Your SlideShare is downloading. ×
Mmx   fevereiro - pt - vfinal nova
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Mmx fevereiro - pt - vfinal nova

157

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
157
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MMX MINERAÇÃO Criando alternativas no fornecimento transoceânico de minério de ferro Fevereiro | 2014
  • 2. AVISO Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração a respeito de seu plano de negócios. Afirmações prospectivas incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como "acreditar", "prever", "esperar", "contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressos nesta apresentação. Em nenhuma hipótese a Companhia ou suas subsidiárias, seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos conseqüentes, indiretos ou semelhantes. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações prospectivas ou análise das diferenças entre as afirmações prospectivas e os resultados reais. Esta apresentação e seu teor constituem informação de propriedade da Companhia, não podendo ser reproduzidos ou divulgados no todo ou em parte sem a sua prévia anuência por escrito. 2
  • 3. 1. UMA HISTÓRIA ÚNICA
  • 4. ESTRUTURA SOCIETÁRIA WISCO 10,5% ACIONISTA CONTROLADOR SK NETWORKS 8,8% OUTROS 21,4% 59,3% 5,48% EBX 94,52% MMX Corumbá Mineração 100% 35% MMX Sudeste Porto Sudeste do Brasil 65% Serra Azul Bom Sucesso 4
  • 5. UMA HISTÓRIA ÚNICA Ativos minerários em tradicionais distritos minerais Dois sistemas em operação: Serra Azul e Corumbá; Capacidade de produção de aproximadamente 7 Mtpa; Direitos minerários em tradicionais regiões de minério de ferro: Brasil (Minas Gerais e Mato Grosso do Sul); MMX Sudeste | MG Unidade Serra Azul Unidade Bom Sucesso Produção comprometida com consumidores estratégicos – China e Coréia do Sul – através de contratos de venda de longo prazo; Porto Sudeste | RJ Projeto Brownfield; Porto com localização estratégica e privilegiada. MMX Corumbá | MS Sistema Sudeste 5
  • 6. UMA HISTÓRIA ÚNICA Fatores de sucesso no mercado de minério de ferro BASE DE RECURSOS ESTRUTURA DE CUSTO COMPETITIVO LOGÍSTICA GARANTIDA VENDA COMPROMETIDA HISTÓRICO OPERACIONAL Certificação SRK e Coffey Mining (Serra Azul, Pau de Vinho e Bom Sucesso): 3,6 bilhões de toneladas de recursos minerais. Reservas certificadas de aproximadamente 1 bilhão de toneladas em Serra Azul. Baixa relação estéril/minério; Escala competitiva – Nova planta de beneficiamento; Contrato com a MPX para fornecimento de energia; Infraestrutura com logística integrada. Porto Sudeste com capacidade para 50 Mtpa e projeto de expansão para 100 Mtpa, permitindo acesso ao mercado transoceânico; Contrato de longo prazo com a MRS. 64% da produção futura está comprometida com contratos de venda de longo prazo. Diretoria com experiência em implantação e operação de projetos de minério de ferro; Capacidade de produção de aproximadamente 7 Mtpa (Unidades Serra Azul e Corumbá). 6
