Your SlideShare is downloading. ×
Orientação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Orientação

1,349
views

Published on

Trata-se de várias formas de orientação que vos pode ser útil e ao mesmo tempo interessante e apelativo para uma aula de Geografia. Apreciem...

Trata-se de várias formas de orientação que vos pode ser útil e ao mesmo tempo interessante e apelativo para uma aula de Geografia. Apreciem...

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,349
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
78
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
  • 2. Introdução
    A orientaçãodevetersempre um ponto de referência (um local conhecidoouobservado). E é a partirdessepontoque se deveprocederàlocalização do lugaroulugaresquenosinteressam.
  • 3. Introdução
  • 4. De que forma dos podemos orientar
    1 – Pelasestrelas;
    2 – PelaLua;
    3 – Através do relógio;
    4 - PelaBússola;
    5 – Por GPS;
    6 – Através da natureza;
    7 – Através de sinais de caminhada;
    8 – Através de mapas.
  • 5. 1 - PelasEstrelas
    Durante o Dia
    Na Europa, aomeio-dia o Sol assinala o Sul. Para além disso todosnosapercebemosque o Sol nasce a Oriente e se pôe a Ocidente. Rigorosamenteissoacontecesónosequinócios (21 de Marçoou 23 de Setembro), durante o resto do ano, a referênciaéapenasaproximada.
    1
  • 6. 1 - PelasEstrelas
    Exercício
    2
    Faz a legenda da figura
    1 –
    2 –
    3 –
    4 –
    1
    4
    Norte
    Este
    Oeste
    Sul
    3
  • 7. 1 - PelasEstrelas
    Durante a noite (estrela Polar-Polux)
  • 8. 2 - PelaLua
  • 9. 3 – Através do Relógio
    Naszonastemperadas do HemisférioNorte, podemosalinhar o ponteiromaispequeno do relógio (o das horas) pelo Sol. A bissectrizformadaporestalinha e pelonúmero 12 indica-nossempre a direcçãoSul. Para queestemétodosejamaisrigoroso tem de se ajustar o relógioàhora solar, que no nossocasoé de umahora e meia a menos, durante a horaoficial de Verão, e meiahoramenos, durante o Inverno.
  • 10. 3 – Através do Relógio
  • 11. 4 –PelaBússola
    Constituintes
  • 12. O Método 1 2 3
    1º Passo
    Colocar a bússolaemcima do mapapor a extremidade do quadrantesobre a linha de viagemdesejada, com a seta de itinerárioapontadapara o local paraonde se pretendeseguir.
  • 13. O Método 1 2 3
    2º Passo
    Rodar o quadro (limbo) paraque as linhas de orientaçãofiquemparalelasàslinhas da grelha do mapa, com o N do mostrador a apontarpara a extremidadenorte do mapa. Nestemomentoignora-se a agulha da bússola .
  • 14. O Método 1 2 3
    3º Passo
    Segura-se a bússolaànossafrente com a direcçãoopostaàque se encontra. Vira-se até a agulha da bússolaestaralinhada com a seta de orientação, com a extremidade Norte (pontavermelha da agulha) a pontarpara a extremidade Norte da seta. Assimficaráviradopara a direcçãonaqualpretendenavegar .
  • 15. 5 – Por GPS
    O GPS é um Global Positioning System, ouseja um sistema de posicionamento global. O GPS serve paraindentificado. Para isso serve-se de 28 satélitesmais 4 de reservalocalizadosaoredor do Planeta.
  • 16. 5 – Por GPS
  • 17. 6 – Através da Natureza
    Existemindíciosnanaturezaquenospodemdarpistassobre a direcçãoqueseguimos. Nãosãomuitoprecisos, mas emcircunstânciasexcepcionaispoderãoimpedirquepercamos tempo a darvoltassemsentido.
    Cata-ventos– de um modogeralpossuemosquatropontoscardeiais
    Neve– Permanecemais tempo nasencostasviradas a Norte e ficamaisbranca e duranasencostasviradas a Sul.
  • 18. 6 – Através da Natureza
    Neve– Permanecemais tempo nasencostasviradas a Norte e ficamaisbranca e duranasencostasviradas a Sul.
  • 19. 6 – Através da Natureza
    Igrejasantigas– Nasigrejasantigas a plantaéemcruzlatina e costumamestarorientadas de tal forma que a cabeça da cruzindica a direcçãoLeste.
  • 20. 6 – Através da Natureza
    Mesquitas– Estãoconstruídas de forma a que a suafachada principal estejavoltadaparaOriente.
  • 21. 6 – Através da Natureza
    As plantastambémnosajudam. Nostroncos das árvores, o musgocostumasermaisverde e maisabundantena face voltada a norte, enquantoaoladooposto do troncocostumater um aspectomaisamereladooucastanho.
  • 22. 6 – Através da Natureza
    A observação do comportamento animal. No hemisférionorte, as avesmigramparasul no Inverno. No hemisfériosul, as avesmigrampara o norte no Inverno.
  • 23. 7– Atravésde sinais de caminhada
    Existemtrêstipos de rotasmarcadas com sinaisquesãoreconhecidosinternacionalmente. LD; CD; CL
    LD – Caminhos de longa distância. (itinerários com mais de 50 Km)
    CD – Caminhos de curtadistância. (itinerários entre 10 e 50 Km)
    CL – Caminhoslocais.
    (itinerários com menos de 10 Km)
  • 24. 7– Atravésde sinais de caminhada
    Porvezesexistesobreposição entre diferentestipos de caminhos. Àesquerda, o sinal de GR e àdireita o símbolo do caminho de Santiago.
  • 25. 8– Atravésde mapas
    Oscaminhantesutilizammapastopográficosespeciaispara se orientarem e planearem as suasrotas. São mapasquenospermiteminterpretar a forma da superfície da Terra mediantecurvas de nível, representandoassimmontanhas, vales, rios, lagos, etc. Além disso, contêminformaçãosobretodo o tipo de caminhos e estradas, rotasturísticas e outrasobrashumanas, taiscomobarragens, cidades, povoações, linhaseléctricas, viasférreas, etc., bemcomolimitesadministrativos e o tipo de vegetação de umaárea.