Gestão do Conhecimento: Da teoria à prática Marcelo Pimenta Reunião da Qualidade RS Abril 2005
Agenda <ul><li>Contexto </li></ul><ul><li>Conceituando e entendendo Conhecimento e GC </li></ul><ul><li>Ferramentas para r...
Em primeiro lugar... <ul><li>Gostaria de destacar que esta apresentação usou principalmente como fontes dois trabalhos aca...
Contexto <ul><li>Forças externas: </li></ul><ul><ul><li>Globalização dos negócios e competição internacional; </li></ul></...
Contexto <ul><li>Para sobreviver, as empresas estão reconhecendo que o conhecimento é a única fonte capaz de gerar vantage...
Conceituando conhecimento <ul><li>O conhecimento surge quando o pensamento lógico do racionalismo e a experiência sensoria...
Conceituando e entendendo Gestão do Conhecimento <ul><li>A GC é uma disciplina que se propõe a oferecer instrumentos que a...
Conceituando e entendendo Gestão do Conhecimento <ul><li>Mesmo que você não faça nada, o conhecimento está circulando na o...
Ferramentas para realizar GC Gestão do Conhecimento não é  tecnologia. É   um programa bem estruturado que pode estar apoi...
Ferramentas para realizar GC <ul><li>Fonte: Rodrigo Baroni / Não inclui ferramentas de LMS (e-learning) e ERPs. </li></ul>...
CRM  Portal Corporativo ERP Groupware / E-mail BI GED Workflow Mapas do Conhecimento Ferramentas de Apoio à Inovação LMS  ...
O Portal como ponto único de acesso onde os usuários podem tirar proveito das funcionalidades de cada componente, sem o co...
<ul><li>Fonte: Alice Maria Toledo. </li></ul>Portal na visão do usuário <ul><li>COLABORAÇÃO </li></ul><ul><li>Interna </li...
2 3 1 4 EXPLICITAR  os conhecimento tácitos ORGANIZAR  conhecimentos tácitos e explícitos UTILIZAR   estes conhecimentos n...
PESSOAS Uma hipótese de programa de GC POLÍTICAS PROCESSOS TECNOLOGIA Liderança Incentivo/ Reconhecimento Inovação
Conclusões e dicas <ul><li>Gestão do conhecimento é muito mais que tecnologia. Tecnologia pode ser um viabilizador / facil...
Conclusões e dicas <ul><li>Não crie grande projetos (faraônicos), com grandes expectativas. Pense grande, comece pequeno; ...
Obrigado! Marcelo Pimenta [email_address] (11) 8122 6237
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Gestão do Conhecimento - Palestra Pgqp - Congresso da Qualidade - Arquivo (2005)

1,964
-1

Published on

Apresentação feita em 2005 durante Congresso da Qualidade promovido pelo PGQP (do túnel do tempo). É preciso contextualizar esta apresentação ao momento.

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,964
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
107
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão do Conhecimento - Palestra Pgqp - Congresso da Qualidade - Arquivo (2005)

