Your SlideShare is downloading. ×

Gestão do Escopo do Projeto

15,072
views

Published on

Arquivo contendo os slides destinados aos alunos do 8º Termo de Administração da FACIG de Paraguaçu Paulista-SP, Disciplina Administração de Projetos, sobre o seguinte conteúdo: …

Arquivo contendo os slides destinados aos alunos do 8º Termo de Administração da FACIG de Paraguaçu Paulista-SP, Disciplina Administração de Projetos, sobre o seguinte conteúdo:

Gestão do escopo do projeto
Produto e necessidade
Objetivos
Planejamento do escopo do projeto
Gestão da qualidade

Published in: Education, Business, Technology

0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
15,072
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
432
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
    • Prof. Antonio Marcos Montai Messias
  • 2. Sumário
    • Gestão do escopo do projeto
      • Produto e necessidade
      • Objetivos
      • Planejamento do escopo do projeto
      • Gestão da qualidade
    Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos ADMINISTRAÇÃO DE PROJETOS
  • 3. Definição do produto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Na administração de um projeto, há uma hierarquia de objetivos ou cadeia de meios e fins
      • O fornecimento do produto é o objetivo central dessa hierarquia
      • A parte mais importante do gerenciamento de um projeto são o planejamento e a entrega do produto.
  • 4. Definição do produto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos Escopo do Projeto Produto principal ( Ex. veículo) Fábrica para produzir o veículo Desenvolvimento de fornecedores Treinamento de distribuidores Escopo do produto: características e desempenho do veículo Fonte: MAXIMIANO, 2009.
  • 5. Produto e necessidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • O produto, resultado do projeto, é o meio para o atendimento de uma necessidade
      • Necessidade indica todos os tipos de situações das quais os projetos podem-se originar:
      • Encomendas
      • Problemas
      • Idéias criativas
      • ou oportunidades
    Necessidades = justificativas do projeto
  • 6. Produto e necessidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Hierarquia de objetivos
      • A palavra objetivo é freqüentemente usada como sinônimo de produto
      • Objetivo imediato
      • Objetivo final
    Ex. Bingo beneficente Casa Abrigo Objetivo imediato: arrecadar fundos Objetivo final: fundos arrecadados permite a manutenção da Casa Abrigo
  • 7. Produto e necessidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Concepção do produto
      • A equipe de projeto só deve avançar no planejamento operacional após ter noção clara do produto a ser fornecido
      • Esboço do produto
  • 8. Clientes Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • No processo de esclarecer as necessidades e definição de produtos
      • Quem é o cliente?
      • Quais são as expectativas?
  • 9. Clientes Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Categoria de clientes de um projeto
      • Clientes que usam e pagam
      • Clientes que usam e não pagam
      • Clientes que não usam e pagam
  • 10. Clientes Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Outras partes interessadas
      • Os clientes integram uma constelação de partes interessadas
      • Stakeholders
      • São pessoas, organizações, ou grupos que participam direta ou indiretamente de um projeto ou são por ele envolvidos
  • 11. Clientes Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Como esclarecer as expectativas dos clientes?
      • Algumas perguntas a serem feitas (MAXIMIANO, 2009, pp. 43-44)
  • 12. Objetivos Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Como apresentar os objetivos do projeto
      • Pode –se apresentar separadamente a necessidade, o produto, o objetivo imediato e o objetivo final
      • Exemplos (MAXIMIANO, 2009, p. 44)
  • 13. Administração do escopo do projeto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • O processo de planejar o escopo divide-se em dois níveis: declaração e detalhamento
      • Declaração do escopo é um enunciado sucinto dos produtos que serão fornecidos (e dos que não serão) pelo projeto
      • Detalhamento do escopo é uma relação detalhada dos produtos que serão fornecidos
  • 14. Administração do escopo do projeto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Declaração do escopo
      • Quais produtos serão entregues ao final do projeto? (Ou ao longo do projeto?)
