Facebook - potencialidades educativas

5,460 views
5,290 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
5,460
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,370
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Facebook - potencialidades educativas

  1. 1. Possibilidades para a aprendizagem M. C.
  2. 2. Introdução <ul><li>Rede social criada em Fevereiro de 2004 por Marck Zuckerberg cujo acesso estava inicialmente restrito aos alunos da universidade de Harvard. </li></ul><ul><li>Permite, desde 2006, a inscrição de todos os utilizadores desde que maiores de 13 anos. </li></ul>Evolução no número de utilizadores do Facebook.
  3. 3. Introdução <ul><li>Mais de 800 milhões de utilizadores ativos; o segundo sítio mais visitado nos EUA em 2011. </li></ul><ul><li>De utilização gratuita, tem como objetivo facilitar a comunicação e a partilha de informação entre os seus utilizadores. </li></ul><ul><li>É utilizada para partilhar todo o tipo de informação, fotos, vídeos, apresentações, etc. para jogar ou para utilizar outro tipo de aplicações. </li></ul>
  4. 4. Recursos Grupos Páginas Chat Aplicações Sondagens Eventos Subscrições Galeria de fotos Listas Calendário Perfis Ligações
  5. 5. Algumas aplicações <ul><li>Slideshare - partilha de apresentações. </li></ul><ul><li>Goodreads – partilha de sugestões de leitura, discussões sobre literatura, etc. </li></ul><ul><li>Quiz Creator - criação de questionários. </li></ul><ul><li>Philosophers + Philosophy - partilha de informação sobre filósofos, discussões, etc. </li></ul>
  6. 6. Algumas páginas <ul><li>Facebook in Education – divulgação dos recursos com potencialidades educativas no Facebook. </li></ul><ul><li>Facebook for Educators – exploração das potencialidades educativas de alguns recursos do Facebook. </li></ul><ul><li>Free Technology for Teachers – divulgação de recursos educativos disponíveis online gratuitamente. </li></ul><ul><li>Open Educational Resources - partilha de recursos educativos abertos , discussão do tema. </li></ul>
  7. 7. Potencialidades educativas - Grupos <ul><li>O Facebook permite a criação de grupos : </li></ul><ul><li>Abertos </li></ul><ul><li>Fechados </li></ul><ul><li>Secretos </li></ul>
  8. 8. Potencialidades educativas - Grupos <ul><li>Os grupos permitem: </li></ul><ul><li>a inscrição de indivíduos fora do círculo de amigos dos organizadores e dos outros membros; </li></ul><ul><li>a troca de informação apenas acessível aos seus membros (grupos fechados e secretos). </li></ul>
  9. 9. Potencialidades educativas - Grupos <ul><li>Aprendizagem formal </li></ul><ul><ul><li>Criação de grupos para cada uma das turmas ou para as diferentes disciplinas que promovam a troca de informação e a comunicação entre alunos da mesma ou de diferentes turmas e entre alunos e professor. </li></ul></ul><ul><ul><li>Permitem a comunicação com pessoas fora do círculo de amigos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Permitem a criação de grupos fechados com acesso limitado a determinado grupo - maior segurança. </li></ul></ul>
  10. 10. Potencialidades educativas - Grupos <ul><ul><li>Esses grupos podem ser utilizados para, por exemplo: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Partilhar imagens, vídeos, ficheiros áudio, apresentações, etc. com interesse para os assuntos que estiverem a ser explorados nas aulas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Partilhar ligações para sítios com interesse educativo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Trocar opiniões / discutir os temas em estudo (possibilidade de estender a discussão para fora do contexto da sala de aula); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Criar atividades de consolidação de aprendizagens; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Esclarecer dúvidas com a ajuda não só do professor mas também dos colegas; </li></ul></ul></ul>
  11. 11. Potencialidades Educativas - Grupos <ul><li>Criação de grupos que incluam os pais dos alunos com o obetivo de melhorar a comunicação entre pais e professores e entre pais e alunos. Permitem, por exemplo: </li></ul><ul><ul><li>Facilitar o acompanhamento pelos pais das atividades realizadas na escola </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilitar a troca de informação entre pais e professores. </li></ul></ul>
  12. 12. Potencialidades Educativas - Páginas <ul><li>As páginas servem geralmente para publicitar algo e permitem recolher e gerir as reações dos que as lêem. </li></ul>
  13. 13. Potencialidades Educativas - Páginas <ul><li>Criação de páginas de fãs em torno de outro projeto educativo como um sítio ou um blogue com o objetivo de: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar o blogue / sítio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilitar o acesso às suas atualizações. </li></ul></ul>Página de divulgação de um blogue.
  14. 14. Potencialidades educativas - Páginas <ul><li>Criação de páginas de fãs para uma personalidade (Camões, Eça de Queirós, etc.) com o objetivo de promover: </li></ul><ul><ul><li>A recolha e a partilha de informação sobre essa personalidade. Ex: Fernando Pessoa </li></ul></ul>Um exemplo da utilização educativa das páginas de fãs
