Your SlideShare is downloading. ×
Revista Moore Stephens -  MS News - 12 anos de informação no Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Revista Moore Stephens - MS News - 12 anos de informação no Brasil

2,197
views

Published on

Revista informativa de uma das maiores Consultorias Contábeis do Mundo, Moore Stephens. Nessa edição abordamos assuntos relevantes do panorama econômico brasileiro e mundial. Entre eles destacamos: …

Revista informativa de uma das maiores Consultorias Contábeis do Mundo, Moore Stephens. Nessa edição abordamos assuntos relevantes do panorama econômico brasileiro e mundial. Entre eles destacamos:
- Brasil: Cenário otimista para investimento;
- Perspectivas América Latina;
- Copa do Mundo e Jogos Olímpicos.


2 Comments
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
2,197
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
2
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Boletim MS News: 12 anos de informação no Brasil 3 EDITORIAL 4 BRASIL: CENÁRIO OTIMISTA PARA INVESTIMENTOS 6 RICHARD MOORE FALA SOBRE O BRASIL 7 12 ANOS DE INFORMAÇÃO E 12 ESCRITÓRIOS NO BRASIL 46 PERSPECTIVAS AMÉRICA LATINA 50 COPA DO MUNDO E JOGOS OLÍMPICOS 54 A HISTÓRIA DA AUDITORIA NO BRASIL 56 IDENTIDADE NACIONALMoore Stephens Auditores e Consultores PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.
  • 2. Editorial Estamos vivendo Para comemorar essa empreitada, lançamos esta revista, que um momento também é diferente. Desta vez, o leitor não vai encontrar os muito especial artigos técnicos que produzimos durante o ano, mas sim o no contexto de resultado de uma pesquisa sobre o Brasil, com foco nas 12 desenvolvimento regiões onde a Moore Stephens está presente. Diversos sócios econômico uniram-se para discutir sobre o potencial econômico dessas e social do regiões que vêm contribuindo para o desenvolvimento do Brasil. É notável País. Setores promissores, políticas regionais de estímulo ao EXPEDIENTE o nosso investimento, ideias e projetos de melhorias locais são alguns Publicação especial 12 anos MS News crescimento, temas recorrentes. Conselho editorial: Hélio Eiji Yamasaki, Hélio Mazzi Júnior, Jarbas Lima da Silva e alavancado por diversas A entrevista com o Roberto Cox, Presidente da Moore Stephens Sérgio Lucchesi Filho condições América Latina, revela uma análise do momento atual e das Projeto editorial: Marília Marcucci favoráveis, potencialidades a serem desenvolvidas pelos países latino- Edição: Estúdio de Comunicação estimuladas, americanos: informações úteis vindas da visão de um profissional Jornalista responsável: Bibiana Riedhorst principalmente, acostumado às diferentes características dos países e suas – MTB 28.049 Cuiabá Ribeirão Preto pelos distintas legislações e culturas. Reportagens: Ana Esterque mscb@msbrasil.com.br msrp@msbrasil.com.br investimentos Projeto gráfico: SG&C Comunicação Sócios - Adilson Luchtenberg, George Sócios - Hélio Mazzi Júnior, Hildebrando Hélio Mazzi Júnior do meio De olho em um futuro muito próximo, destaco também a matéria Impressão: São Francisco Gráfica e Editora Diretor Executivo da Moore Stephens no Rodolfo Duarte de Oliveira, Hélio Mazzi Camargo, Marco Antônio Olívio Palos e empresarial sobre a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, Contato: msnews@msbrasil.com.br Brasil e membro do Comitê Executivo Júnior, Hildebrando Camargo, Lúcio Ricardo Aurélio Rissi. nacional e que prometem deixar um legado ao povo brasileiro. Regional da América Latina Agradecimentos Martinis, Marco Antônio Olívio Palos e internacional. Rio de Janeiro Clientes que participaram das Ricardo Aurélio Rissi. De caráter informativo, o artigo sobre a História da Auditoria msrj@msbrasil.com.br reportagens: Grupo Ematex, Banco Abordar esse cenário de desenvolvimento é o principal objetivo do Brasil revela a importância da nossa área de atuação para as Curitiba Sócios - Luiz Sallé Karam, Sérgio Lucchesi Pottencial, Bimetal, Rota Oeste, Los desta revista, criada para comemorar o aniversário do Boletim empresas e como nosso trabalho se desenvolveu ao longo dos msct@msbrasil.com.br Filho , Edison Pereira Lima, Samuel Akira Grobo Agro do Brasil, Grupo CR Almeida, MS News, que há 12 anos publica matérias úteis à gestão anos no País. Sócios - José Boeing, Luiz Gibur Júnior, Oyadomari, Carlos Atushi Nakamuta, Instituto Nordeste Cidadania, Instituto empresarial de diversas áreas de negócio, com atenção às Paulo Roberto Cardoso e Paulo Cirilo dos Luiz Fernando Nóbrega, Odair Zorzin e do Desenvolvimento do Trabalho, práticas contábeis, tributárias e de governança. Por fim, ressalto o mérito de todos os nossos clientes pelo Santos Neto. Elói de Siqueira. Flexicotton, Grupo Mime, Unetral S.A., mundo mas, sobretudo, no Brasil: são empresas de diversos Dax Resinas, Keko, Cory, Laticínios Fortaleza Santa Maria Quando nosso primeiro boletim informativo foi concebido, há portes e segmentos que contribuem para o crescimento do Aviação, Grupo TGM, Levantina Natural msfor@msbrasil.com.br mssm@msbrasil.com.br exatamente 12 anos, nossa necessidade de informar era movida País e fazem da Moore Stephens uma rede de auditoria e Stone, Pancoast Navegações, Grupo Sócios - Robinson P. Castro e Silva, Silvio Sócios - Carlos Alberto dos Santos, por um desejo particular. Nós queríamos fazer uma comunicação consultoria consolidada no mercado nacional. Essas parcerias Maza Tarraf, Marques Construtora e Leitão de Castro e Silva, Silvia Marinho Jarbas Lima da Silva, Roberto Augusto diferente, que realmente auxiliasse os administradores e enriquecem o nosso desenvolvimento profissional e humano Incorporadora e Grupo Servtec. Pinto e Francisco Moisés de Almeida Ayub, Ronei Xavier Janovik e Sérgio contadores em seu dia a dia nas empresas. Queríamos antecipar e fazem com que tenhamos, cada vez mais, orgulho em fazer Gomes. Laurimar Fioravanti. as respostas a algumas dificuldades, fazendo nossa opinião parte de um time vencedor. Moore Stephens chegar às mesas antes mesmo da nossa equipe de trabalho. Joinville São José do Rio Preto Desejo a todos uma boa leitura e um ano muito próspero. Auditores e Consultores no Brasil Há 12 anos, nós cumprimos essa missão. Há 12 anos, nossos msjl@msbrasil.com.br mssjrp@msbrasil.com.br colaboradores produzem, mensalmente, textos técnicos Belo Horizonte Sócios - Altair Gottardi, Hélio Eiji Sócios - Hélio Mazzi Júnior, Hildebrando importantes, partindo das reais necessidades que encontram nos msbh@msbrasil.com.br Yamasaki, José Francisco Gesser, Leila Camargo, Marco Antônio Olívio Palos e clientes. A linguagem do nosso boletim é específica. Ela tem o Sócios - Adelmo de Oliveira, Ruy Gomes Patrícia Oliveira, Luiz W. Jung e Rogério Ricardo Aurélio Rissi. olhar técnico da nossa profissão e experiência cotidiana. da Silva Filho, José Almeida de Oliveira, Nunes. São Paulo Marcelo Modesto Costa e Pedro Batista Porto Alegre mssp@msbrasil.com.br Feliciano. mspoa@msbrasil.com.br Sócios - Sérgio Lucchesi Filho, Edison Brasília Sócios - Carlos Alberto dos Santos, Jarbas Pereira Lima, Samuel Akira Oyadomari, msdf@msbrasil.com.br Lima da Silva, Roberto Augusto Ayub, Carlos Atushi Nakamuta, Luiz Fernando Sócios - Edson Souza Sobrinho, João Ronei Xavier Janovik e Sérgio Laurimar Nóbrega, Odair Zorzin e Elói de Alfredo Eduão Ferreira e Fabson Vogel. Fioravanti. Siqueira.2 3
  • 3. da indústria automobilística e de produtos Segundo a Organização Internacional do da linha branca e o aumento de incidência Trabalho, cerca de 90% dos empregos do Imposto sobre Operações Financeiras no Brasil exigem, como (IOF) para empréstimos externos, visam mínimo, o ensino médio a mitigar certos desequilíbrios (entrada completo. Entretanto, excessiva de capital especulativo, valorização metade desses da moeda com efeito nas exportações, baixa importante, atividade industrial e do consumo etc.), bem por outro como, especialmente, estimular a atividade lado, deve-se produtiva. lamentar a perda de competitividade dos Outra área que é de máxima relevância trabalhadores brasileiros. A para alavancar de forma sustentada o saída é apenas uma: investir desenvolvimento brasileiro em em educação, que em médio todos os setores é a prazo proporcionará mão de obra Educação. adequada à demanda das empresas. Apesar disso, o cenário atual é de real otimismo, pois o País tem caráter multipolar Brasil: cenário otimista para investimentos de capital estrangeiro e os incentivos combinam crescimento com projeto estratégico de desenvolvimento, para investimentos ciência e tecnologia, inovação e boa reserva de trabalhadores não completou o ensino exportação. fundamental. As economias que têm obtido bom O trabalhador mal qualificado leva mais desempenho no mundo, como a chinesa e a tempo para desempenhar tarefas, fazendo indiana, não têm o mesmo nível de proteção Segundo o Relatório de Monitoramento de com que as empresas gastem mais tempo de ambiental, trabalhista e social do Brasil. Isso PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE. Educação para Todos de 2010, da ONU para capital para produzir. A consequência não é reduz o custo da atividade empresarial, mas a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), a favorável: os produtos ficam mais caros e o com efeitos negativos sobre os resultados qualidade da educação no Brasil é deficiente, Brasil vai ficando para trás na concorrência econômicos e prejuízos para as populações principalmente no ensino básico. De acordo com outros países. daqueles países. Para os detentores de capital está claro que elevar o País aos grandes produtores commodities). O aumento do preço desses com o mesmo relatório, o Brasil poderia De fato, são muitos os atrativos brasileiros na Não é por acaso que muitos postos de o Brasil representa grande potencial para mundiais de petróleo nos próximos anos; produtos ocasionou a valorização das estar em uma melhor situação econômica e visão mundial. O Brasil confere a segurança trabalho estão sendo preenchidos por investimentos. A sétima potência mundial o de construção civil; e o de infraestrutura, ações brasileiras, totalizando, atualmente, de desenvolvimento humano se não fosse a de um Estado Democrático de Direito, está estrangeiros que estão migrando ao País da atualidade apresenta tendência firme de impulsionado também pela Copa de 2014 e 2,73% da capitalização mundial. Há dez baixa qualidade de ensino. comprometido com os direitos humanos em busca de novas oportunidades, não crescimento, inflação estável, estabilidade Olimpíadas de 2016. anos, a mesma taxa era de 0,7%, ou seja, o Essa deficiência interfere imediata e e a inclusão social, possui excelente clima encontradas em seus países de origem. econômica e dívida externa inferior às reservas. crescimento foi expressivo. diretamente no Brasil, sobretudo no que se e abundância em recursos naturais e, pela Além disso, o Brasil possui investimentos mais Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego primeira vez em muitos anos, conta com Mesmo com o tímido crescimento do Produto seguros quando comparados a um passado O lado negativo desse momento econômico refere à produtividade. Existe hoje dificuldade (MTE), em 2011 houve um aumento de um sentimento de autoestima elevado da Interno Bruto (PIB) no decorrer do ano, o bem recente, pois a maior parte não decorre é o atraso no setor industrial nacional. de encontrar trabalhadores com preparação 25% na emissão de vistos de trabalho para população. Brasil possui resultado muito semelhante aos de fluxo especulativo, mas de capital a ser Contudo, a desconcentração da indústria é adequada para preencher postos de trabalho estrangeiros em relação ao ano anterior e, países desenvolvidos e continua chamando utilizado em expansão e produção. fenômeno mundial. A maior preocupação em todos os setores da economia. O Brasil possui o desafio maior, incentivado no primeiro semestre de 2012, o volume de a atenção no mercado mundial. Segundo o Por outro lado, há a preocupação é com a timidez na evolução do PIB, entre A falta de mão de obra qualificada tem sua pelo planejamento de desenvolvimento do vistos subiu 24% em comparação ao mesmo relatório da World Investment Report (WIR), internacional de como o Brasil vai aproveitar outros fatores. origem direta na precariedade da educação. Governo, de crescer de modo em que todos período de 2011. referente a 2011 e divulgado em julho de a euforia atual de todo esse potencial de O trabalho se expandiu, as tecnologias se beneficiem. Isso exige o esforço para a Recentes medidas do governo, como a 2012, o Brasil ocupa o quinto lugar no ranking crescimento para fortalecer sua indústria e Esses dados refletem o impacto da crise construção de um Estado de proteção social e desoneração de impostos sobre a folha de evoluíram, mas a escola não está conseguindo de Investimentos Estrangeiros Diretos (IED). seus índices sociais. econômica internacional aliado à escassez de inclusivo, mais comum aos países desenvolvidos. pagamento, o aumento de impostos sobre acompanhar essas mudanças, formando um mão de obra qualificada brasileira. Se por um A desburocratização e a reforma tributária Os setores mais atraentes para investimentos As maiores exportações brasileiras no produtos importados, a redução progressiva descompasso que afeta o crescimento do lado é uma oportunidade aos estrangeiros, seriam muito bem-vindas para a agilização do são: o de energia e combustíveis, sobretudo ano passado foram de minério de ferro, das taxas de juros e do custo com energia País. É necessário investimento urgente e que nos apoiam em um momento desenvolvimento das empresas brasileiras. com a exploração do Pré-Sal, que deve soja, cana-de-açúcar, café e frango (todos elétrica, a redução temporária dos impostos significativo nessa área.4 5
  • 4. Brasil: cenário otimista para investimentos O presidente 12 anos de informação e da Moore Stephens 12 escritórios no Brasil Internacional, Richard Saiba mais sobre o desenvolvimento das regiões onde a Moore Stephens está presente. Moore, fala sobre o Brasil PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE. Estive no Brasil pela primeira vez em 1974, em uma visita que fiz à América Latina. Quando cheguei ao Rio de Janeiro, fiquei lisonjeado com a receptividade que tive, não somente das pessoas, mas também do ambiente. Era uma terra acolhedora. Acolhedora e vasta. Acredito que esses são os primeiros adjetivos que vêm à mente quando penso no Brasil. Os empresários, sempre criativos, estão abertos a diversas possibilidades de negócio e a vastidão do País aumenta ainda mais as oportunidades. Nenhum país da América Latina possui tantas cidades estratégicas com diversos polos de negócio e, ainda, com potencial imenso de crescimento. Desde a primeira vez que visitei essa terra, minhas expectativas só cresceram. Richard Moore Presidente da Moore Stephens Internacional dos negócios. No mercado global de hoje, as Nenhum país mudanças não cessam e, para enfrentá-las da América Latina com êxito, é preciso visão e flexibilidade, além do apoio e conhecimento de especialistas. No possui tantas cidades Brasil, nós cumprimos esse papel, assim como estratégicas com diversos nos mais de 100 países onde nossa marca atua. Atualmente, a Moore Stephens está polos de negócio e, ainda, presente em 12 cidades brasileiras. Estamos com potencial imenso de entusiasmados em transferir, com sucesso, as práticas de negócio e políticas da Moore crescimento Stephens que dão certo há muitos anos na Europa e nos Estados Unidos, além de outras importantes regiões mundiais, o que nos A Moore Stephens, em especial, encontrou deixa honradamente felizes e motivados para no Brasil, aquilo que sempre buscou e que expandir cada vez mais no Brasil. Falar do deu certo ao longo de mais de um século Brasil me traz sempre um sorriso no rosto, de trajetória: um olhar atencioso e otimista um tom de otimismo, um sentimento bom.6 7
