Your SlideShare is downloading. ×
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Evolução do Cinema
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Evolução do Cinema

26,603

Published on

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
  • ótimo, amei e consegui fazer o meu trabalho de história *-*
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
26,603
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
385
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O Cinema o Triunfo do sonho e do mito uma nova linguagem
  • 2. Nascido num tempo de mudanças profundas, quer a nível estético, quer a nível técnico, o cinema surgiu como sequência do aparecimento da fotografia em movimento. A ‘invenção’ do cinema é atribuída aos irmãos Lumière, que em 1894 e 1895 filmaram A Saída dos Operários de uma Fábrica e O Grande Café de Paris. O escritor André Malraux dizia que “o cinema não é senão o aspecto mais evoluído do realismo plástico que começa com o Renascimento.”
  • 3. O cinema aparece como resultado final da procura da fidelidade de representação, conseguida através do movimento, mas também de uma cada vez mais linguagem específica.
  • 4. O cinema necessitou de um suporte fotográfico transparente, flexível e resistente, que possibilitasse o acumular de quilómetros de fotogramas, que rodariam em bobinas e dariam a ilusão de movimento. E na realidade o cinema é ilusão: podemos facilmente imaginar as reacções de deslumbramento, mas também de pânico, que se registaram durante as primeiras projecções dos irmãos Lumière, no interior de salas escuras. Griffith – O Nascimento de uma Nação
  • 5. Se as primeiras imagens do cinema descrevem pequenos episódios da vida quotidiana, rapidamente se desvia para a ficção (Viagem à Lua) e para a reportagem documental, estimulado pela Primeira Guerra Mundial e por algumas grandes viagens, como a expedição de Scott ao Pólo Sul. Georges Méliès (1861-1938) foi um dos pioneiros do cinema mudo, e realizou em 1902 a primeira ficção cinematográfica:”Viagem à Lua”.
  • 6. Lillian y Dorothy Gish Mary Pickford Wallace Reid Na sua essência, e como linguagem específica, o cinema é mudo. No entanto, Edison criou o ‘sonoro’ e o cinema tornou-se indústria: afirmou-se através de códigos próprios na dicotomia arte/indústria, acompanhando durante todo o séc. XX, alguns grandes movimentos estéticos: Luis Buñuel teve a colaboração de Salvador Dalí em O Cão Andaluz ; Sergei Eisenstein esteve ao serviço da revolução soviética com obras-primas como O Couraçado de Potemkine ou Ivan, o Terrível ; Murnau, com o seu Nosferatu, Lenni Riffenstal serviu a ideologia nazi, e Vittorio de Sica fez O Ladrão de Bicicletas , que é o primeiro filme do Neo-realismo italiano.
  • 7.  
  • 8. estudios Carl Laemmle Adolph Zukor William Fox
  • 9. Thomas Ince (1882-1924)
  • 10. Mack Sennett
  • 11. The surf girl, 1916 The Rounders filmes
  • 12. Charlot patina Charlot al balneari Charlot encarregat del basar
  • 13. Buster Keaton
  • 14. El moderno Sherlock Holmes (1924) One week (1920)
  • 15.  
  • 16. My wonderful World of Splapstick” (1960)
  • 17. Harry Langdon
  • 18. “ El mimado de la abuelita” (1922) Un tenorio tímido” (1924) “ El estudiante novato” (1925).
  • 19. Cecille Blount de Mille
  • 20. Cleopatra (1934) The crusades (1935 ) The squaw man
  • 21. Eric Von Stroheim
  • 22. ( 1923 ) Greed (1920 )
  • 23. Robert flaherty
  • 24. Louisiana Store(1948). Tabu, 1931 Mano of Aran 1934
  • 25. Allan Dwan
  • 26. Roben de los bosques (1922) Heidi (1957)
  • 27. Fred Niblo director de Ben-Hur
  • 28. Personatge infantil Jackie Coogan Rin tin tin
  • 29. Charles Spencer Chaplin

×