3 GenóTipo E FenóTipo

26,925 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
26,925
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7,397
Actions
Shares
0
Downloads
606
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

3 GenóTipo E FenóTipo

  1. 1. Hereditariedade<br />
  2. 2. Características Hereditárias<br /><ul><li>Transmitem-se de geração em geração através da reprodução
  3. 3. Cor dos olhos, estatura, tipo e cor do cabelo</li></li></ul><li>Características Hereditárias<br />Cromossomas<br /><ul><li>Metade fornecidos pelo pai, metade pela mãe
  4. 4. Fusão de gâmetas
  5. 5. 23+23=46 cromossomas</li></li></ul><li>O que determina o sexo na espécie humana?<br />Menino ou Menina?<br />O óvulo transporta um cromossoma sexual X;<br />o espermatozóide pode conter o cromossoma X ou Y.<br />
  6. 6. Menino ou Menina?<br />Espermatozóide<br />Espermatozóide: X ou Y<br />Óvulo: Sempre X <br />Menino: XY<br />Menina: XX<br />Óvulo<br /><ul><li> Há sempre 50% de hipóteses para cada sexo</li></li></ul><li>Genes<br />Gene–Segmento de um cromossoma que contém informação sobre determinada característica<br />Genes Alelos–Genes situados no mesmo local de cada cromossoma do mesmo par e que determinam a mesma característica<br />
  7. 7. Genes: Dominantes ou Recessivos<br />Gene Dominante<br />Sobrepõe-se ao recessivo, expressando-se sempre (basta 1)<br />Gene Recessivo<br />Só se manifesta se o outro alelo for idêntico (são necessários 2)<br />
  8. 8. Fenótipo e Genótipo<br />Fenótipo – Manifestação da característica<br />Genótipo – Alelos que definem a característica<br />Exemplo – nomenclatura -<br />Cabelo Louro (l) – alelo recessivo<br />Cabelo Castanho (C) – alelo dominante<br />
  9. 9. Fenótipo e Genótipo<br />Fenótipo: Cabelo Louro<br />Genótipo: ll<br />Fenótipo: Cabelo Castanho<br />Genótipo: CC ou Cl<br />
  10. 10. Genes dominantes e recessivos<br />
  11. 11. O conhecimento científico na área da genética tem contribuído para a resolução de problemas que preocupam as sociedades actuais?<br />Produção de Alimentos<br /> A engenharia genética tem vindo a desenvolver técnicas através da manipulação de seres vivos em laboratório, cujo genoma é alterado, para melhorar uma ou mais características. Os seres vivos cujo genoma é manipulado são designados organismos geneticamente modificados (OGM). Os produtos alimentares produzidos pelos OGM são denominados alimentos transgénicos. <br />
  12. 12. Como se transmitem as características hereditárias?<br />Mendel 1865<br />Descobriu os princípios básicos que regulam o mecanismo de hereditariedade<br />Xadrez mendeliano – quadro onde se multiplicam os possíveis <br />
  13. 13. Gâmetas<br />1 gâmeta contém apenas um cromossoma<br />Progenitor tem num par de cromossomas 1 alelo A e outro a, então vai produzir gâmetas A ou a<br />
  14. 14.
  15. 15. Procedimentos médicos<br /> A clonagem é uma técnica que permite a criação de seres vivos geneticamente idênticos, designados clones, descendentes de uma única célula somática (qualquer célula do organismo à excepção dos gâmetas).<br />
  16. 16. A técnica de clonagem de animais inspirou a clonagem terapêutica. Até ao momento, a clonagemterapêutica utiliza células que possuem a capacidade de se multiplicarem indefinidamente e podem originar diferentes tecidos, denominadas células estaminais. Existem células estaminais, que se obtêm a partir de embriões, que conseguem formar todo o tipo de tecidos do corpo humano. Podem ser usadas no tratamento de uma infinidade de doenças que um indivíduo posso desenvolver, ao longo da sua vida.<br /> A utilização de embriões humanos para a extracção de células estaminais é muito controversa.<br />
  17. 17. Produção de medicamentos<br /> A biotecnologia molecular permitiu a produção de medicamentos de baixo custo e uma produção em grande escala, minimizando o risco de alergias e de infecções para a a população.<br />Planeamento familiar<br />As técnicas desenvolvidas na área da reprodução medicamente assistida têm sido utilizadas para solucionar muitos casos de infertilidade conjugal e, quando associadas ao diagnóstico genético pré-implantatório (DGPI), evitam o nascimento de crianças com doenças graves.<br />
  18. 18. Terapia genética<br />A terapia genética é uma técnica cujo objectivo é inserir genes directamente no núcleo das células do tecido afectado, para tratar ou prevenir doenças, em vez de se utilizarem medicamentos ou cirurgias. Através da terapia genética será possível tratar doenças hereditárias, certos tipos de cancro e injecções virais.<br />

×