  • 5. Belo Horizonte Moore Stephens Auditores e Consultores BELO HORIZONTE (MG) Crescimento acelerado com Área: 330,95 km2 A Moore Stephens foco na construção civil, no População: 2.375.444 hab. (IBGE/2010) Densidade demográfica: 7.177,65 hab./km2 IDH: 0,839 (PNUD/2000) em Belo Horizonte Em 2011, tivemos uma queda significativa do Obviamente, parte dos investimentos nesse setor de serviços e no comércio PIB: R$ 51,6 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a Belo crescimento da economia mineira e brasileira, setor visa a Copa do Mundo de 2014 e as PIB per capita: R$ 18.182,00 (IBGE/2009) Horizonte por meio da Consulting em parte como reflexo da queda da economia Olimpíadas de 2016, mas sabemos que esses News Consultores e Auditores, mundial, bem como do fato de termos um eventos são temporários e os investimentos constituída na região em 1998. ano-base de comparação (2010) de alto em grande escala buscam primeiro suprir a crescimento, mas também demonstrando deficiência de apartamentos da rede hoteleira Belo Horizonte exerce influência nacional e entre os maiores centros financeiros do Brasil, desenvolvimento acelerado nos setores de a dificuldade do País em manter um na cidade para atender à demanda atual, internacional nos âmbitos cultural, econômico destacando-se no setor terciário. No total, informática e biotecnologia. crescimento sustentável da economia por bem como o crescimento previsto para os e político. É a quinta cidade mais rica do Brasil, 80% da economia do município concentra-se A economia do estado de Minas Gerais e sua um período maior de tempo. Dentro desse próximos anos. com 1,37% do PIB nacional. Está entre os no comércio, serviços financeiros e atividades capital apresentam uma grande diversidade cenário, em Minas Gerais os destaques em sete municípios com a melhor infraestrutura imobiliárias. O setor turístico também é Devido à localização geográfica central de setores representativos, com destaque para 2011 ficaram por conta do agronegócio, e figura entre as 10 melhores cidades da de grande relevância à cidade, já famosa privilegiada, Belo Horizonte é hoje uma construção civil (tanto na parte imobiliária construção civil, serviços e comércio. A América Latina para se fazer negócios, visto por sediar importantes eventos nacionais e das capitais do País que apresenta maior como na de infraestrutura), agropecuária e indústria mineira apresentou retração em que o município possui cerca de 77.500 sedes internacionais desde a década de 90. crescimento no turismo de negócios, com serviços. Tão importantes quanto esses setores 2011, assim como em todo o País, mas o de empresas legalizadas. alta taxa de ocupação nos hotéis durante O município, ainda, é reconhecido pelas são a mineração, a indústria automobilística destaque positivo foi o setor de couro e os dias úteis. Outro fator que demonstra Considerada um eixo logístico importante, instituições de excelência técnica e e a metalurgia, que ao longo da história calçados, seguido da metalurgia básica. aquecimento é o grande número de eventos, pois é servida por uma malha viária e conhecimento científico. Com o apoio da recente do estado sempre contribuíram para o As projeções atuais são de um crescimento feiras, palestras, congressos e exposições que ferroviária que liga a cidade aos principais Prefeitura, universidades e institutos de desenvolvimento da região. do PIB nacional de 2% neste ano, sendo que ocorrem na cidade. centros e portos do País, Belo Horizonte está pesquisas, Belo Horizonte desfruta de um a economia mineira não deve apresentar Para satisfazer esse mercado, os dois maiores variação significativa no crescimento em centros de convenções e eventos da cidade relação à média nacional. Entrevista com Ruy Gomes da Silva (Expominas, considerado o mais moderno Filho, sócio da Moore Stephens. da América do Sul e Minascentro) estão trabalhando em projetos de expansão. Além Quais setores mais têm crescido em Belo Devido à disso, temos, em fase avançada de estudos, projetos para a construção de novos espaços, Horizonte e Minas Gerais como um todo? localização geográfica e já está em andamento a construção de dois O crescimento da economia mineira tem central privilegiada, importantes centros empresariais por grupos acompanhado ou superado a média nacional Belo Horizonte é hoje de investidores mineiros. nos últimos anos, oscilando, sobretudo, em função do cenário internacional. O ano de uma das capitais do País Importante destacar o esforço do Governo do Estado de Minas Gerais, em parceria 2010 foi muito positivo para a economia que apresenta maior com a Prefeitura de Belo Horizonte, o Banco mineira como um todo, assim como para a nacional, influenciadas pela onda de crescimento no turismo Internacional de Desenvolvimento (BID) e entidades representativas de classe, como a recuperação e crescimento da economia de negócios Federação do Comércio do Estado de Minas mundial e, também, pelo fato de no ano Gerais, Sistema FIEMG e SEBRAE-MG, em de 2009 termos presenciado uma queda de desenvolver e consolidar a imagem de Belo 0,6% no PIB brasileiro, ou seja, tivemos uma Turismo de negócio: qual a situação Horizonte e região como um destino de fraca base de comparação. atual em Belo Horizonte e a previsão de turismo de negócios e eventos. crescimento nesse setor? A taxa de crescimento da economia mineira Para finalizar, diversas cidades de médio porte em 2010 aumentou 10% ante 7,6% da Temos presenciado, nos últimos anos, uma do interior do estado, como Juiz de Fora, economia nacional, com destaque para a grande expansão do turismo de negócios Uberaba, Uberlândia, Poços de Caldas e Araxá, indústria, que apresentou um crescimento em Belo Horizonte. Prova disso é a alta também estão preparadas para receber todo de 19% em 2010 (contra 13% de média da taxa de ocupação da rede hoteleira, que tipo de eventos, com a estrutura necessária e a indústria nacional). Os principais destaques não consegue atender à demanda nos dias típica hospitalidade dos mineiros. da indústria em 2010 foram a metalurgia de semana na cidade, e o grande número básica, construção civil, extração mineral e de hotéis em construção (mais de 40) na Colaborou com a entrevista: Adelmo de Oliveira, sócio da Moore Stephens máquinas e equipamentos. grande Belo Horizonte.8 9
  • 6. Belo Horizonte Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Moore Stephens? A Moore Stephens Belo Horizonte contribui muito com a empresa por meio da auditoria, fechamento de balanço, conferência de planejamento tributário e decisões estratégicas. O Grupo Ematex está entre os cinco maiores produtores de tecido do País, ou seja, temos grande responsabilidade no cenário nacional do setor têxtil e, por isso, a atuação da Moore Stephens com o planejamento tributário estratégico e tomadas de decisões é fundamental para a nossa eficiência financeira. Eles são comprometidos e solícitos para opinar, analisar, colaborar e unir forças. A equipe nunca deixa de estudar e mostrar condicionantes e vieses e, sendo assim, temos muita confiança nas pessoas da Moore Stephens que trabalham conosco. Essa parceria tem sido muito importante. Cícero Teodoro Campos, diretor financeiro do Grupo Ematex, cliente da Moore Stephens há 12 anos. A Ematex atua na área têxtil com a fabricação própria de tecidos. Fornece para os setores atacadista e confeccionista. Está presente em vários estados. Existe a constante contribuição da Moore Stephens Belo Horizonte em nossos trabalhos. Eles nos dão uma boa sustentação em diversas áreas: contabilidade permanente, auditoria, novos controles e aprimoramento e legislação fiscal. Além disso, a equipe nos auxilia também com dicas empresariais não ligadas ao sistema financeiro, e isso nos ajuda a cativar o cliente. O nosso tempo de parceira fala por si só, pois é uma empresa que corresponde as nossas expectativas há 14 anos. José Mário Costa Alvim, gerente de controladoria do Banco Pottencial, cliente da Moore Stephens há 14 anos. O Banco Pottencial foca a sua atuação na realização de operações de prestação de garantia por meio da concessão de cartas de fiança bancária.10 11
  • 7. Brasília Moore Stephens Auditores e Consultores BRASÍLIA (DF) Vocação para as grandes Área: 5.801,937 km2 A Moore Stephens obras e ampliação da População: 2.562.963 hab. (IBGE/2010) Densidade demográfica: 441,74 hab./km2 IDH: 0,844 (PNUD/2000) em Brasília grandes eventos internacionais no Distrito Em contrapartida, o empresariado local tem agricultura e avicultura PIB: R$ 149,9 bilhões (IBGE/2010) PIB per capita: R$ 58.489,46 (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a Brasília por meio da Vector Auditores, fundada em 1997 na região. Federal a partir do ano que vem, quando a capital receberá a abertura da Copa das Confederações. Sem dúvida alguma, a boas expectativas para os próximos seis meses. Dados da mesma pesquisa apontam que os empresários são otimistas quanto à atual gestão está empenhada em atrair implantação de novos empreendimentos e empreendedores de todo o mundo para o contratação de empregados. Capital Federal do País, Brasília, além de Café, soja e frutas são os produtos mais Brasília é uma cidade tombada pela UNESCO Distrito Federal. centro político, é uma importante referência produzidos, devido ao clima propício. Além e, por isso, o seu planejamento industrial Essa perspectiva otimista, em meio a econômica brasileira, sendo a terceira disso, estima-se que são criadas mais de 110 é estudado com cautela pelo Governo do um cenário de desaquecimento, prevê o Brasília possui umas das maiores rendas cidade mais rica do Brasil. Juntamente com mil cabeças de gado na região. Distrito Federal. Por esse mesmo motivo, é lançamento de obras públicas pelo governo per capita do Brasil. Na prática, isso Anápolis e Goiânia, faz parte da região mais incentivado na região o desenvolvimento atual, pois, entre empreendimentos A localização de Brasília propicia a ligação tem impulsionado o crescimento da desenvolvida do Centro-Oeste brasileiro. de indústrias pouco poluentes com ênfase prontos e a serem licitados, a previsão é terrestre e aérea para o restante do País. Há construção civil e bens de consumo? na preservação ambiental, manutenção que o governo invista em torno de R$ 110 A economia brasiliense é muito impulsionada oito rodovias radiais que fazem a ligação da do equilíbrio ecológico e preservação do milhões, alavancando a economia no setor. pela construção civil e o comércio. Além Capital Federal com as demais regiões do A vocação de Brasília para grandes obras é patrimônio da cidade. disso, a agricultura e a avicultura possuem País e o Aeroporto Internacional Juscelino indiscutível. Desde a construção da cidade, Agricultura e avicultura possuem lugar destaque, pois abastecem a cidade e Kubitschek é um dos mais movimentados do em tempo recorde, a capital demonstra de destaque na economia da região? Há exportam alimentos para outras regiões. território brasileiro. dinamismo acima da média no setor. O previsão de crescimento nesses setores? crescimento populacional, a migração, a alta renda e o padrão de qualidade de vida Entrevista com Edson Souza Sobrinho, O Distrito Federal tem potencial de estimulam o mercado brasiliense que, segundo sócio da Moore Stephens. crescimento na agricultura e avicultura. O o Sindicato da Indústria da Construção Civil do café e a soja são os grandes destaques na DF (Sinduscon-DF), é o segundo maior do País, região. Com a perda de parte significativa atrás somente de São Paulo. Historicamente, Brasília é tombada pela UNESCO. Isso da safra de soja dos Estados Unidos o mercado de Brasília cresce a uma velocidade tem atraído investimentos em indústrias registrada no decorrer desse ano, torna- maior do que a dos demais centros urbanos. não-poluentes? Quais os incentivos para se evidente a necessidade e o potencial as indústrias de softwares, cinema e brasileiro de ampliar a produção de grãos. gemologia, por exemplo? Quanto à avicultura, da receita cambial das Sem dúvida empresas exportadoras do Distrito Federal, Brasília tem sido divulgada pelo governo local como centro tecnológico e digital com alguma, a atual gestão cerca de 80% são geradas por produtos muito potencial de crescimento. Notam- está empenhada em atrair avícolas (cortes de frango e ovos férteis para incubação). se os esforços do governo em conhecer empreendedores de todo os modelos dos melhores polos digitais O frango inteiro, por exemplo, é o primeiro do mundo e trocar experiências no setor o mundo para o Distrito produto da pauta exportadora do Distrito de mobilidade e planejamento urbano de Federal Federal, que corresponde aproximadamente outros locais do mundo. por 45% das exportações globais locais. Em seguida, os cortes de frango participam Está prevista, em curto e médio prazo, a Apesar disso, a construção civil tem com cerca de 32% sobre as exportações realização de licitação internacional para apresentado desaceleração no Distrito efetivadas. Por fim, exportação de ovos que a iniciativa privada administre, por Federal nos últimos 12 meses. É o que férteis para incubação gera a quarta meio de Parceria Público Privada (PPP), o mostra a pesquisa Sondagem Indústria da maior receita das exportações brasilienses, Parque Tecnológico Cidade Digital. O espaço Construção, realizada pela Federação da respondendo por 6,5% da receita cambial funcionará como um grande condomínio, Indústria do DF (Fibra) em parceria com a do Distrito Federal. que reunirá o que há de mais moderno no ramo de tecnologia, entre empresas Confederação Nacional da Indústria (CNI). Esses dados indicam o potencial do Distrito nacionais e estrangeiras. Além desses sucessivos meses de queda Federal e sua importância na economia nesse setor, o nível local de atividade da nacional nesses setores. Além disso, o cenário é de otimismo, construção civil está em curva descendente impulsionado com a realização dos em face da média nacional.12 13
  • 8. Cuiabá Moore Stephens Auditores e Consultores CUIABÁ (MT) Indústria e Área: 3.538,16 km2 A Moore Stephens comércio em pleno População: 550.562 hab./km2 (IBGE/2010) Densidade demográfica: 157,2 hab./km2 IDH: 0,821 (PNUD/2000) em Cuiabá atrai investimentos é o agronegócio. Em se uma expansão de 3.700%. Fica evidente que desenvolvimento PIB: R$ 11 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a Cuiabá tratando de Cuiabá, podemos elencar os a concessão de incentivos ou a desoneração por meio da Suporte Empresarial. setores da construção civil e o hoteleiro. de alguns setores da economia é a estratégia PIB per capita: R$ 17.830,54 (IBGE/2009) do estado para promover um crescimento O Governo do Estado fomenta a construção econômico. civil e o setor de serviços a terem capacidade Conhecida como a “cidade verde” devido Cuiabá gera a maior parte da energia elétrica de investimentos por capital próprio ou No atual governo, as prioridades foram por gêneros alimentícios, vestuário, a uma vasta área arborizada, Cuiabá é um consumida pelo estado por meio da Usina subsidiado por capital público ou privado. políticas que beneficiaram o setor produtivo eletrodomésticos e artigos diversos. importante polo industrial, comercial e de Termelétrica de Cuiabá e conta com excelentes do estado, ampliando o número das A região possui o Distrito Industrial de Quais os incentivos da política local para renúncias fiscais e promovendo grandes serviços do estado de Mato Grosso. centros comerciais e shoppings centers. Com o Cuiabá (DIC), criado no fim da década de a propulsão econômica? ações de infraestrutura, como o Programa anúncio de ser uma das cidades-sede da Copa A economia da cidade é concentrada no 70 e destinado a estabelecimentos do setor Estradeiro, que teve como objetivo assegurar do Mundo de 2014, prevê-se a implantação Uma dessas políticas é a da renúncia fiscal, comércio e na indústria. No comércio, o industrial, representado, principalmente, pela condições de trafegabilidade na malha de mais dois shoppings na cidade. que foi normatizada pela Lei Complementar foco é o varejo, constituído, principalmente, agroindústria. rodoviária estadual. n° 101, de 4 de maio de 2000, mais conhecida como Lei de Responsabilidade Há estimativa de crescimento a Fiscal (LRF). Em Nota Técnica n° 10/2009, a curto e médio prazo? Secretaria de Estado da Fazenda esclarece que o estado de Mato Grosso, assim como Existe estimativa de crescimento a médio Entrevista com Adilson Luchtenberg, todos os outros entes federativos, institui prazo, principalmente em função de Cuiabá sócio da Moore Stephens. benefícios e incentivos fiscais como forma ser uma das cidades-sede da Copa do Mundo de equilibrar o desenvolvimento e promover em 2014. Muitos investimentos têm sido atividades de ordem econômica com feitos para atender a essa demanda. Qual o setor que mais tem atraído contrapartida social. investimentos e negócios? Em 2003, o valor projetado para a renúncia Se pensarmos em Mato Grosso como um fiscal em Mato Grosso foi de R$ 41 mil; e todo, podemos dizer que o setor que mais em 2010, de R$ 1,5 bilhão, o que representa Por que a Moore Stephens? A contribuição da Moore Stephens é fundamental Para nós, investir nos serviços de auditoria da Moore Stephens nas demonstrações financeiras de acordo com a é o mesmo que investir em segurança para os proprietários legislação de S.A. e imposto de renda. Seu trabalho nos possibilita e funcionários. Ao longo dos anos, a Moore Stephens identificou dar total transparência aos nossos clientes, instituições financeiras oportunidades de recuperação de alguns tributos e melhorias nos e público em geral. É uma consultoria de primeira linha, o que a processos do dia a dia. A parceria da Rota Oeste com a Moore Stephens torna muito importante para nós. Além disso, a equipe sempre é muito enriquecedora, pois eles estão sempre prontos para esclarecer busca algo a mais para superar nossas expectativas, dúvidas e ajudar na conclusão de assuntos tributários, ultrapassa barreiras e traz resultados efetivos para ou seja, é um apoio muito importante para o a Bimetal. desenvolvimento da nossa empresa. Advilço Oliveira dos Santos, gerente de contabilidade Marcos Rolim Lopes, sócio-diretor da Rota Oeste, cliente da da Bimetal, cliente da Moore Stephens desde 2011. Moore Stephens desde 2004. A Bimetal é uma indústria metalúrgica produtora de metal A Rota Oeste é especializada em vendas de soluções de transporte mecânico, torres de energia e celular e metais para a e comercialização de veículos da marca Scania, além de atuar como construção civil. oficina mecânica e revenda de peças.14 15
