudantes (que não trabalhem) - mulheres que exercem funções domésticas - deficientes físicos e mentais. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 18
  • 19. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELDistribuição da população por setores de atividadesPEA (População economicamente ativa) Condições de atividades da população brasileira CONCEITOS IMPORTANTES Setor Primário: Agropecuária + extrativismo 49,9% 50,1% vegetal + extrativismo mineral - (20,6%) Setor Secundário: Indústria + Construção civil + Inativos Ativos Mineração - (22,9%). Setor Terciário: Comércio + prestação de serviços + transporte + comunicações + administração pública - (56,5%). Setor Quartenário: Pesquisas + Ciência ( surgimento de novo setor da economia) IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) nacional por amostragem Fonte: IBGE. Pesquisa de domicílios. 2002. Rio de Janeiro: IBGE, 2003. * Educação (taxa de analfabetismo);* Indicadores usados no cálculo do IDH * Expectativa de vida * PIB per capita Varia de 0 a 1 pt ( quanto mais próximo de 1, melhor o IDH de uma nação); Maiores IDH da Maiores IDH globais Menores IDH globais América Latina 1º Islândia 175º Guiné- Bissau 31º Barbados 2º Noruega 176º Burkina Fasso 38º Argentina 3º Suecia 177º Serra Leoa 40º Chile 46º Uruguai 52º México 70° Brasil 146º Haiti Brasil entra no índice elevado de IDH = 0,800 pts ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 19
  • 20. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL DISPARIDADES REGIONAIS A INTERNACIONALIZAÇÃO DA ECONOMIA “Países emergentes”, “crise mundial”, “Bolsas de Valores”, “Velha economia”, “Novaeconomia” são expressões constantemente citadas nos noticiários econômicos. A expressão "risco país" entrou para a linguagem cotidiana do noticiário econômico, Atualidade principalmente em países que vivem em clima de instabilidade, como o Brasil e a Argentina. O "risco país" é um indicador que tenta determinar o grau de instabilidade econômica de cada país. ANOTAÇÕES: Desta forma, se tornou decisivo para o futuro imediato dos países emergentes. Características!!!  É conhecido como índice EMBI (Emerging Markets Bond Inedx);  mede o grau de "perigo" que um país representa para o investidor estrangeiro = é a possibilidade de um país pagar ou não sua dívida interna e, principalmente, externa.  Quanto maior for o risco, menor será a capacidade do país de atrair investimentos estrangeiros. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 20
  • 21. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL Países Emergentes São países subdesenvolvidos industrializados ou em fase de industrialização; Apesar das vantagens oferecidas, como mercado consumidor e incentivos fiscais, esses países representam grandes riscos, em virtude da constante instabilidade econômica e política; Atraem as empresas transnacionais (multinacionais); Queda no risco país; Brasil – Chile – Argentina – México – África do Sul – Turquia – Índia – Rússia – China – Coréia do Sul – Taiwan – Malásia - Cingapura BRIC  associação comercial de cooperação mútua,  Acrônimo dado aos principais países emergentes (Brasil, Rússia, Índia e China);  Há previsões que até 2050 suas economias juntas superarão as economias dos seis países mais ricos do mundo atualmente. IBAS = (Acordo Índia + Brasil + África do Sul) ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 21
  • 22. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL BLOCOS ECONOMICOS UNIÃO EUROPÉIA (UE)Membros (27): Alemanha, Áustria, Chipre, Dinamarca, Eslováquia,Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria,Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal,Reino Unido, República Tcheca e Suécia, (Bulgária e Romênia =novosmenbros);Antecedentes da EU ( União Européia)- O ano de 1948 marcou o início das duas primeiras associações econômicas européias: O Benelux eOECE;Benelux – União aduaneira composta por três pequenos países da Europa Ocidental ( Bélgica, Holanda eLuxemburgo)- assinada em 1944, passou em vigor em 1º de janeiro de 1948;OECE – Organização Européia de Cooperação Econômica- foi criada em 16 de abril de 1948;- possuía como objetivo administrar os recursos o Plano MarshallCECA – Comunidade Européia do Carvão e do Aço- criado em 1951;- tanto o carvão como o aço foram importantes fontes de energia e matéria-prima usadas na reestruturaçãodo parque industrial europeu;CEE – Comunidade Econômica Européia- os países membros da Ceca foram os signatários do Tratado de Roma;- Tratado de Roma 1957: criou a Comunidade Econômica EuropéiaCriação: 1992Entrada em vigor: 1993Origem: CEE (Comunidade Econômica Européia);Características:- União política;- União econômica e monetária;- Possui moeda única (Euro) = Reino Unido, Dinamarca e Suécia (Não aderiram ao Euro);- livre circulação de pessoas;- assistência previdenciária; ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 22
