Your SlideShare is downloading. ×
Projeto física
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Projeto física

90
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
90
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. GOVERNO DA PARAÍBA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E. E. E. F. M. DR. DIONÍSIO DA COSTA O USO DE ANIMAÇÕES GRÁFICAS NO ENSINO DE FÍSICA PATOS – PB 2013
  • 2. IDENTIFICAÇÃO NOME DA ESCOLA: E. E. E. F. M. Dr. Dionísio da Costa INTEGRANTES DO PROJETO: Maria José Rísia da Silva Misselene do Nascimento Chaves FORMADOR(A): Maria Gracielly L. de Abrantes
  • 3. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO................................................................................................................. 4 2. OBJETIVOS....................................................................................................................... 5 2.1 OBJETIVO GERAL......................................................................................................... 5 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS ........................................................................................... 5 3. JUSTIFICATIVA................................................................................................................. 6 4. METODOLOGIA................................................................................................................ 7 5. CRONOGRAMA................................................................................................................ 8 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS............................................................................................. 9 7. REFERÊNCIAS.................................................................................................................. 10
  • 4. 1. INTRODUÇÃO A tecnologia é um tema que está presente atualmente em toda sociedade, em diversos segmentos observamos mudanças de postura e de politicas em relação à informática, seja ela educacional, debates de representantes dos governos, trabalhos industriais e marketing nas empresas. Em tempos de uma era tecnológica e de uma grande repercussão na mídia deve-se tentar preparar os alunos para essa postura perante a aprendizagem escolar. Desta forma a educação é considerada a ferramenta mais acessível para desenvolver projetos que envolvem educação e tecnologia, como um instrumento de ensino-aprendizado. Pois se entende que através da escola o aluno dará sequência ao seu processo de socialização, portanto, espera-se que ao incorporar o processo de aprendizado com a tecnologia da informação no cotidiano da vida escolar, os discentes encontrem-se aptos a inserir-se no mercado de trabalho. Segundo Libâneo (1994) para que o processo de ensino seja de fato concretizado: O professor, ao dirigir e estimular o processo de ensino em função da aprendizagem utiliza intencionalmente um conjunto de ações, passos, condições externas e procedimentos, a que chamamos métodos de ensino. Desta maneira um projeto interdisciplinar sobre o ensino de física junto à informática, se fez necessário com os alunos do primeiro ano do ensino médio da Escola Estadual Dr. Dionísio da Costa. Segundo Tavares (2006): “em física os modelos da realidade são construídos usando-se equações, cujas soluções são funções que normalmente dependem da posição e do tempo”, assim ampliar e desenvolver o conhecimento da comunidade escolar acerca dos conteúdos de física junto à tecnologia.
  • 5. 2. OBJETIVOS 2.1 OBJETIVO GERAL Promover a melhoria da qualidade da educação básica através da oferta de aulas com animações gráficas interativas no ensino de Física na escola pública de ensino médio Dr. Dionísio da Costa. 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Promover a interação entre o professor e os alunos (por meio da tecnologia), na escola e o sistema estadual de ensino, através de um projeto de cooperação que eleve a qualidade do ensino; • Estimular o interesse dos estudantes da rede pública de ensino pelo estudo da Física; • Ampliar o ensino- aprendizagem da Física aos estudantes da escola Dr. Dionísio da Costa; • Contribuir para o aprendizado dos alunos da escola Dr. Dionísio da Costa com o uso de animações gráficas no ensino de Física; • Valorizar o espaço da escola Dr. Dionísio da Costa como campo de experiência para a construção do conhecimento dos alunos; • Incentivar os estudantes a buscar novos meios que facilite o aprendizado no ensino de Física; • Apresentar experiências metodológicas de caráter inovador aos discentes, utilizando recursos de tecnologia da informação e da comunicação, e que os mesmos se orientem para a superação de problemas identificados no processo ensino-aprendizagem em Física; • Proporcionar aos alunos a participação de ações, experiências metodológicas e práticas inovadoras, articuladas com a realidade local da escola Dr. Dionísio da Costa, proporcionando-lhes uma oportunidade de prática pedagógica através da inserção futura ao ingressarem no campo de trabalho.