  • 9. Curitiba Moore Stephens Auditores e Consultores CURITIBA (PR) O moderno espaço urbano Área: 434,967 km2 A Moore Stephens e os incentivos fiscais atraem População: 1.764.540 hab. (IBGE/2011) Densidade demográfica: 4.056,721 hab./km2 IDH: 0,859 (PNUD/2000) em Curitiba foi publicada a Lei Complementar, que Paranaguá (aproximadamente 90km), que é investimento estrangeiro PIB: R$ 53,1 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a Curitiba estende os benefícios fiscais para empresas o maior porto graneleiro da América Latina, PIB per capita: R$ 25.934,47 (IBGE/2008) por meio da Boeing & Associados de tecnologia que instalarem suas estruturas sendo ainda o maior porto do Brasil em Auditores Independentes, constituída em qualquer área que integre o perímetro exportação de grãos. na região em 2003. urbano do município. Tal iniciativa demonstra o comprometimento em fazer Recentemente, Curitiba foi apontada Curitiba é o centro econômico do Paraná, Conhecida no mundo todo por seu espaço Instituto de Pesquisas Econômicas), é a terceira de Curitiba uma referência no setor de como o terceiro destino dos Investimentos com a economia mais forte da região urbano eficiente e com soluções inovadoras, cidade brasileira a receber turistas estrangeiros tecnologia. Estrangeiros Diretos (IED) do Brasil e a Sul, tem o quarto maior PIB do País. É Curitiba possui um sistema integrado de para fins de negócios. cidade mais promissora do País, segundo considerada uma das melhores cidades transporte coletivo cujo modelo tem servido A cidade ainda é uma importante A localização geográfica da cidade é pesquisa realizada com executivos brasileiras para se viver, tem o menor índice de exemplo a grandes metrópoles do exportadora de produtos como madeira extremamente favorável e estratégica: internacionais. A cidade atraiu 2% dos de analfabetismo e a melhor qualidade na mundo, como Los Angeles e Nova Iorque. beneficiada, laminada e compensada, além tem fácil acesso aos países do Mercosul projetos estrangeiros e aparece atrás educação básica entre as capitais brasileiras. Curitiba alia urbanização com sustentabilidade, de móveis, rações, adubo, couro, produtos (Argentina, Uruguai e Paraguai) e às apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. A O município, além de um importante centro qualidade de vida, boa infraestrutura e quimiofarmacêuticos e metalúrgicos. Entre principais cidades do Sul e Sudeste do Brasil. que se deve esse crescimento e atrativo comercial e cultural, possui um diversificado dinamismo econômico e, por isso, é uma das os produtos importados, destacam-se O senhor crê que investimentos na malha para investimentos? Há, na política local, parque industrial, incluindo o segundo maior cidades brasileiras mais influentes no cenário eletrodomésticos, madeira bruta, alimentos e viária da região podem aquecer ainda mais medidas que propiciaram isso? polo automotivo brasileiro. global. Segundo dados da FIPE (Fundação hortifrutigranjeiros. as relações comerciais no Mercosul? Provavelmente, a infraestrutura da cidade Com certeza, uma malha viária com uma é um dos aspectos que chamam a atenção estrutura adequada agiliza o transporte de dos investidores, bem como sua localização Entrevista com José Boeing, sócio mercadorias e, devido à proximidade e acesso estratégica. Outro fator preponderante é a da Moore Stephens. aos países do Mercosul, pode fomentar ainda existência de empresas multinacionais com mais novos investimentos. Outros aspectos a estrutura estabelecida há longa data na considerar são a expansão da malha ferroviária cidade. Alguns incentivos fiscais como, por Na história recente, houve momentos (prevista nos programas do Governo Federal), exemplo, na área de inovação tecnológica, importantes para o crescimento econômico que está presente no entorno da cidade, e também podem ter influência no crescente da cidade e região: a criação do Parque a proximidade da cidade com o Porto de investimento em Curitiba. Industrial de Curitiba (CIC) entre as décadas de 50 e 70, a atração das montadoras de automóveis em 1990 e a criação do Tecnoparque em 2007. O senhor crê que a região é um ambiente favorável para a inovação tecnológica e que há potencial para que a região se torne uma referência no setor da tecnologia? Sim, há um ambiente favorável, pois a cidade já vem sendo preparada para ser polo na área de inovação tecnológica desde 1998 com a criação do Parque do Software, que teve por objetivo a implantação e expansão de empresas de engenharia de software. Posteriormente, a criação do Tecnoparque teve como objetivo atrair novos empreendimentos na área de tecnologia, concedendo benefícios fiscais municipais para as empresas se instalarem em áreas específicas da cidade. Recentemente, objetivando aumentar consideravelmente os investimentos em inovação tecnológica,16 17
  • 10. Curitiba Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Moore Stephens? Utilizamos os serviços de consultoria tributária e auditoria de procedimentos pré-acordados (due-diligence) da Moore Stephens. A equipe é muito solícita e apresenta sempre muito dinamismo no atendimento ao Grupo Los Grobo. Os profissionais possuem muita experiência na área e não se limitam ao básico. O maior diferencial da Moore Stephens é a agilidade, que é uma característica fundamental no tipo de trabalho e parceria que temos com a empresa. A globalização exige que as empresas estejam sempre Otávio Assad Negrelli, controller da Los Grobo Agro buscando novos e rentáveis projetos, sendo que do Brasil S.A., cliente da Moore Stephens desde 2009. muitos deles surgem como oportunidades e devem ser tratados tempestivamente a fim de buscar a sinergia necessária aos negócios. O Grupo Los Grobo atua no setor de agronegócios, Neste aspecto, a Moore Stephens vem construindo uma parceria de produção de grãos e demais serviços relacionados. longo tempo com a CR Almeida, que vai desde a participação efetiva e constante de suas equipes de apoio, como também de seus principais executivos na busca de soluções relacionadas a assuntos de maior complexidade. Eles contribuem por meio de trabalhos de auditoria das demonstrações financeiras nas áreas de engenharia e construção e indústria química, como também nos auxiliam em projetos de avaliação de negócios e reestruturações societárias. Marco Aurélio Silva, assessor da diretoria financeira do Grupo CR Almeida, cliente da Moore Stephens desde 2003. O Grupo CR Almeida atua nos ramos de engenharia e construção, concessões e logística e indústria química.18 19
  • 11. Fortaleza Moore Stephens Auditores e Consultores FORTALEZA (CE) Belezas naturais Área: 313,140 km2 A Moore Stephens e desenvolvimento População: 2.500.194 hab. (IBGE/2012) Densidade demográfica: 7.984 hab./km2 IDH: 0,786 (PNUD/2000) em Fortaleza lazer e de negócios. Além de todos esses excepcionais condições da zona costeira para econômico acelerado PIB: R$ 37,1 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a fatores, Fortaleza, como uma das cidades- sua sobrevivência (águas quentes, salinas PIB per capita: R$ 12.687,50 (IBGE/2009) Fortaleza por meio da Controller sede da Copa das Confederações em 2013 e ricas em carbonato de cálcio) tem sido Auditoria e Assessoria Contábil, e Copa do Mundo em 2014, tem nesses sistematicamente dizimada ao longo dos constituída na região em 1989. eventos a sustentação para ampliar a sua anos, apesar das ações implementadas por rede hoteleira e um grande espaço para instituições universitárias de pesquisa e pelo A capital do Ceará é um importante centro A presença da indústria também é relevante importante polo turístico a partir da década se divulgar mundialmente, incrementando Ibama. Artesanalização da captura com o industrial e comercial do País e, entre as na região e é focada na produção de de 90, o que garantiu à cidade melhor ainda mais o turismo. emprego de redes caçoeiras, “marambaias” capitais nordestinas, possui o segundo maior calçados, produtos têxteis, couros, peles, infraestrutura, gerando emprego e renda e embarcações à vela, o consequente PIB. A maior receita da cidade é proveniente alimentos e extração de minerais. para a população local. A indústria pesqueira no estado aumento da captura de lagostas imaturas e do comércio, que é bastante diversificado, As belezas naturais e o excelente clima do obteve destaque na balança comercial dificuldades na fiscalização do período de colocando-a como a sétima cidade com o estado atraem turistas o ano todo. Isso fez (exportações) nos anos 90. Entretanto, defesa têm sido considerados os principais maior poder de compra do Brasil. com que Fortaleza despontasse como um sabe-se que houve uma extração responsáveis pela atual situação. desordenada, sem preocupação com a A pesca no Ceará é muito importante preservação, o que acarretou na queda como o principal elemento econômico do da indústria pesqueira na última década. setor primário verdadeiramente extrativo e, Há hoje um movimento para retomada portanto, deve receber tratamento especial no de crescimento sustentável no setor? conjunto das políticas do empreendedorismo. A indústria pesqueira no estado do Ceará Desse modo, cabe ao Governo do Estado e Entrevista com Robinson de Castro e tem sido penalizada pela ineficácia das às Prefeituras dos Municípios de Fortaleza, Silva, sócio da Moore Stephens. políticas públicas dirigidas para proteger os Camocim, Acaraú, Aracati, Icapuí, Itarema e recursos pesqueiros, que constituem a base Beberibe (os maiores produtores) assumirem para a geração de renda e emprego nas seu gerenciamento, sob o competente O turismo nacional e internacional é comunidades litorâneas. assessoramento das instituições de um dos grandes fortes da economia da pesquisa e regulamentação, para garantir a A lagosta, o ´ouro do mar´, um produto cidade e região. Qual o efetivo potencial sustentabilidade dos recursos pesqueiros. genuinamente cearense devido às de crescimento para os próximos anos? Fortaleza possui excelentes atrativos e uma incontestável vocação turística. Há anos vem crescendo e ampliando sua infraestrutura para ser ainda melhor para os moradores e visitantes. A Avenida Beira Mar, a Praia de Iracema, a Praia do Futuro, o Beach Park e o Mercado Central, entre outras atrações turísticas, são bons exemplos. São inegáveis também os investimentos que estão sendo realizados hoje e que se tornarão realidade em breve. São obras que transformam o dia a dia da cidade, principalmente quando se trata de grandes projetos, como o Vila do Mar, o Transfor (Programa de Transporte Urbano de Fortaleza), o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e o Centro de Eventos do Ceará (recém-inaugurado e considerado o 2º maior do Brasil), entre outros que promovem o crescimento e o desenvolvimento socioeconômico da cidade, alavancando o potencial de turismo de20 21
  • 12. Fortaleza Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Para atender tal demanda, a Secretaria enfrentamento da pobreza rural, às quais de Pesca e Aquicultura do Governo do estão inseridas em programas setoriais, Estado do Ceará tem diversos projetos promovendo a inclusão produtiva. que poderão trazer avanços nas políticas ambientais e na aquicultura no estado, tais como: repovoamento piscícola, Programa O setor industrial no Ceará, principalmente a indústria de transformação, também Moore Stephens? vem apresentando dificuldades em função de Aquisição de Alimentos, Projeto Pesca dos problemas de competição externa e Esportiva, Projeto Boias Atratoras (para oscilações da taxa de juros. O ambiente pesca de atum), Projeto Tanques de Lagosta A Moore Stephens nos auxilia em controles internos, atualização instável na economia internacional deve da legislação e aprimoramento no que diz respeito à padronização Viva, Entreposto do Mucuripe, solicitação continuar a dificultar as vendas externas, de caminhão frigorífico para associações de dos processos de trabalho, redesenho de processos e controles externos. É uma tendo em vista que parte dos parceiros equipe sempre muito acessível e disposta a trazer mais informações para o Instituto piscicultores, estadualização dos terminais comerciais da indústria de transformação pesqueiros em Camocim e Parajuru, Projeto Nordeste Cidadania. Além disso, contribui bastante na reorganização de processos cearense são os países que estão com e, sobretudo, na rápida entrega de relatórios, pois o nosso prazo para publicação de Apoio à Carcinicultura Familiar, Projeto problemas em suas economias. Neste caso, Cultivo Associativo das Algas Marinhas e é curto: em 28 de fevereiro tudo deve estar publicado e divulgado. os setores voltados à exportação continuarão Todo ano sentimos o cuidado especial para atingir esse objetivo. Projeto de Apoio à Pesca Artesanal Marítima sendo prejudicados. e Continental, entre outros. Em uma visão sobre a indústria global, o Helda Kelly, diretora administrativo-financeira do Instituto Nordeste Quais setores carecem de mais possível agravamento da crise externa deve Cidadania, cliente da Moore Stephens desde 2004. investimentos para estimular a incentivar o Governo a intensificar as medidas economia local? contracíclicas, com o intuito de amenizar as O Instituto Nordeste Cidadania é uma entidade sem fins lucrativos que trabalha em repercussões na economia doméstica, como parceria com o Banco BNB, que atinge todo o Norte e Nordeste com projetos sociais A despeito da possibilidade de agravamento ocorreu em 2009. para benefício da sociedade carente e desenvolvimento comunitário. A entidade da crise internacional com reflexos na possui cerca de 5.300 colaboradores. economia brasileira, o ano de 2012 tem sido promissor para a economia cearense. O cenário otimista pode ser explicado, principalmente, pela forte capacidade que o estado vem apresentando na realização A relação da Moore Stephens com o IDT possui um caráter construtivo de investimentos com recursos próprios que busca apresentar sugestões que melhorem nossos controles (estimativa entre R$ 4,5 e R$ 5 bilhões), internos, processos financeiros, trabalhistas e contábeis. Hoje, o Conselho especialmente em projetos na área social e Fiscal de nosso Instituto deposita mais confiança em nossas ações devido à nítida em investimentos estratégicos estruturantes. relação cristalina que temos com a Moore Stephens, fornecendo acesso irrestrito às Essas despesas têm reflexos nos diversos informações e pondo em prática as iniciativas sugeridas. Em um recente episódio que segmentos da atividade econômica e, tivemos com um contratante de nossos serviços, a equipe da Moore Stephens, sem portanto, espera-se que o comércio qualquer obrigação contratual, estabeleceu uma relação de parceria com o IDT para varejista e a construção civil continuem defender nossos interesses. Foram fornecidas informações valiosas em ritmo de crescimento, bem como se que contribuíram para a fundamentação da tese que defendíamos. verifique um aquecimento das atividades industriais no estado. Francisco de Assis Diniz, presidente do Instituto de Desenvolvimento do O Setor de Produção Agrícola constitui-se na Trabalho (IDT), cliente da Moore Stephens desde 2010. parte mais frágil da economia cearense em termos de um desempenho mais consistente, O Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) é uma instituição de direito tendo em vista sua vulnerabilidade frente privado, sem fins lucrativos, que executa políticas públicas nas áreas do trabalho às oscilações climáticas. Mesmo com uma e do empreendedorismo. O IDT ainda executa atividades de apoio e fomento ao participação pequena na composição do desenvolvimento do artesanato e economia solidária. PIB cearense, em torno de 5%, o setor agropecuário exerce uma influência forte sobre outras atividades, como a indústria alimentícia e o comércio exterior, fornecendo, principalmente, matérias-primas. No âmbito estadual, as políticas públicas preveem diversas ações voltadas ao22 23
