Your SlideShare is downloading. ×
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula de revisão 2º bimestre - Análise Projeto e Programação para Web - TSI

382

Published on

Diagramas de Colaboração, Atividade, Estado, Componentes e Implantação …

Diagramas de Colaboração, Atividade, Estado, Componentes e Implantação

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
382
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ANÁLISE PROJETO EPROGRAMAÇÃO PARA WEBProfª. Maria Alice JovinskiDIAGRAMAS DE COLABORAÇÃO, ATIVIDADE, ESTADO,COMPONENTES E IMPLANTAÇÃOAULA DE REVISÃO
  • 2. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃO
  • 3. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃO Define a estrutura de como os objetos estãovinculados ; Indica quais mensagens são trocadas entre objetos Não se preocupa com a temporalidade apenas coma organização estrutural dos objetos;
  • 4. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃO Objetos: Não há linha da vida nem ativação;minha_conta: Conta
  • 5. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃO Vínculos: Um dos principais objetivos do Diagrama deColaboração é identificar os vínculos; Vínculos são ligações existentes entre os objetosenvolvidos no processo: Envio de mensagens ; Recebimento de mensagens ; Ou ambos;
  • 6. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃO Representação de vínculo: Um vínculo é representado por uma linha unindo doisobjetos; Deve existir relacionamento equivalente no Diagramade Classes;curso_1: Curso Tturma_a: Turma
  • 7. DIAGRAMA DE COLABORAÇÃOEXEMPLO:
  • 8. DIAGRAMA DE ESTADOS
  • 9. DIAGRAMA DE ESTADOS Representam o comportamento interno dasclasses; Correspondem a uma especificação de como asclasses devem ser implementadas; Constrói-se um diagrama descrevendo ocomportamento de cada classe do sistema todo oude casos de uso específicos;
  • 10. DIAGRAMA DE ESTADOS ESTADO Um momento ou situação na vida do objeto: Momento em que foi criado; Momento em que fez uma inicialização; Momento em que fez uma solicitação; Momento em que foi destruído;
  • 11. DIAGRAMA DE ESTADOS Notação UML
  • 12. DIAGRAMA DE ESTADOS Identificação dos Estados Os estados são identificados através dos valores dosatributos;
  • 13. DIAGRAMA DE ESTADOS Transição de estado Avanço de uma situação (estado) para outra; Caminhos no diagrama representam os fluxos deexecução de um objeto; Notação:Evento(argumentos) [Condição]/Ação
  • 14. DIAGRAMA DE ESTADOS Exemplo de transição de estado com condições:
  • 15. DIAGRAMA DE ESTADOS Estrutura: Sequência: fluxo de estados representados porencadeamentos de um estado e uma transição; Bifurcação: representa duas ou mais transiçõespartindo de um mesmo estado; Junção: representa duas ou mais transiçõesconduzindo a um mesmo estado; Repetição: um encadeamento cíclico de estados (loop);
  • 16. DIAGRAMA DE ESTADOS Exemplo de sequência:
  • 17. DIAGRAMA DE ESTADOS Exemplo de bifurcação/junção:
  • 18. DIAGRAMA DE ESTADOS Exemplo de repetição:
  • 19. DIAGRAMA DE ESTADOS Estado composto: Um estado constituído de um conjunto de sub-estados; Aparece em visões expandidas do diagrama deestados. Em uma visão normal, o estado composto émostrado sem seus subestados;
  • 20. DIAGRAMA DE ESTADOS Exemplo de estado composto:
  • 21. DIAGRAMA DE ESTADOS Concorrência Representa dois ou mais encadeamentos de estados etransições que são percorridos simultaneamente; Representa mais de um fluxo de controle implementado atravésde threads e utilizando serviços de multitarefa oumultiprocessamento do SO; Quando um objeto alcança um estado composto, imediatamenteabre-se a concorrência alcançando-se igualmente os estadosiniciais de todas as concorrências; Após isso, o estado composto só poderá evoluir quando todasas suas concorrências tiverem alcançado seus estados finais;
  • 22. DIAGRAMA DE ESTADOS Notação de concorrência:
  • 23. DIAGRAMA DE ATIVIDADE
  • 24. DIAGRAMA DE ATIVIDADE Trata-se de um caso especial de diagrama deestado; Tudo ou a maioria dos estados é estado de ação; A maioria das transições é ativada por conclusãode ações nos estados precedentes; É útil quando se pretende descrever umcomportamento paralelo ou mostrar comointeragem comportamentos em vários casos deuso;
  • 25. DIAGRAMA DE ATIVIDADE Propósitos de aplicação: Capturar o funcionamento interno de um objeto; Capturar o trabalho (ações) que será desempenhadoquando uma operação é executada; Mostrar como um processo de negócio funciona emtermos de atores, fluxos de trabalho, organização eobjetos; Mostrar como uma instância de caso de uso podeser realizada em termos de ações e mudanças deestado de objetos; Mostrar como um conjunto de ações relacionadaspode ser executado e como afetará objetos ao redor;
