“Não nascemoslivres:a liberdade é umaconquista - e mais:uma invenção."
“A palavra é a amante eo amigo do poeta, seupai e sua mãe, seu deus eseu diabo, seu martelo esua almofada.Também é seu ini...
"Cada poema é único.Em cada obra lateja,com maior ou menorintensidade, toda a poesia.Portanto, a leitura de um sópoema nos...
“A palavra é o próprio homem.Somos feitos de palavras.Elas são nossa única realidadeou, pelo menos, o únicotestemunho de n...
“Soy hombre: duro pocoY es enorme la noche.Pero miro hacia arriba:Las estrellas escriben.Sin entendercompreendo:También so...
“A poesia éconhecimento, salvação,poder, abandono.Operação capaz demudar o mundo, aatividade poética érevolucionária porna...
A poesia revela este mundo;cria outro.Pão dos eleitos; alimentomaldito.Separa; une.Convite à viagem;regresso à terra natal.”
Octávio Paz Lozano (Cidade doMéxico, 31/03/1914 – Cidade doMéxico, 19/04/1998), foi um poeta,ensaísta, tradutor e diplomat...
FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan         mimabadan@yahoo.com.br       MÚSICA: Concierto de Aranjuez         Execução: Ernest...
Palavras de Octávio Paz
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palavras de Octávio Paz

575 views
398 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
575
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palavras de Octávio Paz

  1. 1. “Não nascemoslivres:a liberdade é umaconquista - e mais:uma invenção."
  2. 2. “A palavra é a amante eo amigo do poeta, seupai e sua mãe, seu deus eseu diabo, seu martelo esua almofada.Também é seu inimigo:seu espelho."
  3. 3. "Cada poema é único.Em cada obra lateja,com maior ou menorintensidade, toda a poesia.Portanto, a leitura de um sópoema nos revelará, commaior certeza do que qualquerinvestigação histórica oufilológica, o que é a poesia ."
  4. 4. “A palavra é o próprio homem.Somos feitos de palavras.Elas são nossa única realidadeou, pelo menos, o únicotestemunho de nossarealidade".
  5. 5. “Soy hombre: duro pocoY es enorme la noche.Pero miro hacia arriba:Las estrellas escriben.Sin entendercompreendo:También soy escrituraY en este mismo instanteAlguien me deletrea.”
  6. 6. “A poesia éconhecimento, salvação,poder, abandono.Operação capaz demudar o mundo, aatividade poética érevolucionária pornatureza; exercícioespiritual, é um métodode libertação interior.
  7. 7. A poesia revela este mundo;cria outro.Pão dos eleitos; alimentomaldito.Separa; une.Convite à viagem;regresso à terra natal.”
  8. 8. Octávio Paz Lozano (Cidade doMéxico, 31/03/1914 – Cidade doMéxico, 19/04/1998), foi um poeta,ensaísta, tradutor e diplomatamexicano, notabilizado,principalmente, por seu trabalhoprático e teórico no campo dapoesia moderna ou de vanguarda.Recebeu o Nobel de Literatura de1998.Escritor prolífico cuja obra abarcouvários gêneros, é considerado umdos maiores escritores do xéculoXX e um dos grandes poetashispânicos de todos os tempos.
  9. 9. FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan mimabadan@yahoo.com.br MÚSICA: Concierto de Aranjuez Execução: Ernesto Cortazar IMAGENS: Google (Repasse com os devidos créditos) BLOGs de MIMA BADAN em: www.mimabadan.blogspot.com wwwrecantodepalavras.blogspot.com wwwrecantodasreceitas.blogspot.com wwwpurezadoutrinaria.blogspot.com wwwcasadavovomima.blogspot.comPPSs e ESTÓRIAS INFANTIS de MIMA BADAN em: www.slideshare.net/mimabadan

×