Dossiê+pr

1,881 views

Published on

Quer consultoria de verdade?Ligue (31) 8201-4760 - Paulo Henrique - visite nosso site:
www.comprenaplanta.net

Published in: Real Estate
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,881
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
88
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Dossiê+pr

  1. 1. 1
  2. 2. SUMÁRIO 8. PARQUE RESIDENCIAL GRANVILLE ................................................. 40 8.1. Residencial 1 ...................................................................................... 401. APRESENTAÇÃO ..................................................................................... 03 8.2. Residencial 2 ...................................................................................... 41 8.3. Residencial 3 ...................................................................................... 422. OBJETIVO ................................................................................................. 05 8.4. Residencial 4 ...................................................................................... 42 8.5. Áreas de Lazer e Turismo .................................................................. 433. LOCALIZAÇÃO ........................................................................................ 06 8.5.1. Clube Rural – Hotel Fazenda ................................................... 43 8.5.2. Centro de Convivência p/ Terceira Idade4. CONCEPÇÃO ............................................................................................ 17 Parque Changrilá ..................................................................... 43 8.6. Campo de Golfe ................................................................................. 435. ORGANIZAÇÃO ESPACIAL ................................................................... 18 9. PARQUE ESPORTIVO ............................................................................. 466. PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA –EVERTECH ....................... 21 9.1. Estádio Múltiplo Uso ......................................................................... 46 6.1. Centro Educacional Professor Arnaldo Carneiro Vianna ................... 25 9.2. Shopping Center................................................................................. 47 6.1.1. Faculdade de Pedro Leopoldo .................................................. 25 9.3. Parque de Diversões Temático........................................................... 47 6.1.2. Faculdade de Ciências Agrárias ............................................... 25 9.4. Conjunto Comercial e de Serviços ..................................................... 47 6.1.3. Faculdade de Ciências Biológicas ............................................ 25 6.1.4. Escola de Ensino Empresarial .................................................. 25 10. CONCLUSÃO............................................................................................ 53 6.1.5. Escola de Ensino Profissionalizante ......................................... 25 6.1.6. Escola de Nível Fundamental................................................... 25 11. FASE 2 ....................................................................................................... 53 6.2. Centro Empresarial Gerson Dias ........................................................ 30 6.2.1. Núcleo Central.......................................................................... 30 12. EQUIPE DE TRABALHO ......................................................................... 53 6.2.1.1. Sociedade Gestora do Parque ......................................... 30 6.2.1.2. Centro de Congresso ...................................................... 30 13. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ....................................................... 55 6.2.1.3. Infraestrutura .................................................................. 30 6.2.1.4. Centro de Inovação Empresarial .................................... 30 6.2.1.4.1. Incubadora de empresas de base tecnológica ....... 30 6.2.1.4.2. Espaços em edifícios para PME´s ........................ 30 6.2.2. Lotes ......................................................................................... 31 6.2.3. Hotel......................................................................................... 31 6.2.4. Sistema de Controle e segurança.............................................. 31 6.2.5. Estacionamento ........................................................................ 31 6.2.6. Áreas Verdes e Equipamentos Urbano/Comunitários .............. 327. PARQUE DE NEGÓCIOS JUVENTINO DINAS ..................................... 34 7.1. Centro Internacional de Convenções e Exposições ............................ 35 7.2. Centro de Comércio Exterior.............................................................. 36 7.3. Central de Cargas Theotônio Batista Freitas ...................................... 37 7.4. Condomínio Industrial........................................................................ 38 2
  3. 3. 1- APRESENTAÇÃO É muito importante, portanto, a compreensão disto tudo, da forma que as pessoas que lá hoje vivem, a fim de implantarmos o nosso projeto, dentro desse A cidade inteligente estilo de vida. Aliado a isto, toda a tecnologia limpa que o mundo moderno coloca A cidade dos sonhos à nossa disposição, aqui exemplificada pelo Aeroporto Internacional Tancredo A cidade do futuro Neves. Com a pretensão de convergir esforços e não desviar destas diretrizes, O Precon Park estabelecemos uma filosofia de trabalho que permanentemente guiará este empreendimento.O EMPREENDIMENTO A ESTRATÉGIA Em ponto privilegiado da região metropolitana de Belo Horizonte, próximoaos municípios de Lagoa Santa, Confins e Pedro Leopoldo, vizinho ao Aeroporto Quando concebemos o negócio, não tínhamos o conhecimento do projetoInternacional Tancredo Neves, nascerão duas “cidades” com áreas aproximadas de Cresce Minas. Constatamos que a idéia inicial de ter em nosso projeto um Parque11.000.000m2 (fases 1 e 2), que oferecerão aos investidores, usuários e moradores de Ciência e Tecnologia coincidia, em parte, com o projeto dos *Clusters douma oportunidade de trabalhar e viver num espaço com enorme potencial Cresce Minas.cooperativo, atingindo crescimento e capacidade competitiva superior à de umatradicional aglomeração urbano-econômica. Clusters: “A number of things of the same kind growing or being close together in a group.”O AMBIENTE Ex: a cluster of bees. Longmam Dictionary - pag. 185 Essa integração entre pessoas, instituições e empresas gerará competência “ Um número de coisas da mesma espécie,para a competitividade global e melhor qualidade de vida. perseguindo crescimento, juntas em um grupo.”Estas condições reunidas constituirão um ambiente propício a inovação, Ex: uma colméia de abelhas.criatividade e formação dos jovens. O Precon Park reunirá todas essaspossibilidades, num mesmo espaço, englobando educação, saúde, moradia, lazer e No Precon Park:dotado com toda infra-estrutura de uma cidade do futuro; uma autênticaTechnopolis. Pessoas com interesses e características comuns perseguindo uma melhor qualidadeA COMUNIDADE de vida, juntas dentro de uma mesma comunidade. Nosso objetivo, também nosso desafio é dar um formato de crescimento aestas “cidades”, nas mesmas bases existentes hoje em Lagoa Santa, Confins ePedro Leopoldo, dentro do conceito eficiente e bucólico das antigas vilas,preservando e estendendo a identidade e cultura daquela comunidade. Serão criados espaços com diversificação de usos, opções para moradias,oportunidades de emprego, comércio, lazer, ensino, saúde, espaços abertos,variedades de formas de deslocamento preservando o andar a pé, de bicicleta, acavalo, veículos em baixa velocidade etc. (até pouco tempo atrás Confinschamava-se Vila Confins). 3
  4. 4. 4
  5. 5. 2- OBJETIVO Dar sustentação ao empreendimento, através da geração de lucro, alcançandoremuneração justa do capital e trabalho investidos. Gerar empregos e serviços,durante e depois do projeto e construção. Considerar todos os planos e programas previstos para a região que formam asustentação do empreendimento: • Projeto Cresce Minas: projeto concebido e elaborado pela Federação dasIndústrias de Estado de Minas Gerais (FIEMG), com o objetivo de fomentar ocrescimento do Estado, capacitando investimento e reunindo talentos. • Projeto Hub: plataforma logística de comércio exterior. Projeto elaboradopelo governo do Estado de Minas Gerais, que compreende a implementação de umcentro de serviços, manuseio de carga e a localização de indústrias tecnológicas noentorno do Aeroporto Internacional Tancredo Neves. • Pró-Confins: programa de apoio ao comércio exterior, instituído pelogoverno do Estado. • Agência do Desenvolvimento do Aeroporto Internacional TancredoNeves: associação formada pelas prefeituras vizinhas ao aeroporto, Infraero einiciativa privada. • Instituto Horizontes: plano estratégico da grande BH. • BDMG: programa Minas Gerais do Século XXI • Incentivos: leis existentes. Ter em mente dizeres que incentivam: “Só o trabalho constrói riquezas.” Amador Aguiar Fundador do Banco Bradesco “Ask not what your country can do for you. Ask what you can do for your country.” “Não pergunte o que o país pode fazer por você, mas o que você pode fazer pelo seu país.” John F. Kennedy 5