  • 6. 3. JUSTIFICATIVA Considerando que o convívio escolar é decisivo na aprendizagem de valores sociais e que o ambiente escolar é o espaço de atuação mais imediato para os alunos. Cada professor, dentro da especificidade de sua área, deve adequar os conteúdos para contemplar as questões que devem ser trabalhadas para um melhor aprendizado dos alunos, onde essa adequação deverá ser um compromisso da escola, através da realização de projetos que garantirá a qualificação dos profissionais da instituição principalmente dos discentes. Neste projeto estão envolvidas as professoras Maria José Rísia da Silva e Misselene do Nascimento Chaves, licenciadas em Ciências Exatas e Computação pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A professora Maria José leciona a disciplina de física e a Professora Misselene leciona no curso de Manutenção e Suporte de Informática na Escola Estadual E. M. Dr. Dionísio da Costa (PREMEN-Patos/PB) titulada como Escola Profissionalizante com o Ensino Médio Integral. Contudo este trabalho terá melhor resultado se os professores de todas as disciplinas discutirem e apesar dos entraves, encontrarem elos para desenvolver um trabalho conjunto. A interdisciplinaridade pode ser buscada por meio de uma estruturação da escola, que neste caso aplicará seus conhecimentos visando à transformação das realidades, englobando os aspectos sociais, econômicos e políticos, sem deixar de considerar a dimensão cultural e natural.
  • 7. 4. METODOLOGIA Os procedimentos metodológicos que foram adotados neste trabalho fundamentaram-se em duas modalidades de pesquisa: a pesquisa documental por meio de um levantamento de material bibliográfico para subsidiar a análise dos dados, e também a pesquisa de campo com a aplicação de questionários e aulas práticas para a coleta de dados, que se efetivou mediante as visitas dos alunos e da professora ao laboratório de informática para a aplicação das animações gráficas a serem utilizadas nas aulas. Na ocasião aproveitamos para entrevista-los, foi esclarecido aos educandos que suas identidades não seriam divulgadas, além disso, a importância de serem realistas e verdadeiros em suas participações foi reforçada para garantir a legitimidade da pesquisa. O presente trabalho optou para estudo o método descritivo-exploratório, de natureza qualitativa porque através das entrevistas e aulas práticas buscou-se descobrir o nível de conhecimento dos educandos sobre o uso de animações gráficas para o ensino de física e quantitativa, pois foi realizada a interpretação das entrevistas para definir a concepção dos educandos. O questionário era composto de cinco questões, que buscou conhecer a concepção dos mesmos sobre o ensino de física como um dos meios para se atingir o sucesso no âmbito escolar.
  • 8. 5. CRONOGRAMA Para melhor auxiliar no gerenciamento e manter o controle sobre o andamento do projeto, foi feito um cronograma de atividades no qual é mostrado na tabela abaixo. JUL AGO SET OUT NOV Pesquisa bibliográfica X Estudo bibliográfico X X Análise das animações a serem utilizadas X X Desenvolvimento do projeto X X X X Elaboração e entrega do projeto X X Validação do projeto X X
  • 9. 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS A escola é um local onde os alunos darão sequência ao seu processo de socialização e espera-se que ao incorporar a educação formal no cotidiano da vida escolar, os professores encontrem-se aptos a trabalhar de acordo com os princípios gerais. Nesse contexto ficou evidente a importância de trabalhar os educandos objetivando assim diminuir a visão fragmentada dos problemas relacionados ao ensino de física, melhorando o conhecimento e qualificando-os, para que assim eles possam atingir um dos objetivos da educação que é tornar cidadãos conscientes, aptos a decidir e atuar na realidade social de um modo comprometido com a educação, local e global. A educação tem se esforçado para tornar-se um processo de construção dinâmico, crítico e consciente, com o intuito de contribuir para uma tomada de consciência da sociedade. No entanto, muitas vezes a falta de comprometimento real do poder público no cumprimento e complementação da legislação em relação às políticas específicas da mesma, em todos os níveis de ensino, vem consolidando um modelo educacional que não corresponde às reais necessidades do país. No livro, Gigantes da Física (2003) do autor Brennan, diz que: “quanto maior for o número de degraus em que um problema é decomposto, mais preciso serão os resultados finais”. Logo esse projeto interdisciplinar foi de grande importância para o aprendizado e para a comunidade escolar.
  • 10. 7. REFERÊNCIAS Brennan, Richard P. Gigantes da física: uma história da física moderna através de oito bibliografias. Tradução, Maria Luiza X. de A. Borges; revisão técnica, Hélio da Motta Filho e Henrique Lins de Barro.- ed. rev. - Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.,2003. Libâneo, José Carlos. Didática– São Paulo; Cortez, 1994. - (Coleção magistério. 2o grau. Série formação do professor). Tavares. Romero. Aprendizagem significativa, condição dual e objetos de aprendizagem. Departamento de física e programa de pós-graduação em educação-UEPB, 2006.