Your SlideShare is downloading. ×
0
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Palestra Rodrigo de Almeida no Ecommerce Lounge

1,297

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,297
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. Passo a passopara um bom Email Marketing<br />Rodrigo de Almeida<br />Twitter: @hodrik<br />Maio 2011<br />
  2. Agenda<br /><ul><li>Os 4 Ps do E-mail Marketing
  3. Mailing
  4. Peça
  5. Teste
  6. Envio
  7. Mensuração e análise dos relatórios
  8. Regras do jogo
  9. 10 motivos para amar o e-mail marketing</li></li></ul><li>
  10. Sobre a empresa<br />Empresa brasileira com onze anos de existência<br />Pioneira no mercado de e-mail marketing<br />Provê soluções de comunicação via Internet entre empresas e clientes: chat online, pesquisa online, e-mail marketing e monitoramento de redes sociais<br />
  11. <ul><li>Maior empresa do segmento, com presença em 9 cidades (7 capitais)</li></li></ul><li>Os 4 Ps do E-mail Marketing<br /><ul><li>Proposta
  12. Pertinência
  13. Permissão
  14. Permanência</li></ul>Disponível no site da Dinamize, na seção de artigos:<br />www.dinamize.com/produtos/easy-mailing/artigos/os-4-ps-do-e-mail-marketing<br />
  15. Mailing: cuidados<br />Higienização<br /><ul><li>Limpeza de e-mails hardbounce
  16. Eliminação dos e-mails duplicados
  17. Tratamento e isolamento dos e-mails opt out
  18. Tratamento dos e-mails que, há tempos, nãoapresentamnenhumainteração (leitura) => utilizar nova abordagemoudar um descansoparaessabase</li></li></ul><li>Base de e-mails<br /><ul><li>Construa uma base de e-mails opt-in ou softopt-in
  19. Ações com empresas parceiras para co-registration
  20. Campanhas member-get-member (em conformidade com o CAPEM)
  21. Capture os e-mails dos clientes de suas lojas físicas
  22. NUNCA compre bases de e-mails
  23. Trabalhe de forma segmentada
  24. Demográficos, geográficos, sociais e económicos.
  25. Personalidade e estilo de vida.
  26. Comportamento frente ao e-mail (triggers e followup)**</li></li></ul><li>Segmentação<br />
  27. Segmentação<br />
  28. Régua de relacionamento<br />Defina uma régua de relacionamento<br /><ul><li>Mapeie e estabeleça os diversos pontos de contato com o cliente
  29. E-mail é ótimo para estabelecer e manter relacionamentos, mas
  30. Utilize as diversas mídias aproveitando o melhor de cada uma => esse é o desafio</li></li></ul><li>Régua de relacionamento<br />
  31. Régua de relacionamento<br />Defina uma régua de relacionamento<br />Fonte: Jupiter Research, Dez 06.<br />
  32. E-mail e redes sociais<br />Alavanque sua<br />presença nas redes<br />sociais e twitter com<br />e-mail e vice-versa.<br />Case Taco John’s<br />Member-get-member<br />
  33. Régua de relacionamento<br />Repercussão no Facebook gerou opt-int para e-mail<br />
  34. Régua de relacionamento<br />Repercussão<br />no Twitter gerou opt-int para e-mail<br />
  35. Criação da Peça<br />Entendendo as peculiaridades do e-mail<br /><ul><li>Os 35 primeiros caracteres do título/subject provavelmente serão exibidos em qualquer programa de e-mail ou webmail
  36. A “página ímpar” do e-mail são os 3 a 5 cm iniciais (topo) da mensagem. Use-a para divulgar o que realmente interessa
  37. Scripts, flash, formulários e estilos externos devem ser evitados porque não vão funcionar em diversos clientes de e-mails
