Aula de Revisão - Marketing Digital -  1º bimestre
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula de Revisão - Marketing Digital - 1º bimestre

on

  • 441 views

Aula de revisão para a disciplina de Marketing Digital da Faculdade União - 1º bimestre

Aula de revisão para a disciplina de Marketing Digital da Faculdade União - 1º bimestre

Statistics

Views

Total Views
441
Views on SlideShare
441
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
13
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula de Revisão - Marketing Digital -  1º bimestre Aula de Revisão - Marketing Digital - 1º bimestre Presentation Transcript

  • MARKETING DIGITALProfª. Maria Alice JovinskiRevisão para Prova08/04/2013 às 20h50
  • PROJETOPLANEJAMENTO DE SUA PLATAFORMA DE NEGÓCIOS ONLINE Planeje antes de montar qualquer negócio “montei um site e ele não se reverte em vendas” “o webdeveloper sumiu e não consigo administrar meu site” “a empresa que contratei fechou e não terminou meu site” “estou esperando a um ano o término de meu site e ainda não tenhoprevisão” “não tenho tráfego”
  • PROJETO Verifique as credenciais do fornecedor dodesenvolvimento; Acompanhe o desenvolvimento do layout,funcionalidades e escolha de tecnologias; Imagem de credibilidade e diferenciação;
  • PROJETO Entenda seu negócio: (de seus concorrentes também) Competências específicas; Sazonalidades; Proposta de valor; Processo de vendas online  offfline; Vantagem competitiva;
  • PROJETO Exemplo de vantagem competitiva:Produto Suplemento alimentaresPerfil doEmpreendedorNutricionistas na faixa de 50anos.Fisioculturista e irmãoprofissional demarketing na faixa de20 anos.Programador,designer e jornalistafrquentadores eacademia na faixa de20 anos.Foco Preocupação com a saúde. Forma física.Aliança da web 2.0com cuidados com ocorpo.VantagemCompetitivaEstabilidade financeiraContratação e bonsprofissionais.Gastos reduzidos commarketing.Equipe multidisciplinarMarca nas redessociais
  • PROJETO Fatores chave de sucesso (3 a 5) Tráfego qualificado: aumento do público-alvo; Credibilidade: aumento da taxa de conversão dopúblico-alvo em cliente; Fatores específicos: tempo de entrega, qualidade doproduto, gerar leads, velocidade no acesso,usabilidade;
  • PROJETO O que você vende? Identificação das necessidades e desejos; Exemplo:Produto Entrega de valorLanche do Mc Tempo e comodidadeHospedagem em hotel fazenda Lazer, descanso ,tempo com osfilhos, com o cônjugueFlores online Estar presente em qualque lugar emomento
  • PROJETO Roteiro para o planejamento: Checklist por página/site para desenvolver umaplataforma interativa de negócios; Foco em tráfego e conversão;
  • PROJETO Planejamento visando geração de tráfego (SEO) Quais as suas palavras-chaves principais? Qual a posição do site para cada palavra-chave noGoogle? Qual a estrutura de banco de dados para armazenar osdados de e-mail e contatos? Qual deverá ser o tráfego mensal do site? Qual o ranking Alexa do site?(http://www.alexa.com/topsites/countries/BR)
  • PROJETO Análise de critérios para aumento de conversão Qual o público-alvo do negócio? Qual a meta do site? Quais páginas expressam tais metas? Qual a taxa de conversão média de vendas? Qual o número de leads que deverá gerar? Qual a empresa líder online do setor?
  • PROJETO Elementos da home URL A Url é funcional para o Google? A palavra-chave está na URL? MENU O menu será em HTML, Javascript ou Flash? Quais são os itens de menu? O menu poderá ser expandido no futuro? O menu está do lado esquerdo da página? O menu é dividido por seções (caso seja relevante)?
  • PROJETO Elementos da home TÍTULO Qual o título da página? O título tem menos de 70 caracteres? A palava-chave principal está no título da home? No início? METATAGS Possui metatag description? Tem menos de 160 caracteres? O description atrai a atenção do usuário para o clique? O Google lê essa metatag? As metatags description e keywords são específicas paracada página?
