Your SlideShare is downloading. ×
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Marketing digital - Aula Google Analytics
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Marketing digital - Aula Google Analytics

710

Published on

Aula sobre Google Analytics - Faculdade União

Aula sobre Google Analytics - Faculdade União

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
710
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Profª. Maria Alice JovinskiAula 11 – Google AnalyticsMARKETING DIGITAL
  • 2. MÉTRICAS Métricas são importantes para a gestão demarketing; Exemplos de métricas: Vendas; Mercado; Market-share; Mind-share; Promoções; Eventos; Mídias; Preço;
  • 3. WEB ANALYTICS Segundo a Web Analytics Association:“Web analytics é o processo de medição, coleta, análisee a produção de relatórios de dados de navegação einteração com o objetivo de entender e otimizar o usodos sites e páginas na Internet.”
  • 4. WEB ANALYTICS PERMITE MENSURAR SUCESSO EPROPOR MELHORIAS EM UM CICLO VIRTUOSOMensuraçãoCompilaçãoAnáliseDiagnósticoPropostaExecuçãoImplementaçãoConversão
  • 5. WEBCOUNTERS (1990) Contadores, hit counters ou ainda web counters; Incrementa um número a cada visualização e exibeao usuário; O motivo do uso dos contadores era mostrar a umnovo visitante que sua página tinha umavisibilidade expressiva;Este slide já foi visualizado vezes!
  • 6. LOG ANALYZERS (1993) Os log analyzers recolhem informações sobre acesso ao site apartir da leitura dos logs do web server; Informações obtidas na época: Página acessada; Número do IP identificado; Identificador do navegador (User-Agent); Sistema operacional; Erros de Servidor (404, 500, etc); Uso: Avaliar erro; Disponibilidade (up-time); Links quebrados; Latência e time-outs; Compatibilidade com navegadores e plugins; Unidade mínima de mensuração: HITS
  • 7. FERRAMENTAS DE LOG ANALYZERSWeb Trends (1993) I/PRO (1994)Analog (1995)
  • 8. FERRAMENTAS “TAG-BASED” (1996) O uso de tags javascript permitiu obtenção deinformações relevantes sem a necessidade doprocessamento monumental e configuraçãoaltamente complexa dos log analyzers; Foco em informações críticas para o negócio: Origem de tráfego; Tempo de permanência; Rejeição; Funis de navegação; Conversões e metas; Unidade mínima de mensuração: VISITAS
  • 9. PADRÕES TECNOLÓGICOS DAS FERRAMENTASPrós Contras Exemplos• Maior disponibilidade dedados;• Informações precisas;• Não demanda coding no site,logo não impacta performance;• Segurança dos dados.• Demanda poder deprocessamento e armazenamento,(aumento de custo);• Configuração muito complexapara obter dados relevantes.• WebLog Expert• AWStats• Analog• Alta flexibilidade;• Fácil configuração daferramenta;• Processamento remoto, levee “infinitamente” escalável.• Demanda coding no site,podendo impactar performance;• Algumas informações sãoimpossíveis de conseguir;• Não funciona em browsers semsuporte a javascript/cookies;• Dados confidenciais remotos.• Google™ Analytics• Yahoo! Analytics• Omniture® SiteCatalyst• Todas as anteriores • Todas as anteriores! • Webtrends™• Urchin
  • 10. GOOGLE ANALYTICS (GA) Ferramenta de Web Analytics disponibilizadagratuitamente a qualquer usuário Google; Modelado a partir da tecnologia da Urchin SoftwareCorporation, adquirida pelo Google em 2005; Detém atualmente o maior Vendor Share entre todas asferramentas de Web Analytics (mensuráveis)*; Ferramenta baseada em tags javascript (first partycookies);
  • 11. CÓDIGO GA<script type="text/javascript">var gaJsHost = (("https:" == document.location.protocol) ? "https://ssl." :"http://www.");document.write(unescape("%3Cscript src=" + gaJsHost + "google-analytics.com/ga.js type=text/javascript%3E%3C/script%3E"));</script><script type="text/javascript">try{var pageTracker = _gat._getTracker("UA-XXXXXXX-Y");pageTracker._trackPageview();} catch(err) {}</script><script type="text/javascript">var _gaq = _gaq || [];_gaq.push([_setAccount, UA-XXXXX-Y]);_gaq.push([_trackPageview]);(function() {var ga = document.createElement(script); ga.type = text/javascript;ga.async = true;ga.src = (https: == document.location.protocol ? https://ssl :http://www) + .google-analytics.com/ga.js;var s = document.getElementsByTagName(script)[0];s.parentNode.insertBefore(ga, s);})();</script>PadrãoAssíncrono• Substitui antigo código “Urchin”;• Posicionado ao fim da página(imediatamente antes do </body>);• Versão mais difundida atualmente;• Ainda é a versão “default” de implantação.• Versão alternativa à versão padrão;• Posicionada no início da página(imediatamente antes do </head>);• Versão otimizada e recomendada.Estável, difundidoe com grandesuporte na WEBContabiliza menosvisitantes por ficarno fim da páginaMais leve, novo,flexível e captadados de formamais precisa.Menos testado eexige recoding emsites com a tagantiga.