  • 23. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELPré-Requisitos para que os países sejam admitidos na UE:* déficit público de no máximo 3% do PIB;* inflação baixa e controlada;* moeda estável;* taxa de juro de longo prazo controladaAtualidades:* Em 2003 a cotação do euro supera o dólar.* Romênia e Bulgária são os novos membros da UE.* Discussões referente a Independência de Kosovo ( Sérvia) – 2008. Turquia:  País mais ocidentalizado do oriente médio (97% do território na Ásia) (3% Europa);  Desde 2005 tenta entrar na UE = previsão de entrada até 2010. Obstáculos: - Problemas dos direitos humanos (tortura + pena de morte) - falta de identidade cultural com a Europa = porta de entrada para o terrorismo. - não reconhecimento de Chipre. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 23
  • 24. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL MERCOSUL (Mercado Comum do Sul)Criado em: 1991Inicio efetivo: Tratado de Assunção (26 de Maio de 1991)Estados membros: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e VenezuelaEstados sócios: Chile (1996), Bolívia (1997), Equador, Peru (2003) eColômbiaEstados observadores: MéxicoCaracterísticas:- livre circulação de pessoas;- zona de livre circulação de mercadorias e capitais;- União aduaneira entre os países (São Borja/ Santo Tomé = Primeira Aduana Integrada de Fronteira doMercosul) = cobrança das TECs (padronização das tarifas externas )- Padronização de legislações econômicas, trabalhistas, fiscal e ambiental.- não possui uma união econômica e monetária.- É uma integração econômica e aduaneira.O que falta?- Liberdade de estabelecimento ( falta de infra-estrutura = p/ negócios + armazenagem);- Liberdade de circulação (dentro dos limites de circulação);- Criação de uma moeda única;- Liberdade de concorrência (não prejudicar ninguém)Ex: questões envolvendo Brasil e Argentina ( boicote das exportações de geladeiras brasileiras pelogoverno argentino).Atualidade:- Formado por dois países emergentes (Argentina + Brasil) e outros dois produtores e exportadores dematéria-prima (Paraguai + Uruguai) = não apresenta uma estrutura sólida formada;- As velhas rivalidades regionais, que causaram conflitos no passado, parecem atrapalhar a real integraçãodo Mercosul;- Brasil e Argentina já tiveram problemas nas discussões sobre o regime automotivo , açúcar e industriade eletrodomésticos;- O Uruguai que enfrentou grave crise econômica em 2002, tem responsabilizado o Brasil e Argentina pelasua recessão econômica = vive momento de crescimento econômico. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 24
  • 25. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL ANOTAÇÕES:- O Paraguai que é o mais pobre do bloco, sofre reflexos de muitos anos de instabilidade política interna =possui ligações com EUA.- Um dos últimos problemas do bloco foi a crise econômica argentina, que vem desde 2001 =desequilibrou ainda mais a economia do Mercosul;- Crise política entre Argentina e Uruguai (questão da instalação de Indústrias de Celulose na fronteira dosdois países = entre o Rio Uruguai) = 2007 CHINA - Liberação econômica = atuação de investimentos internacionais para áreas de exportação (Litoral); - Política prossegue num regime fechado.* País criticado violação constantemente dos direitos humanos = possui pena de morte ( China: 3º maior comércio global Criou nos últimos anos uma relação 1) EUA – 12,47% de interdependência econômica com 2) Alemanha – 8,25% os EUA. 3) China – 6,72% Obs: Em % sobre o total de importação e exportaçõesOMC – Após 15 anos de negociações, a China torna-se membro da Organização Mundial de Comércio (2001). - Abrir mercado para importações (entrada de capital estrangeiro) - Amplia acesso aos produtos chineses ao mercado de trabalho ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 25
  • 26. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL -Investimentos estrangeiros; -Superávit (exportações);A força da economia chinesa UE -Desequilíbrio comercial EUA - problemas ambientais = previsão para 2009 ser o maior emissor de CO2; Consomem - Demanda por energia = aproximaçãodasinvestimentos na África; 40% e - Desigualdades (disparidadeexportações social cresce no país) = 60% da chinesas população rural + agricultura manual. CONFLITOS ATUAIS ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 26
