AMAZÔNIA ASPECTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS ATUALIDADES Prof. Marco Aurélio Gondim www.marcoaurelio.tk
REGIÕES GEOECONÔMICAS
TRABALHO INFANTIL
DESMATAMENTO DA FLORESTA
DESMATAMENTO EM RONDÔNIA AO LONGO DA BR364
DESMATAMENTO NO NORTE DO MT
CONSEQÜÊNCIAS DO DESMATAMENTO <ul><li>Desequilíbrio das chuvas no mundo, causando prejuízos à agricultura e à geração de e...
ARCO DO DESMATAMENTO
PROJETO CALHA NORTE
CONTRADIÇÕES <ul><li>Vigilância com satélites: </li></ul><ul><li>PRODES (Programa de Cálculo de Desflorestamento da Amazôn...
FATOS RECENTES <ul><li>RELATÓRIO DO INPE (JAN/2008) </li></ul><ul><li>Desmatamento de 7000 km 2  de floresta </li></ul><ul...
OS DONOS DA TERRA <ul><li>43%: reservas ambientais e indígenas, ocupadas parcialmente por posseiros. </li></ul><ul><li>21%...
ROTEIRO DA DEGRADAÇÃO DO SOLO <ul><li>1 – Os madeireiros retiram de uma área as toras mais valiosas. </li></ul><ul><li>2 –...
MADEIRA NOBRE <ul><li>80% da madeira retirada da Amazônia é cortada sem licença. </li></ul><ul><li>50% é a redução do fatu...
AGROPECUÁRIA <ul><li>Anos 60: Ocupação subsidiada pelo governo federal. </li></ul><ul><li>36% do gado bovino e 5 % da soja...
LEI <ul><li>Não existe proibição para o desmatamento. </li></ul><ul><li>Até 1996, o limite permitido para desmatamento era...
REFORMA AGRÁRIA? <ul><li>60% dos assentamentos de sem-terra foram feitos na Amazônia: 1,3 milhões de famílias. </li></ul><...
SUSTENTABILIDADE <ul><li>No AM, o governo garante uma bolsa para os produtores que não desmatem. </li></ul><ul><li>Suspens...
MATO GROSSO <ul><li>Estado que mais desmata (19 municípios dos 36 que mais desmatam). </li></ul><ul><li>40% da cobertura f...
FONTE <ul><li>INPE </li></ul><ul><li>IBGE </li></ul><ul><li>IBAMA </li></ul><ul><li>INCRA </li></ul>Prof. Marco Aurélio Go...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Amazonia - Aspectos Economicos e Sociais da Ocupacao Prof. Marco Aurelio Gondim [www.gondim.net]

21,707 views
21,329 views

Published on

Apresentação excelente sobre a ocupação da Amazônia mostrando os aspectos econômicos e sociais. Fotos tiradas por satélite dos focos de queimadas mostrando a fronteira agrícola. www.gondim.net

Published in: Education, Travel, Technology
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
  • muito bom
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
21,707
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,148
Actions
Shares
0
Downloads
292
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Amazonia - Aspectos Economicos e Sociais da Ocupacao Prof. Marco Aurelio Gondim [www.gondim.net]