  6. 6. 3- LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA E PRIVILEGIADA Leopoldo. É um órgão de administração do Governo Federal, em apoio à Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e do Abastecimento, cujas O Precon Park será implantado próximo a um dos maiores centros principais atribuições são:econômicos da América do Sul, em terreno com área de aproximadamente controle de alimentação para animais;1.100ha. Por sua proximidade, integra a região de influência do Aeroporto diagnóstico de doenças animais;Internacional Tancredo Neves (Confins), em local que , além de outras controle de alimentação humana de origem animal;qualificações, possui excelente localização para um empreendimento imobiliário. produção de reagentes; Belezas naturais, além de um entorno economicamente desenvolvido, análise de resíduos biológicos;conferem ao sítio características inigualáveis para tornar o investimento um • 20 km da EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, emnegócio do futuro. Sete Lagoas. Está vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento, cuja missão é viabilizar soluções para o desenvolvimento sustentável do agronegócioDISTÂNCIAS DE INFRA-ESTRUTURA URBANA E SÓCIO-ECONÔMICA brasileiro, por meio de geração, adaptação e transferência de conhecimento e tecnologia, em benefício da sociedade, principalmente na modernização da • 5km do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, com uma estrutura agropecuária e agroindústria, melhorando a produção, custos, etc, aliados, ainda, àaeroportuária de 15.000.000m2, 2 terminais de passageiros, 2 terminais de carga, preservação do meio ambiente.vôos cargueiros domésticos e internacionais para Miami, Nova Iorque e Alemanha(previsto); INFORMAÇÕES REGIONAIS • 25km do Aeroporto da Pampulha em Belo Horzonte - vôos regionais; • próximo ao maior pólo produtor de cimento do Brasil; • 5km (distância média) das cidades de Lagoa Santa, Confins, Pedro • região de inúmeros recursos naturais e minerais para a indústria daLeopoldo, São José da Lapa, Vespasiano e Matozinhos; construção; • 25km de Sete Lagoas, cidade sede da Iveco/Fiat; • dispõe de mão-de-obra de qualidade; • 38km de Belo Horizonte; • região com vocação para turismo de negócios, lazer rural, e também para a • 1km do entroncamento ferroviário/rodoviário: pecuária de leite; Ferrrovia Centro Atlântico • circuito das grutas da Lapinha, Baú e Lapa Vermelha, região onde foi vias de acesso rodoviário com pista dupla (MG-10 e MG-424); descoberto o maior crânio humano pelo paleontólogo dinamarquês Peter Wilhelm • 20km da estação do metrô de Venda Nova, em Belo Horizonte; Lund (1801/1880), sendo inclusive o berço da primeira mulher brasileira - Luzia, • 10km da diretriz do novo anel rodoviário de Belo Horizonte, em fase de conforme reportagem da revista Veja, ed. 1612, de 25/08/1999.projeto; • 15km do projetado Centro Administrativo do Governo do Estado de Minas DADOS TÉCNICOS -Gerais; -população da área de influência (nº de habitantes em 1996): • projeto de ligação do Aeroporto da Pampulha em Belo Horizonte, com oAeroporto Internacional Tancredo Neves, através de transporte rápido tipo VLT, MICROREGIÃOinterligação com o metrô, hoje a 15km; MUNICÍPIO Nº HABITANTES • 5km do Hospital Geral de Confins; Confins 4.267 • 15km do Hospital Geral de Venda Nova, em Belo Horizonte; Lagoa Santa 30.759 • 3km do hotel de treinamento “Confins Training Center”; Pedro Leopoldo 47.342 • 5km do LARA - Laboratório Regional de Apoio Animal, em Pedro São José da Lapa 12.201 Vespasiano 60.952 TOTAL 155.521 6
  7. 7. MACROREGIÃO - REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE MUNICÍPIO Nº HABITANTES MUNICÍPIO Nº HABITANTESBelo Horizonte 2.091.371 Mateus Leme 20.720Betim 249.451 Nova Lima 56.960Brumadinho 24.336 Pedro Leopoldo 47.342Caeté 34.869 Raposos 14.630Confins 4.267 Ribeirão das Neves 197.025Contagem 492.214 Rio Acima 7.556Esmeraldas 33.934 Sabará 100.539Ibirité 106.781 Santa Luzia 153.914Igarapé 17.903 São J. Bicas 13.160Juatuba 12.306 São José da Lapa 12.201Lagoa Santa 30.759 Sarzedo 12.577Mário Campos 7.269 Vespasiano 60.952TOTAL 3.803.036 • clima ameno: temperaturas: média máxima anual=27ºC média mínima anual= 16ºC índice pluviométrico anual: 1.200 mm altitude: 830 m • concessionárias de serviços públicos (com altos índices de confiabilidade edisponibilidade): comunicações: Telemar: rede de fibra ótica e centrais telefônicas digitais(transmissão de voz, dados e imagens em alta velocidade com abrangêncianacional e internacional) Telemig Celular TIM energia elétrica: Cemig: linha de transmissão (alta tensão=138 KV) linha de distribuição (baixa tensão=13,8 KV) água tratada: Copasa esgoto sanitário: Departamentos Municipais/Copasa (em estudo as transferências) gás: Gasmig (rede recém-inaugurada). 7
  8. 8. MAPA DO BRASIL 8
  9. 9. MAPA DE MINAS GERAIS 9
  10. 10. MAPA REGIONAL 10
  11. 11. FASES 1 E 2 11
  12. 12. VISTA AÉREA PARCIAL DO TERRENO E ACESSO DA FASE 1 12
  13. 13. VISTA AÉREA DO TERRENO 13
  14. 14. VISTA AÉREA DO SETOR NORTE 14
  15. 15. VISTA AÉREA DO SETOR SUL 15
  16. 16. VISTA DA GRUTA DA LAPA VERMELHA 16
  17. 17. 4- CONCEPÇÃO dinâmico cotidiano da cidade”. Por outro lado, ser generoso no dimensionamento dos espaços verdes, adotar Sem perder de vista as ações institucionais de planejamento que concorrem baixa densidade de construções, possibilitar o acesso por helicópteros, e obter umapara o crescimento harmônico da área metropolitana, cabe lembrar que: mescla conveniente de atividades de uso conforme. • a estratégia de planejamento é “Sonhar, pensar e planejar no macro, executar A infra-estrutura básica interna deverá ser compatibilizada com ase controlar no micro”. Integração e flexibilidade são palavras chave; disponibilidades de atendimento das respectivas concessionárias e com os • há necessidade de induzir e/ou fomentar o desenvolvimento equilibrado dos condicionantes externos e as exigências legais.municípios; No que diz respeito à arquitetura, a equipe de arquitetos priorizará a utlização • a iniciativa privada pode e deve contribuir para minimizar o descompasso de pré-fabricados nas edificações do parque, devido à sua alta resistência,entre o desenvolvimento econômico e o desenvolvimento social, gerando postos de economia, conforto, plasticidade e rapidez na construção.trabalho, preservando o meio ambiente e promovendo a melhoria da qualidade de Também estão sendo definidas as bases para alcançar unidade dos conjuntos evida da população; padrão elevado de arquitetura das edificações. • há um potencial turístico local (circuito da grutas) e um regional (RegiãoMetropolitana de Belo Horizonte, Ouro Preto, Mariana, Congonhas, São João DelRei, Serra do Cipó), entre outros. E observar ainda que: • existe disponibilidade de infra-estrutura de primeira linha instalada esubaproveitada no Aeroporto Internacional Tancredo Neves - potencialmente umaplataforma logística de comércio exterior; • o terreno do Precon Park, próximo a Lagoa Santa, de forte conteúdopromocional, é constituído de porções territoriais dos municípios de PedroLeopoldo e Confins, competitivas no mercado e atrativas para os promotores einvestidores privados; • as condições do local são propícias para otimizar a relação custo-benefíciodo empreendimento em decorrência dos baixos dispêndios em infra-estrutura,terraplenagem do sistema viário e das plataformas, abastecimentos de energiaelétrica e gás, fibra ótica, entre outros benefícios; • há possibilidade de conexão intermodal nos sistemas de transporterodoviário, ferroviário e aéreo; • a vegetação facilita a utilização do terreno com nível baixíssimo de impactonegativo na cobertura vegetal. Isso posto, e considerando a carência de espaço congênere, julga-seimportante incorporar algumas diretrizes para o estabelecimento do modelourbanístico apropriado, como encurtar as distânciashabitação/trabalho/comércio/lazer, ter um sistema viário amplo, arborizado, bemiluminado e com ciclovias, evitar tráfego de passagem dentro do complexo,sobretudo veículos pesados e criar um local para moradia que contenha asvantagens do viver no campo e morar na cidade- “a bucólica vida da fazenda com o 17
