Area C Sessao 2[1]

  • 302 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
302
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
11
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A Visão Global de Escola Formadores Ana Paula Jacinto Ferreira Fernando Magalhães Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 1
  • 2. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS 2ª Sessão - Resumo ! quot; #$ % & ' Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 2
  • 3. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Tarefa 1 – Legislação de suporte • … • … Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 3
  • 4. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Tarefa 1 – Legislação de suporte • Instrumentos de Autonomia das Escolas Artº 3º do DL nº 115-A, de 4 de Maio - Projecto Educativo - Regulamento Interno - Plano Anual de Actividades • Assessorias Técnico-Pedagógicas Desp. n.º 13555/98, de 5 de Agosto • Directores de instalações específicas • Crédito Horário Global art.º 4 do Despacho nº 17 387/2005, de 28 Julho • Plano TIC e Coordenador TIC Desp. n.º 26691/2005, de 30 de Novembro • … Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 4
  • 5. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Gestão do processo TIC na Escola • Aos órgãos de gestão dos EEE incumbe adoptar medidas adequadas à organização e dinamização de uma estrutura de coordenação das TIC: – nomeação do coordenador TIC – criação de uma equipa de apoio técnico-pedagógico ao coordenador TIC, tendo como referência o número de alunos, professores, equipamentos, redes informáticas, espaços, intranet, plataformas de suporte ao ensino, Internet, conectividade, sistemas de suporte à administração e gestão das escolas…. etc – atribuição do crédito de horas ao coordenador TIC: Escolas não agrupada e agrupamentos horizontais 6 horas Agrupamentos verticais 8 horas Agrupamentos verticais com ensino secundário 9 horas Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 5
  • 6. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Perfil de Coordenador TIC – quem escolher ? • Docente em funções na escola • Preferencialmente um docente do quadro da Escola obj. garantir a estabilidade de trabalho e a viabilidade dos planos anuais e plurianuais. • Docente que reúna competências adequadas a nível pedagógico e técnico • Se a Escola não possuir nos seus quadros recursos humanos com estas características o que pode fazer? - pode propor junto dos serviços de recursos humanos da Direcção Regional respectiva, um professor de outra escola em regime de acumulação, ou excepcionalmente em regime de destacamento (mês de Abril). Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 6
  • 7. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Perfil de Coordenador TIC – que funções? • Tarefas a nível pedagógico: – Elaboração do Plano TIC da Escola/Agrupamento – Colaborar na identificação das necessidades de formação em TIC dos professores da Escola/Agrupamento – Identificar as suas próprias necessidades de formação e disponibilizar-se para a frequência de acções de formação desenvolvidas – Elaborar em conjunto com a equipa técnico-pedagógica o balanço e avaliação dos resultados obtidos a apresentar ao órgão de gestão e à respectiva Direcção Regional de Educação. Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 7
  • 8. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Perfil de Coordenador TIC – que funções? – Outras tarefas natureza pedagógica que possam vir a ser definidas no Regulamento Interno da Escola… quais? •… •… •… Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 8
  • 9. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Perfil de Coordenador TIC – que funções? • Tarefas a nível técnico: – Zelar pelo funcionamento dos computadores e redes informáticas do Agrupamento/Escola, em especial as salas TIC. – Recurso ao Call Center para apoio a problemas de ordem técnica – Centro de Apoio TIC às Escolas. – Interlocutor junto dos serviços regionais e centrais de educação em todas as questões relacionadas com equipamentos, redes e conectividade e disponível para frequentar formações propostas por aqueles serviços. – Articulação com os técnicos de informática das Câmaras Municipais (no caso dos Agrupamentos Horizontais e Verticais – as quais incluem escolas de tipologia EB1 e JI). – Articulação com empresas que eventualmente, prestem serviço de manutenção ao equipamento informático. Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 9