      • Foco - diminuir ao mínimo a abrangência do resultado esperado
  • 15. Administração do escopo do projeto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Detalhamento do escopo do projeto
      • Chama-se definição do escopo
      • Processo de detalhar os produtos do projeto
      • Dividir o produto principal em partes administráveis
      • Estrutura analítica (estrutura do projeto) ou WBS*
    *WBS = work breakdown structure
  • 16. Administração do escopo do projeto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos Concepção do modelo e desenho do sistema de telemarketing Serviço de embalagem e entrega Software Caixa Equipamentos Formação e treinamento da equipe Fonte: MAXIMIANO, 2009.
  • 17. Estrutura analítica (WBS) Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Estrutura analítica por produtos
    • Estrutura analítica por fase do projeto
  • 18. Estrutura analítica por produto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos Espaçonave tripulada Outros elementos Outros equipamentos Equipamento principal Estrutura Propulsão Controle ambiental Direção e navegação Equipamento de apoio Simuladores Sobressalentes Programa de testes Apoio operacional Treinamento Fonte: MAXIMIANO, 2009.
  • 19. Estrutura analítica por fase do projeto (PBS) Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos Call Center Infra-estrutura Projeto físico Projeto lógico Módulo atendimento Módulo de monitoração Módulo gerencial Projeto físico Desenvolvimento Local físico Hardware Rede de comunicação Fonte: MAXIMIANO, 2009.
  • 20. Mudanças de escopo Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Muito comuns na execução de um projeto, acontecem até mesmo antes do início do projeto
      • Mudanças no escopo implicam em acréscimos nos prazos, e os custos também são afetados
      • Reserva de contingência (gestão de riscos)
  • 21. Relação com o plano do projeto Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • O planejamento do escopo é o primeiro passo na elaboração de um plano de projeto
      • No escopo baseiam-se os processos de gestão das demais variáveis (prazos, custos, qualidade, etc.)
      • O prosseguimento para o planejamento das demais variáveis do projeto, depende do entendimento do escopo, conforme checklist (MAXIMIANO, 2009, pp. 54-56)
  • 22. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Desde o início do projeto, deve haver a preocupação com a administração da qualidade
      • Qualidade é o conjunto de características (ou especificações) de uma entidade (produto, serviço, evento, pessoa, grupo, organização)
    Características e desempenho esperado do produto (voz do cliente) Especificações funcionais Escopo do produto Fonte: MAXIMIANO, 2009.
  • 23. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Especificações funcionais
      • Especificações funcionais traduzem as necessidades e expectativas do cliente em termos de desempenho que o produto deverá alcançar.
      • Exemplos:
      • Duração da carga de uma bateria de celular
      • Tamanho de um equipamento
      • Velocidade, capacidade de carga, autonomia de um veículo
      • Etc.
  • 24. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Especificações técnicas
      • Especificações técnicas nascem das especificações funcionais e descrevem as características do produto em termos de atributos técnicos.
      • Exemplos:
      • Dimensões de um objeto
      • Quantidade de cimento numa construção
      • Fórmula ou processo de fabricação de um produto
      • A capacidade de memória de um computador
  • 25. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Níveis de qualidade
      • Grau, nível, categoria, classe ou tipo é ordem a que pertence o produto, em função da quantidade ou sofisticação de suas características.
      • Exemplo:
      • Luxo ou básico
  • 26. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Garantia da qualidade
      • Processo que procura garantir que as características ou atributos planejados estejam presentes no produto que projeto deve fornecer.
      • Um sistema da qualidade compreende elementos como:
        • Padrões (especificações) de qualidade de produtos, serviços e processos
        • Procedimentos de análise passo a passo
        • Formação de pessoal
        • Responsabilidades pela administração da qualidade
        • Testes e simulações
        • Manuais de administração da qualidade
  • 27. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Controle da qualidade
