Uploaded on

 

More in: Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
936
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
24
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Nanotecnologia
  • 2. • Um pouco de história • O que é Nanotecnologia • Aplicações • Considerações importantes
  • 3. Nanotecnologia é a criação de materiais, aparelhos e sistemas funcionais e utilizáveis através do controle da matéria em escala atômica e a exploração de diferentes fenômenos e propriedades (físicas, químicas, biológicas) nesta escala. “ Se me perguntassem qual área da ciência e da engenharia que apresentará maior evoluções no futuro, eu apontaria para a nanotecnologia e a nano-engenharia.” - Neal Lane Assistente de Ciência e Tecnologia do governo Estado Unidense
  • 4. 1959 – Richard P. Feynman escreve a famosa palestra ´Há Mais Espaços lá em Baixo’ 1974 - Norio Taniguchi cunhou o termo “nanotecnologia”. 1974 - Primeiro aparelho eletrônico molecular é patenteado por Aviram e Seiden 1981 - Eric Drexler publica o primeiro artigo em nanotecnologia molecular. [”Molecular engineering: An approach to the development of general capabilities for molecular manipulation.“- PNAS | September 1, 1981 | vol. 78 | no. 9 | 5275-5278] 1981 - É inventado o microscópio de tunelamento (Scanning tunneling microscope (STM) ). 1985 - São descobertas as BuckMinster ou Buckyballs (fulerenos) por Richard Smalley da Universidade de Rice. 1986 -  O instituto Foresight é estabelecido para auxiliar no desenvolvimento e promoção da nanotecnologia promovendo muitas conferências sobre nanotecnologia. 1986 - Inventado o microscópio de força atômica (Atomic force microscope (AFM)) 1986 - Publicação do livro “Engines of creation” do Dr. K. Eric Drexler. 1987 - Primeira observação da quantização na condutância elétrica. Demonstrando que as nanoestruturas não são só menores, mas são diferentes. 1987 - Criado do primeiro transistor de um elétron. 1989 - “IBM”escrito com 35 átomos de xenônio. Isto foi feito com o auxilio de um microscópio de tunelamento. 1991 - São descobertos os nanotubos de carbono. 1993 - Criado o primeiro laboratório de pesquisas em nanotecnologia, nos EUA. Na Rice University. 1996 -  Richard Smalley desenvolve um método de produção de nanotubos de diâmetros uniformes. 1997 - Nadrian Seeman cria o primeiro nanocomposto baseado em DNA. 1997 - Eletrônica baseada em um único nanotubo de carbono. 1999 -  Os cientistas Mark Reed e James M. Tour criam um interruptor (chave) do "computador molecular" usando uma única molécula. 2000 - EUA lança uma iniciativa nacional de apoio à nanotecnologia. Investimentos na ordem de 400 milhões de dólares. 2000 -  Pesquisadores da Universidade de Rice desenvolveram métodos de transformação de nanotubos de carbono em estruturas rígidas multicomponentes. 2001 -  Pesquisadores da IBM desenvolvem métodos para o crescimento de nanotubos. Nanotecnologia na Linha do Tempo
  • 5. Richard Philips Feynman
  • 6. A nanotecnologia está associada a diversas áreas (como a medicina, eletrônica, ciência da computação, física, química, biologia e engenharia dos materiais) de pesquisa e produção na escala nano (escala atômica). O princípio básico da nanotecnologia é a construção de estruturas e novos materiais a partir dos átomos (os tijolos básicos da natureza). É uma área promissora, mas que dá apenas seus primeiros passos, mostrando, contudo, resultados surpreendentes (na produção de semicondutores, Nanocompósitos, Biomateriais, Chips, entre outros). Criada no Japão, a nanotecnologia busca inovar invenções, aprimorando-as e proporcionando uma melhor vida ao homem. Aplicações
  • 7. Produtos e serviços que já estariam no mercado Um levantamento sumário nas publicações que circulam sobre nanotecnologia aponta para os seguintes produtos e serviços que já estariam no mercado: Tecidos resistentes a manchas e que não amassam; Raquetes e bolas de tênis; Capeamento de vidros e aplicações antierosão a metais; Filtros de proteção solar; Material para proteção (“screening”) contra raios ultravioleta; Tratamento tópico de herpes e fungos; Nano-cola, capaz de unir qualquer material a outro; Pó antibactéria; Diversas aplicações na medicina como cateteres, válvulas cardíacas, marca-passo, implantes ortopédicos; Produtos para limpar materiais tóxicos; Produtos cosméticos; Sistemas de filtração do ar e da água. Microprocessadores e equipamentos eletrônicos em geral; Polimento de faces e superfícies com nanotecnologia sem micro-riscos.
  • 8. Um dos possíveis problemas é a nanopoluição que é gerada por nanomateriais ou durante a confecção destes. Este tipo de poluição, formada por nanopartículas que podem ser muito perigosas uma vez que flutuem facilmente pelo ar viajando por grandes distâncias. Devido ao seu pequeno tamanho, os nanopoluentes podem entrar nas células de seres humanos, animais e plantas. Como a maioria destes nanopoluentes não existe na natureza, as células provavelmente não terão os meios apropriados de lidar com eles, causando danos ainda não conhecidos. Estes nanopoluentes poderiam se acumular na cadeia alimentar como os metais pesados e o DDT. Considerações Importantes
  • 9.  
  • 10. Pesquisa Elaborada por : Alexandre Carvalho, Carlos Henrique, Gesiliana Fogaça, Jônatas Lopes e Leandro Dias.