Permacultura e emissao_zero
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Permacultura e emissao_zero

on

  • 1,640 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,640
Views on SlideShare
1,611
Embed Views
29

Actions

Likes
1
Downloads
44
Comments
0

2 Embeds 29

http://2020sustentavelezep.blogspot.com 24
http://www.slideshare.net 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Permacultura e emissao_zero Presentation Transcript

  • 1. UNIVESIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO GESTÃO AMBIENTAL LUIS FELIPE NASCIMENTO Camila Borelli Patricia Schenkel Permacultura e Emissão Zero
  • 2. Permacultura Surgimento: • Em 1974, após muitos anos de pesquisas e observação da Natureza, os australianos Bill Mollison e David Holmgren desenvolveram uma estrutura de trabalho para um sistema agrícola sustentável, baseado na policultura de árvores e vegetação em geral, denominado Permacultura – Agricultura Permanente. • Ao longo da década de 70, o sentido se ampliou para desenho de paisagens que imitam os padrões e relações encontrados na natureza em busca da sustentabilidade. • Atualmente a permacultura é representada por cerca de 450 grupos, associações e organizações trabalhando com seus princípios do design em todo o mundo distribuídos em mais de 120 países em todo o mundo. • No Brasil - O primeiro curso de Permacultura no Brasil aconteceu em 1992, em Porto Alegre (RS), com Bill Mollison e o especialista em semi- árido norte-americano, Scott Pittman.
  • 3. Permacultura Definição: Paisagens conscientemente desenhadas que reproduzam padrões e relações encontradas na natureza e que, ao mesmo tempo, produzam alimentos, fibras e energia em abundância e suficientes para prover as necessidades locais.
  • 4. Permacultura Princípios éticos da Permacultura: • Cuidado com a terra (solos, floresta e água); • Cuidado com as pessoas (cuidar de si mesmo e da comunidade); • Patilha justa (estabelecer limites para o consumo e reprodução, redistribuindo o excedente).
  • 5. 11) Use as bordas e 12) Utilize e responda criativamente à valorize os mudança elementos marginais 1) Observe e Interaja 10) Use e valorize a 2) Capte e diversidade Armazene a Energia 9) Use Princípios de 3) Obtenha soluções rendimento pequenas e lentas Design da Permacultura 4) Pratique a 8) Integrar auto-regulação e ao invés de aceite feed back segregar 5) Use e valorize os recursos renováveis 7) Design partindo de padrões para chegar ao detalhe 6) Não produza disperdícios
  • 6. Permacultura Vídeo
  • 7. Permacultura Sites para pesquisa: Instituto de Permacultura da Bahia site Instituto de Permacultura e Ecovilas do Pampa site Procurar IPEP-permacultura tb no youtube.
  • 8. Emissão Zero
  • 9. Emissão Zero • De forma geral, é a busca pela completa eliminação de toda forma de resíduo (desperdício). • A Emissão Zero visualiza um contexto onde todos os insumos dos processos produtivos são utilizados nos produtos finais ou convertidos em insumos capazes de agregar valor para outros processos. • Na indústria, significa a máxima redução ou eliminação dos resíduos produtivos, seja através do reaproveitamento no próprio sistema produtivo, seja na cooperação entre as indústrias para que o resíduo de uma possa ser utilizado como insumo de outra.
  • 10. Emissão Zero • A Emissão Zero significa uma mudança em nosso conceito de indústria, deixando de lado o modelo linear no qual os resíduos são considerados normais, e partindo para um modelo integrado onde tudo tem utilização e pode ser aproveitado. • Este novo conceito anuncia o início de uma nova revolução industrial na qual a indústria imita os ciclos sustentáveis da natureza e do homem.
  • 11. Emissão Zero • A lógica de negócios da Emissão Zero está de acordo com os objetivos das empresas, uma vez que, reduzindo a quantidade de matéria-prima utilizada e a emissão de resíduos , elas estarão sendo mais eficientes e terão seus custos reduzidos. Conceito de Gestão Alvo Gestão da Qualidade Total Zero Defeitos Satisfação Total dos Clientes Just-in-time Zero Estoques Produtividade total dos Zero Emissões materiais
  • 12. Emissão Zero • ZERI – Zero Emission Research and Initives. • Fundação criada pelo empresário belga Gunter Pauli, em 1997. • Sua proposta é "desenvolver projetos originais e capazes de fazer a diferença no contexto dos esforços de construção de um novo modelo de produção, industrial e rural, capaz de otimizar os recursos planetários e satisfazer as necessidades humanas, no presente e no futuro". • A busca pela sustentabilidade deve ser baseada na aceitação da interdependência global. • SITE
  • 13. Emissão Zero Exemplos: • Roche: O QUE FEZ - Investiu quase 260 milhões de dólares apenas nos últimos três anos em redução de energia. RESULTADO - A empresa reduziu pela metade o consumo de energia por empregado em suas fábricas em mais de 150 países na última década. • Unilever: O QUE FEZ - Em 1995 começou a mudar processos produtivos em suas fábricas em 100 países para a redução de consumo de água. RESULTADO - Desde 1995, reduziu 58% de seu consumo de água por tonelada produzida. Apenas em sua fábrica em Caivano, na Itália, passou a economizar cerca de 130 000 dólares por ano.
  • 14. Emissão Zero Exemplo: MAXITEX • Empresa Sapucaia do Sul • Referência mundial em Eco-Têxteis • Produz fios, tecidos, malhas e confecções a partir de fibras ecológicas, sustentáveis, naturais, artificiais e sintéticas. • Em seu processo produtivo, trabalha com a emissão zero de resíduos VÍDEO
  • 15. Emissão Zero • A matéria-prima da Maxitex é provinda da reciclagem de garrafas pet, tecidos de roupas velhas e, a quebras de tecidos de confecções. • Na fabricação, a Maxitex aproveita as cores naturais das fibras e suas diversas nuances e tonalidades, não sendo necessária a utilização de corantes, água e produtos químicos. • Os resíduos gerados no processo produtivo dos fios e tecidos são, sempre que possível, re-reciclados para serem utilizados na fabricação de novos produtos. O que não é possível de ser reutilizado na própria empresa é vendido ou doado para outras empresas e projetos sociais.
  • 16. Emissão Zero resíduos resíduos resíduos
  • 17. Emissão Zero CURIOSIDADE... • Em média, 20 a 25 garrafas pet de 2 litros viram um suéter. • Até este momento, a Maxitex já reciclou 41.131.463 garrafas pet. (clique para ver o número atualizado)
  • 18. Como podemos contribuir • Contribuir dentro de casa • Contribuir dissipando o conhecimento • Contribuir ativamente integrando-se à associações já existentes Exemplo: ASSOCIAÇÃO CULTURAL NOVA ACRÓPOLE • Escola de Filosofia à Maneira Clássica presente em mais de 40 países. • Visa resgatar os valores clássicos da humanidade e aplicá-los no cotidiano. http://www.nueva-acropolis.es/anuario2009/anuario2009.asp?idss=eco&lang=esp
  • 19. Como podemos contribuir ASSOCIAÇÃO CULTURAL NOVA ACRÓPOLE Educação Trabalhar desenvolvendo as potencialidades do ser humano.
  • 20. OBRIGADA!