Ftc sociologia

1,887 views
1,694 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,887
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ftc sociologia

  1. 1. Unidade pedagógica: Feira de Santana Disciplina: Tópicos de Sociologia e Ciência Política Curso: Licenciatura em História Aluno(a)s: - Damiana Souza de Cerqueira; - Débora Pinheiro de Andrade; - Edmilson Bastos Santos; - Jeová Leite Leal; - Rodrigo A. Oliveira Miranda; - Rogério Dantas Ferreira; - Ronaldo Salomão de Campos; Data: 05/04/2010
  2. 2. Maximillian Carl Emil Weber <ul><li>Intelectual alemão, jurista, economista e considerado um dos fundadores da Sociologia . Foi o primogênito de oito filhos de Max Weber e Helene Fallenstein. Morreu de pneumonia em Munique, Alemanha, a 14 de Junho de 1920 com 56 anos. </li></ul>
  3. 3. Estudos de Max Weber <ul><li>A ação; </li></ul><ul><li>Política; </li></ul><ul><li>Estado; </li></ul><ul><li>Burocratização; </li></ul><ul><li>Sociologia; </li></ul><ul><li>Capitalismo. </li></ul>
  4. 4. Isidore Auguste Marie François Xavier Comte <ul><li>Nascido em Montpellier, no Sul da França. Com 16 anos, em 1814, ingressou na Escola Politécnica de Paris. No período de 1817 - 1824 foi secretário do conde Henri de Saint - Simon (1760 -1825), expoente do socialismo utópico. </li></ul>
  5. 5. Estudos de Comte <ul><li>- O bservação, a experimentação, da comparação e a classificação como métodos; </li></ul><ul><li>- Afirmou que os fenômenos sociais podem e devem ser percebidos como os outros fenômenos da natureza, ou seja, como obedecendo a leis gerais; </li></ul><ul><li>- A fundação da Sociologia implica que os fenômenos sociais são um tipo específico de realidade teórica e que devem ser explicados em termos sociais; </li></ul><ul><li>- Conhecimento positivo busca. </li></ul>
  6. 6. Émile Durkaheim <ul><li>Nasceu na França,iniciou seus estudos filosóficos na Escola Normal Superior de Paris.Desde jovem,foi um opositor da educação religiosa. </li></ul>
  7. 7. Estudos de Durkheim <ul><li>Defendia o método cientifico; </li></ul><ul><li>Dogmas religiosos; </li></ul><ul><li>Teoria orgânica; </li></ul><ul><li>Teoria Mecânica. </li></ul>
  8. 8. Karl Heinrich Marx <ul><li>Nasceu em tréveris, na Alemanha, morrendo em Londres . Iniciou sua carreira acadêmica na Liceu Friedrich Wilhelm, em Trévis. Em 1841, obteve o titulo de doutor, em 1842 tornou-se chefe redator da Gazeta Renana. </li></ul>
  9. 9. Estudos de Marx <ul><li>- Um revolucionário; </li></ul><ul><li>- Sua verdadeira missão: derrubada da sociedade; capitalista e das instituições estatais; </li></ul><ul><li>- Contribuir para a libertação do proletariado moderno; </li></ul><ul><li>- Sua contribuição não é só política, mas orgânica; </li></ul><ul><li>- Seguimentos sociais aos quais buscam sempre; explorar a força do trabalho para alimentar o desejo; capitalista por meio de acúmulos de bens. </li></ul>
  10. 10. A Escola de Frankfurt <ul><li>Fundada em 1924, é representada por um grupo de filósofos e cientistas sociais de vocações marxistas e, se constitui, mantendo união com a Teoria Crítica da Sociedade . Tal escola surgiu através de Félix Weil. Os pensadores de Frankfurt apresentavam uma postura de análise crítica e uma perspectiva aberta para todos os problemas da cultura do século XX. Alguns nomes do grupo: Theodor Adorno, Max Horkheimer, Walter Benjamin, Herbert Marcuse, Leo Löwenthal, Franz Numann, Friedrich Pollock, Erich Fromm, Jürgen Habermas, Oskar Negt e Axel Honneth. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Contextualização: </li></ul><ul><li>- Consolidação da Revolução Bolchevique; </li></ul><ul><li>- Ascensão do Nazismo; </li></ul><ul><li>- Advento da sociedade de massa. </li></ul><ul><li>Pressupostos teóricos: </li></ul><ul><li>- Marxismo; </li></ul><ul><li>- Psicanálise freudiana. </li></ul>
