Aproveitamento de Água de Chuva

  • 7,139 views
Uploaded on

Apresentação preparada para defesa de dissertação de mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental na UNIVALI, em 2005.

Apresentação preparada para defesa de dissertação de mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental na UNIVALI, em 2005.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
7,139
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
105
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • De acordo com os dados da Estação Meteorológica da UNIVILLE, a média pluviométrica anual para os anos de 1996 a 2004, ficou em torno de 2200mm. Segundo Azevedo Netto (1991), uma precipitação anual acima de 2000mm é considerada excelente em se tratando de aproveitamento de água de chuva para abastecimento. Qualidade de vida: melhor distribuição da água a população mesmo em locais onde a rede pública não chega, seja pela distância ou por estar localizadas em locais elevados. Contribuição a educação ambiental, conscientizando a comunidade da importância da valorização da água como recurso limitado.
  • O município compreende uma área de 1.135.05 km2, sendo que 191,14 km2 são destinados ao perímetro urbano. Segundo dados do IBGE (2000), a população de Joinville é de 436.585 habitantes.
  • São quatro as principais bacias hidrográficas do município de Joinville: Cubatão, Cachoeira, Piraí e Rio do Júlio.
  • redução nos meses compreendidos entre abril e agosto e nos meses compreendidos entre setembro e março há um aumento dos índices pluviométricos.
  • média de 8 a 10 dias de chuva por mês entre os meses compreendidos entre abril e agosto e nos meses de setembro a março o número de dias de chuva varia de 15 a 20 dias.
  • devido a sua localização geográfica Joinville está sujeita à entrada de massas tropicais marítimas, que ao se chocarem coma a Serra do Mar provocam a chamada precipitação frontal orográfica.
  • O levantamento da percepção ambiental do aproveitamento da água de chuva: definição da amostra, elaboração do questionário e aplicação dos questionários.
  • Foram entregues 104 questionários dos quais retornaram 31, cerca de 30% do total.
  • Nas enchentes, as águas elevam-se de forma paulatina e previsível, mantém-se em situação de cheia durante algum tempo e a seguir, escoam-se gradualmente. As enxurradas são provocadas por chuvas intensas e concentradas, em regiões de relevo acidentado provocando transbordamento. Alagamentos são águas acumuladas no leito das ruas e nos perímetros urbanos por fortes precipitações pluviométricas, em cidades com sistemas de drenagem deficientes.
  • Negativos: Grande quantidade de nascentes existentes no município, que seriam suficientes para o abastecimento da população; Chuva em abundância, o que provoca a recarga constante do lençol freático e manutenção do fluxo das nascentes; Construção de barragens como sendo uma opção mais viável.