  15. 15. Potencialidades Educativas - Páginas <ul><li>Criação de páginas da escola para: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar as atividades promovidas na escola, </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar trabalhos dos alunos. </li></ul></ul>Página de uma Faculdade utilizada para divulgar as suas atividades.
  16. 16. Potencialidades educativas - Eventos <ul><li>Quando criamos um evento podemos divulgá-lo publicamente ou convidar um grupo específico de pessoas para participarem nele. Permite-nos, por exemplo, avaliar antecipadamente a adesão do público a que se destina. </li></ul>
  17. 17. Potencialidades educativas - Eventos <ul><li>Criação de eventos como forma de: </li></ul><ul><ul><li>D ivulgar a d ata de entrega de trabalhos; </li></ul></ul><ul><ul><li>D ivulgar a d ata de realização dos testes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar a data de realização de outras atividades; </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar e avaliar antecipadamente a adesão dos alunos a determinados eventos. </li></ul></ul>
  18. 18. Potencialidades educativas - Grupos <ul><li>Aprendizagem não - formal e informal </li></ul><ul><li>Criação de grupos de professores de uma determinada área ou nível com o objetivo de: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar recursos educativos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Partilhar experiências e opiniões. </li></ul></ul>
  19. 19. Potencialidades educativas - Grupos <ul><li>Criação de grupos de pessoas com os mesmos interesses com o obetivo de: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar informação sobre determinados temas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Criar uma rede de contatos com pessoas com os mesmos interesses. </li></ul></ul>
  20. 20. Potencialidades educativas - Páginas <ul><li>Criação de páginas com o objetivo de: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar recursos educativos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar ligações para outros sítios com interesse educativo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promover a troca de experiências e de informação. </li></ul></ul>
  21. 21. Potencialidades educativas - Aplicações <ul><li>As diferentes aplicações podem ser utilizadas para: </li></ul><ul><ul><li>Para desenvolver conhecimentos sobre diversos temas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Partilhar informação. </li></ul></ul>
  22. 22. Conclusão <ul><li>Embora existam algumas questões e alguns aspetos menos positivos a ter em conta, julgamos que o Facebook pode promover a aprendizagem e a sua utilização deve ser considerada. Entre os vários aspetos positivos da sua utilização destacamos: </li></ul><ul><ul><li>A sua utilização pode ser motivadora para os alunos; </li></ul></ul><ul><ul><li>É algo que alunos utilizam frequentemente no seu dia-a-dia; </li></ul></ul>
  23. 23. Conclusão <ul><ul><li>Está disponível gratuitamente e é de fácil acesso; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promove o desenvolvimento de capacidades ao nível da utilização das tecnologias, essenciais no mundo atual; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promove a comunicação e a criação de laços entre alunos e entre alunos e professores ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilita a troca de informação entre os diversos intervenientes no processo educativo – acesso instantâneo; </li></ul></ul>
  24. 24. Conclusão <ul><ul><li>Permite o acompanhamento das atividades pelos alunos que não possam assistir às aulas e pelos pais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Permite a comunicação e a partilha de informação com indivíduos fora do universo da sala de aula; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promove o trabalho colaborativo e a aprendizagem ativa - os alunos passam a ser criadores de conteúdos e deixam de ser apenas consumidores passivos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilita a utilização de recursos diversificados; </li></ul></ul>
  25. 25. Conclusão <ul><ul><li>Promove a utilização correta das redes sociais pelos jovens. </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilita a participação dos alunos mais reservados, etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>Permite a utilização de várias aplicações educativas. </li></ul></ul>
  26. 26. Conclusão <ul><li>Entre os aspetos menos positivos referimos: </li></ul><ul><ul><li>As questões com a privacidade e com a segurança – é fundamental tirar partido das configurações de segurança que o Facebook oferece. </li></ul></ul><ul><ul><li>Alguma possibilidade de dispersão por parte dos alunos. </li></ul></ul>
  27. 27. Fontes <ul><li>Brown, C. (2011). 50 Reasons to Invite Facebook Into Your Classroom. Mind Shift. Disponível online em http://mindshift.kqed.org/2011/08/50-reasons-to-invite-facebook-into-your-classroom/ . Consultado em Janeiro de 2012. </li></ul><ul><li>MELISSA, A. (2009), 100 Ways You Should Be Using Facebook in Your Classroom. Online College.org. Disponível online em http://www.onlinecollege.org/2009/10/20/100-ways-you-should-be-using-facebook-in-your-classroom/ . Consultado em Janeiro de 2012. </li></ul>

×