Programa do Módulo de Atividade Física AdaptadaProf. Dr. Ciro Winckler de Oliveira FilhoEmentaAo final do módulo o aluno d...
Cronograma de Atividades 2011       Apresentação da disciplina02/ago       Introdução a terminologia       História da pes...
Trabalho escrito nota de 0 a 10       Será sorteado a cada aula, previamente marcada uma pessoa para apresentar suapesquis...
HALL, C.M; BRODY, L.T. Exercício Terapêutico: Na Busca da Função. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2007.HOVAT, M ; BLOCK, ...
www.saber.usp.br - Informaçõeswww.saci.org.br/index.php?IZUMI_SECAD – Normas de acessibilidadeFilmes de ApoioDef. física -...
Endereço do Bloghttp://nossasadaptacoes.blogspot.com/Cada um deverá postar seu comentário sobre o filme e outro sobre o te...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Programa do modulo de atividade fisica adaptada 2011

954 views
871 views

Published on

Cronograma das Atividades

Published in: Education, Sports
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
954
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Programa do modulo de atividade fisica adaptada 2011

  1. 1. Programa do Módulo de Atividade Física AdaptadaProf. Dr. Ciro Winckler de Oliveira FilhoEmentaAo final do módulo o aluno deverá ser capaz de entender as necessidades daspessoas com deficiência ou inadaptação na prática da atividade física e utilizarestratégias pedagógicas para minimizar as limitações decorrentes dessasnecessidades; bem como prescrever o exercício físico em suas diferentesmanifestações e tipos para essa população. Outra característica do aluno ao final domodulo será o conhecimento de ferramentas e instrumentos para a busca deinformações sobre as diferentes características das pessoas que possam interfiram naprática da atividade física e da saúde.Objetivo Geral: Instrumentalizar o aluno para usar o exercício físico em seusdiferentes níveis seja nas perspectivas da prevenção, promoção, proteção ereabilitação da saúde, da formação cultural, da educação e reeducação motora, dorendimento físico-esportivo, do lazer e de outros campos. Pensando esse ambientejunto as necessidades dos indivíduos com deficiência ou inadaptação.Planejar e organizar a prescrição de treinamento físico, bem como os ambientes deprática para as pessoas com deficiência ou inadaptação.Objetivo Específico: Preparar os alunos para a discussão de protocolos de avaliaçãofísica; prescrição e acompanhamento de programas de exercícios físicos, baseados naperiodização do treinamento desportivo, preparando-o para compreender o fenômenoda prescrição do exercício físico enquanto elemento para promover saúde (estratégianão medicamentosa) de indivíduos e grupos populacionais que requerem atençãodiferenciada na intervenção profissional.Subsidiar o aluno para planejar, prescrever, ensinar, orientar, assessorar,supervisionar, controlar e avaliar projetos e programas de atividades físicas queoportunizem ou venham a oportunizar a prática de atividades físicas em seusdiferentes níveis de manifestação quando praticado pelas pessoas com deficiência ouinadaptaçãoConteúdo ProgramáticoDeficiência e comportamento motorAdaptação do movimento humanoInclusão e Educação Física