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar - CTTMAR MESTRADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AMBIENTAL PERCEPÇÃO DOS ATORES SOCIAIS QUANTO ÀS ALTERNATIVAS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE CAPTAÇÃO E APROVEITAMENTO DE ÁGUA DE CHUVA EM JOINVILLE – SC MÁRCIA REGINA CARLON ORIENTADOR: Prof. Dr. Marcus Polette Itajaí -2005
  • 2. Introdução
    • Esta pesquisa tem como finalidade o levantamento junto a população da cidade de Joinville-SC sobre a sua percepção ambiental em relação a utilização da água de chuva como fonte complementar ao abastecimento de água na região.
  • 3. JUSTIFICATIVA
    • Potencial pluviométrico elevado;
    • Busca de uma fonte alternativa para atender o crescente aumento da demanda;
    • Contribuição a prevenção de enchentes;
    • Melhoria da qualidade de vida da população.
  • 4. Área de Estudo - Joinville
    • Maior cidade do estado de Santa Catarina;
    • Desenvolvimento em função da atividade industrial;
    • População em torno de 440 mil habitantes;
  • 5. Área de Estudo - Joinville
    • Altitude de 3m acima do nível do mar;
    • Solo argiloso;
    • Alta densidade de recursos hídricos;
  • 6. Área de Estudo - Joinville
    • Altos índices pluviométricos com períodos de estiagem bem definidos.
  • 7. Área de Estudo - Joinville
    • Mesmo durante o período de estiagem o número de dias de chuva por mês é significativo.
  • 8. Área de Estudo - Joinville
    • Joinville está localizada na região de maior índice pluviométrico do litoral de Santa Catarina.
  • 9. Material e Método Etapa 1
  • 10. Material e Método Etapa 2
  • 11. Material e Método Etapa 3
  • 12. Material e Método Etapa 4
  • 13. Material e Método
  • 14. Material e Método
  • 15. Material e Método
    • Verificação das políticas públicas;
    • Levantamento da percepção ambiental do aproveitamento da água de chuva junto aos atores sociais das várias esferas do poder;
    • Visitação das edificações com sistemas de aproveitamento de água de chuva;
    • Análise estatística dos questionários;
    • Determinação da viabilidade do aproveitamento de água de chuva em Joinville.
  • 16. Resultados e Discussão
    • Análise da Legislação Municipal:
      • Projetos de Lei apresentados a Câmara de Vereadores de Joinville;
      • Código Municipal do Meio Ambiente;
      • Agenda 21 Local.
  • 17. Agenda 21 Local
  • 18. Análise dos atores sociais
    • Instituições governamentais e não-governamentais nas três esferas do poder e iniciativa privada;
    • Cerca de 30% dos questionários entregues retornaram;
    • Os órgãos não-governamentais apresentaram um retorno mais significativo.
  • 19. Visita às Edificações Escola Municipal José Antônio Navarro Linz
  • 20. Visita às Edificações Escola Municipal Padre Valente Simioni
  • 21. Visita às Edificações Edifício Rio Tâmisa
  • 22. Sistema de Captação e Aproveitamento de Águas Pluviais
  • 23. Análise das Entrevistas Perfil
    • 65% estão na faixa de 30 a 50 anos;
    • 61% pertence ao gênero masculino;
    • 65% possui pós-graduação;
    • 42% atuam há mais de 20 anos na instituição;
  • 24. Problemas e Soluções em Relação a Falta de Água em Joinville
  • 25. Problemas e Soluções em Relação as Enchentes em Joinville
  • 26. Caracterização das Enchentes em Joinville
    • Enchentes ou Inundações Graduais;
    • Enxurradas;
    • Alagamentos.
    • Impermeabilização do solo;
    • Desmatamento de encostas;
    • Acúmulo de detritos nas galerias de drenagem;
    • Rede pluvial subdimensionada
  • 27. Soluções para as Enchentes
    • Fiscalização das ocupações em áreas irregulares;
    • Programas de educação ambiental;
    • Remoção periódica do lixo nos rios;
    • Controle da impermeabilização do solo;
    • Delimitação das áreas edificáveis.
    • Ampliação do sistema de drenagem pluvial
  • 28. Relação da Instituição com os Recursos Hídricos
  • 29. Aproveitamento de Água de Chuva
  • 30. Falhas no Abastecimento de Água
  • 31. Medidas para Evitar a Falta de Água
    • Ampliação da rede pluvial;
    • Campanhas de conscientização;
    • SOS Nascentes;
    • AMAE;
    • Racionamento de água;
    • Revitalização dos rios;
    • Formação do CCJ.
  • 32. Áreas Atingidas por Enchentes
  • 33. Medidas para Evitar Enchentes
    • Limpeza dos rios;
    • Obras de infra-estrutura;
    • Conscientização da comunidade;
    • Levantamento das áreas críticas pela Defesa Civil.
  • 34. Percepção Ambiental do Aproveitamento da Água de Chuva
    • 93% já tinham conhecimento da utilização da água de chuva;
    • Destes, 54% tinham alguma noção do funcionamento do sistema e 34% ouviram falar na sua aplicação no semi-árido nordestino;
    • 90% acreditam na viabilidade da utilização da água de chuva em Joinville;
  • 35. Aproveitamento da Água de Chuva em Joinville
  • 36. Usos da Água de Chuva
    • A água de chuva deve ser utilizada somente para fins não nobres em que tratamentos simples de filtragem e desinfecção são suficientes para a manutenção da sua qualidade.
  • 37. Estratégias para a Utilização da Água de Chuva
    • 87% acreditam na importância da busca por novas fontes de recursos hídricos;
    • 69% julgam suas instituições aptas a tratar do tema;
    • 38% podem contribuir através do desenvolvimento de projetos; e
    • 30% acreditam que o poder público deve ser responsável pela gestão dos recursos hídricos.
  • 38. Aspectos do Aproveitamento de Água de Chuva
    • POSITIVOS
    • Redução dos custos com água tratada;
    • Preservação dos recursos hídricos;
    • Aumentar a disponibilidade de água;
    • Auxiliar na prevenção de enchentes.
    • NEGATIVOS
    • Dificuldade na manutenção da qualidade adequada da água;
    • Alto custo de implantação;
    • Falta de aceitação da população;
    • Sistema ocioso nos períodos de estiagem.
  • 39. Considerações Finais
    • Esta pesquisa teve como objetivo principal determinar a viabilidade do aproveitamento de água de chuva em Joinville, levando em consideração aspectos ambientais, sociais e culturais da região.
    • Pode-se perceber que o interesse pelas questões ambientais está inserida nos vários setores da sociedade, faltando apenas as orientações sobre a forma correta de proceder.
    • Os projetos de gestão ambiental, para que possam obter êxito, devem ser acompanhados de um amplo projeto de educação ambiental.
  • 40. Considerações Finais
    • As ações pontuais realizadas por diferentes instituições poderiam fazer parte de um projeto mais amplo onde fosse estabelecida uma meta em comum.
    • A metodologia utilizada nesta pesquisa possibilita a sua utilização como ferramenta para o desenvolvimento de políticas públicas onde a gestão participativa é valorizada. Estes programas, por contarem com a participação da comunidade na sua elaboração atendem diretamente aos interesses da sociedade de forma geral e tem maiores possibilidades de sucesso.
  • 41. Expectativas
    • Apresentar esta pesquisa para as instituições que participaram do projeto;
    • Promover a divulgação das práticas de aproveitamento de águas pluviais junto à comunidade da área de estudo;
    • Fazer com que o aproveitamento de água de chuva seja uma realidade em Joinville.