  • PROJETO Elementos da home ROBOT O arquivo robot está instalado e configurado corretamente nosite? USABILIDADE Está clara a apresentação da empresa? O logo está em destaque no lado superior esquerdo? As seções principais estão em destaque no conteúdo? TEXTO Há texto na home? Esse texto tem as palavras-chave principais?
  • PROJETO Elementos da home ANIMAÇÃO Temos um máximo de 5 animações? As animações possuem um tamanho adequado? FERRAMENTAS DA GOOGLE Há sitemap no site? O Google Analytics está instalado?
  • PROJETO Elementos da home LAYOUT O layout inspira credibilidade? É adequado ao público-alvo? Ébem diagramado? A página tem uma boa distribuição entre texto e imagens? Os elementos mais importantes estão em destaque? A home é funcional ou apenas de apresentação? A home é uma única página (sem pop-ups)?
  • PROJETO Elementos da home PERSUASÃO Há elementos que expressão escassez? Há elementos de autoridade (selos,certificados) queaumentem a imagem de credibilidade? Há depomentos de clientes no site? Há estatísticas que atestem a qualidade dos produtos eserviços? A home oferece algo gratuito ao usuário? A home é customizada para sazonalidades?
  • PROJETO Elementos da home SEGURANÇA Há política de privacidade, troca e devolução? Há explicação sobre prazos de entrega? O site é seguro para deixar dados pessoais e financeiros?
  • PRODUÇÃO Aplicação das informações coletadas Conhecimento além da tecnologia Grau de transformação Interação homem máquina
  • PRODUÇÃO Um negócio de sucesso prima por: Conteúdo Forma Comunicação entre as partes Acessibilidade
  • PRODUÇÃO Um negócio de sucesso vai além: De ter uma idéia e montar um folder Construir uma página html Estratégia e técnica Conquistar “share of mind” e “share of time”
  • PRODUÇÃO Website Aspecto crítico de um negócio Ex: mal projetado, mensagem conflitante Ferramenta de comunicação Junção de departamentos alinhados Ex: marketing, tecnologia, usabilidade, produção de textos
  • PRODUÇÃO Marketing Estratégia de encontrabilidade Integração de agênciasOnlineSEMOffline
  • PRODUÇÃO Agência offline: marketing tradicional Agência online: hotsites promocionais, banners eplanejamento de mídia online Agência de SEM: links patrocinados e otimizaçãode sites
  • PRODUÇÃO Conteúdo Internet oferece informação, comunicação eentretenimento, não entregue menos que isso aousuário Atinja o emocional e o aprendizado Converse com o usuário através da empresa
  • PRODUÇÃO Os sites com maior tempo de retenção de usuários– e fixação de marca – são os que trazemconteúdo rico e relevante Formas de gerar conteúdo Jornalistas e assessores de empresa SEU USUÁRIO – conteúdo colaborativo
  • PRODUÇÃO O site deve ter ser integrado com: Marketing: quanto às palavras-chaves Tecnologia: conteúdo dinâmico, uso de CMS (ContentManagement System) Design: leitura agradável, tamanhos variáveis de fonte,colunas curtas O conteúdo online vai além de textos convincentes,ele atua nos mecanismos de buscas e deve linkar ainformação ao usuário, gerando uma reação
  • PRODUÇÃO Uso consciente da tecnologia Ferramenta de apoio ao marketing que transformao planejamento em realidadeSiteTecnologiaUsabilidadeEncontrabilidade
  • PRODUÇÃO Design Adequar o site ao consumidor Simplificar Exemplo formulário dividido em 4 etapas Informar documentos que serão utilizados Indicação de percurso Navegação intuitiva Campos obrigatórios Navegação entre campos, autotab Indica preenchimento incorreto Feedback de envio
  • PRODUÇÃO Indica onde o usuário está e para onde deve ir Deve proporcionar uma experiência agradável aousuário que visita a marcaBeleza Funcionalidade Credibilidade
  • PRODUÇÃO Design alinhado com a publicação Mais difícil ler no monitor do que no papel Design é comunicação, a beleza atrai (temporal) eo conteúdo retêm
  • SEM (SEARCH ENGINE MACHINE) Técnicas aplicadas à encontrabilidade do site; Divide-se em: Links pagos/patrocinados; SEO (Search Engine Optimization);