  1. 1. Gestão do Conhecimento: Da teoria à prática Marcelo Pimenta Reunião da Qualidade RS Abril 2005
  2. 2. Agenda <ul><li>Contexto </li></ul><ul><li>Conceituando e entendendo Conhecimento e GC </li></ul><ul><li>Ferramentas para realizar GC </li></ul><ul><li>Conclusões e dicas </li></ul>
  3. 3. Em primeiro lugar... <ul><li>Gostaria de destacar que esta apresentação usou principalmente como fontes dois trabalhos acadêmicos: </li></ul><ul><ul><li>Aplicações de Softwares de Gestão do Conhecimento: Tipologias e Usos, de Rodrigo Baroni (UFMG); </li></ul></ul><ul><ul><li>Portais Corporativos: Uma ferramenta estratégica para gestão do conhecimento, de Aline Maria Toledo (UFRJ); </li></ul></ul><ul><li>Estas informações foram mescladas ao acúmulo das experiências da Conectt e minhas nos últimos anos </li></ul>
  4. 4. Contexto <ul><li>Forças externas: </li></ul><ul><ul><li>Globalização dos negócios e competição internacional; </li></ul></ul><ul><ul><li>Clientes sofisticados; </li></ul></ul><ul><ul><li>Competidores sofisticados; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fornecedores sofisticados; </li></ul></ul><ul><li>Forças internas: </li></ul><ul><ul><li>Gargalos e restrições à eficácia nas empresas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avanços das capacidades tecnológicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Maior importância às funções cognitivas humanas; </li></ul></ul><ul><li>Desenvolvimento contínuo: </li></ul><ul><ul><li>Inovação como valor econômico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Customização para atender clientes exigentes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciência cognitiva </li></ul></ul>
  5. 5. Contexto <ul><li>Para sobreviver, as empresas estão reconhecendo que o conhecimento é a única fonte capaz de gerar vantagem competitiva sustentável; </li></ul><ul><li>As empresas se diferenciam pelo que sabem, não pelo que é tangível (máquinas, equipamentos, prédios, terras); </li></ul><ul><li>Ao contrário dos ativos materiais, que se depreciam à medida que são utilizados, o conhecimento é ilimitado e cresce quando estimulado. </li></ul>
  6. 6. Conceituando conhecimento <ul><li>O conhecimento surge quando o pensamento lógico do racionalismo e a experiência sensorial do empirismo trabalham juntos (Kant); </li></ul><ul><li>Conhecimento é a informação eficaz em ação, focalizada em resultados (Drucker); </li></ul><ul><li>É o que orienta as pessoas no uso de dados e informações para fazer julgamento, tomar decisões ou realizar trabalho (Mello e Burlton). </li></ul>
  7. 7. Conceituando e entendendo Gestão do Conhecimento <ul><li>A GC é uma disciplina que se propõe a oferecer instrumentos que auxiliem as empresas a transformar conhecimento em vantagem competitiva; </li></ul><ul><li>É uma forma de gerenciar (estimular) o capital intelectual das organizações; </li></ul><ul><li>Os gerentes do conhecimento não gerenciam o conhecimento de fato, mas sim os processos de aquisição, criação, compartilhamento e aplicação do conhecimento. </li></ul>
  8. 8. Conceituando e entendendo Gestão do Conhecimento <ul><li>Mesmo que você não faça nada, o conhecimento está circulando na organização (pode estar disperso ou desorganizado, mas ele está lá); </li></ul><ul><li>Gestão do Conhecimento deve estar intimamente ligado aos objetivos corporativos empresariais (estratégicos); Não deve ser tratado com “algo mais”, mas como a ação “sistêmica”. </li></ul>
  9. 9. Ferramentas para realizar GC Gestão do Conhecimento não é tecnologia. É um programa bem estruturado que pode estar apoiado em ferramentas de tecnologia. Deve integrar e alinhar iniciativas já existentes e atuar nos GAPs! Mas existem ferramentas que ajudam de fato...
  10. 10. Ferramentas para realizar GC <ul><li>Fonte: Rodrigo Baroni / Não inclui ferramentas de LMS (e-learning) e ERPs. </li></ul>Categoria Processo de GC (Davenport & Prusak) Tipos de Conhecimento Ferramentas Voltas para a Intranet Codificação e transferência Explícito e Tácito Sistemas de GED Codificação e transferência Explícito Sistemas de Groupware Geração, codificação e transferência Explícito e Tácito Sistemas de Workflow Codificação e transferência Explícito e Tácito Sistemas para Construção de bases inteligentes de conhecimento Geração, codificação e transferência Explícito e Tácito Business Inteligence Codificação e transferência Explícito Sistemas de mapas de Conhecimento Geração, codificação e transferência Explícito e Tácito Ferramentas de Apoio à Inovação Geração, codificação e transferência Explícito e Tácito