  • 10. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Perfil de Coordenador TIC – que funções? – Outras tarefas de natureza técnica que possam vir a ser definidas no Regulamento Interno da Escola… quais? •… •… •… Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 10
  • 11. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS A Equipa de apoio técnico pedagógico • É uma equipa que apoia técnica e pedagogicamente o exercício de funções do coordenador TIC para concretização do Plano TIC. • Quem pode fazer parte da equipa técnico-pedagógica: – Docentes – Funcionários auxiliares de acção educativa – Alunos estagiários dos cursos profissionais e tecnológicos de informática – Alunos que possam funcionar como monitores, sob orientação do coordenador TIC • Os docentes que fazem parte desta equipa não têm direito às de redução do coordenador TIC!!! Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 11
  • 12. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Plano TIC O que devemos fazer para lá chegar? Onde nos Onde encontramos desejamos agora? chegar? O Plano TIC é um plano de acção!!! Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 12
  • 13. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O Plano TIC Os três passos para a construção do plano TIC: Passo Um Onde nos encontramos agora? Passo Dois Para onde desejamos ir? Passo Três O que devemos fazer para lá chegar? Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 13
  • 14. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O PLANO TIC – Passo Um – Ponto da situação O que temos obtido até ao momento, em termos de: • Hardware e software • Rede local e acessos sem fios • Largura de banda de acesso à Internet • Site Internet/Intranet – grau de integração de serviços escolares • Sistemas de suporte à decisão • Segurança da informação • Formas de comunicação com a comunidade escolar, pais e encarregados de educação e população em geral • Formas de financiamento • Formação de Professores • Acesso aos recursos informáticos Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 14
  • 15. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Plataforma de Trabalho Colaborativo - Recursos • Tarefa: • Documentos na plataforma – Quadro de Referência das TIC 2006 – Despacho n.º 26691/2005, de 30 de Novembro – Standards Tecnológicos para Gestores Escolares (fonte: ISTE) – Modelo do Plano TIC Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 15
  • 16. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS CRONOGRAMA ( - ( +- ( /- 7 8 9 1! 9 < 1 !; 7 '> 1 5 6 8 95 :9 ; -$ 0 < 4 ! =:5 $ quot; #$ % & ' % + * ) $ ,% % quot; % quot;) & % quot; % quot; & ( ,- ) (*! +$ ( )* $ ) 3 quot; .$ / 6 & 5 quot; 4 0 1 1 2 $ $ 5 5 1 $ $ #$ ' !quot; #$ % (quot; & Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 16
  • 17. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS CRONOGRAMA ( ,* ! 7$ ( A* ! 7$ ( @* 7$ $ $ 9 5 8; 5 8; 8; 5 8; 5 8; 8; 55 5 ?9: $ $ ?9: $ $ & Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 17
  • 18. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Conteúdos 1. Introdução e enquadramento 1.1 Os princípios do «Quadro de Referência das TIC 2006» 1.2 Gestão do “processo TIC” das escolas 1.2.1 Aspectos organizacionais 1.2.2 Identificação do Coordenador TIC 1.2.3 O plano TIC da escola/agrupamento Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 18
  • 19. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Conteúdos 2. Liderança (transformacional, versátil, relacional) 3. Mudança 1.4.1 Estratégias e factores críticos 1.4.2 Variáveis de mudança 4. Liderança Tecnológica e Inovação 5. Princípios Orientadores Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 19
  • 20. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS Conteúdos 6. Construção de uma visão colectiva 7. Construção de uma equipa comprometida 8. Estabelecimento de colaborações e parcerias 9. Criação de ambientes promotores da aprendizagem 10.Condução e gestão da mudança, do desenvolvimento e da inovação Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 20
  • 21. FACTORES DE LIDERANÇA NA INTEGRAÇÃO DAS TIC NAS ESCOLAS O PLANO TIC – Passo Um – Ponto da situação * quot; % Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 21
  • 22. A Visão Global de Escola Formadores Ana Paula Jacinto Ferreira Fernando Magalhães Centro de Formação de Professores de Faro e Loulé Sessão 2 - 22