• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Avaliação 9º ano
 

Avaliação 9º ano

on

  • 7,226 views

Critérios para avaliação do 9º ano

Critérios para avaliação do 9º ano

Statistics

Views

Total Views
7,226
Views on SlideShare
7,103
Embed Views
123

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
4

2 Embeds 123

http://alunos.mhpramos.com 122
http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

14 of 4 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • E passar de ano, também sim.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Pode-se sim, é o meu caso e fui admitido a exame, com 1 a MAT e 2 a FR.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • pode-se passar com 1 mat e 2 a outra disciplina sem ser lp? custa muito dissser sim ou nao pfff
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • pode-se passar com um 1 a mat e nega a outra disciplina sem ser LP?
    pff respondam
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Avaliação 9º ano Avaliação 9º ano Presentation Transcript

    • Avaliação dos Alunos no 9ºAno de Escolaridade
      Agrupamento Vertical de Escolas D. António Ferreira Gomes - Penafiel
      Escola Básica do 2º e 3º Ciclos D. António Ferreira Gomes - Penafiel
      Ano Lectivo 2010/2011
      Manuel Henrique Pereira Ramos
    • Avaliação sumativa do 9º ano de escolaridade
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      2
      A avaliação sumativa dos alunos do 9º ano de escolaridade inclui:
      Avaliação sumativa interna (que se efectua após o final do ano lectivo)
      Avaliação sumativa externa(que inclui a realização de exames nacionais nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, os quais incidem sobre as aprendizagens e competências do 3ºciclo)
    • Avaliação sumativa interna (comum aos demais anos)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      3
      É da responsabilidade dos professores que integram o conselho de turma;
      A informação resultante da avaliação sumativa interna traduz-se em: avaliação quantitativa de 1 a 5 (nas disciplinas) e avaliação qualitativa de “Não Satisfaz”, “Satisfaz” e “Satisfaz Bem” (nas áreas curriculares não disciplinares: Formação Cívica, Estudo Acompanhado e Área de Projecto).
    • Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      4
      Avaliação sumativa interna (específica do 9ºano)
      No final do 3.ºperíodo, a avaliação sumativa interna implica, além da apreciação global das aprendizagens realizadas e das competências desenvolvidas pelo aluno ao longo do ano lectivo, a verificação das condições de admissão aos exames nacionais do 9.ºano, uma vez que a aprovação neste ano de escolaridade depende da realização e dos resultados da avaliação sumativa externa.
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      5
      Condições de admissão aos exames nacionais do 9ºano
      São admitidos aos exames nacionais no 9ºano todos os alunos deste ano de escolaridade, excepto os que, após a avaliação sumativa interna, se encontrem numa das seguintes situações:
      a) Apresentem nível 1 simultaneamente nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática;
      b) Apresentem nível inferior a 3 a pelo menos duas disciplinas e nível 1 a Língua Portuguesa ou a Matemática;
      Exemplo:Ciências Naturais – 2 História – 2 Matemática - 1
      c) Apresentem nível inferior a 3 a três ou mais disciplinas ou ainda nível inferior a 3 a duas disciplinas e Não Satisfaz na Área de Projecto (desde que nenhuma das disciplinas seja Língua Portuguesa ou Matemática);
      Exemplo: Ciências Naturais – 2 História – 2 Inglês – 2
      Ciências Naturais – 2 História – 2 Área de Projecto – Não Satisfaz
      d) Apresentem nível inferior a 3 a uma disciplina, Não Satisfaz na Área de Projecto e nível 1 em Língua Portuguesa ou Matemática.
      Exemplo:Ciências Naturais - 2 Matemática - 1 Área de Projecto – Não Satisfaz
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      6
      É da responsabilidade dos serviços centrais do Ministério da Educação;
      Compreende a realização de exames nacionais no 9ºAno, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, os quais incidem sobre as aprendizagens e competências do 3º Ciclo;
      Os exames nacionais têm um peso de 30% na classificação final (o aluno não é aprovado caso não faça os exames).
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      7
      A classificação final a atribuir às disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, na escala de 1 a 5, é calculada de acordo com a seguinte fórmula, arredondada às unidades:
      CF = (7Cf + 3Ce)/10
      em que:
      CF = classificação final;
      Cf = classificação de frequência no final do 3º período;
      Ce = classificação da prova de exame.
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      8
      • Classificação final
      Exemplos…
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      9
      Exemplos…
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      10
      Exames Nacionais...
      1ª Chamada de carácter obrigatório;
      2ª Chamada destina-se a situações excepcionais devidamente comprovadas, que serão objecto de análise.
    • Avaliação sumativa externa (específica do 9ºano)
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      11
      No final do 3ºciclo, após os exames nacionais de Língua Portuguesa e Matemática, o aluno não progride e obtém a menção de Não Aprovado se estiver numa das seguintes situações :
      a) Tenha obtido classificação inferior a 3 a Língua Portuguesa e a Matemática, cumulativamente;
      b) Tenha obtido classificação inferior a 3 em três ou mais disciplinas;
      C) Tenha obtido classificação inferior a 3 em duas disciplinas e a menção de Não Satisfaz na Área de Projecto.
      Nota: A disciplina de Educação Moral e Religiosa não é considerada para efeitos de progressão dos alunos.
    • Exames de Equivalência à Frequência
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      12
      Os alunos que atinjam a idade limite da escolaridade obrigatória (de acordo com o número 2, do artigo 8º da Lei nº 85/2009) sem aprovação na avaliação final do 9ºano de escolaridade podem candidatar-se aos exames de equivalência à frequência, na qualidade de autopropostos, no mesmo ano lectivo.Para tal , devem inscrever-se obrigatoriamente para a fase de Junho no dia útil a seguir ao da afixação das pautas de avaliação do 3º Período.
      Os exames de equivalência à frequência realizam-se, a nível de escola, em Junho, Julho e Setembro, com uma só chamada.
    • Exames Nacionais e de Equivalência à Frequência
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      13
      Datas (Exames Nacionais de Língua Portuguesa e Matemática):
      1.ª chamada (chamada obrigatória) — 20 de Junho (LP) e 22 de Junho (Mat);
      2.ª chamada (chamada para situações excepcionais) — 27 de Junho (LP) e 30 de Junho (Mat).
      Datas (Exames de Equivalência à Frequência):
      20 de Junho e 1 de Julho de 2011 — 3.º ciclo;
      27 de Junho e 7 de Julho de 2011 — 2.º ciclo;
      1 e 7 de Setembro de 2011.
    • Pautas finais
      Maio – 2011
      Avaliação no 9ºAno de Escolaridade
      14
      Publicação de pautas definitivas: 14/Julho/2011