  2. 2. Cronograma de Atividades 2011 Apresentação da disciplina02/ago Introdução a terminologia História da pessoa com deficiência09/ago Pesquisa em base de dados Corpo e Imagem corporal16/ago Discussão sobre o Projeto de Intervenção a ser entregue no final do Módulo Deficiência Visual – Conceitos e definições23/ago Deficiência Visual30/ago Atividades Teórico-Práticas Sorteio - Deficiência Visual e Reabilitação Deficiência Auditiva e Surdo-cegueira06/set Sorteio - Deficiência Auditiva e Reabilitação Avaliação Dissertativa13/set 20/set Deficiência Física – Lesão medular, poliomielite e espinha bífida – Conceitos e definições. Deficiência Física – Lesão medular, poliomielite e espinha bífida - Aula Prática 27/set Sorteio - Educação Física e Reabilitação das pessoas com Def. Física (lesão medular)04/out Discussão e montagem do pré-projeto do Trabalho de conclusão de módulo Deficiência Física -Paralisia Cerebral, Amputações, má formações e déficits de estatura11/out Sorteio – Educação Física e reabilitação das pessoas com Def. Física (amputação) Deficiência Física - Amputações, má formações e déficits de estatura18/out Grupo 5 – Educação Física e reabilitação das pessoas com Def. Física (amputação) Deficiência Intelectual25/out Sorteio - Educação Física e reabilitação em pessoas com Def. Intelectual01/nov Avaliação da Pessoa com deficiência Não Haverá aula08/nov15/nov Feriado22/nov Seminário Final Avaliação29/nov Seminário Final Avaliação06/dez ExameAvaliaçãoProva dissertativa individual – Peso na média final 0.30 Prova nota de 0 a 10Pesquisa bibliográfica – Peso na média Final 0.10
  3. 3. Trabalho escrito nota de 0 a 10 Será sorteado a cada aula, previamente marcada uma pessoa para apresentar suapesquisaProjeto de intervenção – Peso na média Final 0.35 Trabalho escrito nota de 0 a 10Postagem de comentários em Blog sobre as atividades extra classe – Peso na média Final 0.15 Trabalho escrito nota de 0 a 10Atividades Problematizadoras – Peso na média Final 0.05 Trabalho escrito nota de 0 a 10Participação em aula – Peso na média Final 0.05 Serão computados os números de falta e participação efetiva nas aulasReferências BásicasALMEIDA, J. J. G. (Org.) et al . Goalball: invertendo o jogo da inclusão. Campinas: EditoraAutores Associados, 2008. 60 p.CIDADE, R. E. A.; FREITAS, P. S. Introdução à Educação Física e ao Desporto para PessoasPortadoras de Deficiência. Curitiba: Ed UFPR, 2002.GORGATTI, M. G.; COSTA, R. F. Atividade Física Adaptada. Barueri, SP: Manole, 2005MAUERBERG de CASTRO, E. Atividade Física: Adaptada. Ribeirão Preto: Tecmedd, 2005SHERRILL, C. Adapted Physical Education and Recreation: A multidisciplinary Approach.Dubuque, Iowa: Brown Company Publishers, 2005WINNICK, J. P. Educação Física e Esportes Adaptados. São Paulo: Manole, 2003. 580 p.WINNICK, J. P.; SHORT, F. X. Teste de aptidão física para jovens com necessidades especiais:Manual Brockport de testes. São Paulo: Editora Manole, 2001Referências ComplementaresAMARAL, L. A. Deficiência: questões conceituais e alguns de seus desdobramentos. Cadernosde Psicologia, v. 1, n., p. 3-44, 1996.ANDERS, E. PROCEDIMENTOS DE ASSESSMENT NA REABILITAÇÃO E NO ESPORTE ADAPTADO.In: I Congresso do Mercosul de Atividade Motora Adaptada. Porto AlegrePorto Alegre, Anaisdo I Congresso do Mercosul de Atividade Motora Adaptada, Porto Alegre: PUC, 2002.CHOI, S.-O., et al. Motor skill acquisition, retention, and transfer in adults with profoundmental retardation. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 18, n. 3, p. 257-272, 2001.
