Your SlideShare is downloading. ×
0
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Crescimento E Crises EconôMicas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Crescimento E Crises EconôMicas

428

Published on

Granularidade do crescimento.

Granularidade do crescimento.

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
428
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Crescimento e crises econômicas Prof. Mateus Cozer 17/09/2009
  • 2. Agenda <ul><li>Granularidade do crescimento </li></ul><ul><li>Crises econômicas </li></ul><ul><li>Feitas para durar </li></ul>
  • 3. Presente e Futuro?... Predicting the present isn't as useless an enterprise as it sounds, given that most everyone else seems so busy predicting the past... John Perry Barlow, amazon.com.
  • 4. Placas Tectônicas <ul><li>Fim do Comunismo </li></ul><ul><li>Era de Indústrias de poder cerebral </li></ul><ul><li>Demografia - crescendo, mudando, envelhecendo </li></ul><ul><li>Economia Global </li></ul><ul><li>Mundo Multipolar </li></ul>
  • 5. Granularidade do crescimento <ul><li>Podem-se citar apenas sete atividades. </li></ul><ul><ul><li>Aumentar as vendas de produtos atuais para os clientes atuais, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>estender o negócio para vender o mix de produtos para novos clientes, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>lançar novos produtos e serviços, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>aumentar as vendas desenvolvendo novos sistemas de entrega para os clientes, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>expandir em novas geografias, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>mudar a estrutura da indústria por meio de alianças estratégicas, ou, </li></ul></ul><ul><ul><li>identificar oportunidades em novas arenas competitivas. </li></ul></ul>
  • 6. Comunicação e vendas <ul><li>Aumentar as vendas de produtos atuais para os clientes atuais </li></ul><ul><li>Engevix </li></ul><ul><ul><li>Receita bruta supera R$ 900 milhões e os serviços contratados a executar alcançam R$ 2,1 bilhões (2007) </li></ul></ul><ul><ul><li>Premiações recebidas: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>da revista Exame (prêmio de Melhor Empresa do Setor de Indústria da Construção), </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>da Petrobras </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Cliente mais valioso: Petrobras </li></ul></ul>
  • 7. Segmentação de Mercado <ul><li>Estender o negócio para vender o mix de produtos para novos clientes </li></ul><ul><li>Fras-le </li></ul><ul><ul><li>Empresa do setor de autopeças </li></ul></ul><ul><ul><li>Sobre o total das vendas líquidas consolidadas, o mercado externo representou 45% em 2005, ou seja, R$ 168,4 milhões, enquanto o mercado nacional ficou com 55%, que em valores equivale a R$ 205,2 milhões, distribuídos entre o mercado de reposição com 38% e o mercado de montadoras com 17%. </li></ul></ul><ul><ul><li>Operação na China (2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>A Fras-le chegou ao final do exercício de 2005 contando com a colaboração de 2.132 funcionários </li></ul></ul>
  • 8. lançar novos produtos e serviços <ul><li>Indústria digital: crescimento dos lucros de 312,4% (2008) </li></ul><ul><li>Comércio exterior Comexport: Trop </li></ul><ul><ul><li>Escavadeiras e máquinas pesadas </li></ul></ul><ul><ul><li>Crescimento de 58% na indústria têxtil (2008) </li></ul></ul><ul><li>Grandes grupos privados brasileiros </li></ul><ul><ul><li>A Marcopolo tem fábricas de ônibus em nove países </li></ul></ul><ul><ul><li>Ambev: lucro de US$ 1,3 bilhões (2008) </li></ul></ul>
  • 9. Colaboração <ul><li>Mudar a estrutura da indústria por meio de alianças estratégicas </li></ul><ul><li>Mercado de capitais </li></ul><ul><ul><li>64 aberturas de capital em 2007 (IPO) </li></ul></ul><ul><li>CPFL: Bradesco, Camargo Corrêa, Votorantim </li></ul><ul><ul><li>Riqueza criada por empregado: US$ 1,6 milhões (2008) </li></ul></ul>
  • 10. Redes e Canais <ul><li>Aumentar as vendas desenvolvendo novos sistemas de entrega para os clientes </li></ul><ul><li>Paulo Castro: presidente do Terra </li></ul><ul><li>A Weg está presente em 23 países </li></ul><ul><ul><li>Uma das maiores fabricantes de motores elétricos do mundo </li></ul></ul><ul><ul><li>Decio da Silva: presidente do conselho de administração </li></ul></ul>
  • 11. Globalização <ul><li>Expandir em novas geografias </li></ul><ul><li>Corporações multinacionais brasileiras </li></ul><ul><ul><li>Banco Itaú: vendas de US$ 41 bilhões (2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>Vale: vendas de US$ 32 bilhões (2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>Odebrecht: vendas de US$ 18 bilhões (2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>JBS: vendas de US$ 13 bilhões (2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>Camargo Corrêa: vendas de 6,9 bilhões (2008) </li></ul></ul>
  • 12. Competitividade <ul><li>identificar oportunidades em novas arenas competitivas </li></ul><ul><li>Claro: vendas de US$ 5,6 bilhões (2008) </li></ul><ul><ul><li>Carlos Slim </li></ul></ul><ul><li>Nokia: vendas de US$ 2,4 bilhões (2008) </li></ul><ul><li>IBM: mais do que lucros </li></ul><ul><li>Google: vendas de US$ 0,5 no Brasil (2008) </li></ul>
  • 13. Crises econômicas <ul><li>Tecnologia e competitividade </li></ul><ul><li>Aprender (com sucessos e fracassos), acumular experiências e capacidades, buscar e aplicar novas soluções dá, à firma, o caráter de organismo em permanente evolução . </li></ul><ul><li>&quot;trocas [trade-offs] econômicas e tecnológicas&quot; que são determinadas pelo paradigma, mas que assumem uma forma de aparência diferente de uma realidade sócioeconômica para outra. </li></ul><ul><li>Giovanni Dosi: perspectiva Schumpeteriana </li></ul>
  • 14. Feitas para Durar <ul><li>Empresas visionárias: Collins e Porras (1995) </li></ul><ul><li>IBM </li></ul><ul><ul><li>Fundada em 1911 </li></ul></ul><ul><ul><li>Usar o tempo que for necessário para deixar os clientes felizes </li></ul></ul><ul><li>3M </li></ul><ul><ul><li>Uma abordagem arquitetural </li></ul></ul><ul><ul><li>Inovação </li></ul></ul><ul><ul><li>Integridade absoluta </li></ul></ul><ul><ul><li>Tolerância com respeito a erros honestos </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualidade e confiabilidade do produto </li></ul></ul>
  • 15. Conclusão Petronius Arbiter, representante do Exército Imperial Romano, em 60 d.C. “ só no fim da vida aprendi que tendemos a enfrentar qualquer nova situação fazendo uso da reorganização, um método maravilhoso para criar a ilusão de progresso e ao mesmo tempo produzir confusão, ineficiência e desmoralização”.
  • 16. DRUCKER, P. Managing Oneself . HBR Mar-Apr, 1999. HANDY, C. The Age of Paradox . HBS HESSELBEIN, F. A comunidade do Futuro . Futura. KANTER, R. M. Classe Mundial , 1996. TAPSCOTT, D. Economia Digital , 1997. TAPSCOTT, D. & CASTON, A. Mudança de Paradigmas , 1997. THUROW, L. O Futuro do Capitalismo . Rocco. Leitura

×