Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Análise SWOT das Mídias Sociais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Análise SWOT das Mídias Sociais

  • 25,681 views
Published

Palestra apresentada durante o evento Social Media Brasil - Arena 3 (espaço Riot) - 24/06/2010 …

Palestra apresentada durante o evento Social Media Brasil - Arena 3 (espaço Riot) - 24/06/2010
Teve como objetivo destacar a análise de Marketing mais antiga da humanidade em contraponto com os desafios do mercado digital brasileiro e seus consumidores.
Apresentação do Case "Você na Torcida" da Binder/Visão Estratégica para Ancar Ivanhoe:
Links anexos:
www.ummessemhomem.com.br
www.vocenatorcida.com.br
www.semhomemnews.com.br

Published in Business , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
25,681
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
17

Actions

Shares
Downloads
1,245
Comments
3
Likes
102

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Análise SWOT das Mídias Sociais Patrícia Moura - @MissMoura - #SMBR
  • 2. 1º Objeção: que raios significa SWOT?
  • 3. Resposta: a análise de Marketing mais antiga da história da humanidade Compreende a detecção de Forças, Fraquezas, oportunidades e ameaças, monitoramento ambientes externo e interno. Leia o Tio Kotler.
  • 4. 2º Objeção: já cansei de ouvir falar disso. Não tinha nada melhor?
  • 5. Resposta: a idéia é fazer um contraponto entre a teoria mais antiga e as perspectivas de mercado de MMS Estão rolando outras duas palestras muito interessantes nas salas ao lado, simultaneamente. Fiquem à vontade 
  • 6. E vamos ao que interessa...
  • 7. SWOT – agências X mercado Forças Fraquezas Fazem de um limão, uma limonada A Mídia Social não vai salvar o planeta - nhé! Adota-se blogueiros, twitteiros e adjacências Ação de Mobile é responda um sms e ganhe um carro 0KM? "Vamo fazer #tudojuntoemisturado" Cliente chora miséria e a agência não consegue fazer o ROI Oportunidades Ameaças A galere é pobre e não acessou o Orkut ainda. 5 donas de casa responderam a pesquisa e usam Facebook. Isso representa o comportamento da geração X da web no Brasil? Tem mais celular que gente nesse país. E o povo continua querendo trocar de aparelho, antes mesmo de ter um notebook. Minha empregada tem blog. Ela é formadora de opinião? Em que? “ Menina, aonde foi que você comprou aquele vestido lindo que está no álbum do Orkut?” "Especialista em Google Buzz e ainda trago a pessoa amada em 7 dias"
  • 8. Forças – Ambiente interno Capacidade de grandes realizações com baixo investimento - Criatividade “ Embora o tempo gasto pelo brasileiro na web seja quase 20% maior do que a média mundial, o orçamento destinado pelas agências de publicidade a anúncios on-line é quase três vezes menor do que a média global”. Fonte: Pesquisa Razorfish – Junho 2010. Absorção de talentos do mercado para estruturas internas A abertura para novas talentos da área de web trouxe novos ares para agências tradicionais, que passaram a enxergar usuários além dos perfis demográficos e psicográficos. Start da percepção da necessidade de integração de Mídias Agências e clientes começam a perceber a importância da fluidez da comunicação, independente do meio, principalmente, com o início de debates sobre transmedia storytelling.
  • 9. Fraquezas – Ambiente interno Comunicação não sinérgica “ "Está ocorrendo uma supervalorização das mídias sociais (...). Veja bem, não estou dizendo que elas não são importantes, mas creio que APENAS estratégias digitais não salvam empresa nenhuma. E que Social Media não é o umbigo do mundo". Mariana Oliveira - Blog Dossiê Alex Primo - Junho de 2010 Baixa expertise nas ações de Mobile Marketing A teledensidade de dispositivos móveis é extremamente alta e assíncrona às ações de Marketing utilizando aparelhos celulares. Baixa assertividade na estimativa de ROI, diante da falta de informações Clientes fecham contratos de ações em Mídias Sociais de curto prazo e não fornecem informações suficientes e adequadas para mensuração de retorno.
  • 10. Vamos falar de oportunidades? Qual é o tamanho do nosso mercado? Fonte: http://www.teleco.com.br/internet.asp Apenas 1/3 dos brasileiros têm acesso à internet no Brasil.
  • 11. 93,8% de teledensidade (penetração de dispositivos móveis) no Brasil, considerando que os novos modelos permitem integração com redes sociais .* Anatel Atenção ao Mobile Marketing População Brasil até Abril de 2010:   192.712.009 habitantes. Fonte: http://is.gd/cZVij
  • 12. Oportunidades – Ambiente externo Cerca de 1/3 dos brasileiros têm acesso à internet Nem metade da nossa população conhece a web e as redes sociais, no entanto, o Brasil já é líder em acesso de horas mensais à frente de países desenvolvidos e as mídias tradicionais apontam as redes sociais como o grande “boom” do momento. 98,3% de penetração de dispositivos móveis no país Só o estado de São Paulo tem cerca de 111% de penetração de linhas de celular ativas. Isso significa mais de um celular ativo por pessoa. O celular já é o segundo item na lista de intenção de compra do Brasileiro, perdendo apenas para a Televisão. Nítido aumento do poder de consumo da classe C Considerando que os novos modelos de aparelhos celulares já são integrados com redes sociais via SMS e WAP e o notebook fica em 3° lugar nas pesquisas de intenção de compra, o que você acha que eles vão preferir ter em mãos?