  4. 4. HALL, C.M; BRODY, L.T. Exercício Terapêutico: Na Busca da Função. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2007.HOVAT, M ; BLOCK, M.E ; KELLY, L.E. Developmental and Adapted Physical Activity Assessment.Champaign: Human Kinetics, 2007.LOW, L. J.; KNUDSEN, M. J.; SHERRILL, C. Dwarfism: New interest area for adapted physicalactivity. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 13, n. 1, p. 1-15, 1996.MARTIM, M. B.; BUENO, S. T. Deficiência Visual: Aspectos Psicoevolutivos e educativos. SãoPaulo: Santos Livraria e Editora, 2003.MELLO, M. T. Paraolimpíadas de Sydney: avaliação e prescrição do treinamento dos atletasbrasileiros. São Paulo: Editora Atheneu, 2002NAVARRO, A. S., et al. Coordenação Motora e Equilíbrio não são Totalmente Desenvolvidos emCrianças Cegas com 7 anos de Idade. Arq. Neuro-Psiquiatr., v. 62, n. 3a, p. 654-657, jan., 2004.OMS. Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde - CIF. Lisboa: OMS,v.1, 2004. 238 p.PONCHILLIA, P. E.; STRAUSE, B.; PONCHILLIA, S. V. Athletes with visual impairments: Attributesand sports participation. Journal of Visual Impairment and Blindness, v. 96, n. 4, p. 267-272,2002.SACKS, O. W. Um antropólogo em Marte: Sete histórias paradoxais. São Paulo: Companhia dasLetras, 1995. 331 p.SACKS, O. W. Vendo Vozes. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.ANDRADE, M. S.; FLEURY, A. M.; SILVA, A. C. Força muscular isocinética de jogadores defutebol da seleção paraolímpica brasileira de portadores de paralisia cerebral. RevistaBrasileira de Medicina do Esporte, v. 11, n. 5, 2005.SOBAMA. Temas em Educação Física Adaptada. Curitiba: SOBAMA, 2001. 101 p.SOUZA, P.A. O esporte na paraplegia e tetraplegia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan,1994. 93 p.SHEPHARD, R. J. Fitness in special population. Illinois: Human Kinetics Books, 1990SKAGGS, S.; HOPPER, C. Individuals with visual impairments: a review of psychomotorbehavior. Adapted Physical Activity Quarlerly, v. 13, n., p. 16-26, 1996.TAVARES, M. C. G. C. F. Imagem Corporal - Conceitos e Desenvolvimento. Manole, 2003.WINNICK, J. P.; SHORT, F. X. Conceptual framework for the Brockport Physical Fitness Test.Adapted Physical Activity Quarterly, v. 22, n. 4, p. 323-332, 2005.Sítios eletrônicoswww.sobama.org.br – Sociedade Brasileira de Atividade Motora Adaptadawww.cpb.org.br - Comitê Paraolímpico Brasileirowww.paralympic.org - Comitê Paraolímpico Internacionalwww.sentidos.com.br – Revista Sentidoswww.abnt.org.br – Normas de acessibilidade
  5. 5. www.saber.usp.br - Informaçõeswww.saci.org.br/index.php?IZUMI_SECAD – Normas de acessibilidadeFilmes de ApoioDef. física - A força de um campeão, Carne tremula; e Uma janela para o céu Paraplegia - Amargo regresso, Nascido em 4 de julho; tetraplegia - Garota de Ouro, Murderball, Mar adentroDef. Visual - À primeira vista; Janela da Alma, Vermelho como o CeúDef. Auditiva - Filhos do silêncio, Mr. HollandDef. mental - Forest Gump, Gilbert GrapeAutismo - Meu filho, Meu mundo; Nell e Rain manPC - Meu pé esquerdoSíndrome de Down - O oitavo diaFilmes e textos do BlogAgostoFilmeMar adentroTextoSacks, O. W. Ver e Não Ver. Um antropólogo em Marte : Sete histórias paradoxais.São Paulo: Companhia das Letras. 1995. 123-165p.SetembroFilmeVermelho como o CeúTextoMorato, Marcio, P. Um Peixinho especial. Campinas: Autores Associados 2007.OutubroFilmeMeu pé esquerdoTextoMainardi, D. Filho. In: Mainardi, D. A Tapas e Pontapés, Rio de Janeiro: Record, 2005.P.141-148NovembroFilmeMurderballTexto
  6. 6. Endereço do Bloghttp://nossasadaptacoes.blogspot.com/Cada um deverá postar seu comentário sobre o filme e outro sobre o texto do mês atéo dia 31 de cada mês, Sempre a postagem deverá começar com o nome da pessoa equal obra está analisando - livro ou filme. Além de postar seu comentário o alunodeverá comentar a opinião de um colega.

×