Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 05 - Modernismo (1a Fase 1922 a 1930)

  • 413 views
Uploaded on

Estudos para o CACD …

Estudos para o CACD
missaodiplomatica.blogspot.com.br

Literatura Brasileira
Modernismo 1a Fase (1922 a 1930)

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
413
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
13
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Português Aula 05 Modernismo I (Primeira Fase: Desconstrução)
  • 2. 1 Contexto histórico – década 1920 2 Artes na década de 1920 3 Semana de Arte Moderna de 1922 4 Primeira fase modernista: Desconstrução Aula 05 – Modernismo (primeira fase)
  • 3. 1 Contexto histórico – década 1920 . Turbulências políticas e sociais no Brasil - Crise do regime oligárquico - Reação Republicana liderada pelos gaúchos contra hegemonia de São Paulo e Minas Gerais - Nilo Peçanha candidato liberal pelo RJ, contrário às oligarquias estaduais - Arthur Bernardes candidato de Minas Gerais e das Oligarquias, vence eleição mas deixa país dividido . Movimento Tenentista -Revoltas contra eleição de Arthur Bernardes e governo anterior (Epitácio Pessoa) - “Levante do Forte de Copacabana” – primeira ação do Movimento Tenentista - Ações tenentistas no RJ e SP (1923, 1924) - Revolução de 1924, Arthur Bernardes bombardeia cidade de SP e decreta Estado de Sítio - Coluna Prestes, movimento Tenentista percorre Brasil entre 1922 e 1927 pregando mudanças políticas e sociais, culminando na Revolução de 1930 . Contexto no exterior - Fim da Primeira Guerra Mundial - Revolução Russa (1917) - ideais comunistas, mudanças sociais, movimentos operários Aula 05 – Modernismo I
  • 4. 2 As artes na década 1920 . Movimentos de Vanguarda na Europa - Cubismo: representação do mundo não deve ter compromisso com as aparência real das coisas - Expressionismo: proposta de arte pessoal e intuitiva, com predomínio da visão interior do artista (expressão), com deformação da realidade da realidade e do ser humano em oposição à mera observação da realidade (impressão/impressionismo) características da Belle Époque - Futurismo: ideias de Filippo Marinetti e seu Manifesto Futurista (1909), rejeição ao passado, ideias baseadas nos avanços tecnológicos . Anitta Malfatti (1889 a 1964) - jovem pintora que traz experiências dessas novas vanguardas da Europa para o Brasil . Heitor Villa-Lobos (1887 a 1959) - jovem compositor com influências de Stravinski e da música moderna francesa . Oswald de Andrade (1890 a 1954) - jovem escritor, que também volta da Europa impregnado com futurismo de Marinetti, afirmando que ” estamos atrasados cinquenta anos em cultura, chafurfando ainda em pleno parnasianismo” Aula 05 – Modernismo I
  • 5. 3 Semana de Arte Moderna de 1922 . Semana de Arte Moderna 1922 - Desconstrução do panorama artístico nacional - Proposta de criação de arte verdadeiramente nacional - Linguagem transgressora, humor, sátira - O que caracteriza é a liberdade de expressão, utilizando linguagem coloquial para retratar o cotidiano . Oswald de Andrade (1890 a 1954) - Pau-Brasil . Mário de Andrade (1893 a 1945) - Paulicéia desvairada, Amor verbo Intransitivo, Macunaíma . Movimento multicultural - Música: Villa Lobos, Guiomar Novais - Pintura: Anita Malfatti, Di Cavalcanti - Escultura: Victor Brecheret Aula 05 – Modernismo I
  • 6. Aula 05 – Modernismo I
  • 7. 4 Primeira Fase Modernista (1922 a 1930): Desconstrução . Momento de Reflexão - Discussão sobre uma Nova Arte para o Brasil - Convergência sobre necessidade de criação de estética realmente brasileira - Um mundo novo: Europa devastada, arte clássica não correspondendo à realidade . 3 Características principais 1 – Rompimento com o passado 2 – Orientação Revolucionária (liberdade de expressão, cotidiano, linguagem coloquial) 3 – Busca de Expressão Nacional (Nacionalismo Crítico, Primitivismo, Folclore) . Movimentos de Vanguarda na Europa adaptados à realidade brasileira - Paulicéia desvairada, Amor verbo Intransitivo, Macunaíma . Principais personagens - Oswald de Andrade - Mário de Andrade - Gilberto Freyre (Regionalismo Modernista) Aula 05 – Modernismo I
  • 8. Aula 05 – Modernismo I
  • 9. Aula 05 – Modernismo I . Técnicas de Vanguarda: Paródia e fragmentação . Mistura de Técnicas . Olhar para a burguesia paulistana
  • 10. Aula 05 – Modernismo I . Em Amar: Verbo Intransitivo, Mário faz crítica à hipocrisia reinante na família tradicional Paulista da década de 1920 (imigrante alemã contratada para fazer iniciação do filho da família) . Macunaíma, negro de mãe índia se torna louro de olhos azuis: caldo da cultura brasileira
  • 11. missaodiplomatica.blogspot.com.br