  • 7. UMA HISTÓRIA ÚNICA Fatores de sucesso no mercado de minério de ferro Enquadramento do financiamento de longo prazo de Serra Azul pelo BNDES; Chegada de 2 Carregadeiras de Navios no Superporto Sudeste; Conclusão da contratação da suplementação do financiamento de longo prazo para o Superporto Sudeste junto ao BNDES, no valor total de R$ 935 milhões; Venda da totalidade de ações detidas na Minera MMX de Chile S.A. para a Inversiones Cooper Mining S.A; Incorporação, pela Companhia, de sua subsidiária integral MMX Porto Sudeste S.A. Aprovação da revisão do modelo de negócios da Companhia. FEVEREIRO 2014 2012 Conclusão das obras civis da parte offshore do Superporto Sudeste; Conclusão da operação de investimento de Trafigura e Mubadala na Porto Sudeste do Brasil S.A. Homologação do aumento de capital de R$ 1,4 bilhão; Renovação dos contratos de arrendamento de direitos minerários com a CEFAR, prorrogando os prazos de vigência de 2021 para 2034; Nova Certificação de Recursos: SRK e Coffey Mining, passando de 3,1 bilhões de recursos para 3,6 bilhões (Serra Azul, Pau de Vinho e Bonsucesso); Contratação de assessores financeiros para avaliação de oportunidades de negócios; Celebração de contratos definitivos pela Companhia com Mubadala e Trafigura. Grupamento das ações da Companhia à razão de 6 ações para 1 ação. 7
  • 8. UMA HISTÓRIA ÚNICA Destaques financeiros Lucro Bruto (R$ milhões) Receita Líquida (R$ milhões) 250 400 200 300 150 200 100 245 284 339 100 50 3T12 50 0 186 231 0 0 100 148 2T13 EBITDA Ajustado (R$ milhões) 19,2% 14,6% 47 41 -70 -50 -20,6% -100 3T12 2T13 EBITDA Ajustado 3T12 3T13 2T13 3T13 24% 16% 8% 0% -8% -16% -24% 3T13 Margem EBITDA 8
  • 9. 2. SISTEMA SUDESTE
  • 10. 2.1 UNIDADE SERRA AZUL
  • 11. LOGÍSTICA INTEGRADA ÚNICA Logística integrada Minério de Ferro é uma CONTRATOS DE LONGO PRAZO commodity a granel e, por WISCO isso, a logística integrada Contrato de longo prazo (20 anos) para aquisição de 50% da produção do Sistema Sudeste. (Mina > Ferrovia > Porto) é o fator chave para uma operação de SK NETWORKS sucesso. Contrato com MRS até Contrato de longo prazo (20 anos) para aquisição de 14% da produção do Sistema Sudeste. 2026 Mina Ferrovia Porto Sudeste 64% da produção total está comprometida para SK e Wisco A Unidade de Serra Azul está próxima da ferrovia da MRS - 7km da mina, trajeto atualmente realizado por caminhões. MMX tem contrato de longo prazo para utilização da ferrovia da MRS, que conecta a mina ao porto da CSN e ao Porto Sudeste, ambos localizados no município de Itaguaí. O Porto Sudeste terá capacidade de 50Mtpa, em sua primeira fase. O empreendimento terá profundidade de 20 metros, que permitirá a atracação de navios Capesize. 11
  • 12. QUADRILÁTERO FERRÍFERO Quadrilátero Ferrífero Minas Gerais
  • 13. FERROVIA Acesso ferroviário através da MRS ao Porto Sudeste
  • 14. SERRA AZUL Projeto de expansão com logística integrada e minério de ferro pellet feed Destaques Meta de produção: 15 Mtpa, no aguardo da entrada de novo parceiro; 64% da produção futura comprometida com contratos de venda de longo prazo; 997,4 milhões de toneladas de reserva auditada pela SRK. Atualizações do Projeto Início da construção da expansão da Unidade Serra Azul; Licença de construção emitida em Abril de 2012. Qualidade Esperada – Teste piloto na planta de Ouro Preto Fe: 66,65% P: 0,025% AL2O3: 0,54% SiO2: 3,23% Mn: 0,018% LOI: 0,75% 14
  • 15. SERRA AZUL Crescimento através da consolidação alavancando infraestrutura existente N Igarapé 3 13 8 5 3 1 7 6 4 2 9 10 14 14 11 12 Brumadinho Arcelor Mittal Minerita 6 15 USIMINAS Central 4 Mario Campos MRI 5 São Joaquim de Bicas USIMINAS Western 2 Sarzedo 1 Ferrous-Santanense 7 USIMINAS Eastern 8 Comisa 9 Emicon 10 MMX 11 USIMINAS Pau de Vinho Itatiaiuçu BR 38 1 12 Ferrous – Esperança 13 Minera do Brasil 14 Vale 15 Itaminas 15
