Apresentação corporativa follow up – janeiro 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação corporativa follow up – janeiro 2009

on

  • 682 views

 

Statistics

Views

Total Views
682
Views on SlideShare
675
Embed Views
7

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 7

http://ri.mmx.com.br 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação corporativa follow up – janeiro 2009 Apresentação corporativa follow up – janeiro 2009 Presentation Transcript

  • JANEIRO 2009 MMXUma empresa única única
  • Disclaimer Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração a respeito de seu plano de negócios. Afirmações prospectivas incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como "acreditar", "prever", "esperar", "contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressos nesta apresentação. Em nenhuma hipótese a Companhia ou suas subsidiárias, seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos conseqüentes, indiretos ou semelhantes. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações prospectivas ou análise das diferenças entre as afirmações prospectivas e os resultados reais. Esta apresentação e seu teor constituem informação de propriedade da Companhia, não podendo ser reproduzidos ou divulgados no todo ou em parte sem a sua prévia anuência por escrito. Relações com Investidores Chequer Hanna – Diretor de Relações com Investidores Marilia Botelho – Gerente Priscylla Setimi - Analista Tel. 55 21 2555-5634 / 5558/ 5563 ri@mmx.com.br http://www.mmx.com.br/ri
  • Uma Empresa do Grupo EBX
  • EBX: Companhias de Capital AbertoTodas as companhias são listadas na Bovespa no segmento Novo Mercado GovernançaCorporativa, consolidando um valor de mercado de US$ 9 Bi*. Principal Negócio: Principal Negócio: Principal Negócio: Principal Negócio: Logistica Mineração Petróleo & Gas Geração de Energia Market Cap: Market Cap: Market Cap: Market Cap: US$ 412 bi* US$ 8,1 bi* US$ 396 bi* US$ 192 M* Acionistas Acionistas Acionistas Acionistas Controladores: Controladores: Controladores: Controladores: 63% 61% 76% 58% *Fonte: Broadcast de 22 de Janeiro, 2008 e BRL 2,3299/USD 4
  • Uma história única
  • MMX – “The only one of its kind” MMX e suas singularidades: alta qualidade do minério de ferro; baixo custo, devido ao alto teor de minério in situ e de alta produtividade; Sistema MMX Sudeste Corumbá Sistema logística garantida, através de acordos de longo prazo Sudeste de transporte ferroviário, barcaças e prestadores de serviços portuários, incluindo o Porto LLX Sudeste, uma empresa do grupo EBX; MMX de administradores experientes na seleção de ativos Chile minerais de alto valor e na implantação e operação de minas; comprovada capacidade em entregar valor aos acionistas.A MMX S.A. é o veículo exclusivo de investimento em mineração e metálicos do grupo EBX, focandona ampliação da capacidade de produção através de crescimento orgânico e novos negócios. 6
  • 30 meses após o IPO (Julho de 2006), muito foi realizado… Jul 2006 Implantação do Sistema MMX Amapá - mina, ferrovia e porto - em tempo recorde de 14 meses; Implantação da mina do Sistema MMX Corumbá em 8 meses; Implantação da planta de ferro-gusa da MMX Corumbá em 12 meses; Desenvolvimento dos estudos de engenharia básica do Sistema MMX Minas-Rio; Desenvolvimento de parcerias estratégicas com Anglo American e Cleveland Cliffs; Contratos de logo prazo de fornecimento de minério de ferro com os tradicionais usinas siderúrgicas brasileiras e estrangeiras; Reestruturação do business: cisão da LLX e venda de ativos - MMX Minas-Rio e MMX Amapá - à Anglo American; Desenvolvimento do Sistema MMX Sudeste: aquisição de ativos, logística garantida e desenvolvimento de planos de expansão; A caminho do exterior: Minera MMX de Chile e as boas perspectivas de minério deDez ferro no Chile.2008 7