  18. 18. 5- ORGANIZAÇÃO ESPACIAL DA FASE 1 para essa via, espaços destinados ao comércio, serviços, praças e lazer, serão A proposta do empreendimento contempla o total da área disponível, responsáveis pela vitalidade da convivência dos seus usuários.apresentando diversificação no uso solo de forma compatível, buscando integração Também, da via arterial partirão as vias principais de acesso às unidades, come flexibilidade, harmonia, auto-suficiência, segurança e atração externa como articulações bem definidas e com destaque para a segurança do trânsito. As viascompromisso público de desenvolvimento da região, à luz das legislações federal, locais obedecerão às características ditadas pela legislação e às ncessidadesestadual e municipal. requeridas pelas atividades específicas de cada programa. Merece atenção e cuidados específicos o atendimento aos requisitos da As localizações das áreas institucionais, dos equipamentos urbanos,legislação ambiental, não só na elaboração dos estudos de impacto e na obtenção equipamentos comunitários, de lazer e verdes deverão seguir as diretrizesdos licenciamentos devidos, mas principalmente, por estar o terreno dentro dos municipais e estaduais. A posição de cada unidade levou em consideração oslimites da Área de Proteção Ambiental do Carste de Lagoa Santa e ser vizinho a um condicionantes internos e externos. Em especial, serão tratadas as áreas desítio de valor arqueológico. Busca-se promover o desenvolvimento com qualidade preservação permanente e as áreas verdes a serem criadas junto a outros bolsões dede vida. mata já existentes, vizinhos ao empreendimento, que contêm alto valor ambiental A rodovia que liga a Via Norte ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves se agrupados ou ampliados. Merece ainda, idêntico destaque a integração sócio-divide o terreno em duas manchas definidas como Setor Norte e Setor Sul. Neste urbana do projeto de forma que Pedro Leopoldo, Confins e Lagoa Santa sejam, deentroncamento, localizar-se-á o acesso principal através de interseção com boa imediato, distinguidas com suas repercussões positivas.capacidade e alta segurança. Outros dois acessos foram previstos, sendo o primeiro Diante do exposto, decidiu-se pela implementação de um plano deao sul, privilegiando entrada e saída independentes ao setor educacional, e o urbanização direcionado ao bem-estar e à integração social, a ser obtido com asegundo, funcionando como alternativa, contempla o Setor Norte, em local onde já mistura dos modelos de assentamentos e a miscigenação de usos, sem ferir aexiste uma rotatória que será alvo de melhorias técnicas. estética urbana. Prevê-se: A interseção principal se incumbirá da distribuição do tráfego para os • Parque de Ciência e Tecnologia - EVERTECH PARKconjuntos através da alameda Norte-Sul, via arterial de importância substantiva para • Parque de Negócios JUVENTINO DIASa circulação de pessoas e veículos. • Parque Residencial GRANVILLE Assim, cada unidade terá seus limites bem definidos, todas, no entanto, • Parque Esportivointerligadas com um só agente, a alameda Norte-Sul, que será também a principal O desenvolvimento desse plano de urbanização abrangerá aspectos técnicos,referência do sítio, atendendo à necessidade humana de se orientar. políticos, econômicos, financeiros, ambientais, etc. e envolverá empreendedores, A cidade de Confins será acessada diretamente através da interseção principal investidores, políticos, advogados, arquitetos, engenheiros, urbanistas, geólogos,e também por via específica de interligação junto ao Residencial e Clube hidrólogos, ambientalistas, construtores, entre outros.Reacreativo Urbano. Será criada uma área de transição ao longo do limite do A comunicação clara e constante entre os envolvidos é fundamental. Todos osPrecon Park com o atual contorno urbano, de forma que não haja dicotomia, mas aspectos do projeto têm que ser discutidos, entendidos e respeitados. Uma equipesim continuidade e fluidez na ocupação e uso do solo entre os dois espaços. multidisciplinar de profissionais experientes deverá supervisionar o O terreno é atravessado longitudinalmente por linha de alta tensão. desenvolvimento do projeto.Aproveitando esta posição favorável, serão lançadas em suas margens, as pistas e É importante reconhecer que a administração pública tem uma perspectivaciclovias da alameda Norte-Sul, que acompanharão quase toda sua extensão. Além diferente da maioria dos empreendedores. Ela não examina apenas o projeto em si, disso, serão usados os afastamentos obrigatórios exigidos pela concessionária de mas também seus impactos nas vizinhanças e na cidade como um todo. Deve-se,energia elétrica, como canteiro central e elemento paisagístico. As pistas, passeios e portanto, estabelecer um sistema de colaboração, com troca de informações,concordâncias serão generosos em suas dimensões permitindo traçados viários sugestões de melhorias, enfim, oferecer soluções que atendam aos interesses dalocais que concorrerão para a circulação de veículos com segurança. Com frente comunidade. 18
  19. 19. Para maior entendimento do plano de urbanização, apresenta-se o Master Plane os formatos de cada setor e seus componentes, contendo sugestões de programasde modo a identificar melhor as pretensões. Naturalmente, para consistência, odetalhamento específico de cada unidade sócio-econômica far-se-á necessário emestágio futuro de desenvolvimento dos projetos, compreendendo acréscimos,adaptações e , até mesmo, modificações. Tratam-se ainda, de estudos flexíveis que ao longo do tempo poderão sofreralterações especiais. 19
  20. 20. NESTA PÁGINA ENTRA IMAGEM DWG 20
  21. 21. 6- PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAINTRODUÇÃO Segundo o projeto Cresce Minas, o novo século está sendo desenhado tendo atecnologia como força motriz de desenvolvimento da sociedade. Mais tempo para olazer, uma melhor qualidade de vida. Para o sociólogo, escritor e professor Domenico De Masi, um especialista emtransformação no mercado de trabalho, novas relações estão surgindo quando seinter-relacionam idéias, informações, serviços e bens materiais: “Quando conseguimos realizar atividades intelectuais em que trabalhamos,divertimos e estudamos, atingimos o bem-estar material e espiritual econseqüentemente, se procura mais qualidade de vida.” Em conjugação com a universidade, aqui serão exercidas atividades intensivasem saber, com qualidade e apoio tecnológico ao tecido empresarial, apoio àinovação através da promoção de processos de transferência de tecnologia,fundadas no triângulo estratégico: universidade, instituição de pesquisa edesenvolvimento (P&D) e empresas de base tecnológica. Segundo a professora Adelaide Maria Coelho Baêta: “O reconhecimento, por parte do setor produtivo, de que as universidades sãogeradoras de conhecimentos e informações essenciais à inovação tecnológica, temse intensificado a partir de meados dos anos oitenta. Essa postura vem estimulandoa criação de um número cada vez maior de pequenas e microempresas, paradesenvolver novos produtos e processos utilizando tecnologias mais avançadas,mediante parques e incubadoras tecnológicas.” Pode-se inferir que se trata de empreendedores da área de alta tecnologiatrabalhando juntos com o objetivo de alcançar a excelência. Da mesma forma, quando o assunto é qualificação profissional oudesenvolvimento de pesquisas em conjunto, as empresas de base tecnológicadeixam de ser concorrentes e adotam uma nova postura: união para investir emconhecimento, inovação, pesquisa, ciência e tecnologia, através de recursoshumanos, interagindo para competir no mercado global. Os ganhos para os empresários são significativos: 21