  • 13. Joinville Moore Stephens Auditores e Consultores JOINVILLE (SC) Indústria e turismo Área: 1.130,878 km2 A Moore Stephens alavancam a economia População: 520.905 hab. (IBGE/2011) Densidade demográfica: 438,6 hab./km2 IDH: 0,857 (PNUD/2000) em Joinville Embraco), Dohler, Docol, Weg, Malwee, turístico nacional, considerando o conjunto de Santa Catarina PIB: R$ 18,4 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a Joinville Marisol, Hering, Schulz, Intelbras, Totvs, do que oferece. PIB per capita: R$ 26.865,00 (IBGE/2008) por meio da Jung, Yamasaki Auditoria Tuper, Condor e Havan. Cidades como Balneário Camboriú e e Consultoria, constituída na Há uma diversificação de atividades Florianópolis dispensam apresentações região em 1992. econômicas industriais, com destaque para quando se fala em praias e resorts de nível Joinville possui um dos mais altos índices de A cidade ainda é considerada um polo na área movimentam mais de 50% das exportações, os setores metalmecânico, eletroeletrônico, internacional. Mas o estado é muito mais: desenvolvimento humano do País, ocupando de TI. A multinacional Totvs, por exemplo, a além dos eletrodomésticos, carrocerias, peças químico-plástico, tecelagem, confecções e oferece roteiros alternativos, ecoturismo, a 13ª posição. A cidade concentra boa parte maior do Brasil em ERP (Enterprise Resource e acessórios para veículos. moveleiro. as menores temperaturas do país durante o de sua atividade econômica na indústria, com Planning), mantém sua maior unidade de inverno e gastronomia variada. Ainda impulsionando a economia, Joinville No setor metalmecânico, a região é destaque para os setores metalmecânico, desenvolvimento de softwares em Joinville. tradicional fornecedora para as indústrias Joinville, especificamente, tem sido um dos conta com três grandes shoppings centers eletromecânico, plástico e têxtil. É importante No mercado externo, o município participa que movimentam o turismo, o lazer, as automobilísticas, inclusive para marcas como grandes destinos de turismo de negócios e ressaltar que a cidade é o segundo maior no fornecimento de produtos como moto compras e a geração de empregos. BMW e outras com elevado nível de exigência. de eventos, com destaques para muitas feiras polo metalúrgico do País e o maior em compressores, fumo e motores, que e exposições setoriais, como o Festival de ferramentaria. A região é servida por uma boa estrutura Dança, um evento anual que é hoje o maior logística, contando com três aeroportos, do mundo, impulsionado pela instalação sendo dois internacionais (Navegantes e da filial brasileira do Ballet Bolshoi, única Florianópolis), malha rodoviária e ferroviária fora da Rússia, e um evento anual, de nível e com a especial condição de quatro portos internacional na área de gestão, a Expogestão. importantes (Itajaí, Navegantes, São Francisco do Sul e Itapoá). Isso tudo tem atraído muitas Para dar suporte ao setor, a cidade conta Entrevista com Luiz Jung, sócio novas empresas, inclusive várias estrangeiras, com Joinville Convention And Visitors da Moore Stephens. a se instalarem na região, como a BMW que Bureau e boa infraestrutura hoteleira, acaba de anunciar a instalação de uma fábrica. gastronômica e de entretenimento. Joinville concentra boa parte da atividade Possuindo empresas que primam por econômica na indústria. Há outros setores produtos de qualidade e inovadores, que são promessa de crescimento na aliado a uma boa oferta de talentos e região? rede de ensino, a região transformou-se, Joinville é a maior cidade do estado de principalmente a partir dos últimos 15 anos, Santa Catarina e centro do terceiro maior em centro de referência também para a polo industrial da região sul do País, com área da tecnologia da informação. Origem características culturais herdadas dos de empresas como a Datasul e Logocenter, colonizadores europeus, principalmente os de atualmente Totvs, destacou a Senior origem alemã, italiana e portuguesa. Sistemas, WK, Neogrid e outras em nichos especializados. Também são destaques Em um raio de menos de 200km, investimentos no desenvolvimento de novas apenas em Santa Catarina, localizam-se cidades com marcantes características empresas na área através de incubadoras empreendedoras e forte vocação industrial, tecnológicas ligadas a universidades e outras comercial e de serviços, além da própria instituições (Midi Tecnológico, CELTA, GENE, Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau, Softville, SENAI, CERTI etc.). São Bento do Sul, Itajaí, Florianópolis e Balneário Camboriú, entre outras. O turismo é um importante setor da economia em Joinville e arredores. O Cidades da região são sedes ou possuem setor está crescendo? Fale-nos um pouco importantes unidades de grandes empresas, sobre esse momento atual. nacionais e internacionalmente conhecidas, como Bunge Alimentos, Tractebel Energia, Com uma das condições mais privilegiadas Tigre Tubos e Conexões, Amanco, Tupy do País, Santa Catarina tem sido eleita Fundição, Whirlpool (Brastemp, Consul, nos últimos anos como o melhor destino24 25
  • 14. Joinville Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Moore Stephens? A Moore Stephens nos auxilia, principalmente, com assessoria tributária e auditorias por meio de uma equipe capacitada, decisões assertivas e cumprimento de prazos. São extremamente comprometidos com o cliente e superaram nossas expectativas na ocasião de nossa estruturação dos planejamentos tributário e comercial. Desde o início, a Moore Stephens trouxe segurança para o negócio. Muito da qualidade e credibilidade dos números e controles internos que temos na empresa são fruto do trabalho com Jacinto Silveira Florzino, sócio-diretor da Flexicotton, a Moore Stephens. A equipe é comprometida, participativa no dia cliente da Moore Stephens há três anos. a dia e sempre pronta para colaborar nas demandas por melhorias A Flexicotton é uma indústria de produtos de higiene no Grupo Mime. Recentemente, negociamos uma importante “join pessoal. Tem sede em Santo Amaro da Imperatriz, venture” com a empresa Raizen, detentora da marca Shell no Brasil, região metropolitana de Florianópolis. e a Moore Stephens participou ativamente e de forma integrada conosco, no trabalho de “due diligence” e “valuation”. A grande experiência da equipe foi o diferencial nesse momento de crescimento. Paulo César Chiodini, sócio-diretor do Grupo Mime, cliente da Moore Stephens há sete anos. O Grupo Mime atua no setor varejista e distribuição de derivados de petróleo e combustíveis. A sede da empresa localiza-se em Jaraguá do Sul, Santa Catarina.26 27
  • 15. Porto Alegre Moore Stephens Auditores e Consultores PORTO ALEGRE (RS) Grande atrativo Área: 496,8 km2 A Moore Stephens em para empresários População: 1.409.351 hab. (IBGE=2011) Densidade demográfica: 2.844,2 hab./km2 IDH: 0,865 (PNUD/2000) Porto Alegre e Santa Maria A indústria de transformação está entre as Alegre. O plano estratégico prevê a instalação estrangeiros PIB: R$ 43,03 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou à região primeiras do Brasil, representando mais de de mais de 20 parques tecnológicos e o PIB per capita: R$ 26.312,00 (IBGE/2008) por meio da Jarbas Lima & Cia. e da 24,6% da atividade gaúcha e grande parte respectivo apoio pelo estado, destacando-se Fioravanti & Cia. Auditores e Consultores. do parque industrial local mantém estreita os polos na TecnoPUC e da TecnoSinos. Com ligação com o mercado internacional. Os a forte expansão, torna-se prioridade na setores, pela representatividade nacional e política de crescimento econômico, a atração Porto Alegre acumula mais de 80 prêmios favoráveis do Brasil para a atividade um parque industrial diversificado que local, estão diversificados e baseados nos de investimentos na área, estimulando a e títulos que a distinguem como uma empresarial. mostra uma tendência para a concentração produtos alimentícios, químicos, veículos formação de profissionais para suprir a das melhores capitais do País para morar, em atividades do setor terciário, crescendo Isso tudo faz de Porto Alegre uma das automotores, reboques e carrocerias, demanda e pesquisas. Os bancos locais trabalhar, fazer negócios e estudar; incluindo a indústria do conhecimento, o comércio e cidades mais influentes no cenário global e, máquinas e equipamentos como tratores e têm a missão de apoiar o desenvolvimento, o título de Metrópole número 1 em os serviços. por isso, é um polo regional de atração de implementos agrícolas, couros e calçados, alinhados com as diretrizes da política qualidade de vida do Brasil, concedido pela migrantes em busca de melhores condições Importante ressaltar que Porto Alegre possui fumo, produtos de metal, moveleiro e estadual por meio dos diversos programas ONU por três vezes. de vida, estudo e trabalho. uma posição geográfica estratégica e, por celulose. Além disso, o estado é o principal estaduais que mobilizam os recursos, visando É ainda uma das cidades brasileiras mais isso, a especialização terciária vem sendo polo brasileiro de produção de ônibus à capacitação dos municípios, subvenção de Em 2007, foram contabilizadas 90.077 arborizadas, com um dos menores índices favorecida pela procura da cidade por e implementos rodoviários e a indústria juros e apoio a inovações. empresas registradas no Cadastro Central de de analfabetismo e com a menor taxa de empresários estrangeiros para a instalação oceânica vem crescendo com os negócios Empresas na região metropolitana. A cidade desemprego do País. Consta entre as 30 de filiais, visando o comércio com os países do Pré-Sal. Outras áreas estratégicas são os Quais setores mais têm crescido nos ainda é sede da Federação das Indústrias do cidades com maior potencial para atrair do MERCOSUL. Isso estimula o número de biocombustíveis e a geração de energia eólica. últimos anos na região de Santa Maria? estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). investimentos, e, segundo o relatório empreendimentos hoteleiros para atender O crescimento verificado atinge a produção de O setor da educação é o que mais tem Doing Business, elaborado pelo BIRD Devido ao dinamismo de sua economia, a essa movimentação do empresariado e veículos automotores, carrocerias, reboques crescido. Santa Maria é a terceira cidade (Banco Internacional para Reconstrução infraestrutura moderna e qualificação do também à expansão da indústria do turismo. Entrevista com Jarbas Lima da Silva, e produtos de metal, substancialmente pelo do Brasil com maior número de mestres e e Desenvolvimento), figura entre as mais mercado de trabalho, Porto Alegre possui sócio da Moore Stephens. aumento das exportações. doutores per capita, o que lhe confere o status de cidade da educação. Figura como a cidade Qual a participação da produção rural que produziu o primeiro microcontrolador na economia da região de Porto Alegre? Santa Maria nacional, possuindo incubadoras tecnológicas Essa participação está crescendo? e mais de 400 grupos de pesquisas, sediando é a terceira cidade do Santa Maria A produção rural representa, atualmente, o Centro Regional Sul de pesquisas 11% da economia gaúcha, mesmo com Brasil com maior número Espaciais, com parcerias com empresas do Brasil e do exterior. maior suscetibilidade aos choques agrícolas de mestres e doutores nos períodos de estiagem, nos quais os per capita Santa Maria tem potencial para SANTA MARIA (RS) investimentos em irrigação devem trazer Forte desenvolvimento Área: 1.779, 556 km2 alento às lavouras mais atingidas pela seca e reduzir impactos do clima sobre o PIB. Sabe-se que, além do desenvolvimento agronegócios, indústrias de alimentos, rações etc. Há incentivos locais para o desenvolvimento dessas áreas? População: 262.368 hab. (IBGE/2011) Entre os principais produtos destacam-se no setor educacional nos setores comercial e industrial Densidade demográfica: 147,43 hab./km2 soja, arroz, fumo e trigo, buscando uma O distrito industrial é diversificado com (mecânica/metalurgia) de Porto Alegre, IDH: 0,845 (PNUD/2000) maior rotação de culturas na agregação indústrias nos setores metalmecânico, existe potencial para investimentos de valor. Na pecuária, o estado desenvolve automotivo, eletroeletrônico, alta PIB: R$ 3,85 bilhões (IBGE/2008) em indústrias de softwares. Há algum alta produtividade bovina por meio de seu tecnologia, alimentício e bebidas. A cidade PIB per capita: R$ 12.200,16 (IBGE/2009) incentivo da política local para que esse Santa Maria é considerada um polo de de 80% da população ativa da cidade, plantel genético e na pecuária leiteira, já a está no centro do estado e oferece facilidades setor se desenvolva? educação, abrigando a Universidade Federal salientando-se a atividade educacional. segunda melhor do País. A agricultura local para o escoamento de produtos para de Santa Maria (UFSM) e considerada a continua sendo uma das mais importantes, Com investimentos importantes nos últimos toda a região sul do Brasil e para os países A agropecuária também tem seu desempenho foi de 18,8% em 2011 e dois anos, o setor de tecnologia também vem da América Latina. Oferece as melhores terceira cidade do País com o maior número Sul de Pesquisas Espaciais do INPE (Instituto destaque na região, seguido do setor continua crescendo. se consolidando no estado e já representa condições e incentivos para a instalação de de mestres e doutores. Nacional de Pesquisas Espaciais), onde industrial, que é bem diversificado nos um volume expressivo na mão de obra unidades produtivas, com o apoio do Governo também são realizados estudos e pesquisas A cidade possui grande vocação econômica, setores metalmecânico, automotivo, O parque industrial de Porto Alegre e altamente qualificada, em especial a de do Estado por meio da redução dos impostos na área oceanográfica que, juntamente com pois é voltada para a prestação de serviços, eletroeletrônico, alimentício e de bebidas. região é bem diversificado. Quais setores semicondutores no Rio Grande do Sul, com estaduais e isenções diversas nas taxas, a Defesa Civil, realiza um valioso trabalho comércio e serviços públicos estaduais e industriais obtiveram mais sucesso nos destaque para o Centro de Excelência em impostos municipais, doações de áreas de A cidade conta ainda com o Centro Regional sobre desastres naturais. federais. O setor terciário absorve mais últimos anos e por quê? Tecnologia Eletrônica Avançada em Porto terras e apoio à infraestrutura.28 29