  • MMX hoje: recomeça a criação de valor com base em novos ativos Acionistas Controladores Free Float 64,12% 35,88% 70% 100% 100% 100% MMX Corumbá MMX Corumbá MMX Metálicos MMX Metálicos Minera MMXSistema Corumbá MMX Sudeste MMX Sudeste MMX Sudeste Mineração Mineração Corumbá Corumbá de Chile 30% Centennial Asset Corumbá 100% 100% 100% Bom Sucesso Bom Sucesso AVG AVG Minerminas Minerminas Sistema Sudeste Bom Sucesso Projetos Greenfield implantados ou em fase de implantação pela MMX: Sistema Corumbá start-up em 2005 (Mineração) e 2007 (Metálicos); Bom Sucesso em estudos de engenharia básica. Ativos adquiridos pela MMX (AVG: dez-07; Minerminas: jan-08) 8
  • Sistema SudesteSerra Azul & Bom Sucesso
  • Localizado no Quadrilátero Ferrífero, o Sistema MMX Sudeste tem uma combinaçãoúnica de alto grau de minério de ferro, custo baixo e logística garantida. BOM SUCESSO TENEMENT LLX PORTO SUDESTE 10
  • Serra Azul: 8.7 Mtpa de capacidade instalada Operação Vendas & Logística Conclusão de aquisição de ativos em Janeiro de 2008; aquisiç Transporte ferroviário garantido através de acordo atravé Construção da planta de Concentração Magnética e Construç Concentraç Magné de longo prazo com a MRS até 15 Mtpa; até Mtpa; diversos aprimoramentos operacionais permitiram Serra Disponibilidade portuária garantida com o Terminal Azul alcançar 8.7 Mtpa alcanç de capacidade instalada de Cargas do porto de Itaguaí/CSN: 2 milhões de toneladas Itaguaí de produção em Nov, 2008; Nov, anuais, de 2009 até 2011; até Disponibilidade portuária a partir de meados de 2011 até 2032 garantida através de contrato de longo prazo até atravé com Porto Sudeste da LLX; Contratos de fornecimento de minério de ferro de longo prazo com siderúrgicas e mineradoras siderú brasileiras; Contatos com siderúrgicas internacionais para teste siderú de amostras de minério de ferro e desenvolvimento de relacionamento de longo prazo, com o objetivo de se tornar um fornecedor internacional consistente. Planta de Concentração Magnética – Início 30 Outubro 2008 11
  • Bom Sucesso: alto teor de magnetita e logística Qualidade Esperada: Fe: 67.2% SiO2: 2.5% AL2O3: 0.5% P: 0.033% PPC: 0.6% FeO: 8.8% Vista da costa oeste da montanha de Bom Sucesso Conclusão da aquisição de direitos minerários em Julho de 2008; aquisiç minerá destaque para o alto teor de magnetita; O ativo mais próximo da costa brasileira – 240km(impacto positivo na tarifa ferroviária); ferroviá Capacidade ferroviária em negociação com a MRS negociaçpodendo adicionar ao contrato mais 17 mt até 2032. . até Estudos de engenharia básica e desenvolvimento de estudos bá Testesambientais em andamento. 12
  • MMX Sudeste: plano de forte expansão para se tornar um player internacional consistente Capacidade Instalada Mtpa 32,1 33,7 O plano de Expansão é formado por 3 fases: Bom Sucesso Fase I: MMX já alcançou capacidade instalada Serra Azul I A 17,4 17,4 de produção de 8.7 Mtpa, em Outubro de 2008, SE UÍD 18,5 com o início da Planta de Concentração F A CL N O Magnética C 8,7 8,7 18,5 14,7 16,3 4,3 8,7 8,7 4,3 Fase II: Projeto de expansão brownfield para 2008E* 2009 2010 2011 2012 2013 16,3 Mtpa - Capex de aprox. US$360MM PHASE I PHASE II PHASE III Estudos detalhados de engenharia e de licenciamento * Produção Esperada em curso 492 Total Capex* US$ 1,026 MM Fase III: Projeto greenfield de Bom Sucesso, 251 362 241 adicionando 17,4 Mtpa de minério de ferro de 105 alto teor de magnetita– Capex de aprox. 168 US$640MM 31 146 130 73 11 23 - 11 Estudos de engenharia básica em curso 2008 2009 2010 2011 2012** Capex e cronograma a ser confirmada após a conclusão de estudos detalhados de engenharia e de análise das condições de mercado, 13taxa de câmbio média R $ 2,12.