  22. 22. • competitividade a baixo custo e com qualidade; geralmente oriundos de pesquisa científica, cujo projeto implica inovações. Tais • integração de mão-de-obra especializada com o mercado de produtos; organizações oferecem espaço e serviços subsidiados que favorecem o • fortalecimento da economia local; empresariamento e o desenvolvimento de produtos ou processos de alto conteúdo • geração de empregos e serviços; científico tecnológico nas áreas de Informática, Biotecnologia, Química Fina, • vitalidade para os empreendimentos; Novos Materiais, Mecânica de Precisão, etc.” • consultorias a baixos custos; Como estratégias econômica, de planejamento e de marketing, reporta-se ao • acesso a laboratórios, equipamentos e pesquisa garantindo inovação Projeto Cresce Minas quando cita: “ o desenvolvimento estadual poderá serpermanente; impulsionado com eficiência, a partir da adoção do modelo de cluster de • fortalecimento do empreendimento; desenvolvimento” e considera-se cluster como “ um conjunto de empresas e • surgimento de empresas inovadoras e competitivas. entidades que interagem em um espaço geográfico definido, gerando e capturando sinergias, com potencial para atingir crescimento competitivo contínuo superior ao Sabe-se que a proximidade física entre os prédios das instituições de ensino, de uma simples aglomeração econômica”.dos centros de pesquisa e das empresas agilizará a troca e construção do O projeto diagnosticou a existência de clusters piloto e potenciais na região deconhecimento. Belo Horizonte, cujos ambientes poderão ser estendidos ao Precon Park. Observa- Com base nessas premissas e nas centenas de experiências mundiais de se, portanto, que a presença das instituições de ensino e empresas no Parque desucesso, o Parque de Ciência e Tecnologia será constituído por um amplo espaço Ciência e Tecnologia, do Centro Internacional de Convenções e Exposições e dofísico e múltiplos edifícios para atividades relacionadas ao ensino e à tecnologia, Centro de Comércio Exterior, integrados, reúnem condições para também comporincluindo pesquisas científicas, projetos, desenvolvimento tecnológico, elaboração aqueles ambientes prioritários e usufruir de seus benefícios.de produtos especiais e apoio de serviços técnicos. Dentro deste enfoque, as empresas previstas para o centro empresarial do Seu território será urbanizado prevendo-se vias pavimentadas, sistemas de Parque de Ciência e Tecnologia serão de pequeno e médio portes, não poluentes, dedistribuição de água, instalações anti-incêndio, esgoto sanitário, drenagem pluvial, alta tecnologia ou intensivas em conhecimento, de produtos de grande valorenergia elétrica, gás, iluminação pública e telecomunicações através de fibra ótica. agregado, com ênfase nas categorias identificadas nos clusters: Do parcelamento do solo originarão áreas úteis (lotes de 1.000 a 5.000m2) e • Tecnologia da Informaçãoáreas públicas (sistema viário, áreas verdes, áreas institucionais, equipamentos (elétrica, eletrônica, software, telecomunicação, automação e infomática)urbanos e comunitários). • Biotecnologia Como em outros exemplos congêneres, o parque se caracterizará por operar (reagentes, laboratórios, testes clínicos, diagnósticos, terapêuticos genéricosem ambiente agradável, arborizado, que prima pela beleza local, um dos atrativospara empresas não poluentes, garantindo por outro lado, a qualidade de vida da e inéditos, composição óssea, proteína animal, etc.)região. • Meio Ambiente O uso do solo definirá um espaço comum para receber as edificações da (biotecnologia ambiental, equipamentos, certificação, tecnologia deadministração, incubadoras de empresas, áreas de produção, escritórios de apoio exportação, etc.)tecnológico e logístico em edifícios multi-empresas. Os lotes restantes serão • Construção Civil e Mineraçãodestinados às empresas internas graduadas pelas incubadoras, além de outras (pesquisa, desenvolvimento e ensino, pré-fabricados, processos deexternas de natureza tecnológica. produção, laboratórios, argamassas, cerâmicas, tintas, saneamento, máquinas e A professora Adelaide Maria Coelho Baêta define que incubadoras de equipamentos, estruturas, etc.).empresas de base tecnológica: “São organizações que abrigam empreendimentos nascentes, 22
  23. 23. O PROJETO O Parque de Ciência e Tecnologia, localizado no encontro da rodovia deligação MG-424/aeroporto com alameda Norte-Sul, possui excelente visibilidade.Com área total de 852.568m2, situa-se em dois municípios: Confins (359.180m2) ePedro Leopoldo (493.358m2). Em seus limites serão implementados dois setores: • CENTRO EDUCACIONAL: ensino superior, pós graduação e formaçãoprofissional em área funcionalmente independente mas limítrofe; • CENTRO EMPRESARIAL: centro de inovação, pequenas e médiasempresas, instituição de pesquisa e desenvolvimento (P&D). 23
  24. 24. 24
  25. 25. 6.1.1- Faculdade de Pedro Leopoldo 6.1.2- Faculdade de Ciências Agrárias 6.1.3- Faculdade de Ciências Biológicas 6.1.4- Escola de Ensino Empresarial: para a formação de empresários e técnicos em nível superior 6.1.5- Escola de Ensino Profissionalizante: para a formação de técnicos de nível médio demandados por empresas de tecnologia 6.1.6- Escola de Ensino Fundamental6.1- CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ARNALDO A Faculdade de Pedro Leopoldo já se encontra em funcionamento desde 2005, CARNEIRO VIANNA1 abrigando 1.300 alunos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Direito. Também está em atividade a escola de ensino médio do Sebrae com 80 alunos e o Preliminarmente, cabe frisar que a educação é o instrumento mais forte para o Mestrado Profissional em Administração com 50 alunos.desenvolvimento das sociedades e que a universidade constitui uma fonte avançada As escolas funcionam num prédio com área construída de 6.000m2. Essede conhecimento para a formação do indivíduo e sua inserção no mercado de prédio é formado por 3 blocos de 2 pavimentos interligados por varandas, escadas etrabalho. rampas. No bloco central localizam-se a administração, os laboratórios, a cantina e Assim, busca-se, com novas diretrizes, somar conhecimento e tecnologia o xerox; e nos outros dois as salas de aula. Em todos eles foram projetados pátios eatravés de empreendimentos nas áreas de educação com o objetivo de alcançar jardins internos, criando assim um complexo harmonioso e integrado, preservando aexcelência. paisagem ambiente. Dentro deste enfoque, o centro educacional proposto se constituirá como Para garantir um bom índice de conforto térmico nas salas de aula buscou-seprincipal âncora do empreendimento e os cursos selecionados não podem ser orientar a edificação de maneira a permitir a menor incidência direta do sol . Alémcoincidentes nem conflitantes, mas sim complementares, perseguindo uma sinergia disso foram deixadas aberturas de modo a permitir a ventilação cruzada.desejada. As escolas serão mananciais de inteligência para o intercâmbio Todo o projeto foi concebido de modo a garantir o livre acesso à escola dastecnológico entre as empresas do Parque de Ciência e Tecnologia. pessoas portadoras de deficiências físicas. Para isso, foram projetadas rampas, Será localizado no setor sul, lado direito, com acesso independente pela banheiros e portas com dimensões adequadas às suas necessidades.rodovia que liga a via Norte ao aeroporto. Nota-se a intenção de dar independência O Centro Educacional, além das escolas e faculdades, contará ainda com umaos acessos do centro educacional e do centro empresarial por questão do trânsito Centro de Entretenimento, Esporte e Lazer. Nesse espaço estão projetados umde veículos e pessoas. No entanto, previu-se via de pedestre para ligação encurtando ginásio poliesportivo com capacidade para 1.500 espectadores, um shopping centerdistância e também a possibilidade de acesso direto das faculdades ao sistema viário e um anfiteatro com capacidade para 250 pessoas.do centro empresarial com o mesmo objetivo. Já a partir de 2006, o Centro de Entretenimento, Esporte e Lazer estará em Como impactos, espera-se movimentação de alunos e professores, e funcionamento.conseqüente necessidade de serviços de apoio. Por estar intimamente integrado aoconjunto do Precon Park, seus usuários desfrutarão de todaa estrutura do complexo, desde a disponibilidade de moradias até clubes, serviços,comércio e lazer privado e público, resultando na criação de novos empregos edemandas. A demanda aponta e já existem investimentos programados e realizados paraas seguintes faculdades e escolas: 1- Arnaldo Carneiro Vianna: avô materno de Milton Vianna Dias 25
  26. 26. 26
  27. 27. VISTA LATERAL DA FACULDADEPISO INTERNO ENTRE ASSALAS DE AULA. RAMPA ACESSO AO 2º PAVIMENTO 27
  28. 28. 28
  29. 29. 29