  • LINKS PAGOS/PATROCINADOS
  • LINKS PAGOS/PATROCINADOS Conhecidos também por listas pagas, complementam aestratégia de otimização para busca em que não é possívelcomprar posições ou palavras-chave. Identificar os links patrocinados é muito fácil. Na busca orgânica,eles aparecem na página de resultados do lado direito com umacor de fundo diferente da página. Algumas vezes aparecem notopo de resultado, mas com cor de fundo diferente também. János sites que vendem publicidade, eles vêem com um textoinformando que é publicidade, como “anúncios Google”. A maior vantagem dos links patrocinados é a relevância, pois oslinks que aparecem dependem da palavra-chave procurada oudo texto da página em que a publicidade é mostrada. Outravantagem é que mesmo que o seu site não retorne no resultadode uma busca de determinada palavra-chave, você podecomprá-la e expor o seu site aos clientes em potencial.
  • LINKS PAGOS/PATROCINADOS Os links patrocinados são cobrados no sistema Pay Per Click (PPC).Somente quando alguém clica no link é que o anunciante é cobrado. Oposicionamento dos links patrocinados é definido no sistema de leilão.Quem paga mais aparece na frente. Mas não é só isto que define aposição. Se um anúncio tiver mais cliques que o outro, o sistemaentende que ele possui maior relevância para o usuário. Com isto eleganha maior visibilidade e melhor posição. A principal fonte de renda dossites de busca vem dos links patrocinados. Os principais serviços brasileiros de links patrocinados são GoogleAdwords, Yahoo! Search Marketing, o UOL Links Patrocinados, O mais famoso sistema de links patrocinados é o Google Adwords. Eleinclui a busca orgânica e a publicidade em sites. O sistema depublicidade em sites dele é o Google AdSense. As campanhas de links patrocinados envolvem a compra de palavras-chave, criação de anúncios, também conhecidos como criativos, e asegmentação.
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Técnicas aplicadas em potencializar e melhorar oposicionamento do site nas buscas orgânicas O termo SEO foi usado pela primeira vez pelaempresa Multimedia Marketing Group (MMG), deJohn Audette, onde o objetivo era realizar métodosque fizessem com que um site conseguisse umposicionamento nos resultados de busca melhor doque os concorrentes.
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Vantagens: Aumento de tráfego no site; Aumento na taxa de conversão e no ROI; Referência da marca na web; Deve ter: Briefing Planejamento Execução Relatórios
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Fatores intra site (On-Page) Títulos das páginas Meta tags Heading tags Atributo alt em imagens Domínio URL do arquivo Conteúdo
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Títulos das Páginas Title tag é o atributo mais importante para um bom rankeamentono Google; Mude o nome das páginas de acordo com seu conteúdo; Não ultrapasse 60~70 caracteres; Use palavras-chave contextualizadas ou frases relevantes; Deixe a frase separada do resto do título. Ex: “Marketing Digital | SEO(Search Engine Optimization)”; Siga sua oferta e procura: informe o que está sendo oferecido na página.Ex: “Marketing Digital | Download Aula 06” Mantenha um padrão; Use o Título dentro da página;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Meta Tags Indispensáveis: Title tag (<title></title>); Meta description; Meta keywords; Criar meta tags únicas, criativas e que seu conteúdo seja dedicado(intimamente ligado) ao conteúdo da página em questão; Gerar meta tags automáticas; Deve atender a avaliação das pessoas e dos buscadores: Para uma pessoa, a meta tag precisa ser chamativa, interessante, informativa,curiosa e com um toque de call-for-action. Para um buscador, a meta tag precisa de uma dose de palavras-chave para queo algoritmo da ferramenta de busca classifique bem a página.