  • 16. Porto Alegre e Santa Maria Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Moore Stephens? A Moore Stephens nos ajuda muito, tanto com A Moore Stephens contribui muito auxiliando-nos A Moore Stephens nos auxilia com a experiência de sua equipe os relatórios, como com sugestões de melhoria a adaptar nossa estrutura contábil e balanços de com propostas que fortalecem os nossos controles internos, além e nos processos internos. É uma empresa séria e criteriosa no acordo com as melhores práticas nacionais e internacionais. Temos da credibilidade das demonstrações financeiras. O ano de 2011 foi para a Keko cumprimento de normas. Temos um ótimo relacionamento parcerias internacionais e esses procedimentos trouxeram mais um período de verdadeira transformação, pois inauguramos um parque industrial e todos os membros da equipe são gentis, pacientes, credibilidade e transparência às relações. A equipe é incansável em próprio. Além da mudança física, iniciou-se uma transição na forma de produzir, cumpridores de prazos e estão sempre com muita disposição prestar todos os esclarecimentos necessários e dar boas sugestões que descaracterizou nossas demonstrações financeiras. A Moore Stephens veio para nos auxiliar, inclusive nas empresas que para a execução de nossos procedimentos. com orientações muito apropriadas para atribuir às peças contábeis a capacidade ficam no norte do estado, o que requer o A empresa participa ativamente nas reuniões de nosso conselho de refletir a verdadeira Keko, traduzindo ao mercado a leitura correta da nova deslocamento dos profissionais. de administração, nas análises e estratégias financeiras para nosso fase que iniciou neste ano. A empresa tornou-se uma parceira de negócio, pois projeto de fusão/aquisição, como também nas recomendações nossa relação não se restringe ao processo de auditoria e não termina com a Carmen Lúcia Denti, diretora da Unetral S.A., para melhor gerenciamento dos riscos fiscais eminentes e entrega do parecer, mas ultrapassa o dia a dia das decisões dos executivos da cliente da Moore Stephens desde 2010. elaboração de detalhado cronograma para resolução Keko. Construímos uma base firme de confiança que só é possível e liquidação dos ajustes tributários, fiscais e contábeis. porque somos atendidos por profissionais sérios e transparentes. A Unetral é um grupo formado por diversas empresas. A Unesul e a TTL, que atuam no ramo de transportes de Peter Wilms, CEO da Dax Resinas, Volnei Ebertz da Silva, diretor administrativo e financeiro passageiros; a Unetral S.A., revendedora Mercedes-Benz, cliente da Moore Stephens há um ano. da Keko, cliente da Moore Stephens há dois anos. pneus Michelin, além de Postos Petrobras e Granja Agrícola; a Unetral Empreendimentos Imobiliários S.A.; e a agência de A Dax Resinas é distribuidora de resinas petroquímicas que A Keko é fabricante de acessórios para personalização de veículos automotores. turismo Unesul Turismo Ltda. atende empresas transformadoras de plásticos e produtos afins. A A marca foi fundada há 26 anos e é reconhecida em 27 países. Possui fábrica empresa possui quatro filiais: Novo Hamburgo (RS), Caxias do Sul em Flores da Cunha (RS), que trabalha sob os conceitos de sustentabilidade e (RS), Itajaí (SC) e Pinhais (PR). compromisso social.30 31
  • 17. Ribeirão Preto Moore Stephens Auditores e Consultores RIBEIRÃO PRETO (SP) Cidade em pleno Área: 650,366 km2 A Moore Stephens em desenvolvimento População: 619.746 hab. (IBGE/2012) Densidade demográfica: 952,92 hab./km2 IDH: 0,855 (PNUD/2000) Ribeirão Preto significativos em relação à cana. Inclusive, Portinari e Faria Lima, que ligam o município alavanca a economia local PIB: R$ 17 bilhões (IBGE/2010) PIB percapita: R$ 26.083,97 (IBGE/2009) A Moore Stephens chegou a Ribeirão Preto por meio da Prisma Auditoria e Consultoria, constituída em 1993. muitos desses produtos aparecem junto com a cana, na parcela da terra que fica em descanso. Depois da crise de 2008 e 2009, ao estado de Minas Gerais, e a Rodovia SP- 333, que dá acesso ao norte do estado do Paraná. Ainda, o Aeroporto Leite Lopes, que as safras de cana-de-açúcar têm apresentado já possui autorização para operar com carga queda devido à falta de investimentos, a aérea internacional, destaca-se como um dos Ribeirão Preto e arredores é uma das sua vizinhança é constituída de cidades seu entorno, sendo ainda uma das maiores geadas e estiagem. Entretanto, diante da principais aeroportos do estado de São Paulo. regiões mais ricas do estado de São Paulo, cujas principais atividades estão ligadas à produtoras mundiais de açúcar e álcool. importância do etanol como combustível apresentando elevado padrão de vida (renda, agricultura, influenciando no comércio e Ribeirão Preto assume posição importante renovável no cenário mundial, cria-se um O que falta na cidade e região consumo, longevidade). prestação de serviços e fazendo com que a no cenário nacional nas áreas de ensino, novo ciclo de desenvolvimento. Existe uma para promover crescimento com região seja referência de agronegócios no País. O agronegócio, a prestação de serviços e o pesquisa e saúde com suas universidades. A grande concentração de usinas de cana-de- sustentabilidade e qualidade de vida? comércio são os setores que alavancam a Possui localização privilegiada, próxima cidade também é famosa na região por ser açúcar na região, que além da produção de economia da região. Apesar da cidade ser a importantes centros consumidores, e um importante centro cultural e de lazer, com açúcar e álcool, têm investido na produção Em Ribeirão Preto é necessário revitalizar um município predominantemente urbano, acesso facilitado devido ao anel viário do seus bares, shoppings e famoso chopp. de energia elétrica proveniente da queima do diversos parques industriais que foram bagaço da cana. desativados ao longo dos anos e incentivar a instalação de condomínios empresariais com o auxílio do poder público. Faltam A cidade tem também políticas para solidificar a base econômica da cidade, que é a prestação de Entrevista com Marco Antônio Olívio um conjunto relevante serviços, incluindo medidas de incentivos Palos, sócio da Moore Stephens. de universidades e centros fiscais para o setor. Outro assunto pendente é a concretização da internacionalização do de pesquisa. Aeroporto Leite Lopes. Pensando também Qual a participação da produção rural na na macrorregião de Ribeirão Preto, é economia da região? Essa participação necessário integrar com maior qualidade as está crescendo? Destaco ainda a posição que Ribeirão Preto políticas públicas da região como um todo, assume nas áreas de ensino, pesquisa e por meio de fóruns e criação de órgãos É bastante significativa. Ribeirão Preto tornou- saúde. A cidade tem um conjunto relevante que trabalhem em prol do desenvolvimento se o grande centro urbano de inúmeras de universidades e centros de pesquisa. O sustentado, com o auxílio do poder público. cidades localizadas em seu entorno, onde a campus Ribeirão Preto da USP, por exemplo, Em relação à qualidade de vida, a questão atividade rural é preponderante. No município é reconhecido internacionalmente pelas mais relevante, atualmente, é a melhoria de Ribeirão Preto em si, as atividades principais pesquisas médicas e biológicas. O Hospital da mobilidade urbana. A cidade cresceu são o comércio e a prestação de serviços, que das Clínicas, ligado à Faculdade de Medicina, muito e o transporte coletivo e a malha sofrem grande influência do agronegócio atrai grande número de pessoas da região e viária precisam atender à demanda. Não desenvolvido nessas cidades vizinhas, cruzadas do País em busca de atendimento médico. podemos deixar de dizer que Ribeirão Preto entre Ribeirão Preto, Sertãozinho, Araraquara, é referência em qualidade de vida. Além de Barretos, São Carlos e Franca. Diante da Pode-se dizer que Ribeirão Preto possui apresentar diversos atrativos para o comércio, relevância do agronegócio nessa ampla localização privilegiada? prestadoras de serviços e profissionais região, Ribeirão Preto é considerada a capital liberais, a infraestrutura da cidade atrai brasileira do agronegócio, promovendo todos Sem dúvida. Além de ser um grande centro com força preponderante a construção os anos a maior feira de tecnologia agrícola urbano de diversas cidades vizinhas, a cidade civil, fazendo crescer construções verticais e do País – a Agrishow. possui uma malha viária privilegiada, que horizontais em alta velocidade nas regiões A maior parte da área agrícola do entorno a liga aos grandes centros produtores do norte, sul, leste e oeste da cidade. Outros de Ribeirão Preto é utilizada para o cultivo estado de São Paulo e de outros estados. fatores que enriquecem a qualidade de vida de lavouras temporárias, especialmente a A Rodovia Anhanguera, uma das principais são a cultura e o lazer com teatros, cinemas, cana-de-açúcar, que constitui, praticamente, rodovias do estado, liga Ribeirão Preto à parques ecológicos e bares. uma monocultura na região. Outros produtos Campinas, São Paulo e ao triângulo mineiro. cultivados são: laranja, café, amendoim, soja, Outras rodovias interligam Ribeirão a outros Colaborou com a entrevista: Ricardo Aurélio Rissi, sócio da Moore Stephens manga, limão, laranja entre outros menos estados brasileiros, como as rodovias Cândido328 33 9
  • 18. Ribeirão Preto Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Moore Stephens? Utilizamos há seis anos os serviços de auditoria da Moore Stephens, que nos auxilia na A TGM, apesar de ser uma multinacional brasileira, tinha uma administração bem familiar elaboração de balanços e relatórios financeiros. Eles foram e com o crescimento precisava trabalhar práticas de mercado: fundamentais na implantação da governança corporativa por auditar balanços e revisar processos. Por isso, contratamos a meio das demonstrações financeiras adequadas aos critérios Moore Stephens, que desde o início mostrou-se interessada da lei e trouxeram para nossa empresa credibilidade junto ao em entender o negócio, interagir com os gestores e entender mercado e acionistas. os mecanismos da empresa para fazer análises críticas, de É uma equipe sempre disposta a ajudar e sua vasta experiência maneira sempre construtiva. Eles nos dão todo o suporte para possibilita exceder nossas expectativas. Como somos uma melhorar os ganhos tributários, os processos e inibir riscos empresa S.A., temos datas certas para publicar o balanço e contábeis. Como uma empresa de bens de capital, a TGM a Moore Stephens sempre cumpriu prazos de trabalha com antecipação e a Moore Stephens nos mostrou o trabalho, tanto em campo como na elaboração caminho mais eficaz de trabalhar nossa contabilização. Fazer o de relatórios. reconhecimento da receita e despesa e saber o momento certo de executar essas orientações têm ajudado muito Armando Conunchuc Filho, gerente de a empresa a fazer o planejamento tributário. controladoria da Laticínios Aviação, cliente da Moore Stephens há seis anos. Fernando César Pinheiro, diretor administrativo e financeiro do Grupo TGM, cliente da Moore Stephens há A Laticínios Aviação atua no mercado há quase 100 cinco anos. anos em dois segmentos: produção e comercialização de laticínios e exportação de café. A TGM é um grupo formado por diversas empresas, entre elas a TGM Turbinas, fabricante de turbinas a vapor para gerar energia, a TGM Transmissões, que produz redutores de velocidade para turbinas, uma revenda na Alemanha e uma destilaria de álcool. Contratamos a Moore Stephens no ano em que tivemos nosso Plano de Recuperação Judicial aprovado, cujas informações para os credores, fornecedores e outros participantes necessitavam de muita credibilidade e consistência. O primeiro grande desafio foi apresentar, em prazo recorde de três meses, os Balanços de 2005 e 2006, devidamente auditados e com as respectivas demonstrações financeiras. A equipe da Moore Stephens não se curvou diante do desafio e, no prazo determinado, toda a documentação estava disponível. A qualidade da equipe técnica, a responsabilidade com que executam seus trabalhos, o bom atendimento e, acima de tudo, a credibilidade gerada por sua imagem no mercado são os pontos mais fortes das equipes lideradas pelos Srs. Hélio Mazzi Júnior e Ricardo Cesar Valentim, que nos acompanham há bastante tempo e demonstram forte comprometimento e muita competência. São parcerias dessa qualidade, com integridade e competência, que transformam uma relação de serviços em vínculos muito mais sólidos e duradouros. Nelson do Nascimento Castro, presidente da Indústria de Produtos Alimentícios Cory Ltda., cliente da Moore Stephens desde 2006. A Cory fabrica biscoitos, balas, drops e chocolates. Produz para marcas líderes do mercado. Possui duas fábricas: Ribeirão Preto e Arceburgo, em Minas Gerais.34 35
  • 19. Rio de Janeiro Moore Stephens Auditores e Consultores RIO DE JANEIRO (RJ) Aliança entre ícones culturais Área: 1.264,296 km2 A Moore Stephens no e belezas naturais e uma População: 6.323.037 hab. (IBGE/2010) Densidade demográfica: 5.348 hab./km2 IDH: 0,842 (PNUD/2000) Rio de Janeiro Em conformidade com informações Quais os impactos mais relevantes do economia em forte ascensão PIB: R$ 190,2 bilhões (IBGE/2010) PIB per capita: R$ 28.405,95 (IBGE/2009) prestadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro, a rede hoteleira já deu a largada no sentido de se expandir para o atendimento da Pré-Sal para o estado do Rio de Janeiro? A área do Pré-Sal no estado do Rio demanda que será gerada com as Olimpíadas de Janeiro ultrapassa os 69 mil Km², em 2016. Estima-se que, até o fim do ano representando aproximadamente 46% Cidade brasileira mais conhecida no exterior congrega o segundo maior polo industrial do desenvolvimento do Brasil, responsável por de 2015, pelo menos 17.232 novos quartos da área total no Brasil delimitada como pelos seus ícones culturais e paisagísticos, o Brasil, contando com refinarias de petróleo, 17% da produção científica nacional. estejam disponibilizados na cidade para Pré-Sal pelo Governo Federal. A Petrobras Rio de Janeiro é a segunda maior metrópole indústrias navais, siderúrgicas, metalúrgicas, O cenário atual é extremamente favorável atendimento dessa demanda. Na avaliação estima que, apenas no Pré-Sal, a produção do País. É um dos principais centros petroquímicas, gás-química, têxteis, gráficas, para o estado, ainda mais pelo aquecimento da Prefeitura, se essa quantidade de quartos brasileira alcançará 1,8 milhão de barris econômicos, culturais e financeiros e o seu editoriais, farmacêutica, cosmética e do turismo, setor hoteleiro, serviços para a for efetivamente disponibilizada, o setor por dia. Em uma primeira estimativa, a PIB representa o segundo maior do Brasil e o cimenteiras. Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos hoteleiro chegará com folga para receber o arrecadação de royalties e de participação 30° maior do mundo. O Rio de Janeiro também é contemplado por de 2016 e da exploração do Pré-Sal, que terá público de turistas que estará na cidade para especial para o estado do Rio de Janeiro O município concentra 68% da força grande número de universidades e institutos, impactos relevantes em termos tecnológicos, assistir às Olimpíadas. e seus municípios pode ultrapassar R$ 600 econômica do estado e há muitos anos sendo o segundo maior polo de pesquisa e econômicos e sociais. bilhões durante toda a vida útil dos campos Segundo as estimativas, o Rio de Janeiro petrolíferos que vierem a ser implementados ganhará 85 empreendimentos hoteleiros, Entrevista com Luiz Sallé Karam, e efetivamente explorados. de todas as categorias, sendo 38 deles na sócio da Moore Stephens. região da Barra da Tijuca (que é o principal Desde a descoberta da existência de polo de competições das Olimpíadas e onde depósitos de petróleo na camada de Pré- Quais projetos viários mais relevantes há maior carência de apartamentos). Há Sal, anunciada pela Petrobras em 2006, o foram ou estão sendo desenvolvidos também sete expansões autorizadas em desenvolvimento de tecnologias para a sua para melhorar a mobilidade da diferentes pontos da cidade. exploração tornou-se um grande desafio, população no município do Rio de que vem ajudando a alavancar a economia Janeiro nos últimos anos? brasileira e a economia do estado do Rio O petróleo de Janeiro. A implementação do Parque Os projetos mais relevantes para melhoria da mobilidade da população são afetados traz imensas Tecnológico Rio, na Ilha do Fundão, vem se tornando um importantíssimo polo pelas perspectivas da realização de eventos possibilidades para de atração para empresas brasileiras e esportivos importantes em nível mundial empresas internacionais estrangeiras interessadas em investir (Copa do Mundo no Brasil em 2014 e no setor. Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016). Esses cujos países-sede passam O petróleo traz imensas possibilidades projetos abrangem Corredores de Ônibus BRT por crises econômicas para empresas internacionais cujos países- (Bus Rapid Transit), que são os TransOeste, Transcarioca e TransOlímpica, e que facilitarão e que enxergam sede passam por crises econômicas e que enxergam no Brasil um potencial para a interligação entre os pontos-chave da no Brasil um potencial grandes negócios. A Petrobras já anunciou cidade, além do Corredor TransBrasil, que alimentará 30 bairros. para grandes a expectativa de realização de investimentos na ordem de U$ 250 bilhões para os O projeto da Linha 4 do Metrô do Rio de negócios. próximos cinco anos. Janeiro também é fundamental, visto que Especialistas do setor entendem que, com a conectará Barra da Tijuca e Ipanema, com A expansão do setor hoteleiro gera chegada de grandes empresas multinacionais capacidade estimada para transportar mais demanda por mão de obra qualificada. especializadas em tecnologias de petróleo de 300 mil passageiros em apenas Segundo a Associação Brasileira da Indústria e correspondente instalação de seus 13 minutos. Hoteleira do estado do Rio de Janeiro centros de pesquisa, está se formando no (ABIH-RJ), o crescimento do setor criará, nos perímetro da Ilha do Fundão um centro de Como a rede hoteleira do Rio de Janeiro próximos anos, cerca de 40 mil postos de desenvolvimento tecnológico que não tem está se preparando para o fluxo turístico trabalho, entre recepcionistas, camarareiras, paralelo no mundo. Essas grandes empresas que ocorrerá com as Olimpíadas em garçons e chefs. estão ao lado do Centro de Pesquisas da 2016?36 37