  38. Imagens “embed” devem ser evitadas porque também não vão funcionar em todos os clientes de e-mail e deixam a mensagem muito pesada
  39. Anexosdevem ser evitadosdevidoaotamanho e aorisco de filtro/firewall/antivírus
  40. Formato ideal: HTML</li></li></ul><li>Criação da Peça<br />Entendendo as peculiaridades do e-mail<br /><ul><li>74% dos e-mails serão recebidos com as imagens bloqueadas (66% B2C e 82% B2B)
  41. E-mails com data ou período de tempo específico informado no título aumentam as taxas de leitura em 39%
  42. 8% dos contatos que clicaram no link de opt out decidem permanecer ativos quando existe uma última abordagem para isso na página de descadastrado
  43. Você deve fazer um followup para quem se cadastra em até 5 dias. Após este período, a taxa de opt out aumenta em até 150% para este público</li></ul>Fonte: Worldata Email UsageStudy Q4 2009 e *Marketing Sherpa<br />
  44. Criação da Peça<br />Entendendo as peculiaridades do e-mail<br /><ul><li>Indivíduos que usam facebook ou twitter pelo menos 1X por semana têm 38% mais probabilidade de abrir um e-mail promocional. No LinkedIn a probabilidade é de 37%
  45. Link para visualização em Smartphones é o terceiro mais clicado*
  46. 16% dos cliques acontecem depois da data da oferta/conteúdo anunciado</li></ul>Fonte: Worldata Email UsageStudy Q4 2009 e *Marketing Sherpa<br />
  47. Criação da Peça<br />Preocupação com a entregabilidade e otimização de resultados<br /><ul><li>Pense no layout sem a exibição das imagens
  48. Utilize mais links baseados em texto do que em imagem
  49. Prepare uma versão para visualização em browsers de Smartphones e insera o link com destaque no e-mail
  50. Mantenha as imagens no ar por alguns meses após o término da campanha</li></li></ul><li>Criação da Peça<br />E-mail bem construído:<br />mesmo com imagens<br />bloqueadas, a estrutura<br />e a oferta estão no lugar.<br />
  51. Criação da Peça<br />Links baseados em imagens<br />
  52. Criação da Peça<br />Por que é importante?<br />Este é o mesmo e-mail da KMart<br />É assim que 74% dos destinatários verão o e-mail<br />
  53. Criação da Peça<br />Links baseados em texto e não em imagem<br />
  54. Criação da Peça<br />Por que isto é importante?<br />
  55. Criação da Peça<br />Este link baseado em imagem gerou apenas 9% do cliques<br />Estes 3 links geraram 83% de todos os cliques desta ação de e-mail<br />
  56. Criação da Peça<br />> Link de visualização em Smartphones<br />> B2B: 48% dos decisores<br />em tecnologia lêem mais<br />da metade de todos os<br />seus e-mails em<br />Smartphones<br />> Terceiro link mais clicado (11% de todos os cliques nesta ação)<br />
  57. Criação da Peça<br />Mantenha<br />as imagens do e-mail e a landingpage<br />no ar por<br />alguns meses<br />após o<br />término da ação.<br />
  58. Testando: 1, 2, 3<br />Analise sua base e tenha um grupo de testes com endereços de e-mail dos principais domínios que a compõem<br /><ul><li>Boas ferramentas testam o HTML para identificar indicativos de spam, mas não garantem 100% de efetividade
  59. As regras são dinâmicas
  60. Provedores têm regras próprias de filtro para a caixa de spam que não são divulgadas
  61. Webmails podem sofrer alterações na interface que impactam na exibição na peça. Exemplo recente: Google</li></li></ul><li>Testando: 1, 2, 3<br /><ul><li>o Gmail agora adicionaalguns pixels de espaçoembranco horizontal quando um determinadoparâmetro de folha de estilo for omitido.