  11. 11. CRM Portal Corporativo ERP Groupware / E-mail BI GED Workflow Mapas do Conhecimento Ferramentas de Apoio à Inovação LMS Bases de Conhecimento Blogs Enquetes Fóruns IMs (P2P) Notícias Videoconferência Comunidades Banco de Imagens Banco de talentos Artigos Sistemas Especialistas Fazendo GC a partir do Portal Orientação a Gestão do Conhecimento: Explicitação de Conteúdos Incentivo Reconhecimento Valorização da utilização do conhecimento Apoio à inovação
  12. 12. O Portal como ponto único de acesso onde os usuários podem tirar proveito das funcionalidades de cada componente, sem o conhecimento em qual camada de tecnologia os sistemas estão rodando
  13. 13. <ul><li>Fonte: Alice Maria Toledo. </li></ul>Portal na visão do usuário <ul><li>COLABORAÇÃO </li></ul><ul><li>Interna </li></ul><ul><li>Externa </li></ul><ul><li>Assíncrona </li></ul><ul><li>Síncrona </li></ul><ul><li>PUBLICAÇÃO & </li></ul><ul><li>DISTRIBUIÇÃO </li></ul><ul><li>Criação de Conteúdo </li></ul><ul><li>Autorização </li></ul><ul><li>Inclusão e Distribuição </li></ul><ul><li>Múltiplos Formatos </li></ul><ul><li>Agrupamento/Descarte </li></ul><ul><li>LOCALIZAÇÃO DE </li></ul><ul><li>ESPECIALISTAS </li></ul><ul><li>Identificação </li></ul><ul><li>Seleção </li></ul><ul><li>CATEGORIZAÇÃO </li></ul><ul><li>Informação </li></ul><ul><li>Capturar e Organizar </li></ul><ul><li>Distribuir </li></ul><ul><li>Acesso e Metadados </li></ul><ul><li>INTEGRAÇÃO </li></ul><ul><li>Inf Estruturada </li></ul><ul><li>Inf não Estruturada </li></ul><ul><li>Sistemas Legados </li></ul><ul><li>ACESSO </li></ul><ul><li>Único Ponto Acesso </li></ul><ul><li>Autenticação </li></ul><ul><li>Segurança </li></ul><ul><li>Login Usuário </li></ul><ul><li>BUSCA AVANÇADA </li></ul><ul><li>Baseada em Conceitos </li></ul><ul><li>Pré Contexto </li></ul><ul><li>Filtros Colaborativos </li></ul><ul><li>Sincronização Documentos </li></ul><ul><li>Acesso e Metadados </li></ul><ul><li>ANÁLISE </li></ul><ul><li>Bussiness Inteligence </li></ul><ul><li>Strutured Queries </li></ul><ul><li>Data Mining </li></ul>PERSONALIZAÇÃO
  14. 14. 2 3 1 4 EXPLICITAR os conhecimento tácitos ORGANIZAR conhecimentos tácitos e explícitos UTILIZAR estes conhecimentos no dia a dia MEDIR o uso deste conhecimento GERAR INOVAÇÃO com o uso do conhecimento IDENTIFICAR Identificar os conhecimento “chave”, principalmente os tácitos Uma hipótese de ciclo de GC APOIAR iniciativas em ferramentas de TI CAPACITAR os colaboradores sobre GC
  15. 15. PESSOAS Uma hipótese de programa de GC POLÍTICAS PROCESSOS TECNOLOGIA Liderança Incentivo/ Reconhecimento Inovação
  16. 16. Conclusões e dicas <ul><li>Gestão do conhecimento é muito mais que tecnologia. Tecnologia pode ser um viabilizador / facilitador, mas só TI não é suficiente; </li></ul><ul><li>Crie mecanismos de facilitação, reconhecimento, valorização do conhecimento que é explicitado / utilizado / renovado; </li></ul><ul><li>Processos de negócio mais típicos de serem potencializados com GC: desenvolvimento de novos produtos (P&D), suporte a clientes, educação e treinamento, vendas e marketing, desenvolvimento de software e gestão de patentes; </li></ul><ul><li>Integre as áreas. Não deixe que o projeto seja apenas de uma área. Crie comprometimento e conivência. </li></ul>
  17. 17. Conclusões e dicas <ul><li>Não crie grande projetos (faraônicos), com grandes expectativas. Pense grande, comece pequeno; </li></ul><ul><li>Redesenhe sua Intranet para ser um portal do conhecimento. Cada passo é uma conquista!; </li></ul><ul><li>Integre as aplicações e iniciativas antes de começar a desenhar novos aplicativos e sistemas; </li></ul><ul><li>Capacite, informe, motive, reconheça! </li></ul>
  18. 18. Obrigado! Marcelo Pimenta [email_address] (11) 8122 6237

×