Inovaçãonasaplicaçõesdedicadasaomercadohoteleiro<br />João Infante – joao.infante@newhotel.com<br />VP Web Business - Soft...
Agenda<br />Introdução<br />Canais de venda “on-line”<br />Motores de reservas “on-line”<br />Conclusão<br />Perguntas & R...
Introdução<br />PropertyManagementSystem– aplicação de gestão para a indústria hoteleira<br />A inovação nestas aplicações...
Introdução<br />Um sistema de IT de um hotel tem cada vez mais complexidade:<br />Recepção<br />Restaurante<br />Bar<br />...
Introdução<br />Um sistema de IT de um hotel tem cada vez mais complexidade:<br />Televisão<br />Alarmes<br />Ambiente<br ...
Canais de venda “on-line”<br />Actualmenteexistemtrêscanais de venda:<br />GDS – “Global Distribution Systems”<br />IDS – ...
Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Desde sempre foi a principal fonte para agências de viagens fazerem reservas muit...
Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Os custos de adesão para hotéis independentes sempre foi muito elevado<br />Atrav...
Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Inicialmente a introdução de dados era feita manualmente<br />Numa segunda fase p...
Canais de venda “on-line”<br />IDS/ADS<br />A definição de IDS é um sistema de reservas “on-line”, disponível para todos o...
Canais de venda “on-line”<br />IDS/ADS<br />É uma ferramenta crucial para conquistar mais mercado e promover as vendas dos...
Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li><...
Motores de reservas “on-line”<br /><ul><li>Os Web Booking Engineexistentestêmmuitasfuncionalidades .... e exigências de um...
Como simplificar e melhorarestagestão:
Usandoumasolução PMS quepermitacontrolar a disponibilidade, ospreços e o inventário de quartos num únicosistema!</li></li>...
Motores de reservas “on-line”<br />Umasoluçãoavançada de software de gestão PMS permiteao Hotel gerir de forma integrada o...
Motores de reservas “on-line”<br />Preço máximo: 225<br />Preço mínimo: 40€<br />Sensibilidade  dos preçosà variação da oc...
Conclusão<br />Os PMS devem ser sistemas aberto que tenham a capacidade de fazer face aos desafios actuais de integração<b...
Perguntas&Respostas<br />
CESG - NewHotel - João Infante
CESG - NewHotel - João Infante
CESG - NewHotel - João Infante
CESG - NewHotel - João Infante
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

CESG - NewHotel - João Infante

1,039

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,039
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "CESG - NewHotel - João Infante"

  1. 1.
  2. 2. Inovaçãonasaplicaçõesdedicadasaomercadohoteleiro<br />João Infante – joao.infante@newhotel.com<br />VP Web Business - Software Newhotel, S.A.<br />
  3. 3. Agenda<br />Introdução<br />Canais de venda “on-line”<br />Motores de reservas “on-line”<br />Conclusão<br />Perguntas & Respostas<br />
  4. 4. Introdução<br />PropertyManagementSystem– aplicação de gestão para a indústria hoteleira<br />A inovação nestas aplicações tem estado desde sempre ligada às capacidades de integração<br />As soluções de PMS têm vindo a evoluir e cada vez mais cobrem as principais necessidades da indústria hoteleira<br />
  5. 5. Introdução<br />Um sistema de IT de um hotel tem cada vez mais complexidade:<br />Recepção<br />Restaurante<br />Bar<br />Mini-bar<br />SPA<br />Golf<br />Comunicações<br />Chaves/acesso<br />
  6. 6. Introdução<br />Um sistema de IT de um hotel tem cada vez mais complexidade:<br />Televisão<br />Alarmes<br />Ambiente<br />CRM<br />Stocks<br />Financeiro<br />Canais de venda “on-line”<br />
  7. 7. Canais de venda “on-line”<br />Actualmenteexistemtrêscanais de venda:<br />GDS – “Global Distribution Systems”<br />IDS – “Internet Distribution Systems” / ADS – “Alternative Distribution Systems”<br />Site do hotel<br />
  8. 8. Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Desde sempre foi a principal fonte para agências de viagens fazerem reservas muito antes da existência da Internet<br />Tradicionalmente sempre foi um sistema de distribuição caro, porque existem custos de entrada, custos por transacção, para além das comissões dos agentes<br />
  9. 9. Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Os custos de adesão para hotéis independentes sempre foi muito elevado<br />Através de CRS é possível entrar neste mundo, mas a “marca” com que se aparece nos GDS é a do CRS a que se adere<br />Custos aumentam porque existem mais intermediários pelo meio<br />
  10. 10. Canais de venda “on-line”<br />GDS <br />Inicialmente a introdução de dados era feita manualmente<br />Numa segunda fase passou-se a disponibilizar integração com os sistemas de PMS, o que foi chamado de “seamlessintegration”<br />Actualmente a tendência é fazer esta integração “on-line”, utilizando o “seamlessnextgeneration”<br />
  11. 11. Canais de venda “on-line”<br />IDS/ADS<br />A definição de IDS é um sistema de reservas “on-line”, disponível para todos os utilizadores da Internet, actualmente existem cerca de 2000 serviços deste tipo<br />Os hotéis acedem através de uma ferramenta disponível através da Internet para criar e actualizar as suas tarifas, inventário e restrições<br />
  12. 12. Canais de venda “on-line”<br />IDS/ADS<br />É uma ferramenta crucial para conquistar mais mercado e promover as vendas dos hotéis<br />É um caos para gerir devido à quantidade de sistemas existentes<br />Actualmente já existem ferramentas que dão a possibilidade de gerir este canal<br />
  13. 13. Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Canais de venda “on-line”<br /><ul><li>IDS/ADS</li></li></ul><li>Motores de reservas “on-line”<br />Com a Internet os clientes pretendemterumarespostaimediata<br />Disponibilidade<br />Preços<br />Reservas<br />Se o website do hotel nãotiveressacapacidade o clientevaiprocuraroutro hotel quetenhaessasfuncionalidades<br />
  14. 14. Motores de reservas “on-line”<br /><ul><li>Os Web Booking Engineexistentestêmmuitasfuncionalidades .... e exigências de umapermanentegestão do inventário a disponibilizar
  15. 15. Como simplificar e melhorarestagestão:
  16. 16. Usandoumasolução PMS quepermitacontrolar a disponibilidade, ospreços e o inventário de quartos num únicosistema!</li></li></ul><li>Motores de reservas “on-line”<br />Os maisavançadossistemas de PMS, têmfuncionalidadespara resolver as questões de disponibilidade, allotments, preços, promoções<br />Permite-se assimmanter um únicosistema (e pessoal) para a gestãocomercial e daofertapeloscanaistradicionais e pelalnternet .<br />
  17. 17. Motores de reservas “on-line”<br />Umasoluçãoavançada de software de gestão PMS permiteao Hotel gerir de forma integrada o website e o motor de reservas<br />O software PMS poderáaindadispôr de funcionalidades de yield management e potenciar a aplicaçãodestaferramenta à comercialização e gestão de tarifas Internet<br />
  18. 18. Motores de reservas “on-line”<br />Preço máximo: 225<br />Preço mínimo: 40€<br />Sensibilidade dos preçosà variação da ocupação<br />nível de preço máximo ou stop sales<br />Preço<br />Ocupación<br />
  19. 19. Conclusão<br />Os PMS devem ser sistemas aberto que tenham a capacidade de fazer face aos desafios actuais de integração<br />A utilização de Web Services vai permitir que os hotéis possam utilizar diversas aplicações de uma forma integrada<br />
  20. 20. Perguntas&Respostas<br />

×