  12. 12. Teoria da Opinião Pública Escola de Frankfurt Indústria Cultural Meios de Comunicação de Massa Os meios de comunicação de massa moldam os indivíduos segundo os interesses dominantes Modo de produção capitalista Meios de comunicação de massa Indivíduo alienado
  13. 13. <ul><li>- Walter Benjamin contribuiu com reflexões sobre técnicas físicas de reprodução da obra de arte do cinema e as posteriores conseqüências sociais e políticas; </li></ul><ul><li>- Theodor Adorno aprofundou o conceito de indústria cultural e de obra de arte e iniciando trabalho a respeito da Dialética do Esclarecimento ; </li></ul><ul><li>- Max Horkheimer sugeriu os fundamentos epistemológicos da posição filosófica do grupo; </li></ul><ul><li>- Herbert Marcuse esperou por novas formas de libertação da razão e pela emancipação do ser humano através da arte e do prazer; </li></ul><ul><li>- Erich Fromm iniciou o trabalho que se associa a Teoria Crítica da Sociedade à Psicanálise; </li></ul><ul><li>- Jürgen Habermas garantindo idéias sobre ciência e técnica como ideologia. </li></ul>
  14. 14. Max Horkheimer <ul><li>Nascimento : 14 de Fevereiro de 1895, Stuttgart, Alemanha ; </li></ul><ul><li>Morte : 7 de Julho de 1973 ; </li></ul><ul><li>Ocupação : Filósofo e Sociólogo ; </li></ul><ul><li>Escola/ Tradição : Marxismo, Filosofia continental e Teoria Crítica ; </li></ul><ul><li>Idéiais notáveis : Razão instrumental, Industria cultural; </li></ul><ul><li>Influências : Schopenhauer, Weber, Marx, Kant, Adorno; </li></ul><ul><li>Influenciados; Althusser, Bourdieu, Arnauld, Adorno. </li></ul>
  15. 15. Estudos de Max Horkheimer <ul><li>Como grande parte dos intelectuais da Escola de Frankfurt, Max Horkheimer era judeu de origem, filho de um industrial. </li></ul><ul><li>Suas formulações, sobretudo aquelas acerca da Razão Instrumental junto com as teorias de Theodor Adorno e Herbert Marcuse compõem o núcleo fundamental daquilo que se conhece como Escola de Frankfurt. </li></ul>
  16. 16. Outras pesquisas da Escola de Frankfurt <ul><li>SÍNTESE DA TEORIA: o comum entre os estudos de todos os autores permite inferir uma escola de pensamento que critica um mundo onde a instrumentalização das coisas torna-se a dos indivíduos. </li></ul>
  17. 17. Influências da Escola de Frankfurt <ul><li>Concepção negativa da mídia (que manipula, aliena e engana); </li></ul><ul><li>Os meios de comunicação de massa são apenas instrumentos de controle e manipulação do pensamento coletivo. </li></ul>
  18. 18. Crítica a Escola de Frankfurt <ul><li>A mídia não representa apenas uma ideologia dominante (ainda mais em tempos de grande difusão dos MCM); </li></ul><ul><li>Espectadores não são massa ignorante que absorve a mensagem de forma passiva. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>“ Como toda instituição humana a religião não começa em parte alguma” (Émile Durkaheim). </li></ul><ul><li>“ O homem jamais teria alcançado o possível se inúmeras vezes não tivesse tentado alcançar o impossível.” (Max Weber). </li></ul><ul><li>“ Tudo é relativo, eis o único princípio absoluto”. (Isidore Auguste Marie François Xavier Comte). </li></ul><ul><li>Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência. (Karl Heinrich Marx). </li></ul><ul><li>Só são verdadeiros os pensamentos que não entendem a si mesmos. (Adorno). </li></ul>
  20. 20. Fontes de informação e pesquisa: <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Auguste_Comte </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Durkheim </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Max_Weber </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Karl_marx </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Escola_de_Frankfurt </li></ul>

×