  • 20. Rio de Janeiro Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a Petrobras (CENPES), que foi recentemente expandido e é um dos maiores centros de pesquisa da América do Sul, e da UFRJ. Além dos prognósticos apontando que o Brasil será um grande exportador de petróleo, merece registro a possibilidade Moore Stephens? de que o País também se torne um exportador de tecnologias. A criação de novos conhecimentos para atendimento das Trabalhando de maneira pró-ativa, a Moore Stephens nos auxilia com demandas do setor irá compor um produto os serviços técnicos que facilitam o negócio. Os profissionais assumem de exportação brasileira. Certamente, uma postura de não só apontar problemas, mas de dar uma linha de orientação, estamos diante de uma verdadeira principalmente em controles internos e políticas corporativas. A Levantina, como revolução no setor de petróleo. toda multinacional controlada por grupos estrangeiros, necessita dessa segurança e transparência oferecida pela Moore Stephens. Segundo estudos da UFRJ, o petróleo representa 10% do PIB brasileiro, podendo chegar a 20% em 2020. Existe uma projeção Célio Guerra, diretor financeiro da Levantina Natural Stone Brasil Ltda., potencial de encomendas de U$ 180 milhões cliente da Moore Stephens desde 2010. em plataformas, barcos de apoio e navios A Levantina atua no setor de rochas ornamentais, granito e mármore. A empresa de transportes até 2020, somente por faz a extração, o beneficiamento e a distribuição. parte da Petrobras. E para o atendimento dessa demanda, estão sendo construídos estaleiros de alta produtividade em Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Os serviços da Moore Stephens não se limitam ao básico e sempre Atualmente, há cerca de 58 mil pessoas superam as nossas expectativas. Eles nos auxiliam muito nos controles trabalhando em estaleiros e até 2016 serão e registros contábeis alinhados com as legislações brasileira e grega, montando uma 216 mil. No ano de 2000, eram apenas 2 formatação específica para poder encaminhar relatórios à matriz. Antes de qualquer mil pessoas trabalhando em estaleiros. passo importante da Pancoast, sempre consultamos a Moore Stephens, pois isso nos previne de problemas futuros, visto as soluções diferenciadas que a equipe costuma A falta de mão de obra qualificada propor. Sobretudo neste momento delicado da economia mundial, a movimenta outro setor da economia: a Moore Stephens é fundamental para apontar soluções que vão ao imigração – necessária para reforçar e somar encontro do setor de navegação. esforços no processo de transferência de tecnologia. A imigração acaba sendo um termômetro do desenvolvimento econômico. Onildo Costa Júnior, diretor financeiro da Pancoast Navegações Ltda., cliente da Moore Stephens há oito anos. Colaborou com a entrevista: Sérgio Lucchesi Filho, sócio da Moore Stephens A Pancoast atua no setor de navegação de cabotagem e na costa brasileira. Sua matriz fica na Grécia.388 39 9
  • 21. São José do Rio Preto Moore Stephens Auditores e Consultores SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (SP) Impulso econômico no e 1.000m². Hoje, existem 12 minidistritos Industriais, que acompanha a implantação um espaço físico destinado à viabilidade de industriais na cidade e um centro comercial, de projetos industriais, facilitando a aquisição planos de negócios, onde o empreendedor Área: 431,3 km2 onde estão instaladas mais de 700 empresas, de lotes com média de 1.000m². Existem três pode desenvolver, durante um prazo População: 415.769 hab. (IBGE/2012) interior de São Paulo gerando emprego e renda. No mesmo distritos industriais em diferentes pontos da determinado, a sua empresa com suporte Densidade demográfica: 824,4 hab./km2 sentido, funciona a Seção de Distritos cidade. O Centro Incubador de Empresas é técnico e gerencial. IDH: 0,834 (PNUD/2000) PIB: R$ 8,9 bilhões (IBGE/2010) PIB per capita: R$ 18.776,09 (IBGE/2009) São José do Rio Preto é um dos principais micros, pequenas e médias empresas. polos industriais, culturais e de serviços do Um dos maiores destaques da cidade, senão interior do estado de São Paulo. Localiza-se a entre eles a Unesp e a Famerp (Faculdade de o maior, é o centro médico-hospitalar, que noroeste da capital do estado, distante desta Medicina de São José do Rio Preto). tem reconhecimento internacional pelas cerca de 445km. pesquisas na área de cardiologia e é referência Ocupa a 18° colocação no ranking das A economia da cidade é movida pelo setor de no tratamento de Aids e em transplantes mais promissoras cidades brasileiras para se prestação de serviços, responsável pela maior de fígado. Por isso, também tem agitada construir uma carreira profissional, segundo fonte de renda. vida universitária e, por consequência, uma a Fundação Getúlio Vargas. A cidade conta movimentada noite e uma boa programação ainda com uma importante tradição cultural, A indústria é o segundo setor mais cultural e de eventos. São José do Rio Preto que vai desde o seu artesanato até o teatro, a importante do município, com destaque às tem sete grandes centros universitários, música e o esporte. A Moore Stephens em São José do Rio Preto O setor que move a economia de São José do transplante de rim, fígado e medula óssea, A Moore Stephens chegou a São Rio Preto é a prestação de serviços, seguida cirurgias cardíacas entre outras. Também o José do Rio Preto por meio da Prisma pelo setor industrial, formado, em geral, por Complexo Funfarme (Fundação Faculdade Auditoria e Consultoria, constituída pequenas e médias empresas. Outros setores Regional de Medicina), neste ano, passou por em 1993. que se destacam são comércio, educação um dos maiores projetos de informatização e medicina avançada. As indústrias mais na área da saúde. O Hospital Austa e o fortes na região são dos ramos moveleiro, Hospital Beneficência Portuguesa também alimentício, de joias e folheados e de merecem menção. O primeiro é referência na produtos médicos. área de cardiologia e o segundo, em centro O centro médico-hospitalar tem forte de diagnósticos. Por que A Moore Stephens atua em nossas empresas com os serviços de consultoria de controles internos e consultoria tributária, antecipando-se e propondo procedimentos detalhados a Moore reconhecimento na cidade (é, inclusive, Quais os incentivos da política local para e orientações para economia de impostos, revisão de balanços e auditoria de processos e controles referência internacional em cardiologia o desenvolvimento econômico? internos. Eles exercem a função estratégica de auditoria interna com uma estrutura de profissionais e transplante de fígado). Pode-se dizer presentes dentro das instalações do Grupo, o que possibilita o conhecimento profundo das operações Stephens? Três grandes programas são referências de que parte da economia é movida pela diárias e a identificação antecipada de problemas e riscos potenciais e suas respectivas ações corretivas. estudo em São José do Rio Preto quando tecnologia médica? Há investimentos Os profissionais da Moore Stephens são muito bem preparados, atenciosos, flexíveis e disponíveis, o o assunto é desenvolvimento econômico: expressivos no setor? que nos garante a segurança na gestão das empresas do Grupo. Além disso, atuam sempre de forma o Programa de Minidistritos, voltado para Segundo o Ministério da Saúde, a saúde micros e pequenas empresas; a Seção de discreta, transparente e isenta, apresentando fatos comprovados, com análise de riscos e impactos. Distritos Industriais, voltada a empresas de Em 2004, passamos por um momento desafiador, com a segunda cisão do nosso Grupo. pública de São José do Rio Preto é a quinta médio e grande portes; e o Centro Incubador A Moore Stephens foi fundamental nesse período. Sua equipe está sempre presente e melhor do Brasil, entre 29 municípios Entrevista com Hildebrando Camargo, participa ativamente das principais decisões de risco do nosso Grupo Empresarial. classificados como mais ricos do País. de Empresas, dirigido à criação de novas sócio da Moore Stephens. Recentemente, a Secretaria de Estado de empresas. Saúde liberou ao Hospital de Base de São Criado na década de 80, o Programa de Helder Munhoz Vieira da Silva, superintendente do Grupo Empresarial Maza Tarraf, José do Rio Preto (HB) um investimento de Minidistritos tem por objetivo instalar cliente da Moore Stephens há 15 anos. Serviços e indústrias sempre impulsionaram a economia da região. R$ 25 milhões para modernização. O HB com qualidade micros e pequenos O Grupo Empresarial Maza Tarraf atua há 62 anos em diversos segmentos: concessionária de Existe outra área de destaque em faz mais de 2 mil cirurgias mensais, com empreendedores, oferecendo facilidade de caminhões e ônibus, locação de veículos, administração de consórcios, corretora de seguros, investimentos nos últimos anos? destaque às de alta complexidade, como pagamento para aquisição de lotes entre 200 distribuição de alimentos e setor imobiliário.40 41
  • 22. São Paulo Moore Stephens Auditores e Consultores SÃO PAULO (SP) Uma macro Área: 1.522,986 km2 A Moore Stephens metrópole em População: 11.316.149 hab. (IBGE/2010) Densidade demográfica: 7.430,24 hab./km2 IDH: 0,841 (PNUD/2000) em São Paulo e Peru. Entre as macro metrópoles mundiais, Com o adensamento, 2 milhões de pessoas constante movimento PIB: R$ 443,6 bilhões (IBGE/2010) A Moore Stephens chegou a São só é ultrapassada por outras três, que têm saem diariamente de suas casas para PIB per capita: R$ 35.271,93 (IBGE/2009) Paulo por meio da Lima Lucchesi como centro as cidades de Tóquio, Mombai trabalhar ou estudar fora do município Auditores Independentes, constituída e Cidade do México. onde residem. Metade delas segue para as na região em 1989. cidades da Região Metropolitana de São A região tem ativos que impressionam: Paulo, em um movimento de vaivém que São Paulo detém números que surpreendem: Considerada um dos maiores centros prestação de serviços e negócios para o País. três aeroportos (Cumbica, Congonhas e faz com que o problema de mobilidade é a sexta cidade mais populosa e a quarta financeiros do mundo, a cidade, durante Viracopos); dois portos, entre eles o Porto de O município possui vários centros financeiros tenha um alcance muito maior do que os maior aglomeração urbana do planeta; muito tempo, teve a indústria como a base Santos, o mais importante da América Latina; espalhados por seu território e é referência congestionamentos de mais de 100 km possui o maior PIB do Brasil e o 10° maior de sua economia. Nas últimas décadas, e as principais rodovias e ferrovias do País. mundial em economia, cultura e lazer. registrados no centro expandido da capital do mundo. assumiu também um forte caráter na Tantos dados superlativos têm como paulista, que recebe diariamente 671.116 contraponto imensos problemas e carências pessoas em trânsito. a serem resolvidos, já que se está diante Apesar do alto índice de urbanização de um fenômeno intenso de aglomeração (de 95%), houve redução nas taxas de urbana. Portanto, são igualmente migração e no número de filhos por família, grandiosas as exigências por infraestrutura. com reflexos na queda da população. Com 72% da população do estado de São Ao mesmo tempo, cresce o número de Paulo e apenas 16% do seu território, as idosos e, por isso, são necessárias políticas demandas da macro metrópole paulista públicas dirigidas a eles. As pessoas com Entrevista com Sérgio Lucchesi Filho, por água, energia, telefonia, saneamento e 60 anos de idade ou mais já representam sócio da Moore Stephens. transporte, entre outras, são gigantescas, aproximadamente 10% dos moradores da o que se evidencia nas carências visíveis macro metrópole. do dia a dia das maiores cidades que a A cidade de São Paulo ultrapassou há integram. Quais as regiões metropolitanas e tempos seus limites geográficos, sendo aglomerados da macro metrópole paulista considerada hoje o centro de uma São Paulo abriga cerca de 9 milhões de mais relevantes nas atividades econômicas macro metrópole, conceito baseado em domicílios em área de risco, sendo 6 da cidade? intensa interligação e influência mútuas milhões apenas na Região Metropolitana de São Paulo. Em algumas cidades, como Dentro da macro metrópole paulista estão entre regiões metropolitanas e seus Cubatão, Francisco Morato, Guarujá oficialmente legalizadas ou em fase de aglomerados urbanos. Qual o potencial e Itaquaquecetuba, mais de 30% dos legalização: Regiões Metropolitanas (as de São econômico e carências dessa macro moradores vivem em moradias precárias e em Paulo, Baixada Santista, Campinas e Vale do metrópole? situação de carência, comparável a regiões Paraíba/ Litoral Norte), aglomerados urbanos A macro metrópole paulista foi definida a (como os formados no entorno das cidades de extrema pobreza do Nordeste e do Norte partir de critérios internacionais, em estudo de Jundiaí, Piracicaba, Sorocaba e São José do Brasil. Com o planejamento conjunto realizado entre 2009 e 2010 pelo Governo dos Campos) e microrregiões (como as de São na região, espera-se resolver o problema, do Estado de São Paulo (pela Empresa Roque e Bragantina). verticalizando e levando essa população a Paulista de Planejamento Metropolitano - áreas em melhores condições urbanísticas. A dinâmica econômica dentro dessa Emplasa - e Fundação Sistema Estadual de macrorregião se estabelece de forma Análise de Dados - Seade). É formada por Entre muitos temas conjuntos relevantes está complementar e/ou integrada a partir da 173 municípios dos 645 que compõem o o fornecimento de água, que começa a ficar capital paulista, que concentra a área de estado de São Paulo. crítico na região de Campinas, a destinação serviços e, em particular, os financeiros. Além do grande adensamento urbano, do lixo e dos resíduos sólidos e a preservação é ressaltada sua relevância econômica: do meio ambiente. Há um cinturão verde a considerando a América Latina, o PIB de São ser preservado, como as Serras do Mar, da Paulo é ultrapassado apenas por dois países Cantareira e da Mantiqueira, único entre as - México e Argentina; e a população, apenas metrópoles mundiais, e áreas de mananciais por quatro - os dois mencionados, Colômbia e bacias hidrográficas.42 43
  • 23. São Paulo Moore Stephens Auditores e Consultores Por que a De que maneira as políticas públicas das Segundo divulgação efetuada pelas combate à pobreza; aumento da cidades estão lidando com a administração autoridades do Governo do Estado de São competitividade, melhorando infraestrutura desse aglomerado urbano, para garantir Paulo, os instrumentos da nova governança de transporte/mobilidade/acessibilidade coordenação e integração nas ações públicas, bem como suprir as carências existentes, que garantam crescimento são: Câmara de Desenvolvimento Metropolitano, integrada por 11 secretários estaduais, a qual definirá as prioridades e logística, além de investimento em capital humano; melhoria das condições de saneamento básico e melhoria da Moore Stephens? ordenado e qualidade de vida para os para viabilizar projetos integrados; Comitês gestão urbana por meio do atendimento habitantes? Técnicos, na verdade braços executivos, das demandas da população, eliminando Conheço o pessoal da Moore Stephens criados para encaminhar a formulação deficiências legais, técnicas e burocráticas. Como por lei não cabe ao governo há mais de 20 anos e sempre fui muito bem A equipe da Moore Stephens contribuiu no aprimoramento de políticas, programas e ações, e seu atendido. Sempre que houve a necessidade de assessoria estadual criar uma macro metrópole (pois Claramente, o que a dimensão da macro das técnicas contábeis para uma melhor apresentação das acompanhamento e avaliação; Política de contábil e financeira, tive um atendimento criterioso, é tarefa do governo federal), o caminho metrópole paulista nos mostra é que o nossas demonstrações financeiras e também prestando consultoria nas Desenvolvimento do território metropolitano, confiável e eficiente. Lembro-me especificamente de um facilitador escolhido foi oficializar as Regiões encontro de soluções deve prevalecer áreas tributária, fiscal e contábil. Costumeiramente, consultamos seus por meio da Secretaria Estadual de episódio em que uma das empresas em que eu participava Metropolitanas, Aglomerações Urbanas e sobre qualquer bandeira, especialmente profissionais em relação a assuntos que vão além do escopo de trabalho Desenvolvimento Metropolitano (SDM), com passou por um processo de cisão, o que era Microrregiões que a constituem, por meio as políticas. Problemas da magnitude de contratado. Nossa parceria é longa e tende a se estender devido à diretrizes e metas de médio e longo prazo; algo totalmente novo para mim, e a equipe da de aprovação formal de Projetos de Lei na uma macro metrópole não são eficazmente agilidade com que os profissionais da Moore Stephens nos Plano de Ação da Macro metrópole, sob a Moore Stephens prestou uma ajuda inestimável. Assembleia Legislativa do Estado de São resolvidos sem um dedicado esforço prestam atendimento. responsabilidade da Emplasa, instrumento de Paulo. Isso serve como base para a adoção conjunto e contínuo. Os desafios são longo prazo que terá o objetivo de estimular de políticas públicas apropriadas. Cria- imensos, mas as intenções são ótimas e Paulo Deniz Marques da Costa, sócio proprietário as potencialidades de desenvolvimento, Nelson Magalhães Graça, diretor de investimentos; e Fábio se, assim, um marco legal para planejar e espera-se que os planos encontrem ações da Marques Construtora e Incorporadora Ltda., equacionar gargalos e formular uma visão de Santos, controller. Ambos do Grupo Servtec, cliente da financiar políticas públicas compartilhadas efetivas em tempo oportuno. cliente da Moore Stephens há 10 anos. futuro desejado. Moore Stephens desde 2002. entre governo e municípios, numa ação que imprime um novo modelo de gestão política Conforme proposta do governo estadual, A Marques Construtora e Incorporadores atua em O Grupo Servtec foi fundado na década de 60 e possui operações em compartilhada no Brasil. os principais desafios a enfrentar serão: construção civil há 33 anos na cidade de São Paulo. todo o território nacional nas áreas de energia e engenharia.44 45
