Your SlideShare is downloading. ×
0
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Ciclones
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ciclones

579

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
579
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ciclones JOÃO FERREIRA – 236 MIGUEL PIMENTA – 495 PEDRO RODRIGUES – 528 BEATRIZ CASTANHO – 769 CAROLINA ANTUNES – 805 SORAIA FIDALGO - 889
  • 2. O que é um ciclone? Os ciclones são uma força da natureza, que ocorrem commais frequência nas zonas tropicais, e formam-se sobre osoceanos. Normalmente surgem quando a temperatura do marronda os 27ºC, evaporando-se em grande quantidade eprovocando o abaixamento da pressão atmosférica. O vaporde água sobe, arrefece e condensa, começando a girar e aformar colunas que podem atingir os 2000 km de diâmetro.
  • 3. O que se pode fazer antes do aparecimento de um furacão ?• Desenvolver um plano de emergência considerando várias situações (em casa, na rua, no trabalho, na escola) e prevendo os vários locais de abrigo possíveis;• Conhecer bem a zona que se habita e adquirir um mapa da região, de modo a poder acompanhar a evolução de um furacão pelos boletins meteorológicos;• Estar atento à rádio e televisão, de modo a estar actualizado sobre a informação deste tipo;• Se planear um passeio para fora da região estar informado sobre as previsões meteorológicas e tomar as medidas necessárias caso de o tempo se tornar ameaçador;• Realizar exercícios de simulação sempre que possível.
  • 4. Segurança nas escolas• Todas as escolas devem ter um plano de emergência, e realizar exercícios com frequência.• Todas as escolas devem ser inspeccionadas e devem ser definidas áreas de abrigo pelas pessoas competentes. As caves oferecem, geralmente, a melhor protecção;• Os responsáveis pela activação do plano de emergência devem acompanhar a informação relativa ao estado do tempo;• Deve ter sempre à mão um megafone ou corneta de ar comprimido para activar o alarme, mesmo se o sistema de alarme da escola for eléctrico, pois pode dar-se o caso de falha de electricidade;• Tomar as precauções adequadas para alunos com deficiências físicas;• Assegurar a responsabilidade de desligar o gás e electricidade em caso de emergência;• Manter as crianças na escola fora das horas regulares em caso de aproximação de um furacão;• Almoços, ou reuniões, em salas grandes devem ser adiados em caso de aproximação de um furacão;• Deslocar os estudantes rapidamente para o abrigo previsto, ou para as salas interiores no piso mais inferior e, no caso do vento se tornar mais violento, assegurar que todos assumem a seguinte posição:
  • 5. Medidas gerais de prevenção em caso de ciclonesEm caso de evacuação:Se for aconselhado a abandonar a residência: -Fechar água e gás, desligar a electricidade e fechar a casa. -Tapar as janelas com tábuas ou persianas resistentes. -Recolher do exterior da casa todos os objectos que possamser levados e prender os maiores e mais pesados. -Certificar que tem combustível no carro e conduzir usando as rotas de evacuação gerais.
  • 6. Medidas gerais de prevenção em caso de ciclonesDurante a aproximação de um furacão:Se não abandonar a residência: -Se a sua casa é segura e situada em altitude, mantenha-se em casa. -Fechar água e gás, desligar a electricidade. -Não abra as cortinas, estas servem de protecção contra estilhaços. -Coloque tábuas, ou persianas resistentes, em janelas grandes--Armazene alguma água para consumo, e para fins sanitários, nasbanheiras, jarros, garrafas ou outros depósitos.-Recolher do exterior da casa todos os objectos que possam ser levados eprender os maiores e mais pesados.
  • 7. Durante a tempestade:- Mantendo-se em casa, fique no piso mais inferior e na divisão interior, eafastado das janelas;- Feche todos os depósitos de gás.- Feche todas as portas interiores e reforce as exteriores.- No caso do vento se tornar mais violento coloque-se debaixo de umapeça de mobiliário resistente ou de um colchão.- Desligue todos os aparelhos dispensáveis e mantenha ligado o rádio apilhas de modo a receber informação e instruções das autoridadescompetentes.- Se for surpreendido na rua, afaste-se de árvores,postes ou muros, e proteja a cabeça.
  • 8. Depois da tempestade:• Se há feridos, enviá-los imediatamente aos serviços de emergência;• Inspeccionar a sua casa para verificar que não há perigo de colapso.• Permanecer em casa, caso esta não tenha sofrido danos.• Limpar cuidadosamente qualquer derrame de substâncias médicas, tóxicas ou inflamáveis.• Manter desligado o gás, água e electricidade até estar seguro de que não há fugas nem perigo de curto-circuito.• Certificar-se de que os seus aparelhos eléctricos estão secos antes de os ligar.
  • 9. Depois da tempestade:• Use o telefone unicamente para as emergências;• Se tiver que sair evite tocar ou pisar postes ou cabos eléctricos;• Colabore com os seus vizinhos na reparação dos danos;• Em caso de necessidade, solicite a assistência das brigadas de salvamento ou das autoridades mais próximas.• Certificar-se de que os seus alimentos estão em condições e não comer nada cru ou de origem duvidosa.• Beber a água potável que armazenou ou ferver a que vai beber.
  • 10. Estragos causados por Ciclones-Queda de árvores, queda de Postes de electricidade;-Casas, escolas, carros, estradas, monumentos destruídos;-Pessoas desalojadas;-Inundações;-Vítimas mortais (pessoas e animais).
  • 11. CuriosidadesComo são classificados os ciclones? Os ciclones são classificados em 5 categorias, de acordo com a força dos ventos. 1 — intensidade mínima, os ventos estão entre 118 km/h e 152 km/h (na prática, até 130 km/h o fenómeno é chamado de tempestade tropical, e a partir daí de furacão). 2 — intensidade moderada, os ventos variam de 153 km/h a 176 km/h. 3 — intensidade forte, os ventos ficam entre 177 km/h e 208 km/h. 4 — intensidade extrema, os ventos situam-se entre 209 km/h e 248 km/h. 5 — intensidade catastrófica, os ventos passam de 249 km/h.
  • 12. Curiosidades• Em Portugal Continental• Os ciclones violentos são fenómenos muito pouco frequentes em Portugal Continental.• O ciclone mais intenso verificado nos últimos 60 anos foi o de 15 de Fevereiro de 1941, produzindo, em poucas horas, estragos em quase todo o território continental, com particular incidência na região centro, nomeadamente na cidade de Coimbra, onde se registaram ventos máximos da ordem dos 135 km/h.
  • 13. Furacões que fizeram história• O TUFÃO NINA em 1975 destaca-se pelas mortes: matou pelo menos 29.000 pessoas na China devido à pior enchente em 2.000 anos, causando o rompimento de 62 barragens, pelo menos outras 145.000 morreram a seguir como consequência da fome e as epidemias.• FURACÃO ELENA foi um furacão que esteve activo sobre o Golfo do México em 1985. Com ventos de 177 km/h, considerado de categoria 3.• O FURACÃO KATRINA foi um grande furacão que alcançou a categoria 5, ocorreu em 2005.• O FURACÃO RITA fez parte da temporada de furacões do Atlântico Norte em 2005. Foi a décima sétima tormenta, nono furacão, quinto maior furacão e o segundo furacão de categoria 5 na temporada.• O FURACÃO GUSTAV foi o sétimo ciclone tropical, o terceiro furacão e o segundo furacão "maior" da temporada de furacões no Atlântico de 2008.

×