  • 27. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELCOLÔMBIA FARC – Forças Revolucionárias da Colômbia ELN – Exército de Libertação Nacional  Essas duas guerrilhas mantém ativo o conflito na Colômbia = tráfico de cocaína e seqüestro de civis. AUC (Audefesas Unidas da Colômbia ) - Organização paramilitar apoiada pelo exército colombiano = combate à guerrilha.IRAQUE  Na antiguidade a região era chamada de Mesopotâmia (entre rios) = Tigres e Eufrates;  Apesar de existir um governo formalmente eleito + uma constituição aprovada (2005) = poder político sustenta-se com base nas forças militares dos EUA e do Reino Unido (maior contingente militar não americanos;  aliança reduzida no Iraque (Coréia do Sul = diminuiu contingente) (Itália, Japão e Dinamarca retiram tropas). Distribuição Étnica ÁRABES XIITAS 60 % (Iraque) – 16% (Oriente Médio)  Radicais = religião e política juntos = fundamentalistas (Hamas, Hezbollah). ÁRABES SUNITAS 20 % (Iraque) – 84% (Oriente Médio)  Moderados = religião uma coisa política outra  Seguidores de Sadaã Hussein. CURDOS 15% (Iraque) = maior povo do mundo sem pátria (25 milhões de curdos vivem espalhados por seis países do Oriente Médio).  Aparecem ao norte iraquiano (Região rica em petróleo). ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 27
  • 28. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL O Conflito árabe - israelenseIsraelenses: alegam direitos históricos sobre a Palestina (antigamente eram conhecidos como Hebreus);Palestinos: Alegam direitos pela longa ocupação (entre século VII e XV)Cisjordânia: região disputada pelos: recursos hídricos (possui lençóis subterrâneos de água) = questões religiosas (Jerusalém, ponto de discórdia, cidade sagrada para três religiões, Judaísmo, cristianismo e Islâmismo = aparece na Cisjordânia). Região controlada por maioria israelense.Faixa de Gaza Região controlada por maioria palestina (controle Hamas).Atualidades Janeiro de 2008: Israel fechou as fronteiras da faixa de Gaza = bloqueou os suprimentos e combustíveis = Egito, abre as fronteiras para o translado de Palestinos Independência Palestina: busca poderes soberanos na Cisjordânia (incluindo Jerusalém Oriental) e Faixa de Gaza. Refugiados palestinos: vivem um grande numero de Palestinos em países do Oriente Médio. Grupos paramilitares árabes são a favor da causa Palestina. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 28
  • 29. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELPrincipais conflitos entre Árabes e Israelenses Guerra de Suez (1956) - Guerra dos Seis Dias (1967) - Guerra do Yom Kippur (1973) -A primeira Intifada. GRUPOS PARAMILITARES DO ORIENTE MÉDIO Hamas = movimento guerrilheiro palestino = domina faixa de Gaza = partido político = maioria nocongresso palestino = não reconhece o Estado de Israel = considerado grupo terrorista pela ONU; Al Fatah = maior facção da Organização para Libertação da Palestina (OLP) = partido político =Possui o Presidente da Palestina (Mahmoud Abbas) = reconhece o Estado de Israel = considerado órgãointernacional pela ONU. Jihad Islâmica:* Organização terrorista palestina que atua na faixa de Gaza. Intifada: “Rebelião popular” palestina = violentos choques entre israelenses e palestinos continuaram =“Revolta das Pedras”. Hezbollah:* Milícia Xiita libanesa = partido político;* vinculado à Síria e ao Irã;* posições radicais contra o Estado de Israel;* grupo paramilitar mais atuante no Oriente Médio;* EUA se recusam a estabelecer relações com Hezbollah = consideram movimento terrorista. Taleban: Criado no Paquistão = Controlou o Afeganistão = tem ligações com Al Qaeda = estãoressurgindo no Afeganistão. Al Qaeda: organização fundamentalista islâmica = fundado pelo saudita Osama Bin Laden =atentados terroristas na embaixada americana no Quênia, World Trade Center (EUA) e metro de Madri;* constituída por células colaborativas e independentes que visam, supostamente, reduzir a influência não-islâmica sobre assuntos islâmicos.Fundamentalismo islâmico: suicidas que ofertam a vida pela religião = Nacionalismo aflorado = anti-ocidentais =Etnia Xiita. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 29