  30. 30. profissional; • Bancos: agências bancárias. No início, o atendimento poderia ser feito por postos até que o movimento recomendasse a instalação de agências que representam investimentos significativos; • Espaços comerciais e de serviços de conveniência: pequeno centro comercial com lojas, agência de viagem, farmácia, livraria, correios, papelaria, central de cópias, cabelereiro unissex, restaurantes de comidas típicas, cafés e6.2- CENTRO EMPRESARIAL GERSON DIAS2 quiosques; • Espaço desportivo: caso a demanda levantada junto aos usuários do Seu programa básico abrangerá atividades e espaços enumerados a seguir: parque se mostrar favorável, poderão existir locais com academias e praças de esporte para ginástica, musculação, piscina, tênis, squash, sauna, etc.; 6.2.1- Núcleo Central • Biblioteca física e virtual: relacionada a assuntos como gestão, estratégia empresarial, negociação, marketing, comércio internacional, finanças e Local onde os usuários do parque trocarão experiências e conhecimentos, etc.;contando com apoio técnico e logístico. Fazem parte de sua estrutura: • Espaços administrativos: central de segurança, operação e manutenção. 6.2.1.1- SOCIEDADE GESTORA DO PARQUE - 300m2 Espaço destinado a abrigar a administração do parque e seus conselhos. 6.2.1.4- CENTRO DE INOVAÇÃO EMPRESARIAL - 41.800m2 Espaço para atividades de inovação advindas de pesquisa. 6.2.1.2- CENTRO DE CONGRESSO - 2.000m2 Espaço destinado a conferências, exposições, manifestações culturais, 6.2.1.4.1- Incubadoras de empresas de base tecnológica - 2.000m2etc. Para apoiar empresas em início de atividades através de infra-estrutura Seu programa inclui: física, técnica e administrativa e por serviços especializados. Os serviços de uso • auditório de 300 lugares, com 6 cabines de tradução simultânea, comum serão disponibilizados em regime compartilhado (laboratórios, câmara fria,tecnologia avançada de som e imagem; lavagem de materiais, sala de reuniões, equipamentos, sala de treinamento, • salas de conferências e reuniões para 25, 50 e 100 pessoas para recepção, cantina, telefone, fax , energia elétrica, etc.).funcionamento simultâneo • 5 salas de reuniões para 10 pessoas; 6.2.1.4.2- Edifícios para pequenas e médias empresas-36.000m2: • área de exposições, reuniões culturais e outros eventos; Serão disponibilizados dois padrões de espaços em edificações multi- • serviços de apoio. empresas: 6.2.1.3- INFRA-ESTRUTURA DE APOIO - 1.500m2 Padrão escritórios - 22.500m2 • Centro de Telecomunicações Avançadas: responsável pelo acesso Espaços para abrigar operação ou sede de empresas de base tecnológicaaos serviços de telecomunicações de voz, dados e imagem; (software, por exemplo) ou de serviços (consultorias, escritórios, representações, • Espaço de prestígio: para receber convidados, ponto de encontro vip serviços alfandegários, registro de patentes, profissionais liberais, etc), similar ade usuários e empresários, pesquisadores e professores. Ambiente privilegiado, prédio comercial.propício ao relacionamento social, cultural e desportivo, facilitando a aproximação No local, as empresas não fabricam produtos, apenas trabalham no âmbito de inteligência do produto. 2- Gerson Dias: pai de Milton Vianna Dias 30
  31. 31. Para efeito de base inicial de discussão, estima-se para este padrão de área de terreno. Os lotes estarão em ambiente ecológico de alta qualidade, comsalas para escritórios: quantidade significativa de espaços verdes, baixa densidade de construção e onde • módulo mínimo das salas: 40m2 não serão permitidos assentamentos de quaisquer atividades produtivas utilizadoras • dimensão do bloco: 2x (60m x 20m) de tecnologias poluentes. • pavimento tipo: 2.500m2 Estão previstos a setorização das atividades, dimensionamento adequado do • número de pavimentos: 3 sistema viário, modulação dos lotes para maior flexibilidade nas cessões • área do conjunto: 7.500m2 (possibilidade da unificação de vários lotes para compor a área total desejada pela • número de blocos: 3 empresa), diversificação do porte dos lotes com objetivo de contemplar espaços para as micro, pequenas e médias empresas, compatibilização de usos para evitar • horizonte: 10 anos conflitos de vizinhança interna e externa, baixa densidade de ocupação, normas • prazo de implantação: 1 conjunto - imediato; 2 conjuntos - previsão urbanísticas próprias (além daquelas exigidas pelas leis de uso e ocupação do solo dos municípios) para garantir qualidade dos assentamentos e do parque como um Padrão área de produção - 13.500m2 todo, construção do loteamento por etapas (se a demanda assim exigir). Espaço técnico destinado à produção, em edifícios multi-empresas(laboratórios, áreas de produção, etc.). Prevê-se: 6.2.3 - Hotel - 1.500m2 • módulo mínimo dos salões: 200m2 • dimensão do bloco: 23m x 6m Inicialmente, com 50 apartamentos poderá estar dentro ou vizinho ao Núcleo • pavimento tipo: 1.500m2 Central , mas com acesso independente. • número de pavimentos: 3 • área do bloco: 4.500m2 6.2.4 - Sistema de Controle e Segurança - 200m2 • número de blocos: 3 • horizonte: 10 anos Para contribuir com a segurança das empresas, além dos serviços de vigilância • prazo de implantação: 1 bloco - imediato; 2 blocos - previsão de rotina, os limites de seu território serão cercados. Ainda dentro dos requisitos de segurança e objetivando o controle da entrada 6.2.2 - Lotes de pessoas e veículos ao Parque, para o centro educacional foi previsto acesso independente e para o centro empresarial uma portaria principal de entrada e outra O parque oferecerá , também, às pequenas e médias empresas, lotes de serviço, esta também como alternativa emergencial de acesso. Ambas possuemurbanizados onde poderão construir suas instalações. O local poderá abrigar: espaços cobertos adequados para o controlador/operador e para operação de sistema • empresas graduadas pelas incubadoras do EVERTECH e por outras integrado e computadorizado de segurança, através de equipamentos de circuitosentidades afins; fechados de TV, ronda eletrônica, sensores de presença e cadastramento eletrônico • empresas externas de conhecimento avançado; de visitantes. • projetos “âncora” de P&D (departamentos de universidades,institutos técnicos, grandes laboratórios, call-centers, etc.); 6.2.5 – Estacionamento • empresas de consultoria e prestadoras de serviços em edificaçõespróprias ou, até mesmo, em prédios multi-empresas. Com o propósito de evitar obstruções do sistema viário, promover maior Os lotes, dotados de infra-estrutura de alta qualidade, serão modulados a segurança no trânsito e contribuir para a organização do espaço urbano, pretende-separtir de 1000m2, porém com flexibilidade para formar terrenos empresariais coibir o estacionamento de veículos nas pistas de rolamento do sistema viário domaiores com a unificação de vários lotes, podendo atingir 40.000m2 ou mais de Evertech. 31
  32. 32. Os estacionamentos dos centros educacional e empresarial se localizarãodentro dos terrenos das instituições, das empresas, dos equipamentos urbanos ecomunitários. 6.2.6 - Áreas Verdes e Equipamentos Urbanos e Comunitários Além de preservar os bolsões arbóreos existentes, serão criadas zonas verdes,ampliando e agrupando os conjuntos e dando-lhes, certamente, uma significânciaambiental maior. Novos bolsões verdes serão distribuídos de forma equilibrada na área doprojeto, assegurando a criação de habitat para aves e animais (com incremento deárvores frutíferas e bebedouros) e ambientes de sombra e lazer (convivência), compequenos lagos, pistas para caminhadas, equipamentos urbanos e comunitários comquadras esportivas. QUADRO RESUMO DE ÁREAS DOS ESPAÇOS A SEREM EDIFICADOS CENTRO EMPRESARIAL Núcleo Central1- Sociedade Gestora 300m2 2 2- Centro de Congressos 2.000m 2 3- Infra-estruturas 1.500m 4- Centro de Inovação Empresarial 2 4.1- Incubadora 2.000m 4.1- Espaço p/ pequenas e médias empresas - padrão escritórios 22.500m2 4.1- Espaço p/ pequenas e médias empresas - padrão área produção 13.500m2 Outros 1- Hotel 1.500m2 2 2- Portarias 200m 2 TOTAL 43.500m 32
  33. 33. 33
  34. 34. 7- PARQUE DE NEGÓCIOS JUVENTINO DIAS3 Além do local de pesquisa e desenvolvimento científico, inovação empresariale produção tecnológica, catalisador de trocas de experiências e conhecimentos,prevê-se ainda um ambiente de negócios, pólo de qualidade em apoio ao tecidoempresarial, alavanca para internacionalização, um verdadeiro Business Center. Neste local, os empresários, investidores, profissionais e visitantes poderãofazer sua caminhada de negócios, estimulando e potencializando interesses comuns. Este ambiente de competências estará, estrategicamente, disseminado noCentro Internacional de Convenções e Exposições, no Centro de Comércio Exterior,na Central de Cargas e no Condomínio Industrial, sempre em espaços comvitalidade para novos empreendimentos, contando nas proximidades com atividadesde serviços, comércio e lazer. Este ambiente,enfatiza-se, será a imagem de prestígiodo Precon Park. Ainda dentro deste ambiente de sintonia, interação e empreendedorismo, érecomendado: • aproveitar os equipamentos e serviços do aeroporto; • evitar a superposição de atividades e equipamentos; • reduzir custos operacionais; • atrair capital; • oferecer serviços logísticos; • manter bom nível de utilização da infra-estrutura a ser implantada; • contribuir para que empreendedores da área de turismo, negócios elogística trabalhem juntos. Por oportuno, cabe também reportarmos ao depoimento de Wenceslau Cunha: “Fazendo uma leitura do estágio de desenvolvimento do país, em todossetores, é fácil chegar à conclusão de que Minas Gerais, sendo o segundo estadobrasileiro em população, força econômica e reserva de matéria-prima, caminharumo a um futuro promissor, criando oportunidades para investimentos sérios eobjetivos, principalmente, o que nos falta: na área de promoção, Minas ainda estáno silêncio. Existe hoje uma tendência mundial de transformação dos centros deconvenções em centros culturais e de lazer integrados. São complexos que têm umarepresentatividade muito maior para a região do que apenas centro de negócios. Atendência é que esses ambientes comportem eventos de cunho cultural, além decongressos de atualização profissional, feiras e eventos de promoção comercial eindustrial.3- Juventino Dias: avô paterno de Milton Vianna Dias 34