  • 24. Segundo o Cepal (Comissão Econômica para do total de fluxos da Região. Por outro lado, Quais setores econômicos devem ser América Latina e Caribe), a América Latina destacam-se, pela magnitude de fluxos mais desenvolvidos para que o potencial recebeu em 2011 uma cifra recorde de IED de investimento, os efetuados no Chile, econômico da América Latina seja finalmente (Investimento Estrangeiro Direto). A curto Colômbia, Peru e Uruguai, que atingiram aproveitado? prazo esse crescimento tende a aumentar? recordes históricos. Isso pode ser explicado O IED reforça a especialização produtiva da por novos aportes de capital e um forte A América Latina manteve altos fluxos de América Latina e do Caribe. Em 2011, 57% aumento de créditos entre companhias. IED pelo bom desempenho das economias do investimento estrangeiro direto recebido da Região, apesar do cenário de turbulências Contudo, apesar das boas perspectivas a pela América do Sul (sem Brasil) foi dirigido ao econômicas. Esse aumento de ingressos respeito do IED, a crise de dívida externa setor de recursos naturais, 36% a serviços e explica-se pela estabilidade e dinamismo nos países europeus, o dilema fiscal dos 7% a manufaturas. Por outro lado, 7,8% do econômicos da maioria dos países e pelos Estados Unidos e a volatilidade financeira IED percebido pelo México, América Central altos preços das matérias-primas, que global colocam certa cota de incerteza e Caribe orientou-se a recursos naturais, continuam incentivando o investimento em sobre o financiamento das empresas 39,7% a manufaturas e 52,5% a serviços. O potencial de recursos naturais, mineração e hidrocarburos, particularmente na América do Sul. transnacionais e seus futuros planos de investimento, assim como sobre o No Brasil, os setores de manufaturas e serviços receberam 46,4% e 44,3%, comportamento econômico da Região. respectivamente, enquanto recursos desenvolvimento dos O relatório informa que, durante 2011, o destaque foi o Brasil, que atingiu cifras recordes que superam de maneira ampla Mesmo assim, a expectativa é que o nível de investimento possa ser entre 2% e 8%. naturais chegou a 9,2%. Conforme as cifras aqui mencionadas, os setores beneficiados pelo IED variam dentro da Região. países da América Latina em 180% se comparadas com 2010, representando 43,8% e sua contribuição na economia mundial Roberto Cox Presidente da Moore Stephens América Latina PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE. Frente à crise econômica, acordos e decisões favoráveis aos negócios e relacionamentos de países latino-americanos com o restante do mundo é a chave para uma melhoria global da economia O mundo, em meio à crise econômica global, voltou a atenção aos países da América Latina, tendo em vista o enorme potencial econômico da região e sua disponibilidade em receber investimentos estrangeiros, fazer acordos e associações e aquecer as relações de comércio com os demais países. Roberto Cox, presidente da Moore Stephens América Latina, na entrevista a seguir, discorre sobre temas relevantes do cenário atual para os países latino- americanos, como o desenvolvimento econômico dos países, em especial do Brasil, e seus entraves e desafios a serem superados para melhor aproveitamento de recursos e oportunidades. Cox também fala sobre os planos de expansão da Moore Stephens na América Latina, incluindo o Brasil, e a atuação da rede no cenário promissor da economia dos países latinos.46 47
  • 25. Entrevista com Roberto Cox Moore Stephens Auditores e Consultores A Moore Stephens contribui para o desenvolvimento dos negócios na América Latina à medida que assessora inúmeras empresas na região. Fale sobre o plano de expansão da Moore Stephens no continente. A missão da Moore Stephens é acompanhar os seus clientes nos principais assuntos que envolvem os seus negócios, inclusive apoiá-los em seus planos de expansão internacional. Por isso, deve ter empresas bem posicionadas nas principais cidades do mundo. Nesse sentido, não medimos esforços para desenvolver e fornecer recursos às firmas Moore Stephens, formando profissionais nas habilidades passado e de ações diretas de cada país, por requeridas dentro de equipes nacionais meio das suas relações internacionais. e transnacionais. Dessa forma, podemos Os setores mais beneficiados pelo atender sob medida às necessidades de investimento europeu na Região envolvem nossos clientes, satisfazendo seus negócios e O Anuário Ibero-Americano 2011, que é Os impostos cobrados para importação e desde os setores de investimento direto acionistas. Além disso, a internacionalização apresentado em Madrid, também focou exportação dos países latino-americanos nas atividades primárias de produção de das normas contábeis e de auditoria, mais no crescimento da América Latina. Países com os países da América Latina, que e, finalmente, a necessidade de ambas as são adequados para essas relações commodities, como agrícola, agroindústria, do que um desafio, é uma oportunidade europeus em evidência com a crise atual devem fazer um esforço para estabelecer a partes (Governo Dilma Rousseff e acordos comerciais? mineração, petróleo e gás, até os setores para nós, que vivenciamos com nossos apostam na relação com a América Latina confiança, assim como o Grupo Andino e o da OMC) de atuar em novos mercados para periféricos. Outro setor importante é o de clientes, de diferentes culturas, essa mudança Os impostos sobre importações e para aquecer um pouco mais a economia MERCOSUL. facilitar a saída da crise. serviços: seguros, bancos, entretenimento, fundamental de expressão e apresentação das exportações na Região são muito diferentes na União Europeia. Em sua opinião, quais os hotelaria, marítimo e infraestrutura. demonstrações financeiras. Para promover o crescimento econômico Desde a Cúpula de Madrid, houve muitos em cada país. Os impostos sobre o comércio assuntos mais pertinentes a esse tema? e uma melhor integração internacional da sinais positivos para essa negociação. exterior estão inseridos em um contexto Essa tendência tem levado a investimentos Nosso plano de expansão regional inclui A VI Cúpula ALCUE, celebrada em maio América Latina, os acordos de associação Grande importância teve a Cúpula do de alta competitividade, cuja discussão é no setor de mineração, maquinaria agrícola a consolidação da rede nacional no Brasil de 2011, em Madrid, supõe um ponto de são particularmente importantes, até mesmo MERCOSUL de San Juan, em agosto centrada sobre os valores das moedas, em e em biociência relacionada ao aumento da e a criação de uma rede de empresas na inflexão a respeito do estancamento em mais do que a ajuda ao desenvolvimento de 2010. A reunião aprovou o Código função dos altos preços de commodities, produção de produtos primários. A crescente Argentina e na Colômbia, explorando que estavam as relações inter-regionais, já vinda dos países mais desenvolvidos, já Aduaneiro do grupo, que possibilitou um incluindo produtos derivados da mineração, influência econômica dos níveis de classe cidades e regiões consideradas promissoras. que praticamente em todos os âmbitos há, que asseguram o acesso aos mercados acordo sobre a eliminação da dupla alíquota que tem reavaliado as moedas dos países da média, tanto da região, como de várias partes É importante dizer que estamos presentes agora, avanços significativos. externos e, assim, promovem o investimento a ser implementada entre 2012 e 2019. Além Região, tornando os preços de exportação do mundo, tem aumentado significativamente em praticamente todos os países latino- estrangeiro, incentivam a inovação e disso, concordaram com um mecanismo menos competitivos. as áreas de hotelaria, serviços e lazer. O setor americanos. Frente à crise econômica global, a competitividade e fornecem um marco de ingressos de alíquota externa comum, imobiliário continua muito atraente em vários Cúpula manifestou uma clara rejeição Considerando a rede internacional da Moore regulatório mais estável e seguro. incluindo um meio de compensação para o As ações de governos de países latino- países. Outro setor não menos importante ao protecionismo e compromisso com a Stephens, estamos cientes da mudança Paraguai, apesar de ser um país sem litoral. americanos propiciam o aumento é o de saúde e medicina, no qual a União cooperação, por meio de mecanismos como, Uma influência favorável foi o desejo do de preferência de clientes nacionais e expressivo de investimentos europeus? Europeia tem companhias relevantes com por exemplo, o G-20, e o desenho de uma governo brasileiro, primeiro de Lula, logo Portanto, pode-se concluir que um dos internacionais, de acessar as empresas de Quais os setores que atraem mais o capital fortes interesses na região. nova arquitetura financeira internacional. de Dilma Rousseff, de conseguir algum resultados mais significativos da Cúpula foi a auditoria e consultoria de porte médio, devido estrangeiro para o continente? Por quê? Os resultados mais tangíveis encontram-se, sucesso na política comercial diante do fato reafirmação do inter-regionalismo e o apoio Finalmente, vários desses países estão à nossa característica saliente de atenção possivelmente, nos acordos de associação e de que a principal aposta brasileira - um à integração regional, na medida em que os As ações dos governos da América Latina promovendo o investimento verde e existem personalizada, razão principal pela qual nas relações comerciais, que são um avanço acordo equilibrado na Organização Mundial mesmos países latino-americanos, obviamente, estão sendo realizadas por meio de acordos, grandes projetos de geração de energia enfatizamos a formação e experiência das importante na relação da União Europeia do Comércio (OMC) - não é mais possível; sejam partícipes desta estratégia. como aqueles ocorridos em Madrid no ano alternativa, principalmente em energia eólica. equipes de profissionais.48 49
  • 26. Copa do Mundo e Jogos Olímpicos: incentivo de crescimento para o Brasil PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.50 51
  • 27. Copa do Mundo e Jogos Olímpicos Moore Stephens Auditores e Consultores Com a contagem regressiva para a Copa do questão central é fazer com que o País, ao Benefícios Enquanto os benefícios diretos são de curto investidores que, se não fosse por isso, não Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016 no mesmo tempo em que sedia esses grandes prazo e incluem capital e construção da considerariam a cidade ou o país para uma Brasil, a atmosfera de otimismo de muitos eventos, crie um legado para apoiar sua infraestrutura relacionada ao evento, os visita. Com a transmissão em tempo real já toma conta do presente e avança para expansão econômica, sem perder de econômicos de longo prazo abrangem a redução dos dos jogos a bilhões de telespectadores e a o futuro. E não é para menos: a realização vista a melhoria das condições de vida da custos de transporte, graças à melhoria da presença de dezenas de milhares de turistas desses eventos esportivos em território população. É preciso foco em planejamento. malha rodoviária ou ferroviária, além do e jornalistas nas 12 cidades-sede, além das brasileiro tem potencial para trazer um grande diretos e Apesar do crescimento na economia, o melhor aproveitamento do espaço urbano, sub-sedes, o Brasil será o centro da atenção retorno financeiro ao Brasil, além do legado melhores condições do tráfego aéreo e mundial. Essa promoção positiva contribui Brasil ainda é limitado por ineficiências de imaterial, que deve elevar a imagem do País profissionalização de pequenos prestadores para intensificar o orgulho cívico de uma infraestrutura. Ser o país-sede da Copa e diante do mundo. Não se pode desperdiçar indiretos Olimpíadas representa um grande passo, que de serviços, como taxistas, garçons e nação, que é fundamental, a exemplo de essa oportunidade de crescimento. recepcionistas, entre muitos outros. outros países, para o seu desenvolvimento abre um leque de desafios e oportunidades O Brasil está se afirmando como potência para todos os brasileiros. Outro importante benefício indireto é econômico e social. econômica global em ascensão. Agora, a o efeito de promoção desses eventos. Esse deve ser um objetivo essencial para Para o atual momento do País está sendo Muitas áreas metropolitanas e regiões o Brasil: gerar melhorias em ambientes fundamental investir em projetos de que sediaram Jogos Olímpicos e Copas do e infraestruturas de maneira a apoiar a Investimentos aeroportos, transporte urbano, hotelaria Mundo veem esses eventos como meio de qualidade de vida local, permitindo à e telecomunicações, dimensionados chamar mais atenção no cenário mundial. população um sentimento de orgulho e de acordo com o planejamento de Nesse sentido, a intensa cobertura da de propriedade do evento, e não um olhar em infraestrutura desenvolvimento de longo prazo. mídia é uma forma de atrair turistas e apenas de espectador. A dimensão e o alcance da infraestrutura Historicamente, as cidades e regiões que exigida pela FIFA para sediar a Copa do sediam eventos desse tipo possuem um Mundo e pelo Comitê Olímpico para plano de desenvolvimento estratégico sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de longo prazo, definindo metas e constituem em um grande desafio. Além da financiamentos para acelerar o avanço exigência de estádios de nível internacional, econômico e social. o aumento da circulação de pessoas nas No caso do Brasil, a infraestrutura cidades-sede aumenta a necessidade de desenvolvida para sediar Copa e Olimpíadas vários serviços básicos, como transporte, não deve ser vista isoladamente, mas sim telecomunicações e saúde. como um programa de desenvolvimento Eventos esportivos mundiais desse porte têm a ser intensificado com o passar dos características peculiares que fazem deles anos. Diante da noção de que a falta de importantes propulsores do desenvolvimento infraestrutura constitui um grande obstáculo econômico. Eles acarretam na necessidade ao crescimento, o plano de desenvolvimento de se fazer melhorias em infraestrutura, estratégico de longo prazo brasileiro visa atraem a atenção do mundo, abrindo aumentar o PIB per capita e diminuir a espaço para oportunidades de investimento desigualdade social no País. Isso passa e entrada de mais turistas, e promovem o pelo desenvolvimento das empresas e sentimento de orgulho nacional. empreendedorismo.52 53
