Your SlideShare is downloading. ×
PROJETO                                              “FERRO VERDE”                                        “ Itabira era ap...
desafios                                                                                 metas      TECNOLÓGICOS          ...
Oleaginosa: pinhão-manso                                                             Oleaginosa: pinhão-manso PINHÃO-MANSO...
perspectivas                                                                       perpectivas                            ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Projeto ferro verde (6 slides por página)

341

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
341
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Projeto ferro verde (6 slides por página)"

  1. 1. PROJETO “FERRO VERDE” “ Itabira era apenas uma fotografia na parede” O ELO FALTANTE Hoje: CIDADE DO BEM VIVER 1www.biovale.teiaslive.net Pool de competências Parcerias & apoios A estratégia do Pool do Projeto SPE “ Projeto FerroVerde” (BIOVALE ENERGIA & Associados) “FerroVerde” é congregar ESTRATÉGIA capacitações dos vários agentes INOVAÇÃO PRODUTIVIDADE envolvidos na cadeia produtiva do MINASINVEST ALIANÇA DE DESENVOLVIMENTO bio-diesel, alinhando-os de forma empresarial sustentável, UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA – BIOAGRO/FUNARBE COMPOSIÇÃO DESEMPENHO POOL DO ECONÔMICA BIODIESEL Formando um aglomerado das UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO melhores competências na elaboração e implementação de um EPAMIG – EMPRESA DE PESQUISA DE AGROPECUÁRIA DE MG AMBIENTE DE projeto “porteira fechada” (turn- NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO key) na cadeia produtiva do COLABORAÇÃO CETEC – Centro Tecnológico de Minas Gerais – SECTES biodiesel, no quadrilátero ferrífero de Minas: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRA, INDESI FROM SOIL TO OIL (da plantação à produção) Objetivo geral desafios Um dos principais benefícios dos bio-combustíveis é o seu potencial de aumentar a receita agrícola e fortalecer as economias rurais. Relatório Investir o desprovido produtor rural de tecnologia e capacitação do Banco Mundial atesta que as indústrias de biocombustíveis precisam de cerca de 100 vezes a mais de trabalhadores por unidade de energia para produção de oleaginosas produtivas com vistas à produção produzida do que a indústria de petróleo. de bio-diesel para comercialização no mercado nacional e Internacional. A natureza dispersa da agricultura faz com que, provavelmente, a produção de biocombustíveis não se torne tão centralizada quando a indústria de óleo fóssil. PARA ALCANÇAR ESTE OBJETIVO, O PROJETO BIOVALE SE PROPÕE A O projeto “ferroVerde” visa promover o desenvolvimento de forma sustentável, gerando novas alternativas de trabalho e renda, qualidade de vida e preservação ambiental às comunidades afetadas pela Aumentar o seu acesso às tecnologias avançadas de sementes e exploração mineral intensa. mudas de alta qualidade, cooperativismo, instrumentalizando o fortalecimento do agricultor familiar e suas organizações. Um “pool” de competências que integram a cadeia produtiva do biodiesel pode ser instrumental para promover renda e energia limpa fundamentais ao desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida.
  2. 2. desafios metas TECNOLÓGICOS PRODUTIVOSDe um lado, há um grande interessepor parte de produtores no cultivo do Além de afetar negativamente aspinhão-manso. Por outro lado, as culturas de oleaginosas destinadas ao consumo humano, o preço dessas pesquisa agricultura indústria logística logísticainformações de pesquisa e extensãoestão basicamente limitadas àquelas “commodities” para produção defeitas pelos Centros experimentais biodiesel (como a soja) tem seda EPAMIG e UFV. mostrado economicamente inviável. A multiplicação de mudas por cultura de tecidos garantindo a produção de mudas As indústrias recentemente uniformes.Do que se conclui que há forte implantadas de biodiesel estãopressão por resultados de pesquisa Inoculação das mudas com fungos “micorrízicos arbusculares”, assegurando a sofrendo sérias dificuldades em terque suportem a intenção de plantio aceleração do crescimento e aumento da produtividade e biomassa mais elevadas, da o insumo para industrialização. ordem de 30%.em escala comercial. A obrigatoriedade legal de uso eliminação da toxidez do resíduo (cerca de 62% da biomassa), produzindo ração animalAs sementes e/ou mudas dos mínimo de biodiesel e pressões de alto valor protéico, ampliando susbstantivamente a rentabilidade do projeto.escassos plantios existentes são de ambientais para redução na emissãoprocedência e constituição genética de carbono forçarão os preços dodesconhecidas. óleo para cima. metas metas pesquisa agricultura indústria logística logística pesquisa agricultura indústria logística logística Construção de uma Usina de Extração de Óleo e produção