  • 13. Acesso + Comunicação + Status + Inclusão Celulares já estão em 2º no ranking de intenção de compra dos brasileiros. * Ibope Conect-Mídia
  • 14. E adivinha qual é o primeiro site que acessam? Fonte: 21º pesquisa Internet POP, 2009 – Nacional, regiões metropolitanas. Disponível em: http://iabbrasil.ning.com
  • 15. Ameaças – Ambiente externo Escassez de informação técnica no mercado brasileiro Nos pautamos em pesquisas e padrões baseadas na cultura americana e européia, vide os perfis de adesão à tecnologia por faixa etária adotados aqui: baby boomers, Geração X, Geração Y e Born Digital. Aumento da parcela de formadores de opinião X Credibilidade Conforme descrito na fraqueza do ambiente interno, a “autoespecialização” promoveu um aumento da parcela de formadores de opinião, que influencia no fluxo de informações do mercado. Cabe aos profissionais e veículos saber separar o joio do trigo. Uso da internet como mecanismo de processo de decisão de compra Tanto nos sites de redes sociais, quanto na busca orgânica do Google, o consumidor é impactado ou busca recomendação para compra de produtos ou serviços. Uma opinião pode influenciar processos de alto ou baixo envolvimento.
  • 16. E aonde as Mídias Sociais entram nisso?
  • 17. Perguntas sem respostas
  • 18. Seu dia continua tendo 24h. Quantas redes sociais você passou a gerenciar do surgimento do Orkut até hoje? 2004-2010 Economia da atenção e consumo simultâneo de mídia
  • 19. Segundo projeções do IAB e estimativas pessoais, alcançaremos 50% da população conectada em 2011. Estamos preparados para isso? Os sites estão prontos para lidar com acesso via mobile?
  • 20. “ Mass Segmentation” – Assunto de Cannes 2010 Os usuários serão impactados por múltiplos canais, de múltiplas formas. O quantitativo da sua campanha vai continuar imperando?
  • 21. Acesso das classes CDE superando AB* Fonte: 21º pesquisa Internet POP, 2009 – Nacional, regiões metropolitanas. Disponível em: http://iabbrasil.ning.com
  • 22. Agora some 2 + 2 e responda se o Orkut já morreu Fonte: Ibope Nielsen Online NetView. Trabalho e domicílios Fonte: http://gs.statcounter.com
  • 23. JABÁ + SWOT = Exemplo prático
  • 24. SWOT – Binder X desafio Ancar Ivanhoe Forças Fraquezas Equipe interna capaz de realizar uma campanha integrada e sinérgica (mídia online, mídias sociais, off-line e Mall) Curto prazo entre concorrência, criação, desenvolvimento e implementação Confiança do cliente no planejamento apresentado Verba enxuta diante da complexidade do projeto Conceito da campanha chama a atenção dos consumidores de forma positiva, com bom humor Plano de mídia off-line específico por praça Prêmios atraentes, como viagens com acompanhante, TV LCD Full HD, carro. Restrição de participação com cartões de crédito Visa Oportunidades Ameaças Apoiar a visibilidade da campanha na notoriedade das atrizes escolhidas Quantidade de ações promocionais com mesma temática a prêmios - Copa do Mundo Datas comemorativas inseridas no período da campanha, impulsionando a participação off-line (Dia das Mães e Dia dos Namorados) 70% do público consumidor feminino X prêmio principal considerado "masculino" = viagem para Copa do Mundo Pouca comunicação destinada ao público feminino com temática de Copa do Mundo. Target feminino em todas as classes e regiões (mulheres, A a D em 6 praças)
  • 25. Racional Comunicar às mulheres de seis praças, com classes sociais e background cultural diversificado, a gastar R$150,00 nos shoppings com cartão Visa para concorrer a promoção.
  • 26. Estratégia Teaser + Ação promocional + Ação de Buzz E as mulheres que não gostam de futebol? Fazem o que durante a Copa? Ficam UM MÊS SEM HOMEM!
  • 27. Criamos um hotsite com estrutura colaborativa, onde o usuário pode assistir os episódios da saga “Um mês sem homem” em 4 capítulos, dar dicas de sobrevivência e interagir através de votos com as dicas dos demais usuários. Estratégia do teaser Assistir Comentar Votar + +
  • 28. http://www.ummessemhomem.com.br
  • 29. Lançamos a campanha promocional
  • 30. Divulgação e sustentação da campanha em múltiplos meios
  • 31. E precisou criar perfil no Twitter? NOT.
  • 32. E precisou criar perfil no Twitter? NOT.
  • 33. Ação de Buzz “ Mas como seria se todos os homens fossem MESMO para África do Sul assistir a Copa?”
  • 34. E se encontrassem o ÚLTIMO homem disponível? Envie a foto de um amigo e descubra www.semhomemnews.com.br
  • 35. Resultados alcançados até o momento + de 170 mil visitas aos sites da campanha + de 15 mil votos no hotsite + de 10.700 vídeos gerados pelos usuários + de 1.000 dicas no hotsite sem qualquer tipo de brinde + de 600 menções no twitter (imagine se cada usuário impactar 5 seguidores?) + de 70 blog reactions + de 60 notas publicadas na imprensa
  • 36. Patrícia Moura Coordenadora de Mídias Sociais da agência Binder, Professora da Pós graduação de Gestão Estratégica de Marketing Digital da FACHA / IGEC e usuária ativa das redes sociais digitais, onde é conhecida como @MissMoura. www.meadiciona.com/missmoura Obrigada!