  • 30. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELREVOLUÇÃO NO EGITO 1882-1922 – Desde a conquista por tropas britânicas até a independência, o país passou 40 sob domínio da Inglaterra, dos quais 8 como protetorado. Em 1922, Fuad I é coroado rei. 1953 – Após a deposição do rei Fuad por oficiais liderados pelo coronel Nasser, em 1952, o Egito passa a ser oficialmente uma república. Nasser se torna primeiro- ministro e, mais tarde, presidente. 1956 - Grã-Bretanha, França e Israel invadem o Egito em outubro em resposta à nacionalização do Canal de Suez por Nasser. O cessar-fogo é declarado um mês depois. 1958 - Egito e Síria formam um só Estado, a República Árabe Unida, que tem Nasser como presidente (RAU). Em 1961, a Síria abandona a União. - País mais povoado do mundo árabe; 1967 - As tensões entre Israel e seus vizinhos árabes - mas também é um dos mais pobres = 45% da culminam na Guerra dos Seis Dias. Na ocasião, Israel toma a população vive abaixo da linha da pobreza; Faixa de Gaza e o Sinai do Egito. Anexa ainda Colinas de - O Egito tem grande importância estratégia Golã, da Síria, e também a Cisjordânia e a zona oriental da para o Oriente Médio, pois está localizado entre Jerusalém, da Jordânia. a Ásia e a Àfrica; - É vizinho de Israel, país no qual já travou 1973 - Egito e Síria vão à guerra contra Israel durante o feriado diversas guerras; judaico de Yom Kipur (Dia do Perdão) na tentativa de - Canal de Suez é utilizado por 7% do comércio reconquistar o Sinai e as Colinas de Golã, perdidos no conflito de marítimo global (passagem muito importante 1967. Mas as tropas são repelidas pelos isralelenses. entre Ásia e Europa); 1975 - Canal de Suez é reaberto. Ele estava fechado desde a - egípcios constantemente estão ligados a ataque Guerra dos Seis Dias, em 1967, quando o Egito perdeu para Israel terroristas; a península do Sinai e a Faixa de Gaza. - governo Mubark era aliado dos EUA (governou por 30 anos). 1979 - Assinado em Camp David, nos Estados Unidos, acordo de -há receio que os radicais islâmicos cheguem ao paz entre Egito e Israel. Pelo tratado, o governo israelense poder devolve a Península do Sinai aos egípcios. Países árabes Região do Oriente médio é caracterizada por repudiam o tratado e expulsam o Egito da Liga Árabe. governos ditatoriais; ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 30
  • 31. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL ANOTAÇÕES!! 2011: Instabilidade política ameaça nove países em 2011: Haiti, Líbano, Tunísia, Costa do Marfim, Bélgica, Sudão, Iêmen e Irlanda IRÃ- País possui com poucos recursos hídricos;- governo ditatorial;- produção de energia nuclear;- não reconhecimento do estado de Israel;- Hammas;- uma das maiores reservas petrolíferas globais;- sanções econômicas (EU + EUA);- fundamentalismo islâmico- Inspirados nos movimentos populares do Egitoe da Tunísia, os irnanianos saíram as ruas parapedir maior liberdade de NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br ACREDITEM 31
  • 32. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL CONFRONTO MILITAR NA LÍBIACONFRONTO NA SÍRIA: ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 32
  • 33. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL PROBLEMAS AMBIENTAISAQUECIMENTO GLOBALÉ um fenômeno climático que estabelece o aumento da temperaturamédia da superfície terrestre. Só nesse início de século atemperatura do planeta subiu quase 2ºC, mais alta do que na décadade 60. Desde a década de 80 tem-se intensificado o estudo e asdiscussões a respeito desse fenômeno ambiental que afeta o planetacom graves implicações para a economia e vida em sociedade.  Causa: Intensificação do efeito estufa  Problemas imediatos: substituição dos combustíveis fósseis + redução desmatamento; Conseqüências: - degelo das regiões polares; - áreas afetadas pelas secas aumentam (agravamento da desertificação); - dias e noites frios em menor escala/ mais quentes na maior parte das áreas terrestres; - Surtos de calor/ ondas de calor; - padrões regionais de chuvas podem mudar (Ex: Chuvas execessivas Sertão nordestino); - zonas agrícolas poderão migrar para os pólos (redução do potencial de produção alimentícia); - atividade dos ciclones tropicais aumenta; - aumento da incidência do nível do mar (exclui tsunamis); - Proliferação de pragas e doenças (Ex: Dengue)Fonte: IPCC*, 2007* IPCC – Painel Intergovernamental em Mudança do Clima, da ONU. Ambientalismo conseqüência marcante da globlaização ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 33