de biodiesel com trans-esterificação de terceira geração em Itabira, Minas Gerais, com capacidade de: Plantio de cerca de 40 mil ha de pinhão manso na região de Itabira e entorno (Barão de Cocais, Catas Altas, Mariana), Minas Produção de cerca de 70 mil ton / ano de biodiesel Gerais, sendo 12 mil ha em regime de Agricultura Familiar Produzir de cerca de 120 mil tons/ano de torta para ração animal (após processo de destoxificação) Participação em empreendimentos de produção de oleo vegetal e biodiesel em parcerias com produtores de insumos da região. Aproveitamento de óleo reciclado de coleta seletiva em parceria com ITAURB metas regiao – Itabira e entorno Vantagens Cortada pelo Corredor Logístico Minas-Rio de Janeiro e Vitória pesquisa agricultura indústria logística logística Cortada pela Rodovia Br 262 (Belo Horizonte / Vitória) Boa Estrutura viária Condições edafoclimáticas favoráveis Construção de tanques e Estação de transbordo em Itabira Disponibilidade de terras e agricultura familiar abundante Sistema logístico da VALE para as operações de logística para o mercado interno eexterno até os portos; transporte marítimo (chartering) para o exterior Gestão agrícola, P&D, assistência Técnica e comercial: O projeto atende importante programa de ações de sustentabilidade da VALE: Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal de Ouro Preto Programa “ferrovia verde” destinado à sua malha ferroviária, utilizando o EPAMIG: Fazenda Experimental em parceria com Prefeitura de Itabira biodiesel B20 (mistura de 20% de biodiesel e 80% de diesel comum) como CONAB: programa de aquisição antecipada (para as culturas consorciadas) combustível. CETEC – Centro Tecnológico – validação e certificação EMATER: Escritórios locais nas localidades
  3. 3. Oleaginosa: pinhão-manso Oleaginosa: pinhão-manso PINHÃO-MANSO: Euforbiácea produtora de Para Purcino e Drummond (1986) o pinhão manso é uma planta produtora desementes ricas (38%) em óleo, fácil e óleo com todas as qualidades necessárias para ser transformado em óleoeconomicamente transformado em óleo para fins diesel.combustíveis. Além de perene e de fácil cultivo, apresenta boa conservação da sementeAtualmente, essa espécie não está sendo explorada colhida.comercialmente no Brasil, com certificaçãorecente do Ministério da Agricultura .É uma planta Pode se desenvolver nas pequenas propriedades, com a mão-de-obraoleaginosa viável para a obtenção do biodiesel, familiar disponível, sendo mais uma fonte de renda para as propriedades rurais do semi-arido.produzindo, no mínimo, quatro toneladas de óleopor hectare, levando de três a quatro anos para Como é uma cultura perene, segundo Peixoto (1973), pode ser utilizado naatingir a idade produtiva, que pode se estender por conservação do solo, pois o cobre com uma camada de matéria seca,mais de 50 anos. (Carnielli,2003) reduzindo,dessa forma, a erosão e a perda de água por evaporação, evitando enxurradas e enriquecendo o solo com matéria orgânicaSegundo Cortesão (1956) e Peixoto (1973), sua decomposta.distribuição geográfica é bastante vasta devido asua rusticidade, resistência a longas estiagens, O plantio do pinhão já é tradicionalmente utilizado como cerca viva para pastos, coma vantagem de não ocupar áreas importantes para outrasbem como às pragas e doenças, sendo adaptável a culturas e pastagens e favorecer o consórcio nos primeiros anos, pois ocondições edafoclimáticas muito variáveis espaçamento entre plantas é grande (PURCINO e DRUMMOND, 1986). impacto ambiental sustentabilidade A implantação de florestamento de pinhão-manso, que tem um ciclo de Implantação de lavouras familiares em uma região sem muitas vida maior do que 50 anos, com raízes profundas e que podem ser alternativas agrícolas e sob forte impacto ambiental cultivadas em solos pobres pode ser usada em ações de contenção de processos de erosão, atuar contra a desertificação, além de fertilizar o Educação dos agricultores familiares sobre métodos alternativos de solo com húmus produzidos a partir das folhas que caem. convivência rural e produção agrícola eficiente O cultivo de pinhão-manso pode gerar alterações microclimáticas, sendo Disponibilização de insumos necessários para a Instalação de parques que o seu cultivo como cultura permanente lucrativa serve para uma revitalização sustentável e o reflorestamento em terrenos degradados. industriais de extração de óleo vegetal e sub-produtos Melhoraria dos níveis de segurança alimentar, promovendo a adoção A utilização de energia renovável poderá diminui a renovação de CO2 (Protocolo de Quioto). de tecnologias dirigidas ao manejo sustentável dos cultivos no modelo agroflorestal O uso de biodiesel e biolubrificantes aumenta a durabilidade dos motores e os biolubrificantes uma vez que são biodegradáveis serão destruídos rapidamente por bactérias. O Projeto atende dois importantes programas de ações de sustentabilidade da Vale: Programa Vale Florestar, que