      • Nos sistemas modernos, a ênfase do controle da qualidade está em assegurar que o resultado correto seja obtido.
  • 28. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (QFD – Desdobramento da Função Qualidade)
      • QFD – Desdobramento da Função Qualidade é uma técnica organizada para traduzir a VOZ do CLIENTE em características do produto ou serviço e chegar até a definição do processo produtivo.
      • A primeira etapa do QFD é a construção da casa da qualidade ou primeira matriz QFD.
    QFD = Quality Function Deployment
  • 29. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 1: Pesquisar as necessidades dos clientes
    Fonte: MAXIMIANO, 2009. Produto: novo modelo de fogão
    • Necessidades relacionadas ao uso
    • Fogo acende facilmente
    • Forno esquenta rapidamente
    Necessidades relacionadas à segurança -Porta do forno não esquenta -Gás é interrompido se fogo apaga
  • 30. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 2: Identificar o grau de importância das necessidades
    Fonte: MAXIMIANO, 2009. Necessidade Importância Uso
    • Fogo acende facilmente
    3
    • Forno esquenta rapidamente
    2 Segurança
    • Porta do forno não esquenta
    4 -Gás é interrompido se fogo apaga 5
  • 31. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 3: Definir as características técnicas
    Fonte: MAXIMIANO, 2009. Dimensões Características técnicas gerais
    • Espessura da porta do forno
    • Abertura dos orifícios do gás
    -Quantidade de bocas no fogão -Número de hastes na grade do forno
  • 32. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 4: Definir as relações entre necessidades e características técnicas
    Fonte: MAXIMIANO, 2009. Espessura da porta do forno Abertura dos orifícios do gás Quantidade de bocas no fogão Número de hastes na grade do forno
    • Fogo acende facilmente
    (ZERO) M (MÉDIA) - -
    • Forno esquenta rapidamente
    M A (ALTA) - -
    • Porta do forno não esquenta
    A B - - -Gás é interrompido se fogo apaga - - - -
  • 33. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 5: Relacionar as características entre si
    + - Fonte: MAXIMIANO, 2009. Espessura da porta do forno Abertura dos orifícios do gás Quantidade de bocas no fogão Número de hastes na grade do forno
  • 34. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Passo 6: Estabelecer metas
    Fonte: MAXIMIANO, 2009. Espessura da porta do forno Abertura dos orifícios do gás Quantidade de bocas no fogão Número de hastes na grade do forno
    • Fogo acende facilmente (3)
    (ZERO) = 0 M (MÉDIA) = 5 = 0 = 0
    • Forno esquenta rapidamente (2)
    M = 5 A (ALTA) = 9 = 0 = 0
    • Porta do forno não esquenta (4)
    A = 9 B = 2 = 0 = 0 -Gás é interrompido se fogo apaga (5) = 0 = 0 = 0 = 0 RESULTADO (3x0)+(2x5)+(4x9) +(5x0) = 46 (3x5)+(2x9)+(4x2) +(5x0) = 41 (3x0)+(2x0)+(4x0) +(5x0) = 0 (3x0)+(2x0)+(4x0) +(5x0) = 0
  • 35. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Casa da qualidade (passos para construção)
      • Casa da qualidade finalizada para o
      • projeto do fogão
    + - Priorização Necessidades Características Técnicas Grau de importância Fonte: MAXIMIANO, 2009. Espessura da porta do forno Abertura dos orifícios do gás Quantidade de bocas no fogão Número de hastes na grade do forno
    • Fogo acende facilmente
    - M - - 3
    • Forno esquenta rapidamente
    M A - - 2
    • Porta do forno não esquenta
    A B - - 4 -Gás é interrompido se fogo apaga - - - - 5 46 41 0 0
  • 36. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • Projeto defensivo
    • FMEA – Análise dos modos, efeitos e criticidade das falhas
      • Criticidade ou freqüência – medida da probabilidade ou freqüência com que um problema ocorre (1 a 5)
      • Severidade ou intensidade – medida do impacto causado pelo problema ou falha (1 a 4)
      • Probabilidade de detecção da falha – medida da probabilidade de detecção da falha ou problema (1 a 5)
  • 37. Administração da qualidade Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos
    • FMEA - Processo para uso do FMEA
      • Exemplo:
      • FMEA Relógio de pulso com MP3 Player
  • 38. Bibliografia Administração de Projetos Prof. Antonio Marcos KEELING, Ralph. Gestão de projetos: uma abordagem global. São Paulo: Saraiva, 2002. MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Administração de Projetos: como transformar idéias em resultados. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.