  • Porto LLX Sudeste: dedicado ao minério de ferro Capacidade inicial de 25Mtpa (processo delicenciamento para 50Mtpa); O projeto contemplaárea de 521 mil m² comdireito de acesso aooceano que está sendodesenvolvida para área deestocagem e manuseio deminério de ferro; 20.0 metros deprofundidade capacidade para recebernavios de até 200 miltoneladas. 14
  • Chile
  • Minério de Ferro no Chile: qualidade & logística distante 50 km da costa chilena aproximadamente 1.760 hectares Pellet Feed com alto teor de magnetita Patrícia Ferroviária existente (FERRONOR) 4 direitos minerários (2 aquisições e 2 Bella opções de compra) USD 44,5 milhões (USD 26 milhões pagos) Fortuna- Campanha de sondagem de 2 anos com Fierro início no 1T09 USD 17 milhões Testes preliminares realizados na planta piloto de Ouro Preto: Teatino -Fe: 67,50% s - SiO2: 2,5% - Al2O3: 0,85% 16 - P: 0,015% 7
  • Logística: Puerto Punta Cachos propriedade de 240 mil hectares da EBX na região do Atacama Licenças para desenvolver as zonas urbanas, industriais e portuárias; Outorga de água; Puerto Já garantidos: Punta Cachos 89ha de área premium (porto) 782 ha de retro-area Escalabilidade ilimitada para desenvolvimento de longo prazo Localizada próximo a outras minas Oportunidade para negócios industriais: Porto / Usina Termoelétrica 17
  • Sistema CorumbáMineração & Metálicos
  • MMX Corumbá Mineração Desenvolvimento em 2008: conclusão da aquisição do direito minerário de NE&Rabicho ; construção de uma nova rota de minério, reduzindo transporte interno na mina de 12,5 km para 2,5 km (impacto positivo com redução de tempo e custos); Construção de barragem de rejeitos; implantação do sistema de recuperação da água; implantação de jigue industrial (em testes); Corumbá: minério granulado 6,3 Capacidade Instalada** - Mtpa Impacto significativo nos custos 3,1 NE & Rabicho Mine 63 Mine 3,2 3,2 2,1 1,4 MMX Corumbá anunciou ajustes em mina de 3,2 3,2 3,2 2,1 minério de ferro devido à restrição da demanda, 1,4 principalmente a planta de ferro gusa, o principal 2008E* 2009 2010 2011 2012 cliente. PHASE I PHASE II PHASE III * Produção esperada 19** Capex e cronograma serão confirmados após a conclusão de estudos detalhados de engenharia e de análise das condições de mercado
  • MMX Corumbá: Vendas & Logística Logística O transporte é feito por barcaças pelo Rio Paraguai para entrega a clientes na América do Sul e no Porto de Rosário, onde o minério é carregado em navios Handymax para a Europa e Ásia; MMX possui contratos de logo prazo com os operadores de barcaças locais e internacionais;Porto de Ladário Vendas O único cliente no mercado interno é a planta de ferro gusa da MMX (35%) preço de mercado; MMX tem contratos de fornecimento de longo prazo – 5 anos, em média - com tradicionais siderúrgicas sul- americanas e européias. 21
  • MMX Metálicos Corumbá: Planta de ferro gusa Ferro Gusa: Gusa: 2 altos-fornos com plena capacidade instalada (200 mil toneladas cada forno); parceria com fornecedores locais de carvão vegetal, visando à melhoria de técnicas de produção vegetal ; Programa Florestal em andamento : auto-suficiência deverá ser alcançada em 2017 ; aquisição de florestas de pinus para agilizar a taxa de produção própria de carvão vegetal de florestas plantadas. MMX anunciou a suspensão da produção de ferro gusa a partir do final de novembro, devido ao atual cenário econômico. A retomada das operações está condicionada à melhoria das condições econômicas globais. 22
  • Obrigado! www.mmx.com.br ri@mmx.com.br55 21 2555 5634 / 2555 5558 (RI)