visa o plantio de árvores e a recuperação de A qualidade do biodiesel faz aumentar a vida útil de filtros de partículas matas. de carbono bem como os catalisadores. O uso de biodiesel nos grandes centros urbanos diminuirá sensivelmente os problemas de saúde de origem respiratória. Por meio do inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE), a Vale analisa estoques e índices de emissão de carbono desde 2005 escopo perspectivas P&D agricultura tecnologias RCS perspectivas O mundo está prestes a ter um crescimento sem precedente na Pesquisa e desenvolvimento de mudas de qualidade e uniformes: micorrização produção e uso de bio-combustíveis. arbuscular, destoxificação dos resíduos (pinhão-manso) e utilização da glicerina: RAZÕES: Parceria com universidades e centros de pesquisa Gestão agrícola e assistência técnicas em todas as fases da cadeia produtiva: Os preços do petróleo em alta parceria com empresas e organizações especializadas de renome, assegurando vertiginosa traz preocupações nacionais produtividade e sustentabilidade de segurança, interesses agrícolas e uma série de novas tecnologias. Tecnologias de esmagamento/extrusão e processos industriais (transesterificação) inovadores de alta produtividade e menores custos Os dois bio-combustíveis mais RCS - Responsabilidade Corporativa Social: monitoramento de todas as fases do prevalecentes são o etanol e o biodiesel. projeto na observação de critérios rígidos e internacionalmente reconhecidos de sustentabilidade. BioVale detém a gestão de dois impactantes projetos em sustentabilidade: TEIAS: Teia de Executivos & Empreendedores de Impacto em Ações A produção do etanol mais do que Ambientais (www.teias.teiaslive.net) e Carbono Neutro Social dobrou entre 2000 e 2005, enquanto a (www.carbononeutro.teiaslive.net) produção do biodiesel quadruplicou.
  4. 4. perspectivas perpectivas As únicas fontes de energia genuinamente sustentável são aquelas A demanda global por óleo cresce mais de 2% ao ano. baseadas no fluxo de energia do sol: solar, hídrica, aeólica, onda, biomassa. Este aumento da demanda, somado à lacuna sendocriada pelo declínio do fornecimento, implica em novas Portanto, fontes renováveis podem atender todas as necessidades defontes de energia a cada ano equivalente a 4-5% da energia do mundo, agora e no futuro.produção mundial atual de petróleo: A quantidade de energia fornecida por fontes renováveis poderiam ser 120 vezes o nível atualcerca de 1.800 milhões de barris por ano! Estima-se que o mercado por tecnologias limpas chegue a valer US$1.9 Em 2015, quando cessa a produção de gás capaz de trilhões até 2020atender a demanda crescente , as novas fontes de energiateriam de aumentar a taxa anual que vinha crescendo O problema é desenvolver estas fontes o rápido suficiente para preencher a lacuna à medida que se abre. em mais 900 milhões de barris! Source: GTZ/WorldWatch Institute Fonte: GTZ/WorldWatch Institute tecnologia O grande desafio: sustentabilidade A produção de Nas economias modernas, a pobreza em larga escala impõe enorme biocombustível perda econômica, perda de talentos e energia de milhares de pessoas tem se tornado deslocadas de atividades socialmente produtivas que poderiam gerar substancialmente riqueza para a sociedade ao invés de lutar pela mera sobrevivência mais eficiente nos últimos 25 anos As parcerias devem com a escala no nível global e no crescente das nível nacional com indústrias os agentes nacionais locais e Americanas e parceiros externos Brasileiras agindo juntos, asEntretanto, o maior potencial para os instituições dobiocombustíveis está no desenvolvimento de setor privado e da Os ganhos sociedade civilnovas tecnologias que vão expandir MAS a parceria fundamental e, por fim, a únicasignificativamente a gama de insumos de incrementais colaborando para possivelmente vão criar condições que efetivamente conta é com os própriosbiomassa, aumentar as eficiências de capazes deconversão e baratear os custos de produção. continuar pelos desprovidos agindo como protagonistas. Eles têm emancipar os talentos, habilidades e conhecimento para próximos anos. grupos desprovidos operarem com eficácia em seu próprio ambiente tecnologia como agente de mudança Projetos de biodiesel podem trazer substantivo fortalecimento econômico criando renda e oportunidade de emprego tanto as comunidades rurais como aos empreendedores. Eles podem ser utilizados como um elemento crucial para estimular um sistema circular combinando efeitos ecológicos, PROJETO econômicos e de geração de renda (HEN. 1994), principalmente as comunidades rurais susceptíveis a seca e exploração mineral “FERRO VERDE” extensiva. O ELO FALTANTE Promovem os principais aspectos do desenvolvimento com vistas a alcançar um modo de vida sustentável para os pequenos agricultores em termos de energia renovável, controle da erosão, fortalecimento e desenvolvimento sócio- econômico. 24 www.biovale.teiaslive.net

×