Teoria  e Desenvolvimento Curricular 29 de Janeiro de 2009
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Segundo  Lodini … </li></ul><ul><li>A programação representa o principal instrumento que possibilita q...
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Assim…  </li></ul><ul><ul><li>A tarefa de programação de processos de ensino aprendizagem requer, da p...
PROGRAMA <ul><li>“… é uma estrutura central de referência, no sentido de estabelecer os mínimos comuns a todo o país… na m...
PROGRAMAÇÃO  vs  PROGRAMA <ul><li>Programa:   </li></ul><ul><ul><li>Fornece aos professores um quadro de referências relat...
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Condições: </li></ul><ul><ul><li>Processo de tomada de decisões </li></ul></ul><ul><ul><li>Compromisso...
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Processo de tomada de decisões </li></ul><ul><ul><li>Os docentes, ao programarem, adoptam decisões rel...
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Compromisso da comunidade educativa </li></ul><ul><ul><li>A realidade pode ser muito diferente  </li><...
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Abertura territorial </li></ul><ul><ul><li>Deve fazer-se uma programação capaz de gerar projectos curr...
PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO <ul><li>Trabalho realizado por : </li></ul><ul><ul><li>Artur Ramísio </li></ul></ul><ul><ul><li>Nuno Mota </li...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Programação aulas

988 views
930 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
988
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Programação aulas

  1. 1. Teoria e Desenvolvimento Curricular 29 de Janeiro de 2009
  2. 2. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Segundo Lodini … </li></ul><ul><li>A programação representa o principal instrumento que possibilita que um projecto geral (Programa Nacional) possa descer à situação de cada escola </li></ul><ul><ul><li>situada num determinado contexto geográfico/social </li></ul></ul><ul><ul><li>com determinado corpo docente e alunos </li></ul></ul><ul><li>É uma série de operações que os professores, em conjunto ou de forma isolada, levam a efeito para organizar a nível concreto a sua actividade didáctica, pondo em prática as experiências de aprendizagem que constituirão o currículo dos seus alunos </li></ul>
  3. 3. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Assim… </li></ul><ul><ul><li>A tarefa de programação de processos de ensino aprendizagem requer, da parte dos professores, opções criteriosas relativamente aos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Objectivos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Conteúdos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Orientações metodológicas propostas pelos programas </li></ul></ul></ul>
  4. 4. PROGRAMA <ul><li>“… é uma estrutura central de referência, no sentido de estabelecer os mínimos comuns a todo o país… na medida em que constitui o meio de igualdade de todas as crianças e adolescentes…“ </li></ul>
  5. 5. PROGRAMAÇÃO vs PROGRAMA <ul><li>Programa: </li></ul><ul><ul><li>Fornece aos professores um quadro de referências relativamente ao que se espera que o aluno venha a ser capaz de fazer </li></ul></ul><ul><li>Programação: </li></ul><ul><ul><li>Completa o Programa, ou seja, aproxima-o e adequa-o da realidade em que se vai desenvolver </li></ul></ul>
  6. 6. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Condições: </li></ul><ul><ul><li>Processo de tomada de decisões </li></ul></ul><ul><ul><li>Compromisso da comunidade educativa </li></ul></ul><ul><ul><li>Abertura territorial </li></ul></ul>
  7. 7. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Processo de tomada de decisões </li></ul><ul><ul><li>Os docentes, ao programarem, adoptam decisões relativamente aos conteúdos, métodos, prioridades, etc., a utilizar </li></ul></ul>
  8. 8. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Compromisso da comunidade educativa </li></ul><ul><ul><li>A realidade pode ser muito diferente </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>de uns docentes para outros </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>entre docentes e pais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Por isso, é necessário chegar a um acordo que permita enfrentar harmoniosamente a tarefa educativa </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>A participação da comunidade educativa é importante </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Porque se socializa a responsabilidade e se melhora a implicação de todos no processo curricular </li></ul></ul></ul></ul>
  9. 9. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Abertura territorial </li></ul><ul><ul><li>Deve fazer-se uma programação capaz de gerar projectos curriculares suficientemente diversos para responder adequadamente aos diferentes backgrounds culturais </li></ul></ul><ul><ul><li>O docente deve saber ligar a exigência do programa nacional com os interesses locais e as características de cada contexto sociocultural </li></ul></ul>
  10. 10. PROGRAMAÇÃO
  11. 11. PROGRAMAÇÃO
  12. 12. PROGRAMAÇÃO
  13. 13. PROGRAMAÇÃO
  14. 14. PROGRAMAÇÃO <ul><li>Trabalho realizado por : </li></ul><ul><ul><li>Artur Ramísio </li></ul></ul><ul><ul><li>Nuno Mota </li></ul></ul><ul><ul><li>Raquel Castro </li></ul></ul>

×