Gravidez na Adolescência

50,789 views

Published on

10 Comments
91 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
50,789
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
92
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
10
Likes
91
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gravidez na Adolescência

  1. 1. Gravidez na adolescência!<br />
  2. 2. No âmbito da disciplina de TIC foi-nos proposto que realizássemos um trabalho sobre a gravidez na adolescência.<br />Os números sobre gravidez na adolescência aumentam a cada dia, trazendo um grande problema à sociedade, que supõe, nos jovens de hoje, um alto grau de informações sobre assuntos relacionados ao sexo.<br />Introdução<br />
  3. 3. Porque é que a gravidez na adolescência acontece?<br />Falta de informações sobre métodos anticoncepcionais e preservativos, principalmente em classes de baixa renda, onde a escolaridade é muito baixa.<br />O desejo dos adolescentes de não assumir diante seus pais uma vida sexual activa faz com que as raparigas não usem nenhum tipo de contraceptivo ou use algum método ineficaz.<br />O uso de drogas e bebidas alcóolicas afecta os efeitos dos contraceptivos, o que faz com que a menina engravide mesmo usando algum tipo de anticoncepcional.<br />
  4. 4. O pensamento mágico do jovem de que “isso não vai acontecer comigo”;<br />A pressão do namorado ou grupo de amigos;<br />Aumento da liberdade dos jovens e a necessidade de afirmação própria do adolescente, de contraposição à família e de quebra de tabus;<br />Início precoce da vida sexual;<br />
  5. 5. Consequências de uma gravidez na adolescência<br />Uma adolescente grávida poderá apresentar problemas de crescimento e desenvolvimento, emocionais e comportamentais, educacionais e de aprendizagem.<br />O risco de complicações na gravidez e problemas no parto é muito maior.<br />Há também quem considere a gravidez uma complicação da actividade sexual.<br />
  6. 6. Dados sobre a gravidez na adolescência<br />1 em 3 mulheres de 19 anos já são mães ou estão grávidas do 1º filho.<br />1 em 10 mulheres de 15 a 19 anos já tem 2 filhos.<br />49,1% destes filhos foram indesejados.<br />54% das adolescentes sem escolaridade já haviam ficado grávidas<br />6,4% das adolescentes com mais de 9 anos de escolaridade já eram mães ou estavam grávidas do 1º filho.<br />
  7. 7. 55,6% dos jovens entre 16 e 25 anos não usam preservativos nas relações sexuais.<br />18% das adolescentes entre 15 e 19 anos já ficaram grávidas alguma vez<br /> Entre 17,5 milhões de meninas adolescentes existentes no Brasil, 1,1 milhão engravidam todo ano.<br /> Em cada grupo de 17 raparigas, 1 já está ou ficará grávida por ano.<br />
  8. 8. A influência da mídia na gravidez na adolescência<br />A banalização do sexo nos meios de comunicação está a fazer com que o adolescente experimente, cada vez mais cedo, o contacto sexual.<br />No entanto, a falta de maturidade do adolescente faz com que ele não se previna contra uma gravidez prematura ou doenças sexualmente transmissíveis.<br />As emissoras de televisão acreditam passar informações aos adolescentes quando, na verdade, apenas mostram o sexo como um acto sem resultado algum e que, portanto, não deve ser pensado com responsabilidade.<br />
  9. 9. Um exemplo desta banalização do sexo e até mesmo da gravidez na adolescência são os programas onde apresentadoras expõem sua gravidez como algo público e incentivam adolescentes a engravidar, passando um sentimento de naturalidade excessiva ao facto de meninas de 15 anos estarem grávidas.<br />
  10. 10. Quando o teste dá positivo, o que fazer?<br />Uma gravidez precoce não planeada implica sempre uma tomada de decisão. Independentemente da atitude que se venha a tomar, é importante procurar o apoio de uma ou mais pessoas para esta reflexão, de forma a conseguir lidar melhor com esta situação.<br />Esta decisão é muito importante, porque uma criança precisa de muito afecto, amor e disponibilidade durante vários anos, sendo por isso necessário avaliar de uma forma muito responsável e consciente as decisões a tomar. <br />
  11. 11. É importante não esquecer que existem muitos serviços que são anónimos, confidenciais e gratuitos (por exemplo: consultas de atendimento a jovens no Centro de Saúde, etc...), que podem ajudar as raparigas nestes momentos mais difíceis.<br />
  12. 12. Quais as principais queixas apresentadas pelas jovens grávidas?<br />Dificuldade na relação com os pais pelo surgimento da gravidez; algum desapontamento, culpas e acusações que poderão ocorrer quando a chegada da notícia;<br />Dificuldade na relação consigo própria pela necessidade de integrar a gravidez e a expectativa da maternidade nos seus projectos e interesses de adolescente;<br />Receio de possíveis alterações no relacionamento com o seu namorado; <br />
  13. 13. Dificuldade em conseguir gerir a relação com o seu grupo de amigos;<br />Dificuldade de encontrar um espaço onde se sinta confortável para falar sobre os seus medos e dúvidas face à situação vivida.<br />
  14. 14. Se a família e as pessoas mais próximas da adolescente que engravida, forem capazes de acolher o novo facto com compreensão, harmonia e respeito, a gravidez tem maior possibilidade de ser levada a termo sem grandes transtornos.<br />A jovem deverá ser apoiada nas decisões que tome de um modo consciente e realista. O bem estar afectivo é muito importante para a jovem grávida e para o seu bebé, e uma vez que a gravidez se faz a dois também o jovem pai deve ser ouvido na tomada de decisão. <br />Qual a forma de tornar a gravidez na adolescência mais fácil?<br />
  15. 15. A gravidez na adolescência é, portanto, um problema que deve ser levado muito a sério e que não deve ser subestimado nem por adolescentes, nem por educadores e professores. <br />O rapaz e a rapariga devem ser estimulados a pensar e a viver a sexualidade, não só como uma maneira de sentir prazer com as suas novas capacidades reprodutivas e sexuais, mas também acompanhadas de um conjunto de responsabilidades perante si e perante a sociedade em geral. <br />
  16. 16. Os mitos que existem sobre como não engravidar…<br />  Não se engravida...   <br />Se tomar banho a seguir ao acto sexual? <br />Se for a primeira vez que se tem relações sexuais? <br />Durante a menstruação? <br />Se se tiver relações sexuais em pé? <br />Se se retirar o pénis antes da ejaculação? <br />Quando não se atinge o orgasmo?  <br />NÃO! CUIDADO!<br />Em qualquer destas situações podes engravidar<br />
  17. 17. Testes de gravidez<br />
  18. 18. Com este trabalho percebe-mos que a gravidez na adolescência é um problema que a sociedade enfrenta cada vez mais de perto.<br />Este problema só será resolvido quando os adolescentes entenderem a importância da prevenção e do sexo seguro, vendo-o com uma atitude que deve ser tomada com muita segurança e respeito.<br />A função dos pais e educadores é fazer com que o jovem assimile esse mundo de informações que lhes são jogadas diariamente e não apenas acreditar que eles já sabem tudo…<br />Conclusão<br />
  19. 19. Wikipedia.com<br />Psicologia.com.pt<br />Solidariedade.pt<br />Bibliografia<br />
  20. 20. Andreia Paiva<br />João Costa<br />Luís Eusébio<br />Mauro Silva<br />Sara Tavares – Longe do Mundo<br />Trabalho realizado por:<br />Musica:<br />

×