  • 16. UNIDADE SERRA AZUL Projeto de expansão 1 2 6 Igarapé Itatiaiuçu 5 1 8 3 4 Mario Campos 7 9 9 4 Terminal ferroviário conectado com a malha ferroviária da MRS Alargamento da cava 6 9 Mineroduto com aproximadamente 7km de extensão 5 São Joaquim de Bicas Barragem de rejeito, a aproximadamente 40km de distancia da mina, associada a um rejeitoduto 3 2 Planta de beneficiamento Depósito de rejeito 7 Suprimento de água 8 Central elétrica de alta tensão 9 Acessos 16
  • 17. Expansão Serra Azul Planta de Beneficiamento
  • 18. SERRA AZUL Terraplanagem 1 Casa de Bomba, Sump e Espessadores 5 Subestação 2 Canteiros 6 Moagem 10 de Água 3 Beneficiamento 7 Pilhas 11 Almoxarifado 4 Moagem 8 Britagem Primária 12 Reservatório de Água 1 3 2 Britagem Primária 13 Acesso Principal Reservatório 14 Prédios Administrativos Canteiro e 5 1 9 15 Oficina de Manutenção 6 11 4 7 9 8 10 13 14 12 15
  • 19. 2.2 PORTO SUDESTE DO BRASIL
  • 20. PORTO SUDESTE Introdução Terminal portuário privativo projetado exclusivamente para a exportação de minério de ferro; Licenciado para 50 Mtpa de capacidade, com possibilidade de expansão para 100 Mtpa; Outorga da Marinha para 100 Mtpa; Construção do túnel e da infraestrutura offshore finalizadas; Celebração de contratos definitivos com Mubadala e Trafigura para venda de 65% do Porto. Porto Sudeste | Ilha da Madeira, Itaguaí (RJ) 20
  • 21. PORTO SUDESTE Ligação Ferroviária MRS
  • 22. Rodovía BR-101 Acesso Ferroviário MRS Acesso Rodoferroviário Túnel Píer PORTO SUDESTE Visão Aérea
  • 23. Viaduto sobre acesso Ferroviário Acesso Ferroviário PORTO SUDESTE Acesso Rodoferroviário
  • 24. Viaduto sobre pera ferroviária Acesso Ferroviário PORTO SUDESTE Acesso Rodoferroviário
  • 25. Sala de controle dos Viradores de Vagões CARACTERÍSTICAS: Profundidade: 21 m Largura: 12 m Comprimento: 30 m Viradores de Vagões 2 Posicionador de trem PORTO SUDESTE Viradores de Vagões Viradores de Vagões 1
  • 26. Pátio 32 Ponta da Mariquita Caminho de Rolamento das Empilhadeiras Recuperadoras Viradores de Vagões PORTO SUDESTE Pátio 6m Casa de Transferência
  • 27. Entrada do Túnel Pátio 6 Casa de Transferência Caminho de Rolamento das Empilhadeiras Recuperadoras Subestação Elétrica e Sala de Controle PORTO SUDESTE Pátio 32m
  • 28. SEÇÃO PARA 100 MTPA Área: 198 m² Altura: 11 m Comprimento: 20.5 m Largura: 1.8 km 1a Fase 2a Fase Correia Transportadora PORTO SUDESTE Túnel
  • 29. Saída do Túnel Ponte 430m de Largura Subestação Elétrica Casa de Transferência Plataforma PORTO SUDESTE Pontes e Plataformas
  • 30. Carregadeiras de Navio Píer 766m de Largura Casa de Transferência Ponte 270m de Largura PORTO SUDESTE Bridges, Plataform and Pier Ponte 430m de Largura PORTO SUDESTE Pontes, Plataforma e Píer 30
  • 31. PÍER Destaques Profundidade do Berço: 20 m – Apto a carregar de 80,000 a 260,000 ton; Expansão potencial de 100 Mtpa. 50 Mtpy 100 Mtpy | Expansão Futura Comprimento do Píer: 766 m Comprimento do Píer: 766 m Número de Berços: 2 Número de Berços: 4 31
  • 32. PORTO SUDESTE Carregadeiras de Navio
  • 33. 3. CORUMBÁ
  • 34. CORUMBÁ Destaques Capacidade atual: 2,1 Mtpa; Contratos de longo prazo com companhias internacionais de transporte fluvial; Relatório de recursos minerais auditados pela SRK: 192 Mtons e potencial de 123 Mtons adicionais. Venda do ativo em andamento 34
  • 35. RELAÇÕES COM INVESTIDORES MMX Carlos Gonzalez Adriana Marques Phone Presidente e DRI Gerente + 55 21 2163-6197 + 55 21 2163-6338 E-mail ri@mmx.com.br 35
  • 36. www.mmx.com.br

×