  • 34. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL Protocolo de Kyoto Importante Principal medida aceita mundialmente para a diminuição da emissão de gases poluentes; Criado em dezembro de 1997; Entra em vigor: fevereiro de 2005 Objetivos: no período de 2008 a 2012 diminuir em 5,2% a emissão mundial dos gases do efeito estufa;EUA responsáveis por de 25% das emissões globais não formalizaram sua adesão = consideram que o custo para atingir a meta recai sobre os paises desenvolvidos; Formam a Aliança Ásia Pacifico Para Desenvolvimento Limpo e o Clima (Austrália + China + EUA + Coréia do Sul + Japão) = União Européia critica o grupo (alega tentativa de derrubada de Kyoto);Créditos de Carbono:Projeto de redução de emissão de carbono (pesquisas de energias alternativas + novas formas detratamento de lixo + ações de reflorestamento) Verba destinada para os Mecanismos de desenvolvimento Limpo = flui para as nações em desenvolvimento (Brasil + China + Índia + México).Como funciona: Cada tonelada de CO2 não emitida para atmosfera por um país em desenvolvimento pode ser comprada por nações em industrializadas (obrigadas a reduzir sua emissão em 5,2% em média entre 2008 e 2012). O Protocolo prevê que, em vez de cortar suas próprias emissões os países ricos podem comprar reduções obtidas por nações, ainda não obrigadas a realizá-las.Atualidades: Áutrália: adere ao Protocolo em 2008. Brasil vem sendo fiscalizado de perto pelo Protocolo, que exige a redução dos índices de desmatamentos na Amazônia. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 34
  • 35. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELTESTES ATUALIDADES1 (BB/ Fund. Carlos Chagas – 2006) Instalou-se, recentemente no Brasil e no mundo uma intensa polêmica sobre ouso de sementes transgênicas. Uma das restrições para seu uso refere-se:(A) ao fato que, em termos econômicos, a preferência por produtos transgênicas afeta a produtividade das lavourasem curto e médio prazos.(B) á questão econômica, pois discute-se que o transgênicos demandam grande quantidade de mão-de-obra, o queonera o custo final do produto no mercado internacional.(C) ao seu aspecto ambiental, pois argumenta-se que a transferência de genes de uma espécie para outra podeprovocar a contaminação dos ecossistemas e reduzir a biodiversidade.(D) a circunstância de que, ecologicamente, o plantio de transgênicos provoca aumento de problemas do solo, taiscomo erosão pronunciada e diminuição do lençol freático.(E) á que criaria problemas para as multinacionais, pois os paises pobres não domínio dessa tecnologia. 4 (BNDES – 2006/ Cesgranrio) 2 (BB/ Fund. Carlos Chagas, adaptada) Em relação O Grupo Hamas foi o grande vencedor nas últimas ao risco-Brasil, não se pode afirmar que: eleiçõeslegislativas palestinas.Tendo em vista o perfil (A) Quanto maior for o índice, melhor será a político do Hamas e o resultado eleitoral, pode-se capacidade do país de atrair investimentos estrangeiros. afirmar que esse grupo: (B) não aparece com os menores índices da América Latina. (A) representará a vitória da Resolução no 242, da (C) o devido índice, dentro de suas características mede ONU, de trocar “terra por paz”. a possibilidade de um país pagar ou não sua dívida (B) seguirá os fundamentos de Yasser Arafat, fundador interna e externa. desse partido político. (D) apresenta oscilações relacionadas com as crises do (C) atuará mais consistentemente contra a existência do país. Estado de Israel. (E) sua elevação em 2007, está relacionada com o caos (D) influirá no reconhecimento internacional do aéreo. Protocolo de Oslo, de 1993. (E) tenderá a reproduzir, em geral, as estratégias 3 (BB/ Fund. Carlos Chagas, adaptada) Depois que políticas 1,4 milhões de Palestinos foram ás urnas e elegeram seu novo Parlamento, à comunidade internacional mostra-se surpresa e preocupada com o resultado das 5 (BB/ Fund. Carlos Chagas, adaptada) Foi a partir eleições. Essa preocupação é motivada pela vitória do de 1953, com a criação da Petrobrás, que a extração de grupo radical Hamas que: petróleo no Brasil tomou impulso para crescer. Analise o gráfico, que o crescimento neste século. (A) defende ações pacifistas e operações assistencialistas em favor de Israel e do mundo ocidental. (B) defende a continuidade das posições admitidas pelo seu fundador, Yasser Arafat. (C) tem se destacado pelas posições francamente ao diálogo com Israel. (D) possui o presidente da Palestina. (E) defende a destruição total de Israel e ao estabelecimento de um estado teocrático na Palestina. A partir da leitura do gráfico, é correto afirmar: (A) Em 2006 a produção nacional de petróleo tornou-se auto-sufuciente, possuindo a bacia de campos maior área produtora. (B) com o crescimento da produção a partir do inicio do século, o petróleo tornou-se a principal fonte de energia. (C) o aumento da produção a partir de 2000, tem desestimulado a produção de outras fontes de energia. (D) com a auto-suficiência em petróleo, nosso país deixou de importar o devido combustível fóssil. (E) o crescimento da produção de petróleo tem sido freado devido à concorrência das fontes alternativas de energia. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 35