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Meta Tags Quantidade de caracteres: cada meta informaçãodeve ter até 160 caracteres e ainda passar o recadosobre o conteúdo da página utilizando os termosimportantes para a página; Encontrar o ponto de equilíbrio: sem palavras-chaverepetidas; Contador de caracteres: Word, Notepad,http://www.contadordecaracteres.org/br/
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Heading Tags As tags heading (h1 – h6) foram criadas com o intuito de marcar pontos em destaque no seuconteúdo, mas nem sempre elas são usadas de forma adequada para fornecer ao usuário uma boaexperiência na leitura. Os mecanismos de busca definiram que as tags heading possuem um grau de importância norankeamento, obedecendo a mesma filosofia que nós usamos, na leitura dos subtítulos de um textopor exemplo. A tag <h1> deve um resumo do que o usuário vai encontrar no texto; A tag <h2> deve abordar um conteúdo sub-seqüente do conteúdo da página; As demais tags obedecem a mesma filosofia. É importante fixar que cada página deve conter um, e apenas um <h1> e também temos que lembrarque o Webmaster não pode de maneira alguma quebrar a hierarquia de “heading tags”, ou seja,depois de um <h1> implementa-se um <h2> e assim por diante, como no exemplo abaixo: H1 H2 H2 H3 H4 H4 H3 H2
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Atributo alt em imagens Tag “alt” O atributo alt é utilizado para facilitar a leitura de imagens em sites pelo Google,sendo, assim, de vital importância para o rankeamento de seu site no Google Images.A função principal desta tag é fornecer uma descrição alternativa para a imagem efunciona, também, como texto âncora quando a imagem é usada como link; O alt text é exibido pelos browsers quando eles por algum motivo não mostram asimagens de determinados sites, ou enquanto estas imagens são carregadas ou, atémesmo, por não estarem mais disponíveis, sendo mostrado o texto na tela no lugar detais imagens desativadas; Além disso, a tag alt também é utilizada pelos bots do Google que juntamente com atag title interpreta melhor o significado da imagem e sua relação com a página emquestão. Como esse texto alternativo serve para representar uma imagem; Um ponto que muitos usuários confundem quando se trata da tag “alt”, é atribui-lacomo a responsável pela exibição do hint ou tooltip (pequena janela geralmente defundo amarelo que aparece quando se passa o mouse por cima de uma imagemmostrando algum tipo de descrição da mesma). A tag alt é obrigatória para o uso de imagens de quaisquer naturezas e não deve serutilizada como spam de palavras-chave;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Atributo alt em imagens Tag “longdesc” Utilizada para descrições mais extensas; O atributo longdesc fornece ao usuário um campo onde éinserido um link para uma URL com uma descrição maiscompleta e relevante da imagem; Tag “title” Complementa para a tag alt, exibe o hint da imagem e nãopossui limite de caracteres;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Atributo alt em imagens Indexação x Robots.txt Analise seu robots.txt e confira se os bots estão chegando atésuas imagens e se o mesmo não impede de alguma forma aindexação de cada uma delas; O bot de imagens tem esse comportamento devido ao própriofato de imagens não serem atualizadas com tanta frequência,logo, não faz sentido ficar solicitando todas imagens do site acada visita;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Atributo alt em imagens Nome da imagem - dê nomes significativos para suasimagens; Evite cópias - produza suas próprias imagens; Acesso: tenha cuidado com os acessos diretos nosdiretórios de imagens; Formatos e qualidade padrão - jpg, gif, bmp e png,pense na qualidade mas também no tempo decarregamento da página;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Domínio Domínio adequado - da mesma maneira que a url deum post deve descrever o conteúdo do mesmo, odomínio principal deve descrever de maneira sucinta oconteúdo do site – se isso é bom para seus usuários,para as search engines essa afirmação também éválida. Para tanto, utilizar uma keyword, seu sinônimoou até mesmo