  • 12. ENTENDENDO O CÓDIGO INSERIDO NASPÁGINAS<script type="text/javascript">var gaJsHost = (("https:" ==document.location.protocol) ? "https://ssl." :"http://www.");document.write(unescape("%3Cscript src=" +gaJsHost + "google-analytics.com/ga.jstype=text/javascript%3E%3C/script%3E"));</script><script type="text/javascript">try{var pageTracker = _gat._getTracker("UA-XXXXXXX-Y");pageTracker._trackPageview();} catch(err) {}</script>Responsável pelacarga do “ga.js”Chamada doPageview Tracker
  • 13. TESTANDO SE O CÓDIGO FOI INSERIDOCORRETAMENTE1. Utilizar um analizador de HTTP (como HTTPFox ou Firebug);2. Entrar no site onde o código foi inserido3. Procurar por chamadas tipo “imagem gif”, com parâmetros contendo a string“utm” (Urchin Tracker Monitor”);4. O parâmetro “utmac” deve possuir a sintaxe “UA-XXXXXXX-Y”, ondeXXXXXXX-Y é seu número de conta único, provido já no código provido.httpFox - https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/66471234567-1
  • 14. TESTANDO SE O CÓDIGO FOI INSERIDOCORRETAMENTE Se as chamadas estiverem ocorrendo sem erros,está ok; Imediatos os resultados a ser contabilizados apartir da inserção do código; Compilação dos dados usualmente disponível apartir de 24h;
  • 15. CONTAS E PERFIS O Google Analytics suporta, por e-mail Google, a criação deno máximo 25 contas e 50 perfis por conta criada; Não há uma regra oficial mas usualmente: Contas se referem a um mesmo site ou cliente; Perfis são segmentações de uma conta que demandadados separados; Exemplo de conta www.kmm.com.br, perfis: Portal do Cliente Intranet Produtos Trabalhe Conosco
  • 16. FILTROS E SUBCONTAS As segmentações dos perfis são realizadas através desubcontas “independentes” ou “espelhadas com filtro”: Independentes: Contas com dados independentes sob umaconta Global, usualmente um subdomínio ou URL diferente. Ex:www.meusite-blog.com.br vs. www.meusite.com.br; Espelhadas: Monitoram o mesmo domínio de outra conta,porém adicionando ou removendo informações através de filtros.Ex: “Excluir sempre o meu próprio range de IP‟s”; Filtros são aplicados à informação ANTES doarmazenamento dos dados colhidos, logo não é possíveldesligá-lo para obter dados retroativamente. É recomendadomanter sempre um perfil espelhado sem o filtro até que omesmo se comprove funcional;
  • 17. O DASHBOARD O Dashboard fornece umavisão inicial geral do siteantes de análises maiscomplexas e profundas. É customizável para até 12módulos. Por padrão oDashboard contém:1. Perfil sendo visualizado2. Menu de relatórios3. Período da análise4. Curva da dimensão escolhida(visitas)5. Dados gerais de uso do site6. Visitantes7. Origem geográfica8. Fontes de tráfego9. Páginas mais visitadas213456798
  • 18. ALERTAS INTELIGENTESConfigurar sensibilidade paraidentificar mudançassignificativas de comportamento;Configurar alarmescustomizados a seremdisparados por e-mail.
  • 19. PANORAMA DE VISITANTESPanorama geral de comportamento dosvisitantes do site;Ponto de partida para iniciar aformulação de hipóteses;Benchmarking: caso habilitado (exigecompartilhamento de informações como Google) fornece referência dedesempenho de outros sites similares;
  • 20. ORIGEM GEOGRÁFICA
  • 21. NAVEGADORES E S.O. Informações técnicasrelevantes para avaliar aexperiência do usuário nosite: Navegadores; Profundidade de coresdo Desktop; Java Support ; Resolução; Flash;
  • 22. FONTES DE TRÁFEGO Usuário digita URL (acessodireto); Link de outro site; Busca:• Orgânica;• Paga; Link de Campanhas; Cada tipo de tráfegodemanda análises distintas;
  • 23. RELATÓRIOS DE TRÁFEGO “Buscas pagas”integradas ao Adwords,gerando maisinformações; Buscas internas (nopróprio site) sãocatalogadas em outrorelatório por não seruma fonte de tráfego;
