Leaders, Fools and
Impostors:Essays on the
Psychology of Leadership
MANFRED F. R. KETS DE VRIES
DANIEL J. A. TIRACHI
VINÍC...
A Liderança por Kets De Vries
o Perspectivas Genéricas;
oPerspectivas Macro e Sociológicas;
oPerspectivas Políticas e Filo...
O Lado Obscuro da Liderança
PARADIGMA CLÍNICO: Baseado no Comportamento Humano
• Rule Makers;
• Rule Takers;
• Rule Breake...
Não viva uma vida... Crie uma!
o Os líderes mais eficientes são os que lidam com a ambiguidade:
Aqueles que conseguem rees...
1. O Líder como Espelho
o Transferências idealizadoras e espelhadas.
o Seguidores tendem à idealizarem seus líderes;
o Ao ...
Espelho, espelho meu...
oA Branca de Neve (Walt Disney); O Retrato de Dorian Gray (Oscar
Wilde); Narcissus (Mitologia Greg...
2. O Ser Incompleto:
Narcisismo e o Exercício do Poder
“ [...] O narcisista depende dos outros para validar sua auto-estim...
Narcisismo
o Richard III (William Shakespeare): Ricardo ama Ricardo.
o Contardo Calligaris: Em uma "sociedade narcisista",...
3. Desprendendo-se do Poder:
Reconhecimento Emocional
Os Efeitos do Envelhecimento A Experiência do Vazio
“Duas horas atrá...
3. Desprendendo-se do Poder:
Reconhecimento Emocional
Lei de Tailão O Processo da Aposentadoria
O Complexo do Legado
4. Almas Mortas: Entendendo
o Analfabetismo Emocional
A identificação da Alexitimia
4. Almas Mortas: Entendendo
o Analfabetismo Emocional
A Predisposição à Alexitimia do Homem
das Organizações
CEO Isolado
P...
4. Almas Mortas: Entendendo
o Analfabetismo Emocional
Procurando por Soluções
“Pela lógica e razão, nós morremos. Pela
ima...
5. A Arrogância e o Bobo: Humor
como Equilíbrio do Poder
“As palavras que custariam a vida de um homem prudente são
surpre...
5. A Arrogância e o Bobo: Humor
como Equilíbrio do Poder
As pessoas dizem: "Como você pode
vender por um preço tão baixo?"...
5. A Arrogância e o Bobo: Humor
como Equilíbrio do Poder
O Papel do Bobo
“O bobo é a única
pessoa próxima do Rei
que tem a...
5. A Arrogância e o Bobo: Humor
como Equilíbrio do Poder
O Tolo Organizacional
CHECAR A FORÇA DESTRUTIVA DA ARROGÂNCIA
Man...
6. A Síndrome do Impostor
Impostores fascinam o público.
Impostor:
◦ Aquele que engana, frauda ou trai;
◦ Aquele que assum...
Ferdinand Waldo Demara
(1921–1982)
• Monge Trapista;
• Doutor em Psicologia;
• Reitor de Filosofia em uma faculdade
da Pen...
(2002)
Frank Abagnale Jr.
(1948)
• Procurado em 50 estados e 26 países;
• Se passou por piloto, médico e
advogado por 5 an...
Marcelo Nascimento da
Rocha (1977)
• Assumiu 16 identidades falsas;
• A mais famosa: Henrique Constantino
(herdeiro, na ép...
Sombras da Impostura
Se sentindo um impostor:
◦ Impostor “Verdadeiro” – Indivíduos que possuem identidade baseada na
repre...
7. Liderança e o Abuso do
Poder: Além da Complexidade
A dinâmica dos tiranos é simples: ou você esta com eles, ou esta con...
“Aquele que confronta”
Política do medo: Internamente e Externamente
“Os excessos de seu regime forçaram as pessoas a se i...
Conclusão: Administrando as
Ambiguidades da Liderança e Poder
O negócio dos líderes é saber administrar energia.
◦ Devem s...
Fonte: upc.upcscavenger.com
Os líderes que serão lembrados:
Combinação de ação com reflexão;
Conhecimento próprio para rec...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Leaders fools and_impostors

239

Published on

Liderança

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
239
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Leaders fools and_impostors