  1. 1. AMAZÔNIA ASPECTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS ATUALIDADES Prof. Marco Aurélio Gondim www.marcoaurelio.tk
  2. 2. REGIÕES GEOECONÔMICAS
  3. 3. TRABALHO INFANTIL
  4. 4. DESMATAMENTO DA FLORESTA
  5. 5. DESMATAMENTO EM RONDÔNIA AO LONGO DA BR364
  6. 6. DESMATAMENTO NO NORTE DO MT
  7. 7. CONSEQÜÊNCIAS DO DESMATAMENTO <ul><li>Desequilíbrio das chuvas no mundo, causando prejuízos à agricultura e à geração de energia elétrica. </li></ul><ul><li>Os efeitos sobre o aquecimento global são desconhecidos. </li></ul>
  8. 8. ARCO DO DESMATAMENTO
  9. 9. PROJETO CALHA NORTE
  10. 10. CONTRADIÇÕES <ul><li>Vigilância com satélites: </li></ul><ul><li>PRODES (Programa de Cálculo de Desflorestamento da Amazônia) </li></ul><ul><li>DETER (Detecção de Desmatamento em Tempo Real) </li></ul><ul><li>Fiscalização ineficiente: o desmatamento aumentou 30% nos últimos meses. </li></ul>
  11. 11. FATOS RECENTES <ul><li>RELATÓRIO DO INPE (JAN/2008) </li></ul><ul><li>Desmatamento de 7000 km 2 de floresta </li></ul><ul><li>Estado que mais desmatou: MT (Blairo Maggi) </li></ul><ul><li>Aumento da atividade predatória </li></ul>
  12. 12. OS DONOS DA TERRA <ul><li>43%: reservas ambientais e indígenas, ocupadas parcialmente por posseiros. </li></ul><ul><li>21%: terras do Estado (fora das reservas). </li></ul><ul><li>4%: Propriedades privadas com registro válido. </li></ul><ul><li>32%: Propriedades privadas, sem registro válido no INCRA ou nos órgãos fundiários estaduais. </li></ul>
  13. 13. ROTEIRO DA DEGRADAÇÃO DO SOLO <ul><li>1 – Os madeireiros retiram de uma área as toras mais valiosas. </li></ul><ul><li>2 – Posseiros retiram da área as árvores de menor valor comercial, descartadas pelos madeireiros, para vendê-las a carvoarias. </li></ul><ul><li>3 – Os grileiros, muitas vezes usando violência, tomam conta da área e promovem queimadas para retirar os restos de troncos. </li></ul><ul><li>4 – O terreno é vendido a pecuaristas, que usam o solo como pasto até que se torne infértil e, depois, abandonam o terreno. </li></ul>
  14. 14. MADEIRA NOBRE <ul><li>80% da madeira retirada da Amazônia é cortada sem licença. </li></ul><ul><li>50% é a redução do faturamento do madeireiro, pois ele precisa arcar com propinas. </li></ul><ul><li>70 reais o m 3 na floresta convertem-se em 1500 reais para o consumidor final. </li></ul>
  15. 15. AGROPECUÁRIA <ul><li>Anos 60: Ocupação subsidiada pelo governo federal. </li></ul><ul><li>36% do gado bovino e 5 % da soja encontram-se na região amazônica. </li></ul><ul><li>Abate do gado 1 ano mais cedo. </li></ul><ul><li>Crédito rural com juros mais baixos. </li></ul><ul><li>Terras mais baratas. </li></ul>
  16. 16. LEI <ul><li>Não existe proibição para o desmatamento. </li></ul><ul><li>Até 1996, o limite permitido para desmatamento era de 50%. </li></ul><ul><li>Em 1996, MP governo FHC tenta limitar a 20% a área que pode ser desmatada em uma propriedade. Essa MP nunca foi votada pelo Congresso. </li></ul><ul><li>Impunidade, falta de fiscalização e corrupção marcam o desmatamento em muitas regiões. </li></ul>
  17. 17. REFORMA AGRÁRIA? <ul><li>60% dos assentamentos de sem-terra foram feitos na Amazônia: 1,3 milhões de famílias. </li></ul><ul><li>A família assentada recebe 100 hectares, podendo desmatar 3 hectares por ano. </li></ul><ul><li>O governo federal impede a fiscalização do IBAMA nas áreas de assentamento. </li></ul><ul><li>Áreas com florestas são vistas como improdutivas pelo INCRA. </li></ul><ul><li>Em 2006, houve 761 conflitos pela terra no Brasil: 50% na Amazônia. </li></ul>
  18. 18. SUSTENTABILIDADE <ul><li>No AM, o governo garante uma bolsa para os produtores que não desmatem. </li></ul><ul><li>Suspensão dos assentamentos e estudos sobre a viabilização econômica dos já existentes. </li></ul><ul><li>Permissão para plantação de espécies exóticas, como o eucalipto. </li></ul><ul><li>Criação de certificados especiais para produtos originários de propriedades que atuem dentro da lei. </li></ul>
  19. 19. MATO GROSSO <ul><li>Estado que mais desmata (19 municípios dos 36 que mais desmatam). </li></ul><ul><li>40% da cobertura florestal foi eliminada. </li></ul><ul><li>Relevo plano favorece o avanço da fronteira agrícola. </li></ul><ul><li>90% da soja e 1/3 do rebanho bovino da região amazônica. </li></ul><ul><li>9 dos 10 municípios com maior IDH da região amazônica. </li></ul>
  20. 20. FONTE <ul><li>INPE </li></ul><ul><li>IBGE </li></ul><ul><li>IBAMA </li></ul><ul><li>INCRA </li></ul>Prof. Marco Aurélio Gondim www.marcoaurelio.tk

×