  35. 35. Dentro de uma concepção moderna, um complexo multiuso precisa ter fácil Tecnitur (empresa mineira de planejamento, organização e execução de feiras,acesso, em especial a aeroportos, hotelaria, áreas de lazer e atrativos turísticos congressos, eventos e organização de planos turísticos e de lazer), poucos dias antescomplementares. Hoje, um dos mais modernos centro de convenções do mundo, do seu falecimento.IFEMA - Feira de Madrid, fica ao lado do Aeroporto Bajaras, vizinho de um Estudos técnicos foram feitos para identificar a demanda de um centro deimenso parque com campo de golfe e outros atrativos de lazer e turismo. convenções, sua dimensão e as faixas de atendimento já que, em princípio Considerando que Belo Horizonte está eqüidistante dos centros de decisão apresentava vigorosos pré-requisitos:econômica e política - São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília - passa a ser um lugar • as entidades representativas da classe constataram a carência destede estratégia para implantação de um complexo para abrigar promoções de nível equipamento na Região Metropolitana de Belo Horizonte e anseiam sua instalação;internacional nas áreas de indústria, comércio, lazer, turismo, ensino e cultura, • sua implementação é de grande importância para o Precon Park, emuma vez que os locais citados já estão com seus equipamentos obsoletos e complementação às outras atividades e, sobretudo, cria espaço para negócios;saturados. Exclui-se o Rio de Janeiro, que é moderno, mas a insegurança o • a localização do Centro Internacional de Convenções e Exposiçõesinviabiliza para uma utilização mais constante. atende à principal premissa ao se situar nas proximidades do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, fora da área de aproximação e decolagem e em Acreditamos, pois, que um projeto elaborado e realizado dentro de padrões distância tecnicamente adequada onde não são registrados níveis de incômodomodernos de demanda só poderá ter sucesso. sonoro significativos. Sugerimos que paralelamente à implantação do projeto proposto, sejaestudada a viabilidade de instalação de um centro de compras horizontal, com O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, por sua vez, é um equipamentoprojeto de ampliação futura, abrigando um comércio multi segmentado, com áreas de alta tecnologia, podendo receber qualquer tipo de aeronave. Está instalado emde alimentação privilegiando a culinária mineira como motivação turística. região de total segurança (sem edificações próximas que ponham em risco Criar áreas destinadas a atividades poliesportivas, promovendo inclusive populações, ao contrário da grande maioria dos aeroportos) possui enorme potencialcompetições, já que atrai praticantes e admiradores levando tráfego para o local e de áreas circunvizinhas para desenvolvimento de logística de comércio exterior,gerando negócios. beneficiadas agora pela construção da via expressa denominada Linha Verde. Outra sugestão seria a criação de um centro de estudos e atualização Por este motivo, a região tem sido objeto de exaustivos estudos pelastecnológica, centrado não apenas no interesse brasileiro mas que fosse um modelo autoridades governamentais. Tanto é que o governo estadual sancionou a lei 13.449para a América Latina. criando o Pró-Confins, que prevê incentivos e benefícios fiscais para as empresas Minas Gerais tem tudo para crescer; só depende de trabalho, dedicação e que se instalarem na sua área de influência, com o objetivo de aumentar ocompetência.” movimento do aeroporto. Houve intenção, de cunho estratégico, de localizar o Centro Internacional de 7.1- CENTRO INTERNACIONAL DE CONVENÇÕES E Convenções e Exposições com visibilidade maior para o visitante que vem do EXPOSIÇÕES aeroporto. O terreno de ligeiro aclive (encosta) poderá ter plataformas para receber os assentamentos de seu complexo, cumprindo com êxito a missão de ser visto de Considerando a complexidade e a especificidade do empreendimento, fora. Essa localização do Centro Internacional de Convenções e Exposições nasantecedendo a qualquer ação, procurou-se ouvir entidades afins e promotores de imediações do aeroporto é altamente positiva para revigorar sua utilização. É boaeventos de grande experiência, para absorver conhecimentos e embasar decisões. para o Precon Park como um todo, não só como porta de acesso internacional, Destacam-se, entre outros, os trabalhos “Oficina de Planejamento através da prestação dos serviços de transporte de pessoas e cargas, mas tambémParticipativo - Relatório Final” do Centro de Eventos de Belo Horizonte, o Proyecto pela economia de aglomeração gerada ao dispor da infra-estrutura básica e dede Nuevo Parque de Exposiciones en Minas Gerais – Primeira Aproximación e , comunicação de primeira linha implantadas a cerca de 5km. E, finalmente, ésobretudo, o aconselhamento do Sr. George Norman, até então presidente da excelente para os usuários na medida em que encurta distâncias, economiza tempo e 35
  36. 36. gastos.Em seu âmbito interno, o Centro Internacional de Convenções e Exposições deverá Importantes correntes empresariais defendem como positiva a utilizaçãoestabelecer condições estruturais para que o visitante profissional esteja à vontade e futura das dependências do Centro Internacional de Convenções e Exposiçõesfaça seu “passeio de negócios”: orientado, atendido em local compacto e bem também para eventos ligados ao agrobusiness, considerando a tradição dasorganizado, com acessos fáceis ao recinto, pródigo nas circulações e atividades agropecuárias da região, o volume siginificativo de negócios queestacionamentos, amplos espaços de exposição sem grandes deslocamentos, fácil rotineiramente ocorrem e como importante atividade anual da ocupação do espaço.orientação externa e interna e entradas diferenciadas para eventos simultâneos. Em suma, fica consubstanciada a necessidade de prover a Região O seu partido arquitetônico deverá contemplar espaços para: Metropolitana de Belo Horizonte com um Centro Internacional de Convenções e Exposições, espaço estratégico para negócios, em ambiente valorizado por 7.1.1- Administração e Serviços de Apoio atividades de serviços, onde exercerá papel indutor do comércio nacional e • administração permanente; internacional. • centro de apoio/infra-estrutura (energia elétrica, comunicações, fibraótica, sistema de água, esgoto, drenagem, combate a incêndio, segurança, terminais 7.2- CENTRO DE COMÉRCIO EXTERIORrodoviários, estacionamentos setoriais, heliporto); • centro comercial, bancos, correio e imprensa; Preliminarmente, é importante reportar aos estudos do Governo do Estado de • centro de alimentação; Minas Gerais relativos ao programa Plataforma Logística de Comércio Exterior do • hotel; Aeroporto Internacional Tancredo Neves. Em função de suas excelentes condições técnicas e de segurança o aeroporto 7.1.2- Centro de Convenções poderá, com pouco investimento, aumentar o transporte de carga, sem dúvida um grande potencial de alavancagem do desenvolvimento de seu entorno geo- • auditórios; econômico. A iniciativa é conhecida, no mundo dos negócios , como um Hub, ou seja, um • salas de reuniões; centro de atividades de serviços e negócios comerciais, situado em zona ou • central de comunicações; plataforma com logística apropriada e bem definida. E, neste caso, adota como • central de turismo; objetivos: • globalização; 7.1.3- Centro de Exposições e Feiras • expansão do comércio exterior de Minas Gerais; • pavilhões modulados; • competição e atualização tecnológica; • integração de projetos regionais mineiros; • área de exposições a céu aberto; • geração de novos empregos. • centro permanente de amostras; Pode-se notar que há convergência de intenções e objetivos dessa iniciativa • depósito para expositores e montadores; com a proposta do Precon Park, razão pela qual julga-se viável vincular, ainda que • alojamento para montadores; parcialmente, as funções de um Centro de Comércio Exterior e de uma Central de • oficina (serralheria, marcenaria, pintura e etc.); Cargas (ver item 7.3), por também pertencerem ao ambiente do Hub. • central de transporte de carga; O Centro de Comércio Exterior está localizado perto do Centro Internacional • stands com disponibilidade individual de utilidades. de Convenções e Exposições pela afinidade, utilizando a plataforma do aeroporto. Para o funcionamento do Centro de Comércio Exterior prevê-se a construção Área de terreno disponível: 212.673m2 de: 36