  1. 1. Leaders, Fools and Impostors:Essays on the Psychology of Leadership MANFRED F. R. KETS DE VRIES DANIEL J. A. TIRACHI VINÍCIUS M. R. ALMEIDA RAFAEL C. ALVARENGA PROF. MATEUS T. S. COZER
  2. 2. A Liderança por Kets De Vries o Perspectivas Genéricas; oPerspectivas Macro e Sociológicas; oPerspectivas Políticas e Filosóficas; oPerspectivas Psicológicas; oPerspectivas Emergentes. - Approach da psicanálise Freudiana, atrelado ao inconsciente do indivíduo. - Inconsciente como Força que move o Líder. - Freud: Reflexo da infância na vida adulta.
  3. 3. O Lado Obscuro da Liderança PARADIGMA CLÍNICO: Baseado no Comportamento Humano • Rule Makers; • Rule Takers; • Rule Breakers Insanidade: “Fazer a mesma coisa várias e várias vezes esperando resultados diferentes.” (Albert Einstein) Invenção x Inovação 1P) Independentemente do quão irracional aparenta, possui razão; 2P) É vastamente determinado por forças do inconsciente; 3P) Somos todos produtos do nosso passado (Freud)
  4. 4. Não viva uma vida... Crie uma! o Os líderes mais eficientes são os que lidam com a ambiguidade: Aqueles que conseguem reestruturar situações complexas; o O grande desafio da liderança é “pensar fora da caixa”. Barreiras são internalizadas e perpetuadas em nosso inconsciente... Podendo minar o desenvolvimento criativo, portanto a inovação se torna transgressão. Tentamos atingir mudanças sem mesmo mudarmos nada! (FONTE: SAGE Handbook of Leadership)
  5. 5. 1. O Líder como Espelho o Transferências idealizadoras e espelhadas. o Seguidores tendem à idealizarem seus líderes; o Ao mesmo tempo, o líder é vislumbrado (espelhado) perante os olhos do seu seguidor e vice-versa. Mirror, do latim mirare (“olhar para”) e também (“admirar”). Pode servir tanto como um instrumento da verdade quanto da distorção, dependendo do que você quer enxergar. o Infância: Cria um senso de identidade do indivíduo desde seus primórdios. FONTE: http://www.theguardian.com/tv-and- radio/2013/feb/08/black-mirror-charlie-brooker-survival-guide
  6. 6. Espelho, espelho meu... oA Branca de Neve (Walt Disney); O Retrato de Dorian Gray (Oscar Wilde); Narcissus (Mitologia Grega). o A distorção da realidade. Metáfora do Espelho: “Enxergamos o que queremos ver, não o que tememos ver.” Fonte: Google.com
  7. 7. 2. O Ser Incompleto: Narcisismo e o Exercício do Poder “ [...] O narcisista depende dos outros para validar sua auto-estima. Ele não consegue viver sem sua admirada audiência [...] Para ele, o Mundo é um espelho.” (Christopher Lasch, The Culture of Narcissism) “Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder.” (Abraham Lincoln) o A liderança é o exercício do poder, e sua qualidade - boa, ineficiente ou destrutiva – depende da habilidade do indivíduo de gerí-lo. oPoder é um poderoso narcótico.
  8. 8. Narcisismo o Richard III (William Shakespeare): Ricardo ama Ricardo. o Contardo Calligaris: Em uma "sociedade narcisista", a invisibilidade é mais intolerável que a prisão. o Abílio Diniz: Adepto fervoroso de esportes; centralizador e não admite ser contrariado em suas decisões. o Efeito do Poder: Rompimento da Personalidade e a estagnação da auto-realização. Fonte: Google.com
  9. 9. 3. Desprendendo-se do Poder: Reconhecimento Emocional Os Efeitos do Envelhecimento A Experiência do Vazio “Duas horas atrás eu poderia dizer cinco palavras e seria citado em todas as capitais do mundo. Agora, eu poderia falar por duas horas e ninguém daria a mínima.”
  10. 10. 3. Desprendendo-se do Poder: Reconhecimento Emocional Lei de Tailão O Processo da Aposentadoria O Complexo do Legado
  11. 11. 4. Almas Mortas: Entendendo o Analfabetismo Emocional A identificação da Alexitimia
  12. 12. 4. Almas Mortas: Entendendo o Analfabetismo Emocional A Predisposição à Alexitimia do Homem das Organizações CEO Isolado PESSOA DE SISTEMAS Estilos Individuais SENSOR SOCIAL
  13. 13. 4. Almas Mortas: Entendendo o Analfabetismo Emocional Procurando por Soluções “Pela lógica e razão, nós morremos. Pela imaginação, vivemos”.