  • 24.  O Google Analytics possui parâmetros de URL quedevem ser passados para rastreamento decampanhas que gerem tráfego ao site:COMO RASTREAR UMA CAMPANHA?Campaign Source(utm_source)Obrigatório. Use utm_source para identificar a origem (motor de busca,newsletter, site, etc).Exemplo: utm_source=googleCampaign Medium(utm_medium)Obrigatório. Use utm_medium para identificar a forma de veiculação (e-mail, twitter, banner,busca paga).Exemplo: utm_medium=cpcCampaign Term(utm_term)Usado apenas em busca paga. Use utm_term pra informar as palavraschave.Example: utm_term=temaki+de+atumCampaign Content(utm_content)Usado para diferenciar versões de anúncios, linhas criativas e testesA/B.Examples: utm_content=sashimi or utm_content=hashisCampaign Name(utm_campaign)Usado pra identificação da campanha (nome).Exemplo: utm_campaign=aniversario_1ano
  • 25. METAS Até 20 metas individuais podem serconfiguradas no Google Analytics,estas podendo também serconfiguradas em 4 grupos de 5“submetas”; Submetas podem constituir os passosnecessários para o cumprimento deuma meta maior, como a finalizaçãode um processo de compra oucadastro no site. Dependendo do tipode meta configurada é possívelinclusive desenhar um “funil deconversões”; Cada meta ou submeta pode aindareceber um valor definido pelo usuárioe é útil para cálculos de ROI,engajamento ou medição deefetividade;http://www.magnetsearchmarketing.com/images/funnel.jpg
  • 26. CONTEÚDO Principais relatórios: Páginas maisacessadas; Páginas de entrada; Páginas de saída; Palavras utilizadas parachegar a cada página; Busca interna; Eventos;
  • 27. EVENTOS Além de páginas o GA também permite monitorar eventoscustomizados. Usando “_trackEvent” é possível mapear o comportamento dousuário sem inflar os pageviews artificialmente:_trackEvent(category, action, optional_label, optional_value) ; Um exemplo de uso seria por exemplo a interação comvídeos no site: pageTracker._trackEvent(Video, „Reproduzir,„Fazendo_um_Temaki„); pageTracker._trackEvent(Video, „Pausa, „Fazendo_um_Temaki„); pageTracker._trackEvent(Video, „Para, „Fazendo_um_Temaki„,tempo_do_video); pageTracker._trackEvent(Video, „Fim,„Fazendo_um_Temaki„,tempo_do_video);
  • 28. EVENTOS Estas informações possibilitam obter um mapa decomo o usuário interage e consome conteúdo devídeo, incluindo tempo de audiência e vídeos maisassistidos; O mesmo é válido para mapear downloads eimpressão de documentos, conteúdo em Flash equaisquer atividades não relacionadas àvisualização de páginas convencionais;
  • 29. MENSURANDO RETORNO DE CAMPANHASOFFLINE Informar apenas “site offline” em publicações, TV, rádio; Inserir página de redirecionamento no site offline, com tagGA (manter diretório não indexável via “robots.txt”); Preferencialmente configurar direcionamento para site onlinejá com parâmetros de campanha citados anteriormente(utm_source=Globo&utm_medium=TV ouutm_source=Veja&utm_medium=revista); Para campanha online manter o site “oficial” da campanhaindexável por buscadores e apontado por banners, buscapaga e sites de referência;
  • 30. GOOGLE ANALYTICS EM FANPAGE DOFACEBOOK Crie uma conta no Google Analytics com a url daFanPage; Faça o download do Facebook Google AnalyticsTracker na página oficial e salve em seu servidor.Ex: www.seusite.com.br/fbanalytics;
  • 31. GOOGLE ANALYTICS EM FANPAGE DOFACEBOOK Analytics Code: código deTracking obtido nocadastramento do GoogleAnalytics; Domain on Analyticsendereço da FanPage; Page Link: nome que vaiser exibido na sua conta doAnalytics para identificar osite; Page Title: referência aotítulo da FanPage;
  • 32. GOOGLE ANALYTICS EM FANPAGE DOFACEBOOK No Facebook adicione o aplicativo Static FBML àsua página oficial; Acesse a FanPage em “Editar página > AbaAplicativos“; Acesse "editar configurações" doStatic FBML e useo código gerado pelo Facebook Google AnalyticsTracker; Acompanhe suas estatísticas através do GoogleAnalytics;
  • 33. CERTIFICAÇÃO:GOOGLE ANALYTICS INDIVIDUAL QUALIFICATION• Válida por 18 meses• Administrada eletronicamente• 70 questões de mútipla escolha (inglês)• Nota mínima: 80% de acertos• Valor: $50 USD (por tentativa)• Curso online:http://www.google.com/support/conversionuniversity/ (em inglês)• Teste: http://google.starttest.com/

×