Ouro Preto

5,935 views
6,203 views

Published on

Published in: Education, Business
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,935
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,091
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ouro Preto

  1. 1. Ouro Preto Aniversário: 08 de Julho Fundação: 1711 Gentílico: ouro-pretano Localização: A cidade está na Serra do Espinhaço, na Zona Metalúrgica de Minas Gerais (Quadrilátero Ferrífero). Está na Região Central da Macro Região Metalúrgica e Campo das Vertentes de Minas Gerais. Municípios limítrofes: Sul: Catas Altas da Noruega, Itaverava, Ouro Branco e Congonhas Oeste: Belo Vale e Moeda Leste: Mariana Norte: Itabirito e Santa Bárbara Distância até Belo Horizonte (capital): 99 quilômetros Área: 1.245 km² (ouropreto.com.br) Minas Gerais - Brasil
  2. 2. Bandeiras de Minas Gerais, Brasil e Ouro Preto Origem e significado do nome O nome Ouro Preto foi adotado em 20 de maio de 1823, quando a antiga Vila Rica foi elevada a cidade. "Ouro Preto" vem do ouro escuro, recoberto com uma camada de óxido de ferro, encontrado na cidade. O primeiro nome da cidade foi Vila Rica. Depois, foi Vila Rica de Albuquerque, por causa do Capitão General Antônio de Albuquerque Coelho Carvalho, então governador das capitanias de Minas e São Paulo. Foi D. João V quem mandou retirar o "Albuquerque" do nome, e adotou o "Vila Rica de Nossa Senhora do Pilar", para homenagear a padroeira da cidade. (ouropreto.com.br)
  3. 3. Nas ladeiras, o calçamento de pedra...
  4. 4. Observatório Astronômico da Escola de Minas Museu da Inconfidência Praça Tiradentes Escola de Minas
  5. 5. A Casa dos Contos foi construída entre 1782 e 1787, por João Rodrigues de Macedo, cobrador dos impostos da Capitania de Minas. Serviu para diversos finalidades, como casa de fundição do ouro e até cárcere para os inconfidentes. Hoje abriga o Centro de Estudos do Ciclo do Ouro, o Museu da Moeda e do Fisco e a Agência da Receita Federal de Ouro Preto, além de uma galeria com exposição permanente de mobiliário e objetos dos séculos XVIII e XIX, documentos manuscritos e mostra numismática.
  6. 6. Igreja São Francisco de Assis em três faces
  7. 7. Panorâmica e ao fundo a Igreja São Francisco de Paula
  8. 8. Vista geral e ao fundo igreja e ladeira de Santa Efigênia
  9. 9. Panorâmica. Em primeiro plano a Escola Estadual D. Pedro II e ao fundo a Igreja de São José
  10. 10. Artesanato em pedra sabão.
  11. 11. O casario barroco
  12. 12. O barroco é a autêntica manifestação da cultura brasileira.
  13. 13. Parque Horto dos Contos “ Em pleno centro de Ouro Preto, duas grandes manchas verdes esquecidas no coração da cidade se tornam um belíssimo parque urbano". Essa é uma boa classificação para o Horto dos Contos, opção de lazer e turismo na cidade de Ouro Preto, definida pelo prefeito Angelo Oswaldo. (www.ouropreto.mg.gov.br )
  14. 14. Fruto de parceria com o Programa Monumenta, do Ministério da Cultura, e da Prefeitura de Ouro Preto o espaço de lazer de 360 mil metros quadrados está situado em pleno centro histórico, entre a Igreja do Pilar, a Casa dos Contos e a Rodoviária. O Parque abrange o antigo Horto Botânico, na encosta do Vale, com vista para o casario histórico. Conta com diversas entradas, em pontos estratégicos da cidade, ligando o futuro Centro de Artes e Ofícios (antiga Santa Casa) e o Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto. (www.ouropreto.mg.gov.br )
  15. 15. «Ouro Preto é a sua cidade, amor, inspiração.» ( Alberto da Veiga Guignard)
  16. 16. A Praça Tiradentes foi o local onde a cabeça do mártir da independência, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, foi exposta (1792) na, então,Vila Rica. No local onde estivera o poste (atual praça Tiradentes de Ouro Preto) se encontra hoje um monumento ao Mártir. Verifica-se que curiosamente, a estátua em bronze de Tiradentes está de costas para a então residência oficial do governador. Passos são pequenas capelas construídas nos séculos XVIII e XIX. Têm utilização durante a Semana Santa, quando são abertos para reviverem os passos da Paixão de Cristo. A cerimônia é acompanhada por orações e cantos religiosos. Ouro Preto possui vários passos, aqui o Passo do Pretório (ou Antônio Dias): localizado na parte baixa da rua Cláudio Manuel.
  17. 17. Detalhe arquitetônico
  18. 18. “ (...)Protege, Deus, estes lares Dos filhos dos bandeirantes, Por estas serras gigantes São outros tantos altares(...)” Hino a Ouro Preto (Música de Augusto Correa Magalhães e letra de Carlos Veloso) Fotos e formatação: Michèle Christine V. Godefroid F i m

×