  • 36. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL6 (CEF/ Fund. Carlos Chagas, adaptada) O I –A Bacia de Santos que vem recebendo destaquePontal do Paranapanema no extremo sudoeste de nos últimos meses, possui exploração da PetrobrasSão Paulo, situado na fronteira de Mato Grosso e e de mutinacionais.do Paraná, ganhou projeção nacional por ser II – Para 2008, são confirmadas tendências deregião: barateamento dos preços dos combustíveis, no Brasil.(A) de intensa exploração de minérios importantes III – Uma vez auto-suficiente, o Brasil deixará depara a indústria nuclear. importar petróleo, ainda em 2008.(B) de conflitos sociais relacionados aos problemas Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):gerados por grandes latifúndios. (A) I, apenas. (B) I e II, apenas.(C) da falta de integração de diferentes grupos (C) I e III, apenas.étnicos provenientes do Oriente. (D) II e III, apenas. (E) I, II e III.(D) de agricultura altamente mecanizada segundopadrões modernos. Texto para as questões 8 e 9 As pressões ambientais pela redução na emissão de(E) de população economicamente ativa com mais gás estufa, somadas ao anseio pela diminuição dade 12 anos de escolaridade. dependência do petróleo, fizeram os olhos do mundo se voltarem para os combustíveis7 (CEF/ Fund. Carlos Chagas, adaptada) O renováveis, principalmente para o etanol. Líderesatual processo eleitoral que vendo ocorrendo no na produção e no consumo de etanol, Brasil eParaguai, tem colocado o Brasil na pauta de Estados Unidos da América (EUA) produziram,discussões relacionadas á (o): juntos, cerca de 35 bilhões de litros do produto em 2006. Os EUA utilizam o milho como matéria-A) ser o Paraguai o maior comprador latino- prima para a produção desse álcool, ao passo que oamericano de produtos brasileiros. Brasil utiliza a cana-de-açúcar. O quadro abaixo apresenta alguns índices relativos ao processo deB) haver um próspero intercâmbio comercial entre obtenção de álcool nessesCiudad del Este (Paraguai) e o governo brasileiro. dois países.C) a política externa do Brasil procurar atrair oParaguai para o Mercosul.D) cerca de 5% do consumo brasileiro de energiavir do Paraguai (Itaipu).E) o Brasil não desejar que surjam condições parauma dependência econômica do Paraguai.8 (BNDES/ Cesgranrio, adaptada) Os avançostecnológicos no setor petrolífero nacional,nosúltimos anos, são consideráveis. Com relação às 9 (ENEM 2007)conseqüências geradas por esses avanços, sãofeitas as afirmações a seguir. Se comparado com o uso do milho como matéria-prima naobtenção do etanol, o uso da cana-de-açúcar é: A) mais eficiente, pois a produtividade do canavial é maior que a do milharal, superando- a em mais do dobro de litros de álcool produzido por hectare. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 36
  • 37. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELB) mais eficiente, pois gasta-se menos energia 12 ENEM 2007)fóssil para se produzir 1 litro de álcool a partir do Qual das seguintes fontes de produção de energia émilho do que para produzi-lo a partir da cana. amais recomendável para a diminuição dos gasesC) igualmente eficiente, pois, nas duas situações, causadores do aquecimento global?as diferenças entre o preço de venda do litro do A) Óleo diesel.álcool e o custo de sua produção se equiparam. B) Gasolina.D) menos eficiente, pois o balanço energético para C) Carvão mineral.se produzir o etanol a partir da cana é menor que o D) Gás natural.balanço energético para produzi-lo a partir do E) Vento.milho.E) menos eficiente, pois o custo de produção do 13 (PETROBRAS/ 2006 – CESGRANRIO)litro de álcool a partir da cana é menor que o custo O governo brasileiro tem recorrido à Organizaçãode produção a partir do milho. Mundial do Comércio, a fim de solucionar enfrentamentos com o governo norte-americano. A10 (ENEM 2007) discórdia entre os dois governos em foco ocorreConsiderando-se as informações do texto, é correto recorrentemente em função de:afirmar que: (A) subsídios agrícolas aos produtores de algodão(A) o cultivo de milho ou de cana-de-açúcar e açúcar.favorece o aumento da biodiversidade. (B) subsídios industriais ao setor petroquímico.