  • 26. DIAGRAMA DE ATIVIDADE Permite escolher a ordem pela qual as coisas devemser feitas; Indica meramente as regras essenciais de sequênciasque necessitam ser seguidas; A sequência entre as atividades é irrelevante e podemser executadas intercalamente e em paralelo; Representa o estado de execução do método; Tem como objetivo entender o algoritmo envolvido naexecução de um método;
  • 27. DIAGRAMA DE ATIVIDADE Isso é importante para a modelagem de negócios.Os negócios têm, frequentemente, processos nãonecessariamente seqüenciais; Os diagramas de atividades também são úteis paraos programas concorrentes, uma vez que vocêpode projetar graficamente quais caminhos(threads) você tem e quando eles precisam sersincronizados;
  • 28. DIAGRAMA DE ATIVIDADE São usados para detalhar atividade interna de umobjeto; Eventos externos surgem quando o objeto está emum estado de espera; Pode haver mais de um possível evento que tire oobjeto do estado de espera, o primeiro queacontecer dispara a transição;
  • 29. DIAGRAMA DE ATIVIDADENOTAÇÃO UMLLigar MicroInicializar Jogo de MinasJogar[jogo inicializado comsucesso] [jogo com problemas]EstadoinicialEstadofinalEstado de ação oude atividade
  • 30. DIAGRAMA DE ATIVIDADECONCORRÊNCIA Os diagramas de atividade podem modelaratividades concorrentes. Para tal utiliza-se oconceito de Forks e Joins: Os Forks e os Joins devem ser estar balanceados; Um fork representa a transformação de um único fluxo decontrole em vários; Um join representa a sincronização de dois ou mais fluxos decontroles concorrentes;
  • 31. DIAGRAMA DE ATIVIDADECONCORRÊNCIA As atividades que sucedem o fork podem serrealizadas em qualquer ordem; As atividades associadas após um join só serãoiniciadas quando todas as atividades antes de umjoin forem concluídas;
  • 32. Ligar MicroInicializar Jogo de MinasDesligar computadorInicializar InternetForkJoinDIAGRAMA DE ATIVIDADENOTAÇÃO FORK E JOIN
  • 33. DIAGRAMA DE ATIVIDADEEXEMPLO:CancelarPedidoAutorizar formade pagamentoAvaliar item emestoqueRegistrarPedidoAceitar pedido[negado][ok][para cada item do pedido][em estoque][item existente em estoquee forma de pagamentoautorizada]*
  • 34. DIAGRAMAS DE IMPLEMENTAÇÃO
  • 35. DIAGRAMAS DE IMPLEMENTAÇÃO Representam a arquitetura física do sistema; Mapeam a arquitetura lógica de classes em termosde nós de processamento e comunicação e adependência entre eles; Representam o hardware (hw) e o relacionamentocom o software (sw);
  • 36. DIAGRAMAS DE IMPLEMENTAÇÃO Respondem às questões: Quais computadores e outros dispositivos de hw estãoenvolvidos e como eles estão conectados? Onde estão localizados as classes e os respectivosobjetos? Quais são as dependências entre os arquivos quecontém código? Ou seja, quando a alteração de umarquivo implica na recompilação de outros?
  • 37. DIAGRAMAS DE IMPLEMENTAÇÃO Diagrama de Componentes: mostram aspectossobre a estrutura em termos de código fonte; Diagrama de Implantação: mostram aspectossobre a estrutura em termos de tempo deexecução;
  • 38. DIAGRAMA DE COMPONENTES Um módulo de sw com identidade e interface bemdefinidas:O nome pode vir dentro, sobreou abaixo, com a sintaxe:NomedoComponente :tipodocomponente
  • 39. DIAGRAMA DE COMPONENTES Um diagrama de componentes é um gráfico decomponentes conectados por relacionamentos dedependência; Para cada modelo lógico existe um padrão quemapeia um artefato de implementação, o diagramade componentes pode ser utilizado para definir opadrão mais adequado para uma dada classe;
  • 40. DIAGRAMA DE COMPONENTESEXEMPLO:Tela de AcessoTela de InícioConexao.classBDLançamento Entidade ContaBancáriaFormaPagamentoUsuário Categoria
  • 41. DIAGRAMA DE COMPONENTESEXEMPLO:CategoriaTela.classCategoriaRN.classCategoriaVO.classCategoriaPers.classConexao.classBD
  • 42. DIAGRAMA DE IMPLANTAÇÃO Mostram a organização do hw e a ligação do swcom os dispositivos físicos (computadores eperiféricos); Trata-se de um gráfico de nós conectados porassociações de comunicação; Cada nó pode conter instâncias de componentes;
  • 43. DIAGRAMA DE IMPLANTAÇÃO Nó: Representa um recurso computacional com pelo menosmemória e capacidade de processamento; Pode-se ter uma instância desse tipo usandoNome_do_nó: Tipo_de_nó;
  • 44. DIAGRAMA DE IMPLANTAÇÃOEXEMPLO:PC 01Processador Intel Core 2 DuoE4600 2,40 GHz2GB de RAMPlaca de rede 10/100 MbpsWindows XPR$ 1000,00Conexão ParTrançadoEthernet 10/100SwitchGerenciav el3COM 3C17300A26 potas 10/100gerenciav elR$ 689,00ConexãoFibra ópticaServ idor deAplicação e bancoSGBD FirebirdSUPERSERVER 731-400Processador Quad-Core IntelXeon X3330 2,66 GHz2 GB de RAM500 GB -HD SATAFonte ATX 400 WattsR$ 2.299,00USBImpressora Hp LaserJetP105R$ 409,00
  • 45. BOA PROVA!

×