  14. 14. 5. A Arrogância e o Bobo: Humor como Equilíbrio do Poder “As palavras que custariam a vida de um homem prudente são surpreendentemente divertidas quando ditas por um palhaço”. “Você pensa que as coisas das quais as pessoas fazem graça de si mesmas são menos reais do que as coisas que elas tratam de forma sensata? Elas são mais verdadeiras: as únicas coisas que são verdade“.
  15. 15. 5. A Arrogância e o Bobo: Humor como Equilíbrio do Poder As pessoas dizem: "Como você pode vender por um preço tão baixo?", Eu digo, "porque é uma porcaria." O Perigo do Humor O Perigo da Arrogância “...desdobramento previsível do narcisismo descontrolado”.
  16. 16. 5. A Arrogância e o Bobo: Humor como Equilíbrio do Poder O Papel do Bobo “O bobo é a única pessoa próxima do Rei que tem a sabedoria e coragem de reconhecer e dizer a verdade” O Uso do Humor “Humor não é resignado; é rebelde” – Freud. “...bobos possuem imunidade protetora.”
  17. 17. 5. A Arrogância e o Bobo: Humor como Equilíbrio do Poder O Tolo Organizacional CHECAR A FORÇA DESTRUTIVA DA ARROGÂNCIA Manter-se no caminho PRENDER-SE À REALIDADE
  18. 18. 6. A Síndrome do Impostor Impostores fascinam o público. Impostor: ◦ Aquele que engana, frauda ou trai; ◦ Aquele que assume uma falsa personalidade. “Para o impostor, gratificação psicológica é, quase sempre, mais importante do que ganhos materiais” – Manfred Kets de Vries
  19. 19. Ferdinand Waldo Demara (1921–1982) • Monge Trapista; • Doutor em Psicologia; • Reitor de Filosofia em uma faculdade da Pensilvânia; • Estudante de Direito; • Engenheiro civil; • Zoologista graduado; • Pesquisador de câncer; • Professor de ensino fundamental; • Professor de ensino médio; • Tenente-cirurgião na Marinha do Canada (realizando cirurgias de verdade – com sucesso – no mar); • Assistente de diretor de uma prisão no Texas. (1961) Fonte: en.wikipedia.org Fonte: content.time.com
  20. 20. (2002) Frank Abagnale Jr. (1948) • Procurado em 50 estados e 26 países; • Se passou por piloto, médico e advogado por 5 anos; • Forjou cheques que somavam US$ 2,5 milhões; • Tudo antes de completar 21 anos. • Hoje: Preside a Abagnale and Associates; • Já foi consultor FBI. Fonte: www.abagnale.com Fonte: www.impawards.com Fonte: pearlsofprofundity.wordpress.com
  21. 21. Marcelo Nascimento da Rocha (1977) • Assumiu 16 identidades falsas; • A mais famosa: Henrique Constantino (herdeiro, na época, da Gol Linhas Aéreas) ; • Hoje: Palestrante (2011) Fonte: http://revistatrip.uol.com.br Fonte: cadernodopsicologo.blogspot.com Fonte: www.bbc.co.uk
  22. 22. Sombras da Impostura Se sentindo um impostor: ◦ Impostor “Verdadeiro” – Indivíduos que possuem identidade baseada na representação, ao invés de suas realizações; ◦ Impostor “Neurótico” – Indivíduos que se sentem fraudulentos enquanto são, na verdade, bem sucedidos. Lidando com impostores: ◦ Impostores não duram muito; ◦ Manter a capacidade de testar a realidade; ◦ Desenvolver uma capacidade refletiva para encontrar os pontos cegos do impostor.
  23. 23. 7. Liderança e o Abuso do Poder: Além da Complexidade A dinâmica dos tiranos é simples: ou você esta com eles, ou esta contra eles. Muitos acabam conspirando junto com o tirano por duas razões: ◦ Desse modo não se tornam vitimas deste tirano; ◦ Identificação com o agressor, para resolver o seu problema de falta de poder ou desamparo. Medo ou amor incentivam os seguidores destes líderes
  24. 24. “Aquele que confronta” Política do medo: Internamente e Externamente “Os excessos de seu regime forçaram as pessoas a se identificarem com o seu agressor em um nível surreal” – Kets de Vries Fonte: http://pt.wikipedia.org/ Saddam Hussein (1937 – 2006)
  25. 25. Conclusão: Administrando as Ambiguidades da Liderança e Poder O negócio dos líderes é saber administrar energia. ◦ Devem saber direcionar o foco da organização para um objetivo em comum; ◦ Gerar competitividade e ao mesmo tempo gerar energia emocional internamente. – Empowerment e Motivação; ◦ Confiança e empatia. Liderança: Um ato de Equilíbrio ◦ A liderança está sujeita à transformações ◦ Relações interpessoais e conhecimento próprio
  26. 26. Fonte: upc.upcscavenger.com Os líderes que serão lembrados: Combinação de ação com reflexão; Conhecimento próprio para reconhecer as transformações do poder; Não sucumbe as tentações do poder.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×