(B) o impacto ambiental da produção (C) críticas norte-americanas à política internaestadunidense de etanol é o mesmo da produção brasileira.brasileira. (D) críticas brasileiras à formação da Área de(C) a substituição da gasolina pelo etanol em Livre Comércio das Américas.veículos automotores pode atenuar a tendência (E) concorrência do Mercosul face às exportaçõesatual de aumento do efeito estufa. do NAFTA.(D) a economia obtida com o uso de etanol comocombustível, especialmente nos EUA, vem sendo 14 (ENEM 2007) Nos últimos 60 anos, verificou-utilizada para a conservação do meio ambiente. se grande aumento da produtividade agrícola nos(E) a utilização de milho e de cana-de-açúcar para Estados Unidos da América (EUA). Isso se deveua produção de combustíveis renováveis favorece a a diversos fatores, tais como expansão do uso depreservação das características originais do solo. fertilizantes e pesticidas, biotecnologia e maquinário especializado. O gráfico abaixo apresenta dados referentes à agricultura desse país, no período compreendido entre 1948 e 2004.11 (BNDES – 2006/ Cesgranrio)O tema dos biocombustíveis tem mobilizado osdebates sobre a economia energética brasileira,com destaque para a retomada da produção deálcool. Acerca do papel do álcool na matrizenergética e na economia do País, está corretoafirmar que:(A) a Petrobras exporta metanol para a Venezuela,em troca de petróleo.(B) a produção de álcool a partir do milho cresce,com um custo menor que o da cana.(C) as usinas de açúcar e de álcool ainda nãoingressaram numa fase de expansão. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 37
  • 38. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIEL (A) depósito de metais pesados no sedimento dosCom base nas informações acima, pode-se rios.considerar fator relevante para o aumento da (B) contaminação da água por dejetos industriais.produtividade na agricultura estadunidense, no (C) desmatamentos para ocupação habitacional.período de 1948 a 2004: (D) poluição do ar por gás carbônico. (E) fatores genéticos familiares.A) o aumento do uso da terra.B) a redução dos custos de material. 18 (IBGE/ Cesgranrio)C) a redução do uso de agrotóxicos. Com referência à conservação do meio ambienteD) o aumento da oferta de empregos. no Brasil e às dificuldades enfrentadas nesteE) o aumento do uso de tecnologias. sentido, é correto apontar como um dos maiores problemas a(o):15. A produção em grandes propriedades evoltadas para exportação em detrimento de uma (A) falta de conhecimento e demarcação deagricultura familiar é comum nas seguintes unidades de conservação.culturas: (B) ausência de legislação ambiental atualizada A) Soja, trigo e café. específica para o País. B) Cana -de açúcar, soja e trigo. (C) insuficiência dos serviços de fiscalização das C) Soja, laranja e cana–de-açúcar. áreas protegidas. D) Laranja, arroz e mandioca. (D) inexistência de órgãos oficiais responsáveis E) Cana-de-açúcar, soja e trigo. pelo meio ambiente. (E) descaso de organismos internacionais com o meio ambiente no País.16 (Escola Superior de Ciências da Saúde – ESCS/ NCE)“Segundo levantamento da Comissão Econômicapara a América Latina e Caribe (Cepal), o número 19 (IBGE/ Cesgranrio)de pobres na América Latina é o menor dos Com relação à atual crise energética atravessadaúltimos 17 anos. Brasil, Argentina e Venezuela pela sociedade brasileira, são feitas as afirmativasestão entre os países que registraram maiores abaixo.avanços.” O Globo – 16/11/2007 I - Avançam as pesquisas e a exploração de fontesEmbora esse quadro seja estimulante, os países da alternativas, tais como o biodiesel e a energiaAmérica Latina ainda se ressentem, em tempos de eólica.uma economia mundialmente integrada: II - Expande-se a produção de energia hidrelétrica,(A) das persistentes altas nos índices de natalidade; através da construção de novas usinas e ampliação(B) da ausência de programas de transferência de de antigas unidades.renda; III - Discutem-se projetos de lei para exigir da(C) do persistente desequilíbrio na formação do indústria deeletrodomésticos a fabricação decapital humano; produtos de menor consumo energético.(D) da resistência à implementação de regimespolíticos democráticos; Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):(E) do fechamento dos mercados ao comércio (A) I, apenas.internacional. (B) I e II, apenas. (C) I e III, apenas.17 (Cesgranrio/ INEA 2008) O retorno de (D) II e III, apenas.epidemias e focos de diversas doenças tropicais, (E) I, II e III.tais como a febre amarela e a malária, entre outras,recentemente divulgados pela mídia, relacionam-se 20 (BNDES/ 2008-Cesgrario) A França vemprincipalmente a (o): enfrentando problemas sociais internos que repercutem na imagem do País no exterior. ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 38