uma long-tail é essencial; Domínio indisponível - domínios com correspondênciaexata com palavras-chave e pesquisas geralmente nãosão tão fáceis de encontrar, pois a probabilidade de játerem um dono é grande;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) URL do Arquivo Descrição do Conteúdo - quando se olha para a barra deendereços do navegador e se consegue saber qual o conteúdoda página, antes mesmo de carregar esse conteúdo; Use URLs Curtas - quanto mais curta a URL, mais fácil serálembrá-la, copiá-la, passar adiante, usá-la de todas as formaspossíveis, facilitando sua divulgação; URLs Estáticas - alguns motores de busca tratam URLsestáticas e dinâmicas, o que já é motivo suficiente para se tereste cuidado, mas vale ainda citar que URLs estáticas são maismemoráveis; URLs com palavras no lugar de números - palavrasdescrevem muito melhor um conteúdo do que números. Atentepara os nomes dos diretórios devido a encontrabilidade emanutenção;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) URL do Arquivo Evite Subdomínios – vai em sentido contrário da premissade URLs curtas e pode ficar complexo para o usuário; Pastas – evite subpastas, isso melhora a navegabilidade eleitura dos motores; Frases na URL – dê preferência a separar a frase por hífen(-); Padronização – estabeleça um padrão de URL; Maiúsculas e Minúsculas – use apenas letra minúsculas;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Conteúdo Parte da otimização de um site está ligada a maneira como você escrevee dispõe as informações nas páginas do seu site. E isso, porconsequência, está ligado à usabilidade do site, que trata de deixar umsite amigável aos olhos de qualquer pessoa, trata de deixá-lo fácil deentender; Dicas de Como Escrever na Web Título da página claro e destacado; Valorizar os 2 primeiros parágrafos; Evite parágrafos introdutórios enrolados; Escreva parágrafos curtos envoltos por espaço vazio (espaço entre osparágrafos); Use imagens bem feitas e elucidativas; Use listas para destacar pontos importantes; Use subtítulos para especializar o conteúdo; Use efeitos de texto (negrito e itálico); Cite referências e faça outros links; Utilize a gramática corretamente;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Fatores extra site (Off-Page) Número de links externos Qualidade dos links externos Texto âncora dos links externos Idade de um domínio
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Número de links externos Dentre as técnicas de SEO, o Link Building é a principal parase ganhar reputação, reconhecimento dentro do nicho demercado que você trabalha; Participação em sua comunidade: se existem blogs quetratam do mesmo assunto que seu negócio, comente,pergunte, elogie, sem fazer propaganda explícita e somentecomentários relevantes; Parcerias e boa vizinhança: ganhe espaço em sites e blogsdo mesmo ramo, contudo, seja cuidadoso, pois a Googlepune o link farm, pois identifica que é uma mera troca delinks e manipulação dos resultados da busca;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Número de links externos Como Ganhar Links e Reputação Conteúdo relevante: se você quer que o seu conteúdo ganhelinks, ele obrigatoriamente tem que ser interessante, criativo,possuir algum diferencial e a tática é cobrir alguma área queesteja faltando informação; Anunciar o conteúdo: você deve identificar o público queprecisa da informação e avisá-los que a informação existe eque está no seu site; Conteúdo Relacionado: consiga links de sites com conteúdorelacionado ao seu;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Qualidade dos links externos Link Building é o conjunto de técnicas de SEO e otimização desites responsável pela arquitetura interna de links de um site e pelaconquista de links externos, que são tão importantes quanto os linksinternos; Os objetivos de conseguir links com uma campanha de Link Building são,não só conseguir links para aumentar o Page Rank e conquistarum melhor posicionamento do site nas buscas, como tambémconseguir aumentar as visitas do site; Mapear seu site: redescobrir cada página existente e qual o assuntotratado em cada página para que sejam definidas as