  37. 37. • edifícios de salas (com áreas de utilidades e serviços) - destinado a atenderá também as exigências atuais de logística e armazenagem.abrigar escritórios de representação, trading companies, empresas de consultoria Compreende:internacional, call centers, reuniões, empresas prestadoras de serviço e etc., visando • galpões para armazenagem com espaços modulados para locação;oferecer suporte aos empresários estrangeiros interessados em investir no estado ou • edifícios especiais com ar condicionado;país; • câmaras frigoríficas para gêneros perecíveis; • estação aduaneira; • câmaras de segurança para mercadorias de pequena dimensão e alto • núcleo de comércio; valor; • hotéis, também de apoio ao centro de convenções; • docas protegidas para carga e descarga; • área de esporte e lazer aos visitantes;- heliporto. • pátio amplo para estacionamentos, manobras de caminhões e outros veículos de carga; Área de terreno disponível: 123.359m2 • automação predial e operacional; • serviços de segurança internos, externos e de telecomunicações; A título de referência, o programa Hub cita de forma genérica, como mercado • espaços de infra-estrutura, apoio administrativo e atendimentopotencial para este empreendimento: externo; • Empresas prestadoras de serviços: aéreas, courier, transporte • estacionamentos para veículos leves e pesados, internos e externosterrestre, seguradoras, agências de viagens, bancos comerciais, handling e ao terreno da Central de Cargas.armazenagem, agentes transitários, despachantes aduaneiros, catering e packinghouses; Área de terreno disponível: 196.625m2 • Centrais de distribuição de alimentos, flores, etc.; • Centrais de peças de reposição e componentes; Os galpões para armazenagem apresentam ampla variação de áreas, • Trading companies; obedecendo às necessidades de cada caso, devendo ter pé-direito acima de 10m, • Outros: hotéis, operadoras de parques temáticos, centros de lazer e piso com tratamento especial para comportar tráfego de cargas pesadas e ação deshopping centers. produtos químicos e isolamento térmico. O número ideal de docas é de 10 a 12. O programa enumera ainda os principais itens do fluxo do comércio exterior Seu terreno pode estar dentro ou fora do Condomínio Industrial. Previu-sede Minas Gerais em 1997, carga aérea em Confins: para o caso, a localização fora com acesso independente porém em área contígua • exportados: auto peças , eletrônica, informática, pedras preciosas, por tratar-se de atividades afins. Encontrará no Centro de Comércio Exterior e noprodutos farmacêuticos; próprio Condomínio Industrial atividades de apoio para seu pleno funcionamento, • importados: informática, eletrônica, peças de aeronaves, produtos evitando assim, ter que promovê-las às suas expensas e em duplicidade, como:químicos e hospitalares. escritórios comerciais, allfandegários, serviços de primeira necessidade, local de E, por último, salienta a necessidade de tratamento diferenciado, na área negócios e etc.tributária estadual, para empresas que vierem a se instalar naquela plataforma Deverá ser avaliada a possibilidade de instalação de uma estação aduaneira dologística. interior - EADI, que assegure o papel de terminal alfandegário para desembaraço de cargas e armazenagem, executando serviços aduaneiros a cargo da Receita Federal.7.3- CENTRAL DE CARGAS THEOTÔNIO BATISTA FREITAS4 7.4- CONDOMÍNIO INDUSTRIAL Como já foi dito anteriormente, esse empreendimento é destinado a atender omercado de carga e comércio exterior de importação e exportação. Funcionará em Inicialmente, cabe esclarecer que não só para atender às necessidades desintonia com o Centro de Comércio Exterior, daí sua proximidade de localização, e mercado, mas também em decorrência da crise econômica, novas técnicas, 37
  38. 38. estratégias, serviços, aglomerados especializados e condomínios estão sendo centros de processamento de dados, call centers e etc.criados. Isto tem como meta tornar mais fácil a vida dos empresários, dividir custos Serão disponibilizados os seguintes espaços para locação ou compra:e desonerá-los da responsabilidade da manutenção, para que eles possam se • lotes empresariais, com ou sem galpão;concentrar mais plenamente na produção e comercialização do seu negócio. • salas para high tech/low tech (empresas não poluentes); O Condomínio Industrial proposto constitui um empreendimento que ofertará • serviços (agências bancárias e outros);terrenos infra-estruturados e por sua vez abrigarão edifícios isolados ou contíguos • comérciopara empresas independentes, em regime de propriedade ou aluguel, • apoio (praça de alimentação, salas de treinamento, etc.);compartilhando com os demais ocupantes as despesas condominiais (administração, • lazer.segurança, limpeza e etc.), ou seja, os serviços não-essenciais, que não fazem parte Os espaços das edificações poderão ser ocupados por:da atividade principal da empresa. • empresas isoladas (uma unidade de uma indústria); Está localizado no extremo do Setor Norte, limitando-se com o Centro de • vários setores de produção de uma empresa;Comércio Exterior ao sul, com a rodovia municipal ao leste e norte, com a • várias empresas (galpão multi-fabril - várias empresas em umaCauêmbrio a oeste e com o Clube Rural a sudoeste. única edificação); O Condomínio Industrial poderá ser instuído como um loteamento com áreaspúblicas ou como um condomínio propriamente dito, como entidade única de • empresas com sistemistas (empresa e seus fornecedores);caráter privado e sem áreas públicas. Isto dependerá da conveniência estratégica e • escritórios da área de alta tecnologia.da concordância do município. Os galpões terão dimensões bastante diversificadas para atender a várias O parcelamento adotado no projeto previu avenida principal coletora com tipologias de assentamentos ( a partir de 400m2), pé-direito acima de 5m, piso compista dupla, a partir da avenida Leste-Oeste estrutural, que distribui todo o tráfego tratamento especial, isolamento térmico, número adequado de docas, serviços dedaquele aglomerado empresarial diretamente ou através de ruas locais em alça, segurança e telecomunicações, automação predial/operacional, ar condicionado empromovendo a circularidade do trânsito. Como resultado, obteve-se áreas de determinados espaços, entre outros.pequeno e médio portes que poderão ser unificadas para atender, com flexibilidade,a necessidade do espaço de cada empresa. Este condomínio terá infra-estrutura completa adequada ao uso industrial.Poderá ser implementado e gerido por empresa especializada, que poderá tambémser proprietária e/ou responsável pela construção e comercialização das unidadesem edificações ou galpões do tipo padrão ou sob medida com projetopersonalizado, de uso específico. O Condomínio Industrial é demandado por empresas de pequeno e médioporte dos setores de serviços, logística, software, indústrias leves de montagem,produção de pequenos equipamentos, centros de distribuição, gráficas modernas, 38
  39. 39. 39
  40. 40. 8- PARQUE RESIDENCIAL GRANVILLE O objetivo principal é que as pessoas morem a pouca distância do trabalho enum ambiente de tranqüilidade, segurança, conforto e lazer, conseqüentemente maissaúde e bem estar, interagindo e proporcionando mais harmonia. Buscar-se-á asemelhança das antigas vilas, com seus ambientes pontuais e personalizados,estreitos laços de vizinhança, valorização da identidade do cidadão e invejávelqualidade de vida da comunidade. Por outro lado, é importante que os moradores possam contar com as infra-estruturas urbanas de saúde, educação, transporte, segurança, lazer e desfrutar deum entorno bucólico. No projeto estão previstos: • Residencial 1 • Residencial 2 • Residencial 3 • Residencial 4 Junto ao Parque Residencial Granville haverá uma estrutura de lazer eturismo, formada por: • Clube Rural - Hotel Fazenda • Clube de Golfe • Centro de Convivência para Terceira Idade - Parque Shangrilá 8.1- RESIDENCIAL 1 O Residencial 1 está localizado no Setor Sul, próximo ao Parque Esportivo.Compreende habitações unifamiliares em lotes de 360m2, além de dois conjuntosde habitação multifamiliar “A” e “B”. Para maior aproveitamento do terreno é válido tentar, junto aos municípios, aaprovação das unidades familiares em um loteamento e as multifamiliares emterrenos remanescentes da gleba. O partido urbanístico do loteamento preservou,como praça, um bolsão arbóreo existente e projetou mais cinco praças públicas. Osestudos prevêem também os demais usos do solo básicos tais como áreascomerciais, de serviços, institucionais, zonas verdes, equipamentos urbanos ecomunitários. Definiu-se como sistema viário principal o acesso àConfins/Santuário da Mãe Rainha, uma avenida de talvegue e uma via de contornodo loteamento com pista dupla que se inicia no acesso a Confins/Santuário da MãeRainha e termina na Perimetral de Confins, que é o limite do Residencial 1 com oParque Esportivo. 40
