ÉTica, direiro e política filipa 10 jd

4,511 views
4,292 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,511
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

ÉTica, direiro e política filipa 10 jd

  1. 1. Ética, Direito e Política•Disciplina:Filosofia•Ano/Turma: 10.º A•Ano Lectivo:2010/2011•Trabalho realizado por: •Ana Filipa, n.º 2; •António Figueiredo, n.º 5; •Beatriz Vieira, n.º 6; •Rui Pereira, n.º 15.
  2. 2. Introdução• Este trabalho vai ser realizado no âmbito da disciplina de Filosofia e para ele, foi-nos proposto falar acerca da ética, direito e política.• Abordamos também outro tipo de conteúdos tais como a justiça social e a desobediência civil.• Esperamos que o trabalho seja do vosso agrado e que possam compreender melhor os temas nele abordados.
  3. 3. Ética• Ética (do grego ethos, que significa modo de ser, carácter, comportamento) é o ramo da filosofia que procura estudar e indicar o melhor modo de viver no quotidiano e na sociedade.• É uma reflexão sobre os actos humanos e as regras morais que os orientam para lhes determinar o fundamento, o que permite avaliá-los em termos de bem e de mal.
  4. 4. Política• A Política derivada palavra polis, que designa a cidade-estado (comunidade de indivíduos que viviam de forma organizada). • Ao exercício da política damos o nome de actividade política, isto é, uma forma de organização dos grupos humanos com o objectivo de garantir uma vida em comum harmoniosa.
  5. 5. Direito• O Direito é o conjunto de regras, normas ou leis que regulam a convivência social dentro do Estado, ou seja, é, em suma, o ordenamento jurídico do Estado.• Possui a finalidade de impedir e tentar resolver pacificamente os conflitos entre os indivíduos e os grupos sociais e promover o bemcomum da sociedade.
  6. 6. O Estado• O estado nasce das necessidades de compatibilização, de regulação dos conflitos e da organização da sociedade, sendo que este corresponde a uma sociedade politicamente organizada.• Tem como principais características o território, o povo e o poder político.
  7. 7. Relação entre Direito, Política e Ética• Ética, direito e política são conceitos que se encontram em íntima relação com os conceitos de estado e justiça: • A ética define o que é a justiça; • O Estado é o agente da política; • O direito é o objecto da política; • A justiça é a finalidade última da política.
  8. 8. Justiça Social• Justiça social é uma construção moral e política baseada na igualdade de direitos e na solidariedade colectiva. Em termos de desenvolvimento, a justiça social é vista como o cruzamento entre o pilar económico e o pilar social.• A justiça social possui a seguinte máxima: dar a quem precisa aquilo que é seu por direito.• É frequente falar-se de sistemáticas situações de injustiça social, de extremas situações de miséria em contraste com a riqueza acumulada de algumas classes, tal facto leva à procura pela igualdade.
  9. 9. Thomas Hobbes • Thomas Hobbes foi um matemático, teórico político, e filósofo inglês. • Nascido a 5 de Abril de 1588 na Aldeia de Westport, Inglaterra. • Morreu a 4 de Dezembro de 1679, com 91 anos, em Hardwick Hall, Inglaterra. • Os seus principais interesses eram a Política, Direito, Filosofia Política, Ciência Política e Teoria do Conhecimento.
  10. 10. O Contrato Social, segundo Thomas Hobbes• No estado de natureza assiste-se a uma situação de permanente conflito e medo entre os indivíduos. Esta situação é insustentável.• O Estado vai impedir esta situação de conflito permanente entre os indivíduos exigindo a sua submissão em troca da segurança que estabelece e, por este motivo, o Estado é um bem necessário.• No estado de natureza, o indivíduo vive num permanente estado de violência e de medo, no qual ninguém se encontra a salvo. Hobbes sintetizou este estado de guerra permanente com a seguinte expressão: “O Homem é o lobo do Homem”.• Os indivíduos não podem continuar a viver neste estado de permanente angústia e temor, por isso torna-se necessário o estabelecimento de um contrato ou pacto entre todos os indivíduos que salvaguarde as suas vidas e os seus bens.
  11. 11. John Locke•John Locke foi um filósofo inglês e ideólogo do liberalismo, sendo considerado o principal representante do empirismo britânico e um dos principais teóricos do contrato social.•Nascido a 29 de Agosto de 1632 em Inglaterra.•Morreu a 28 de Outubro de 1704, com 72 anos.•Os seus principais interesses eram a Metafísica, Epistemologia, Filosofia Política, a Filosofia da Mente, e a Educação.
  12. 12. O Contrato Social, segundo John Locke• No estado de natureza os indivíduos possuem certos direitos que não são totalmente respeitados. O respeito pelos direitos individuais é um bem. O Estado vai garantir o pleno respeito de todos os direitos individuais. Logo, o Estado é um bem necessário.• Verificam-se nesta concepção de estado de natureza de Locke diferenças em relação a Hobbes. Enquanto para Hobbes, no estado de natureza, se assistia a uma situação de permanente conflito e medo entre os indivíduos, um estado de guerra de todos contra todos, para Locke, no estado de natureza, assiste-se a uma situação de convivência e sociabilidade entre os indivíduos, de respeito pelos direitos do outro, como o direito à vida, à liberdade e à propriedade.
  13. 13. Desobediência Civil• A Desobediência civil é uma forma particular de desobediência, na medida em que é executada com o fim imediato de mostrar publicamente a injustiça da lei ou de uma situação e com o fim mediato de induzir o legislador a mudá-la. Como tal é acompanhada por parte de quem a cumpre de justificativas com a pretensão de que seja considerada não apenas como lícita, mas como obrigatória e seja tolerada pelas autoridades públicas diferentemente de quaisquer outras transgressões.
  14. 14. “Geração à Rasca”http://www.youtube.com/watch?v=6SgLCx2XWFw
  15. 15. Conclusão• Com a elaboração deste trabalho, ficamos a saber um pouco mais acerca do tema principal do trabalho (ética, direito e política), assim como ficamos a conhecer os principais teóricos do contrato social.• Para além destes temas, foram também abordados outros como a justiça social e o estado, que também através deste trabalho ficamos a compreender melhor.

×