keywords que cadapágina deve focar e, por consequência, o texto âncora que deve serusado para linkar para cada página; Semântica dos links; Otimização de URL;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Texto âncora dos links externos Link: um voto com uma descrição sobre o que a páginatrata, qual assunto aborda, o que o usuário vaiencontrar depois de um clique; Divide-se em URL Linkada e texto descritivo; Texto descritivo: é chamado também de texto âncorae esta descrição é quem faz um site posicionar-se bempara uma determinada palavra-chave, sendo que apágina em si (ou domínio) sequer possui informaçãosobre determinada palavra-chave;
  • SEO (SEARCH ENGINE OPTIMIZATION) Idade de um domínio Quanto mais antigo, melhor, pois atualmente a criação de domínios émuito maior e estamos cercados de domínios com conteúdoduplicado, spam, páginas com vírus e voltadas a propaganda extensiva.Existem ainda, aqueles que criam domínios e aplicam técnicas de blackhat para conseguir um maior desempenho em pouco tempo. Compra de domínio: atente para os aspectos: Quando ele foi registrado? O domínio teve o seu registrar trocado? Ele está no archive.org? Está listado no DMOZ? Qual era o conteúdo disponibilizado antigamente Está banido do Google(apresenta resultados no buscador)? Se todas as respostas forem boas, este é um domínio interessante a seradquirido! Domínios Expirados: são aqueles que passam do prazo pararenovação e tem seu o PageRank zerado;
  • ALGORITMO GOOGLE A característica mais importante do algoritmo doGoogle é o sistema PageRank, um processoautomatizado patenteado que determina em queposição cada resultado de busca surge na páginade retorno do serviço de buscas do Google; A maioria dos usuários tende a se concentrar nosprimeiros resultados, de modo que obter umaposição no topo da lista quer dizer mais tráfego;
  • ALGORITMO GOOGLE Como o Google determina a posição dos resultados de busca? O PageRank assina uma posição ou nota a cada resultado de busca.Quanto maior a nota, mais alta sua posição na lista de resultados; As notas são determinadas, em parte, pelo número de outras páginas deWeb com links para a página visada. Cada link é contado como um votopara a página. A lógica que justifica esse método é que páginas comconteúdo de qualidade atrairão mais links que páginas medíocres; Nem todos os votos tem o mesmo valor. Os votos de páginas de altapopularidade na Web contam mais do que os votos de sites de baixapopularidade. Não se pode melhorar a posição de uma página nosretornos de busca simplesmente criando uma série de sites vazioscontendo apenas links para essa página; Quanto mais links uma página de Web oferece, mais diluído seu poderde votação. Em outras palavras, se uma página de alta popularidadeoferece links para centenas de outras páginas, cada voto individual nãocontará tanto quanto o faria se a página oferecesse links para apenasalguns poucos sites;
  • ALGORITMO GOOGLE Outros fatores que podem afetar a nota incluem o tempo deoperação do site, a força de seu nome de domínio, onde ecomo os termos de busca surgem no site, e a idade dos linksque conduzem ao site e dele a outras páginas. O Googletende a conferir valor maior a sites de maior durabilidade; A estratégia do Google funciona bem. Ao se concentrar noslinks que conduzem a uma página ou nos links que essapágina oferece para outros sites, o serviço de buscaconsegue organizar resultados de maneira útil. Embora hajaalguns truques que os webmasters podem utilizar paramelhorar a posição de seus sites nos retornos do Google, amelhor maneira de obter uma posição forte é oferecerconteúdo consistente e de alta qualidade, que incentiveoutras pessoas a instalar links para o site em suas páginas;
  • GOOGLE PENGUIM Penguin é uma atualização para o algoritmo doGoogle que foi lançado com a intenção depenalizar o excesso de otimização (spam) e sitesque não são desenvolvidos pensando no usuário; Reforça que os sites devem proporcionar conteúdorelevante, de alta qualidade junto de uma boaapresentação e navegabilidade ao usuário;