  • 28. A História da Auditoria no Brasil Moore Stephens Auditores e Consultores No mundo e no Brasil: a auditoria sempre eram escassos e necessários apenas para o controle administrativo e a formulação de da informação contábil, auditor, usuário, intermediário, governo). O CPC é formado Normas Brasileiras de Contabilidade. A grande novidade trazida pela Lei trata da esteve presente no desenvolvimento e pareceres sobre balanços, ainda como atos formais. por profissionais do IBRACON e do CFC, da Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA), da Associação dos qualificação profissional dos contadores que, depois da formação em Ciências Contábeis, deverão passar por um exame evolução do homem Com o fim da Segunda Guerra Mundial, Analistas e Profissionais de Investimento de proficiência para estarem aptos a os escritórios estrangeiros, acompanhando do Mercado de Capitais (APIMEC), da exercer a profissão. as instalações de empresas no País, BM&FBOVESPA S.A. e da Fundação convenceram o empresariado nacional sobre Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e a importância do trabalho de auditoria. A história da auditoria mistura-se com a anos depois, uma associação semelhante é A origem da auditoria no Brasil Financeiras (FIPECAFI). Auditoria hoje e O verdadeiro desenvolvimento da evolução da contabilidade, a história do criada também nos Estados Unidos, ambas No Brasil, a auditoria surgiu na época auditoria no Brasil teve, portanto, enorme A Lei 11.638/2007 (a nova Lei das S/A), no futuro próximo desenvolvimento econômico dos países, o com o objetivo de formalizar o tratamento aprovada em 2007, altera diversas colonial, quando o juiz era a pessoa de influência de filiais e subsidiárias de firmas No decorrer das últimas décadas, o ritmo crescimento das empresas e a expansão das que deveria nortear a prestação de contas determinações destinadas às sociedades por confiança do rei, designada pela Coroa estrangeiras, além do financiamento das mudanças no mundo, em decorrência atividades de produção. das empresas. ações, especialmente no que se refere às Portuguesa para conferir o recolhimento dos de empresas brasileiras por meio de do processo de globalização da economia, práticas contábeis. O ato de contabilizar os fluxos de recursos Em 1929, o crash da Bolsa de Nova Iorque e tributos ao Tesouro, reprimindo e punindo entidades internacionais e necessidade caracterizou-se por extraordinária rapidez. surgiu como uma parte do conhecimento a correspondente depressão econômica nos fraudes. No decurso do sistema capitalista, de descentralização e diversificação de Em maio de 2009, é publicada a Lei Essas mudanças afetaram profundamente as humano, em função da necessidade do Estados Unidos reforçaram a importância a expansão comercial e a forte concorrência suas atividades econômicas, evolução do 11.941/2009, que altera a legislação organizações em sua estrutura, cultura ou homem de contar seus rebanhos, produtos da auditoria. Nessa ocasião, foi criado despertaram nas empresas, antes mercado de capitais, criação das normas de tributária federal, promovendo mudanças comportamento. cultivados, de pesca ou caça. Contar, ou o Comitê May, um grupo de trabalho familiares, as necessidades de aumentar auditoria promulgadas pelo Banco Central significativas de âmbito contábil e tributário, Hoje, o contexto é globalizado e dinâmico, em contabilizar, significava garantir o resultado instituído com a finalidade de estabelecer suas instalações, investir em tecnologia e do Brasil (Bacen) em 1972 e criação da principalmente no regime tributário que a competitividade se dá em nível mundial. positivo entre necessidade de recursos e sua regras de auditoria e contabilidade para aperfeiçoar seus controles e procedimentos Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e de transição em busca do tratamento As relações comerciais ignoram fronteiras e disponibilidade para subsistência. Fazer um as empresas que tivessem suas ações internos, buscando-se, por exemplo, a da Lei de Sociedades Anônimas em 1976. diferenciado entre as práticas contábeis culturas nacionais, e a informação imediata levantamento sobre o que se possui é um dos negociadas em Bolsas de Valores, tornando redução de custos com a intenção de tornar e fiscais, na concessão de parcelamentos Em 1985, o BACEN emitiu uma resolução faz com que as organizações necessitem fatores que marcam o início da civilização. obrigatória a auditoria independente das os produtos mais competitivos no mercado. e remissão de dívidas tributárias e na sobre Normas Gerais de Auditoria, com o ser ágeis e flexíveis em suas respostas aos demonstrações financeiras. modificação do processo administrativo Estudos indicam que os imperadores Para a consecução desses objetivos, tornou- auxílio do Instituto Brasileiro dos Contadores desafios cada vez mais complexos. Ainda, tributário. No fim de 2009, o CFC aprova romanos nomeavam altos funcionários para se necessário atrair recursos de terceiros, (IBRACON) e do Conselho Federal de provoca diversidade em relação à composição as novas Normas Brasileiras de Auditoria, supervisionar todas as operações financeiras por meio de empréstimos de longo prazo e Contabilidade (CFC). Hoje, o IBRACON humana dentro das organizações e incentiva de seus administradores provinciais. A Em 1929, abertura do capital social a novos acionistas. corresponde ao Instituto Brasileiro dos alinhadas às normas internacionais a modificação nas funções das pessoas que editadas pela Federação Internacional de prestação de contas dava-se de maneira o crash da Bolsa de Nova Os investidores precisavam obter Auditores Independentes do Brasil. Contadores – IFAC (International Federation nelas trabalham, de forma direta ou indireta. verbal e, provavelmente, a palavra auditoria tem origem nessa fase: “audire”, em latim, Iorque e a correspondente informativos sobre a situação financeira Nos anos 90, destacaram-se a Resolução of Accounting), resultado de um minucioso Nesse contexto, os desafios estão colocados e patrimonial, a solvência e a gestão CFC 750/1993, que trata dos Princípios processo de convergência desenvolvido para as organizações e para os profissionais significa ouvir. depressão econômica dos recursos da empresa para avaliar Fundamentais de Contabilidade, a pelo CPC, com a relevante participação do envolvidos com as atividades de auditoria nos Estados Unidos a segurança, o grau de liquidez e a Resolução CFC 751/1993, que trata das IBRACON. Esse foi um acontecimento de independente. Inegavelmente, há um A origem da auditoria rentabilidade da empresa investida. Assim, Normas Brasileiras de Contabilidade, grande esforço dessas organizações e nos países desenvolvidos reforçaram a importância as demonstrações financeiras tornaram-se divididas em profissionais e técnicas, e grande relevância para o setor de auditoria desses profissionais, bem como dos órgãos independente e para a economia brasileira. Em fins do século XVII, com o da auditoria. os informativos mais importantes e, para a Instrução CVM 308/1999, que trata Por fim, em maio de 2010, é publicada a Lei reguladores e normativos competentes, no maior segurança, os investidores passaram do registro e exercício da atividade de sentido de assegurar aprimoramento técnico mercantilismo, a Inglaterra dominava 12.249/2010, que altera artigos do Decreto- a exigir que elas fossem examinadas por auditoria independente no âmbito de constante, para dar respostas adequadas às os mares e controlava o comércio, O século XX é marcado pelo surgimento Lei 9.295/1946 que dispunham sobre a profissionais independentes e de capacidade valores mobiliários e dos pronunciamentos crescentes exigências do mercado. Entendemos mantendo grandes companhias comerciais de grandes corporações americanas, sendo profissão contábil brasileira. Com a nova Lei, técnica reconhecida, a exemplo do que do IBRACON. que os resultados desses esforços têm sido e instituindo impostos sobre o lucro das cada vez mais necessária a veracidade o CFC é ratificado como regulamentador já era realizado nos Estados Unidos, na extremamente positivos para as empresas e a empresas, para desenvolver a riqueza das informações financeiras. O correto Nos anos 2000 no País, Resoluções do CFC e fiscalizador da profissão no Brasil e, com Inglaterra e em outros países desenvolvidos. sociedade em geral. nacional e firmar-se como uma das grandes cumprimento das metas, a aplicação aprofundam e especificam cada vez mais a isso, adquire o direito de determinar as potências mundiais. Esse desenvolvimento do capital investido de forma lícita e o No ano de 1931, a profissão de guardador atuação das auditorias. É criado também, requeria um atestado de que os resultados retorno do investimento foram algumas de livros passou a ser regulamentada, com em 2005, o Comitê de Pronunciamentos divulgados para a sociedade correspondiam, das preocupações que exigiram a opinião a inclusão da função de auditor. E no ano Contábeis (CPC), em função das efetivamente, aos resultados produzidos, de alguém não ligado aos negócios que de 1945, foi criado o curso de Ciências necessidades de convergência internacional fazendo surgir organizações que dariam confirmasse, de forma independente, a Contábeis, de nível superior e técnico de das normas contábeis, da centralização na início à história formal da auditoria. Em qualidade e a precisão das informações nível médio, tornando a Auditoria uma emissão de normas dessa natureza e do 1880, é criada a Associação dos Contadores prestadas, consolidando, em definitivo, o prerrogativa do profissional contábil. Até aperfeiçoamento de processos democráticos Públicos Certificados na Inglaterra. Seis papel relevante do auditor. então, os trabalhos de auditoria, no Brasil, na produção dessas informações (produtores54 55
  • 29. Não há como falar sobre a identidade nacional brasileira sem falar do mestre Darcy Ribeiro. Antropólogo, educador, escritor e político, Darcy Ribeiro dedicou a vida a projetos que mudaram o curso do País, sobretudo pelo dever de investir nesse mundo para melhorá-lo. O Brasil e o brasileiro, a sua gestação como povo e experiência histórica dão voz aos principais debates do mestre, que publicou cinco livros extremamente importantes para compreender o Brasil dentro da história humana: O processo civilizatório; As Américas e a civilização; O dilema da América Latina; Os brasileiros: teoria do Brasil; e Os índios e a civilização. Essas obras, junto com o livro mais ambicioso de sua carreira - O povo brasileiro (fruto de mais de 30 anos de concepção), compõem seus Estudos de Antropologia da Civilização, constituindo-se em um verdadeiro acervo histórico antropológico do Brasil, que retrata como os brasileiros foram se constituindo para serem o que hoje somos: “Uma entidade nacional distinta de quantas haja, que fala uma mesma língua, só diferenciada por sotaques regionais – participando de um corpo de tradições comuns.” “O Brasil é um povo-nação, assentado Identidade num território próprio e enquadrado num mesmo Estado para nele viver seu destino. Nacional Os brasileiros se sabem, se sentem e se comportam como uma só gente.” “Nascemos da confluência, do entrechoque, do caldeamento do invasor português com PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE. índios silvícolas e com negros africanos, fortalecido, mais tarde, por novos contingentes humanos, principalmente europeus, árabes e japoneses.” A trajetória do patriota Darcy Ribeiro ensina muito ao “Somos uma cultura sincrética, um povo Brasil. Além de revelar quem nós somos no âmago da novo que, apesar de fruto da fusão de nossa gestação, o homem de “muitas peles” revela matrizes diferenciadas, se comporta como caminhos imprescindíveis a um destino que dá certo. uma só gente, aberta para o futuro”. (“O povo brasileiro”, 1995).56 57
  • 30. Identidade Nacional Moore Stephens Auditores e Consultores Em termos semióticos, nossa identidade é ponta e o seu avanço como sétima potência de 1991 a 1997. Entre os projetos que entrou para o Serviço de Proteção ao Índio Ribeiro estão mais em voga do que nunca: gavetas da estante. Engajamento é a palavra constituída praticamente pelos mecanismos mundial da atualidade, que tem a Petrobras desenvolveu, destacam-se os esforços na e fundou o Museu do Índio e o Parque a salvação dos índios e preservação do de ordem do momento. da mistura. O culto à mistura no Brasil é um como referência no setor de biocombustíveis. área da educação. A Lei de Diretrizes e Bases Indígena do Xingu. meio ambiente, a educação popular, a elemento muito importante. Nós temos o da Educação Nacional (LDB), que contém universidade necessária, a ampliação das Se por um lado o que subjaz nossa Darcy Ribeiro dizia que é tomando posse do culto da mulata, representante por excelência os eixos fundamentais para a melhoria bases sociais e da economia entre tantos identidade impulsiona o País diante patrimônio cognitivo de sua época que um da brasilidade. Nós temos o sincretismo da educação no Brasil, foi de sua autoria outros temas importantes para o Brasil. Em do mundo, por outro é a mesma mola País pode passar de um plano para outro e, religioso como sinal de tolerância. Nós enquanto Senador da República. Ainda, texto de punho próprio que o define, com que oculta disparidades, contradições durante toda sua trajetória, nunca perdeu de temos o convívio harmônico de culturas que Darcy Ribeiro foi responsável pela criação da o título “Minhas peles”, Darcy Ribeiro se e antagonismos que não podem ser vista essa máxima. Não há história de sucesso se digladiam em várias partes do mundo. Universidade de Brasília, até hoje referência comparava às cobras, não por seu caráter esquecidos, sob o risco de que qualquer em nenhum país do mundo que não invista Nessa ótica, os brasileiros são vistos como de qualidade entre as universidades do serpentário ou venenoso não tão só porque, avanço que se faça seja pouco significativo suas melhores cartas na educação – a principal tolerantes, abertos, alegres, acolhedores. País. Quando teve seus direitos políticos como elas, mudava de pele de vez em para a sociedade brasileira. Destacam-se aqui remediadora das distâncias sociais e desafios A música popular brasileira, o carnaval e cassados pela ditadura militar, em 1964, quando. Foi o que fez várias vezes durante as profundas distâncias sociais classistas. de uma comunidade. Após 15 anos de sua o nosso futebol simbolizam essa essência. ajudou a criar escolas e universidades nos a vida para realizar seus sonhos e projetos morte (1997), continuamos contemplando Vejamos, por exemplo, o quanto se discute Darcy Ribeiro ocupou-se de estudar a fundo países latino-americanos onde se refugiou suas ideias e realizações, pelo desafio de criar (foi pesquisador, etnólogo, antropólogo, o estilo brasileiro de jogar futebol: a arte, essas contradições e, com o firme propósito até poder voltar ao Brasil. No Rio de Janeiro, uma prosperidade generalizável a todos. professor, político, escritor etc.). a ginga, o jogo de cintura – tudo o que se de diminuí-las, esteve sempre ligado às concretizou os primeiros CIESPs, hoje CAICs deve à mistura própria da cultura brasileira. lideranças dos Governos. Foi Ministro da (Centros de Atendimento Integral à Criança Se neste ano presenciamos a maior Quais peles estamos vestindo para cumprir Outro fator de sucesso no Brasil que reflete Educação, em 1962; Ministro-chefe da e ao Adolescente) espalhados por todo o autoridade em estratégia competitiva do nosso papel como cidadãos e fazer a a nossa identidade é o empreendedorismo Casa Civil, em 1963; Vice-governador do País para oferecer, em período integral, mundo, Michel Porter, dizer que o desafio diferença por um Brasil que dá certo? – o potencial brasileiro para fazer e inovar Rio de Janeiro, em 1982; Secretário de acompanhamento psicológico, pedagógico atual das empresas é inverter a lógica do Conhecimentos são necessários sim, mas Marília Marcucci negócios. Prova disso é o destaque do País Cultura e Coordenador do Programa Especial e nutricional às crianças e adolescentes. No capitalismo e pensar no social visando apartados de ações concretas tornam-se Gestora de Comunicação da Moore Stephens em diversas tecnologias e pesquisas de de Educação; e Senador da República início de sua carreira como antropólogo, à inovação, as velhas causas de Darcy meras páginas amareladas, esquecidas nas58 59
  • 31. SG&C ComunicaçãoMoore Stephens Auditores e Consultoreswww.msbrasil.com.brAs firmas-membro da Moore Stephens no Brasil, cada qual constituindo uma pessoa jurídica independente, são associadas à Moore Stephens InternationalLimited (MSIL), uma rede mundial de empresas de auditoria, consultoria e contabilidade. A MSIL e suas firmas-membro, presentes nas principais cidades domundo, são entidades legalmente distintas e independentes entre si.