  41. 41. A avenida de talvegue, principal acesso ao loteamento, inicia na interseção conceito de transparência, com equilíbrio dos cheios e vazios.dos acessos à Tavares e Confins/Santuário da Mãe Rainha. Serão dois os conjuntos de habitação multifamiliar. O conjunto de habitação Para atender às necessidades da população as habitações poderão ser multifamiliar “A” localiza-se junto ao acesso à Confins e o conjunto de habitaçãounifamiliares ou multifamiliares. multifamiliar “B” na via de contorno. 8.1.1- Habitações Unifamiliares Área de terreno disponível: 630. 489 m2 8.1.1.1- RESIDÊNCIAS PADRÃO MÉDIO 8.2- RESIDENCIAL 2 Com valores mais acessíveis, disponibilidade de financiamento paracompra do terreno e construção da residência, prestações ao alcance de uma parcela Trata-se de uma gleba de contato do Setor Sul do Precon Park com o atualimportante da comunidade, que além do emprego, busca moradia e qualidade de contorno urbano de Confins. Exercerá, portanto, um importante papel de ligaçãovida. entre o existente (tradicional) e o projetado (novo). Será uma área de transição de alto conteúdo urbano, responsável pela continuidade e fluidez na ocupação e uso do 8.1.1.2 - RESIDÊNCIAS PADRÃO NOBRE solo entre os dois espaços, através de intervenção gradual e suave. Foi idealizado para aqueles que procuram o isolamento de um sítio sem A esta função, alia-se a necessidade de proporcionar acessos adequados aoabrir mão do conforto da cidade - “viver o doce conforto do verde”. Santuário da Mãe Rainha, situado no extremo leste, e à própria cidade de Confins. Este condomínio possui características de privacidade, conforto, Procurou-se lançar mão dos condicionantes transformando-os emelementos plásticos, integração aos demais equipamentos, aspectos arquitetônicos instrumentos de interação e sinergia. Assim, a partir da malha urbana de Confins,específicos e normas próprias. foram sendo localizadas áreas institucionais, comerciais, serviços, clube recreativo Devido à proximidade com o clube, poderá dispensar a execução urbano, acesso e serviços de apoio ao Santuário da Mãe Rainha, zonas verdes e departicular de piscinas e quadras esportivas, reduzindo custo na construção e lazer, lotes residenciais padrão médio e por último, lotes residenciais padrão nobre.manutenção, promovendo ainda a socialização da comunidade. 8.2.1- Áreas de Apoio - Institucionais/Comerciais/Serviços/Lazer 8.1.2- Habitações Multifamiliares Com o intuito de serem utilizadas pela população vizinha e servir ao Precon Partindo da preocupação em identificar um sistema intermediário com o Park, têm como objetivos diminuir as distâncias de atendimento, criar locaismenor custo que as construções térreas unifamiliares, para as diferentes faixas de dinâmicos de convivência e funcionar como elemento agregador entre a populaçãorenda e segmentos do mercado, buscou-se um sistema dirigido a absorver as existente e a nova. Observando a lei de uso do solo de Confins localizaram-se áreashabitações com maior compacidade, mas inseridas nos conceitos de qualidade do comerciais ao longo do acesso Confins/Tavares, e criou-se, ainda, um corredor deempreendimento e à luz da legislação. comércio, serviços e lazer ao longo da alameda Norte-Sul, de intenso uso e Apartamentos com sala de estar/refeições, quartos, banho, cozinha, área de independência física, preservando a qualidade de vida dos moradores vizinhos eserviços e circulação com área de aproximadamente 60m2 em edifícios de 3 usuários. Cumpre salientar a existência de comércio e serviços empavimentos, podendo ter seis unidades por andar, responderá ao desempenho Confins, que naturalmente, atenderão aos primeiros moradores.desejado. Como equipamento privado dessas unidades prevê-se áreas destinadas aestacionamento, play-ground e lazer (churrasqueiras, quadras etc). 8.2.2- Clube Recreativo Urbano É importante a preocupação com o tratamento da relação edifício/contextourbano. Para tanto, cercas, passeios e estacionamentos deverão obedecer a um Localizado junto aos limites da área urbana de Confins para que funcione 41
  42. 42. como instrumento de integração social. É de todo importante que a comunidade serviços, comércio, lazer e tem ligações bem definidas entre o Parque Esportivo,desfrute daquele clube. Parque de Ciência e Tecnologia e Parque de Negócios do Setor Norte, entre outros. Com grande versatilidade de funções, espaços para esportes, lazer,divertimento, com zoneamento distinto e aproveitamento da farta arborização local, 8.3- RESIDENCIAL 3servirá à integração das pessoas permitindo também sua privacidade quandodesejada. Será para o usuário a extensão de sua casa, sem os incovenientes de É limitado pela rodovia de acesso ao aeroporto, via projetada Leste-Oeste,investimentos e manutenção. Prevê-se também sua articulação com as faculdades, linha de transmissão em parte, e atravessado longitudinalmente pela via coletorajá que estas necessitam dispor de áreas e equipamentos esportivos. Norte-Sul. Abrangerá uma área se 20.342m2 e contará com os equipamentos básicos de A área do Residencial 3, tem 300.489m2 no município de Confins eum clube, tais como sede administrativa e social, piscinas para adultos e crianças, 390.608m2 no município de Pedro Leopoldo. Para efeito legal o parcelamentosauna, quadras poliesportivas, bar, restaurante, playground, sala de jogos, sala de deverá ser apresentado em dois projetos: setor Confins e setor Pedro Leopoldo.ginástica, vestiários, etc. Cada loteamento obedecerá aos coeficientes exigidos pela legislação e será Como vizinha, terá uma zona verde (mata de angicos - 24.825m2) que será aprovado separadamente pelo município a que pertence.preservada. Quando da implantação dos projetos, sugere-se estudar convênio com o Ambos destinam-se a residências unifamiliares de padrão médio em lotes demunicípio que permitiria a utilização de parte da zona verde (sem caráter de 360m2 e a residências multifamiliares, em blocos de apartamentos, advindos depropriedade) para caminhadas e campo de futebol. Em contrapartida, o clube áreas remanescentes.cuidaria da manutenção daquela área pública. A zona verde foi distribuída em três núcleos (praças), equilibrando as áreas de utilização. Além disso, as atividades de comércio e serviço foram localizadas ao 8.2.3- Acesso e Serviços de Apoio ao Santuário da Mãe Rainha longo das vias coletoras. O uso do solo define, além de áreas para moradias, espaços comerciais, de A previsão de acesso rodoviário ao Santuário pela MG-424 deu solução, de serviços e institucionais, localizados estrategicamente de forma a diminuirexcelente nível técnico, ao que poderia ser um entrave urbanístico. De dupla distâncias para os usuários.função, a via atenderá também à cidade de Confins como alternativa para evitar otrânsito pela cidade. 8.4- RESIDENCIAL 4 8.2.4- Lotes Unifamiliares - Padrões Médio e Nobre Destinado a residências de padrão nobre, este loteamento está situado entre o Centro de Comércio Exterior e o Clube de Golfe, é limitado ainda pela rodovia As vias estruturais deste setor, alameda Norte-Sul (longitudinal), as duas municipal e a avenida Leste-Oeste por onde possui seus acessos.avenidas (tranversais) de ligação Confins/interseções internas da Alameda Norte- O traçado urbanístico destacou uma via coletora central em duas pistas,Sul e a via de acesso MG-424/Confins/acesso Santuário Mãe Rainha (periférica), longitudinalmente ao terreno como coluna dorsal do sistema viário. A exemplo dosalém de promovorem adequada circulação, possibilitam um parcelamento do solo outros residenciais do Precon Park, os usos comercial e serviços foram dispostos aomesclado, com predominância de uso residencial. longo das vias coletoras e o institucional distribuído adequadamente no loteamento. A partir do atual limite da área urbana foram previstos lotes médios e deforma gradual, passando para lotes maiores padrão nobre. Mesmo tratando-se deatendimento a níveis sócio-econômicos diferentes, 8.5- ÁREAS DE LAZERprocurou-se não promover a discriminação espacial. Há continuidade e fluidez no traçado do sistema viário, há ligação viária entre 8.5.1- Clube Rural - Hotel Fazendaos loteamentos e autonomia de acessos se desejada. Mantém o princípio básico de diminuir distâncias entre moradia, trabalho, A cultura da região (agrícola e pecuária), os aspectos de mercado no âmbito 42

×