  • GOOGLE PENGUIMPLANO DE AÇÃO IMEDIATA Verifique suas análises para avaliar os danos: se você foiatingido por Penguin ou outra atualização do Google, comecepor verificar os seus relatórios de análise da web. Um relatóriode tráfego simples de 30 dias deve dizer-lhe quando foramatingidas e a quantidade de visitas que você perdeu; Verifique sua palavra-chave de referência no relatório(orgânico): depois de saber que você perdeu o tráfego doGoogle, então uma palavra-chave relatório referente pode ajudara identificar quais palavras-chave perdeu o tráfego. Mais umavez, um relatório de 30 dias pode pintar um retrato exato; Verifique o Google Webmaster Central: provavelmente, vocêreceberá uma mensagem em sua conta webmaster do Google,se seu site foi afetado. Você também pode enviar mensagens despam do Google na web equipe se você acha que seu site foiinjustamente punido;
  • GOOGLE PENGUIMPLANO DE LONGO PRAZO Executar redirecionar ferramentas para ver se está tudo bem: executar por meio destaferramenta para ver se algum estrago foi causado inadvertidamente pordesenvolvedores. Usando ferramentas como o Pingdom ou webconfs podem ajudar; Em toda a empresa faça orientações e treinamentos: você precisa criar diretrizes de SEOem toda a empresa de SEO em torno das melhores práticas de SEO, a saber: otimização on-page e o equilíbrio certo de palavras-chave na cópia do anúncio (para ficar longe de aparecerspammy). A outra iniciativa é treinar os funcionários em nuances de SEO, mas também criarum estudo de caso de empresas que foi atropelado por recentes atualizações do Google; Previsão financeira de sua queda: Se você foi atropelado por todas as atualizações doGoogle, então você precisa para criar uma previsão financeira de quanta receita você perdeudevido a essa atualização. Use isso como um estudo de caso financeiro para alertar todos emsua organização sobre o porquê eles devem tomar todas as orientações de SEO muito asério. Uma forma é levar os seus dados de tráfego perdidos, palavras-chave que foiatropelado, as receitas perdidas em um nível palavra-chave, e perda de receita total com baseem conversões perdidas se é tempo de vida de valor (LTV), custo por aquisição (CPA), ouqualquer outra métrica financeira que você usar em sua organização; Direções claras para TI / Desenvolvedores: todos nós sabemos disso, mas osdesenvolvedores necessitam de orientações claras sobre o que é recomendado para melhorespráticas de SEO;
  • GOOGLE PENGUIMPLANO DE LONGO PRAZO Palavras-chave de nível de página: Os usuários querem ler conteúdo,quando uma única palavra é repetida 10 vezes em quatro linhas de textoo texto se torna desinteressante. Você precisa prestar muita atenção aoconteúdo que está sendo produzido. Uma das melhores práticas éfornecer escritores com o tema do conteúdo e não proporcionar-lhespalavras-chave para começar. Desta forma, seu talento de escritanatural pode fluir para o tema do conteúdo. Palavras-chave devem fluirautomaticamente uma vez que será o conteúdo, tópico focalizado; Monitoramento Link: Mantenha um olhar atento sobre as ligações deentrada que você está adquirindo. Muitas vezes você vai naturalmenteganhar links através da variedade de fontes. Certifique-se de que vocêestá verificando seus links de entrada e seu perfil de ligação global;
  • GOOGLE PENGUIMPLANO DE LONGO PRAZO Diretrizes On-Page SEO: Este é um must-have documento e deveincluir todas as páginas on-melhores práticas, como título, meta, URLconvenção de nomenclatura, ALT tag, tags nível H, ligação interna , e asmelhores práticas de direitos autorais, entre outros; Trabalhar em estreita colaboração com o seu conteúdo e equipe decópia: Certifique-se que não exagere, em nenhuma circunstância devesua página ser recheado com palavras-chave. Dica: usar uma palavra-chave não mais que três vezes em uma página; Trabalhar ainda mais estreitamente com a sua agência ouconsultor: Pergunte o tipo certo de perguntas. Vá além de umachamada de status semanal aonde você vai sobre o desempenho SEOe pedir informações sobre seu perfil de ligação, benchmarks dedesempenho do site, o mapeamento palavra-chave, e assim pordiante. Sua tarefa é trabalhar muito estreitamente com a sua agência etem pleno conhecimento e transparência do trabalho que estão fazendo;