Metodologia parte 1

864 views

Published on

slideshow de metodologia visual UVA 2011

Published in: Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
864
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metodologia parte 1

  1. 1. Fatores preliminares da organização visual
  2. 2. Figura fundo
  3. 3. positivo, negativo <ul><li>Duda Lama </li></ul>
  4. 4. Figuras Recorrentes
  5. 5. Figuras Correntemente Desenháveis
  6. 6. Repetição figura - fundo
  7. 7. Repetição figura – fundo com rotação
  8. 8. Relação figura fundo e positivo, negativo
  9. 9. Tamanho é questão de relação
  10. 10. Tamanho depende da relação entre as partes.
  11. 11. Sobreposição
  12. 12. sobreposição
  13. 13. sobreposição
  14. 14. Exercício prático <ul><li>Partindo dos conceitos abordados, vamos criar uma forma múltipla, positivo-negativa, em que haja figura e fundo se relacionando em sobreposição de camadas e transparência. </li></ul>
  15. 15. TEORIA DA COR
  16. 16. “ Se não tiverem imaginação, nunca conseguirão uma boa cor(...) a cor deve ser pensada, sonhada, imaginada.” Guichard-Meilli. Matisse. Lisboa: Verbo,1976.p38.
  17. 17. Introdução <ul><li>A o falarmos de cores, temos duas linhas de pensamento distintas: a Cor-Luz e a Cor-Pigmento. Falar de cor sem falar de luz é impossível, mesmo se tratando da Cor-Pigmento, pois ela, a luz, é imprescindível para a percepção da cor, seja ela Cor-Luz ou Cor-pigmento. No caso da Cor-Luz ela é a própria cor e no caso da Cor-Pigmento ela, a luz, é que é refletida pelo material, fazendo com que o olho humano perceba esse estímulo como cor.    </li></ul>
  18. 18. Cor x Matiz <ul><li>Matiz: é a refração da luz em uma gama </li></ul><ul><li>Ex: Azul, amarelo, verde... </li></ul><ul><li>Cor é quando a matiz ganha nome e sobrenome, ou seja, inerente a ela vem uma quantidade de branco ou preto. </li></ul><ul><li>Ex: amarelo cádmio, vermelho francês... </li></ul>
  19. 19. CORES PRIMÁRIAS <ul><li>Formam um pequeno grupo fundamental e não podem ser obtidas pela mistura de outras cores. </li></ul>
  20. 20. GRÁFICO PRIMÁRIAS
  21. 21. CORES SECUNDÁRIAS <ul><li>Mistura de duas primárias </li></ul><ul><li>amarelo + azul = verde </li></ul><ul><li>amarelo + magenta = laranja </li></ul><ul><li>azul + magenta = violeta </li></ul>
  22. 22. GRÁFICO SECUNDÁRIAS + = + = + =
  23. 23. CORES TERCIÁRIAS <ul><li>    São obtidas pela mistura de uma primária com uma secundária.  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Faremos nove cores: </li></ul><ul><li>Amarelo + verde = </li></ul><ul><li>Amarelo + laranja = </li></ul><ul><li>Amarelo + violeta = </li></ul><ul><li>Azul+ verde = </li></ul><ul><li>Azul + laranja = </li></ul><ul><li>Azul + violeta = </li></ul><ul><li>Magenta + verde = </li></ul><ul><li>Magenta + laranja = </li></ul><ul><li>Magenta + violeta = </li></ul>
  24. 24. GRÁFICO TERCIÁRIAS + = + = + = + = + = + = + = + = + =
  25. 25. Contrastes
  26. 26. <ul><li>As cores vivas dão um aspecto excitante, principalmente quando utilizada em matizes contrastantes. (complementares) </li></ul>
  27. 27. <ul><li>as cores neutras conferem um aspecto calmo e tranqüilo. </li></ul>
  28. 28. <ul><li>Elas podem, também, ser quentes ou frias. </li></ul>
  29. 29. Disco de Cores Primárias e secundárias
  30. 30. DISCO DE CORES
  31. 31. Cor + Tom
  32. 33. COMPLEMENTARES
  33. 34. Cores Neutras <ul><li>  Os cinzas e os marrons são consideradas as cores neutras, mas podem ser neutras também os tons de amarelos acinzentados, azuis e verdes acinzentados e os violetas amarronzados. A função das cores neutras é servir de complemento da cor aproximada, para dar-lhe profundidade, visto que as cores neutras em geral tem pouca refletividade de luz.  </li></ul>
  34. 35. Degradês
  35. 36. Estabilidade e Dinâmica
  36. 38. CORES COMPLEMENTARES <ul><li>Cores complementares </li></ul><ul><li>Uma cor primária é sempre complementada pôr uma cor secundária. Esta é a cor que está em oposição a posição desta cor primária. </li></ul><ul><li>As cores complementares são usadas para dar força e equilíbrio a um trabalho criando contrastes. Raramente se usa apenas cores complementares em um trabalho, o efeito pode ser desastroso, mas em alguns casos é extremamente interessante. </li></ul>
  37. 39. CORES COMPLEMENTARES <ul><li>Outra característica importante das cores complementares é que elas se neutralizam entre si. O que isso quer dizer? Que se quisermos tirar a &quot;potência&quot; de um amarelo, basta acrescentar-lhe certa quantidade de violeta até que neutralizando-o em um tom de cinza, até chegar ao preto. </li></ul>
  38. 40. Cores análogas <ul><li>São as que aparecem lado-a-lado no gráfico. São análogas porque há nelas uma mesma cor básica. Por exemplo o amarelo-ouro e o laranja-avermelhado tem em comum a cor laranja.    </li></ul><ul><li>As cores análogas, ou da mesma &quot;família&quot; de tons, são usadas para dar a sensação de uniformidade. Uma composição em cores análogas em geral é elegante, porém deve-se tomar o cuidado de não a deixar monótona.    </li></ul>
  39. 41. Partindo da sua foto Técnica frotage
  40. 42. Passo-a-passo <ul><li>Coloque sua foto sobre o canson; </li></ul><ul><li>Marque com ponta seca, </li></ul><ul><li>Retire a foto; </li></ul><ul><li>Pinte usando os contrastes que mais lhe agradar. </li></ul><ul><li>LEMBRETE: </li></ul><ul><li>Você já sabe misturar cores! </li></ul>
  41. 44. Textura <ul><li>Textura é o aspecto de uma superfície. É por isso uma sensação visual, quase tátil aos olhos. </li></ul><ul><li>Podemos sub classificar em naturais, decorativas e gráficas. </li></ul>
  42. 45. Execução Gráfica <ul><li>Quanto à execução gráfica para obter texturas artificiais, pode-se utilizar os seguintes processos: </li></ul><ul><li>Impressão (carimbos) </li></ul><ul><li>Fricção (frotage) </li></ul><ul><li>Decalque (adesivos, colagens) </li></ul><ul><li>Mista (todas juntas) </li></ul>
  43. 46. Impressão <ul><li>Carimbos </li></ul>
  44. 47. Impressões diversas
  45. 49. Fricção <ul><li>Frotage </li></ul>
  46. 50. Decalque <ul><li>Adesivos </li></ul>
  47. 52. colagens
  48. 54. Mista
  49. 55. PADRONAGEM
  50. 58. Partindo de uma figura qualquer, destaque uma parte e crie uma padronagem repetitiva.
  51. 59. Relevo gráfico

×