  62. Correção: utilizar folha de estilo “in line”. Ex: imgsrc = “http://www.someurl.com/images/image.jpg” height = “100″ width = “100″ style = “display: block” </li></ul>Fonte: www.marketingradar.com.br<br />
  63. Testando: 1, 2, 3<br />Faça testes A/B<br /><ul><li>Crie versões com títulos diferentes. Ou, até, layouts diferentes para o mesmo conteúdo
  64. Envie para uma pequena parte da base (entre 5% e 10%)
  65. Aguarde de algumas horas a 1 dia para replicar para o restante da base
  66. Há casos de mais de 30% de incremento nos índices de leitura e cliques</li></li></ul><li>Envio<br />Considerações sobre dias e horários<br /><ul><li>As maiores taxas de leitura acontecem entre 8 e 10h da manhã. Sempre que possível, programe o e-mail para envio bem cedo
  67. Outros picos (bem menores) de leitura são entre 12h e 14h e 17h e 19h
  68. Teste o envios às segundas-feiras: se o seu e-mail é pertinente e relevante, ele será lido mesmo no primeiro dia útil da semana
  69. Envios de lembrete de um evento/deadline devem ser enviados até 3 dias antes, não mais do que isso.</li></li></ul><li>Envio e pós-envio<br />**Programe novas ações baseadas em cliques<br /><ul><li>Boas ferramentas fornecem as informações de quem clicou e em que clicou
  70. Alta conversão
  71. Varejo utiliza bastante, inclusive triggers baseados em compras no e-commerce</li></li></ul><li>Envio e pós-envio<br />
  72. Envio e pós-envio<br />
  73. Envio e pós-envio<br />Followup via força de vendas<br /><ul><li>Ações mais precisas e focadas
  74. Acesso ao histórico das interações do cliente com as campanhas de e-mail marketing</li></li></ul><li>Envio<br /><ul><li>**Followup por e-mail: otimização do resultado</li></ul>Ações B2B<br />Segundo e-mail<br />Primeiro e-mail<br />Artigo Evento presencial Evento na Web Outros<br />Fonte: Worldata Email UsageStudy Q4 2009<br />
  75. Mensuração e análise<br /><ul><li>Compare seus resultados com algumas referências de mercado*
  76. Inválidos: 6,5%
  77. entrega: 91,3%
  78. Taxa de abertura: 21,9% (14,5% – 34,2%)
  79. Click through: 6,2% (3,1% a 9%)
  80. Estatísticas por segmento de mercado: http://www.bronto.com/knowledge/statistics</li></ul>*Fonte: emaillabs<br />
  81. Mensuração e análise<br /><ul><li>Cruze os dados das compras on e off com sua base de e-mails para ter a noção real da conversão do e-mail e cálculo do ROI
  82. 23,47% das vendas online*
  83. 11,70% das vendas offline*
  84. Analise o relatório de domínios para identificar qual provedor filtrou para o lixo eletrônico</li></ul>*Fonte: DMA, 2007<br />
  85. Mensuração e análise<br />O “sumiço” de um<br />dos principais<br />domínios no gráfico<br />de leitura, devido à<br />baixa taxa desse<br />índice, é fortíssimo<br />indício de filtro de<br />lixo eletrônico<br />
  86. Mensuração e análise<br /><ul><li>Acompanhe o relatório de descadastroa</li></ul>cada ação<br /><ul><li>Opt-out é o termômetro dos seus erros
  87. Faça uma pesquisa com sua base opt-out, mesmo que por amostragem, mas não use o e-mail para isso
  88. Na página do opt-out, tente persuadir o cliente permanecer na base com um argumento convincente (lembre-se: 8% dos contatos decidem permanecer quando se deparam com esta opção)</li></li></ul><li>Mensuração e análise<br /><ul><li>Identifique e trabalhe os MEM – Multiplicador do E-mail Marketing
  89. Toda ação de e-mail marketing tem potencial para gerar MEM
  90. Geralmente, trata-se de um percentual bem pequeno da base (< 1%)
  91. Reconhecimento como VIP aumenta o efeito de multiplicação
  92. Inserção de um link tipo “Caso alguém tenha lhe encaminhando este e-mail e você deseja receber diretamente, acesse e cadastre-se”</li></ul>http://www.dinamize.com/produtos/easy-mailing/artigos/mem-work-o-multiplicador-de-e-mail-marketing<br />
  93. Mensuração e análise<br /><ul><li>Identifique e trabalhe os MEM – Multiplicador do E-mail Marketing</li></li></ul><li>As regras do jogo<br />
  94. 10 motivos para amar o EMM<br />1 – Custo X benefício<br />2 – Pode construir relacionamentos<br />3 – É “pushtechonology”<br />4 – É fácil de produzir<br />5 – É fácil de segmentar e direcionar conteúdo<br />6 – Hyperlinks<br />7 – Dá resultados rápidos<br />8 – Possui métricas detalhadas<br />9 – Casa bem com outras mídias<br />10 – Pode ser uma ótima ferramenta de marketing viral<br />
  95. Obrigado<br />Rodrigo de Almeida<br />Twitter@hodrik<br />Diretor Comercial<br />ralmeida@dinamize.com<br />(11) 2824-6250<br />(11) 9282-4334<br />

×