Your SlideShare is downloading. ×
0
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Seminário Comunidade De Investigacão
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seminário Comunidade De Investigacão

664

Published on

A proposta da pesquisa de Garrison et al (1991) é promover uma ordem conceitual para o uso da comunicação mediada por computador. O foco do estudo apresentado no artigo trata-se de um modelo de …

A proposta da pesquisa de Garrison et al (1991) é promover uma ordem conceitual para o uso da comunicação mediada por computador. O foco do estudo apresentado no artigo trata-se de um modelo de "Comunidade De Questionamentos" que constitui de três elementos essenciais para a transação educacional: presença cognitiva,social e pedagógica.

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
664
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Comunidades de investigação Edileni Marcia Garcia Marcia Rejane Monica Sandra
  • 2. <ul><li>“ Aprendemos quando compartilhamos experiências”. </li></ul><ul><li>(Dewey) </li></ul>
  • 3. Communidade de investigação <ul><li>O uso da comunicação mediada por computador (CMC) está se tornando cada vez mais comum no ensino superior. </li></ul><ul><li>Muitas instituições de ensino superior estão olhando para CMC, em particular conferência por computador, como um meio versátil para o fornecimento de programas educacionais </li></ul>
  • 4. Comunidade de investigação
  • 5. Uma comunidade educacional de investigação é um grupo de indivíduos que se envolvem colaborativamente em um discurso crítico e reflexivo para construir significado e confirmar que haja um entendimento mútuo.
  • 6. <ul><li>A comunidade de investigação representa um processo de criação de uma experiência de aprendizado profundo e significativo (construtivista colaborativa), através do desenvolvimento de três elementos interdependentes – presença social, cognitiva e do professor </li></ul>
  • 7. <ul><li>Presença social </li></ul><ul><li>&quot;a capacidade dos participantes de identificação com a comunidade, de se comunicar propositalmente em um ambiente de confiança e desenvolver relações inter-pessoais por meio de projeção de sua personalidade individual.&quot; (Garrison, 2009) </li></ul>
  • 8. <ul><li>Presença cognitiva </li></ul><ul><li>É a medida em que os alunos sejam capazes de construir e confirmar significado através da reflexão e do discurso sustentado (Garrison, Anderson e Archer, 2001). </li></ul>
  • 9. <ul><li>Presença do professor </li></ul><ul><li>É o design, a facilitação e orientação dos processos cognitivos e sociais com a finalidade de promover significado e valor educacional dos resultados de aprendizagem (Anderson, Rourke, Garrison & Archer, 2001) </li></ul>
  • 10. <ul><li>Teaching presence </li></ul>
  • 11. <ul><li>Para que um conhecimento seja transformador de nós mesmos e de nossas vidas, não basta falar e argumentar sobre ele. É necessário que ele se comunique aos nossos sentimentos e influencie nossas ações. </li></ul><ul><li>Quando estamos inseridos numa comunidade de investigação, estamos simultaneamente inseridos em vários níveis de comunicação </li></ul>
  • 12. <ul><li>A comunicação existente numa comunidade de investigação, portanto, não é uma simples conversa sem objetivo. Para investigar , é preciso investigar algo , seguir os passos nalguma direção. O papel do professor/coordenador, então, é visualizar este caminho, ajudando as respostas e argumentos dos alunos a não se perderem no nada ou em becos sem saída, mas a realizarem algum progresso em direção à verdade. </li></ul>
  • 13. <ul><li>Para observar os vários níveis de interação é preciso perceber no grupo: </li></ul><ul><li>Até que ponto cada um está envolvido e motivado para dialogar. </li></ul><ul><li>Quanto o diálogo ou o tema afetam emocionalmente cada um. </li></ul><ul><li>Até que ponto os participantes conseguem extrair as conseqüências práticas do diálogo. </li></ul><ul><li>Como o ambiente fluídico da sala muda quando se muda de enfoque ou de interlocutor. </li></ul>
  • 14. <ul><li>A abordagem a uma Comunidade reflexiva de Investigação envolve </li></ul><ul><li>necessariamente um espaço onde exista: </li></ul><ul><li>- segurança no sentido intelectual, </li></ul><ul><li>- alegria/diversão, </li></ul><ul><li>- respeito pelas pessoas, </li></ul><ul><li>- qualquer pergunta é bem vinda, </li></ul><ul><li>- aprecia-se a diversidade de pontos de vista, </li></ul><ul><li>- escutar é tão importante quanto falar/ esperar pela </li></ul><ul><li>sua vez, </li></ul><ul><li>- a comunidade estabelece as suas próprias regras, </li></ul><ul><li>- todos estão prontos para contribuir </li></ul>
  • 15. Links <ul><li>http://www.edicoesgil.com.br/educador/filosofia/niveis.html </li></ul><ul><li>http://www.edicoesgil.com.br/educador/filosofia/oqueecomunidade.html </li></ul><ul><li>http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4925/18/subcap.II.pdf </li></ul><ul><li>http://communitiesofinquiry.com/files/coi_model.pdf </li></ul><ul><li>http://communitiesofinquiry.com/files/practicalinquiry.pdf </li></ul><ul><li>http://communitiesofinquiry.com/files/concept-map.gif </li></ul>

×