  • 39. PREPARATÓRIO INSS – ATUALIDES – PROF. MURIELAinda que não interfiram diretamente nas relações B) II e III apenasinternacionais francesas, episódios de violência C) III e IV apenasocorridos na periferia de Paris, como aquele D) I, II e IV apenasregistrado na foto acima, colocam o País em E) I, II, III e IVevidência. Esses episódios de conflitos violentos 23 (UERJ/07, Adaptada) Em 2006, o Brasil alcançou a auto-suficiência na produção de petróleo, 53 anosestão fortemente vinculados aos protestos e após a criação da Petrobras. Nos anos de 1953 e 2006,reivindicações do segmento social dos(as): respectivamente, o setor petrolífero pode ser(A) imigrantes trabalhadores. caracterizado pela adoção das seguintes práticas:(B) refugiados políticos. (A) tributação concentradora – economia mista(C) ex-combatentes de guerra. (B) monopólio estatal – abertura ao setor privado(D) fundamentalistas religiosos. (C) livre-comércio – proteção às empresas nacionais(E) tribos urbanas neonazistas. (D) desenvolvimentismo – protecionismo alfandegário21 (UERJ/ 08 , Adpatada) Além da proximidade 24 (UERJ/ 08, Adaptada)espacial, a origem dos imigrantes nos países da O relatório elaborado pelo IPCC – PainelEuropa relaciona-se à existência de: Intergovernamental sobre Mudança Climática – alerta(A) vínculos histórico-culturais para os perigos de alterações climáticas e suas(B) regimes políticos similares conseqüências, como os descritos na reportagem. De(C) redes rodoferroviárias interligadas acordo com os prognósticos, essas conseqüências serão(D) características socioeconômicas equivalentes mais sentidas nos países pobres em função do seguinte fator: (A) emissão de gases poluentes em níveis elevados22 (Unirio) A China comemorou recentemente 5O (B) políticas de proteção ambiental de eficácia reduzidaanos da Revolução Comunista e continua adotando (C) escassez de água em regiões de baixa qualidade deum modelo de crescimento marcado por uma vida“pratica socialista de mercado”. (D) exploração dos recursos vegetais em áreas maisDe reconhecida importância no cenário mundial, populosasum país que apresenta característicaspopulacionais marcantes,tais como as apresentadas 25 (FUVEST-SP) Podemos afirmar que a rede urbanaa seguir: no Brasil é:I. Apesar de constituir a maior população do (A) pouco densa no sul, devido ao desenvolvimentoplaneta, com mais de um bilhão de habitantes, agrícola baseado no minifúndio familiar, voltado àapresenta uma grande homogeneidade étnica produção de trigo para o consumo interno. (B) densa no Centro-oeste, devido ao desenvolvimentomesmo com a presença de vários grupos agrícola baseado na produção de soja e trigo,minoritários. constituindo uma hierarquia urbana completa.II. Com uma das maiores densidades (C) rarefeita no Nordeste, devido à migração dademográficas, entre os países de grande extensão, população para outras regiões, que oferecemapresenta uma população mal distribuída, oportunidades de trabalho.concentrada nas porções leste e sul do país. (D) pouco densa no Norte, apresentando uma estruturaIII. Mesmo com o grande surto de crescimento hierárquica incompleta, apesar dos investimentosindustrial, vivido nos últimos anos, apresenta estrangeiros em infra-estrutura urbana, a partir de 1970.cidades populosas, mas ainda um país pouco (E) densa no Sudeste, devido à bem desenvolvida infra-urbanizado. estrutura de transporte e ao numero de cidades,lV. Embora o controle de natalidade tenha viabilizando um fluxo de mercadorias e pessoas.colaborado para uma redução nas taxas de GABARITOcrescimento demográfico, sua grande populaçãoainda determina um grande acréscimo populacional 1-C 8-A 14-E 20-A 2-A 9-A 15-C 21-Aanual em termos absolutos. 3-E 10-C 16-C 22-EÉ (são) verdadeira(s) a(s) afirmativa(s): 4-C 11-A 17-C 23-BA) IV apenas 5-A 12-E 18-C 24-C 6-B 13-A 19-E 25-E 7-D ACREDITEM NOS SEUS SONHOS - murielpinto@yahoo.com.br 39

×