• Save
Popularidade, tendências e uso das Redes Sociais para Campanha Eleitoral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Popularidade, tendências e uso das Redes Sociais para Campanha Eleitoral

  • 5,221 views
Uploaded on

Aula do Curso de Extensão em Marketing Político Digital da Universidade Federal da Bahia por Mel Oliveira.

Aula do Curso de Extensão em Marketing Político Digital da Universidade Federal da Bahia por Mel Oliveira.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
5,221
On Slideshare
5,066
From Embeds
155
Number of Embeds
11

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
2
Likes
20

Embeds 155

http://meloliveira.wordpress.com 51
http://meloliveira.com 48
http://campidigital.ning.com 27
http://inovarmkt.blogspot.com 14
http://www.linkedin.com 3
http://www.slideshare.net 3
https://twitter.com 3
http://static.slidesharecdn.com 2
https://www.linkedin.com 2
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://rg3eventos.blogspot.com.br 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. twitter.com/meloliveira [email_address] POPULARIDADE, TENDÊNCIAS E USO DAS REDES SOCIAIS PARA CAMPANHA POLÍTICA ELEITORAL Curso de Extensão sobre Marketing Político Digital. Universidade Federal da Bahia, Junho de 2010
  • 2.
    • AULA 1
    • Panorama geral sobre Redes sociais - Capital Social nas Redes - E-leição, e-leitor, e-candidato
    • Estratégias nas principais redes - Redes Sociais por Dilma x Serra - Estudo de Caso: e-Democracia
  • 3. Mel Oliveira. Publicitária ,especialista em marketing digital pela WBI e em marketing pela FGV,desenvolve projetos de pesquisa sobre Marketing Viral como estratégia promocional e E-commerce para mercado de alto luxo. Atua como Analista de Planejamento Online da agência Ideia3 Comunicação , onde desenvolve estratégias de comunicação digital para setores de varejo, imobiliário,governo e institucional.
  • 4. Como usar as Redes Sociais para as eleições 2010?
  • 5. NINGUÉM SABE!!!
  • 6. 1) Como as redes sociais podem contribuir com a campanha de cada candidato e seu sucesso nas urnas? 2) De que forma elas podem realmente ser eficazes na divulgação de um candidato e suas propostas? 3) Quais são as melhores estratégias para o político utilizar essas ferramentas de forma consciente? 4) Esse tipo de estratégia ganhou visibilidade na campanha de Barack Obama essas ferramentas terão a mesma importância para os candidatos brasileiros? REDES SOCIAIS É MODISMO?
  • 7. 5) Qual candidato tem utilizado melhor as redes sociais em sua campanha? Qual aparenta ter a melhor estratégia? 6) As redes sociais podem estimular debates e maior participação política por parte da sociedade? 7) Quem participa de comunidades sobre políticos ou os seguem em redes como o Twitter fazem apenas por uma questão de modismo? 8) E o lado negativo? Algum problema em relação à utilização das redes sociais por políticos? Corre o risco, por exemplo, de estarem utilizando-as para difundir interesses políticos ao invés de interesses comuns à sociedade? 9) Quais são as redes sociais mais utilizadas por políticos atualmente? REDES SOCIAIS É MODISMO?
  • 8. AFINAL, O QUE SÃO REDES SOCIAIS?
  • 9. ELAS EXISTEM MAIS DE 3.000 ANOS A.C.
  • 10. ELAS EXISTEM MAIS DE 3.000 ANOS A.C. “ Redes sociais são diferentes formas de relacionamento entre indivíduos que possuem interesses em comum.”
  • 11. E A POLÍTICA NAS REDES SOCIAIS?
  • 12. E A POLÍTICA NAS REDES SOCIAIS? Nada disso é novidade. Política na Rede Social existe há muitos anos.
  • 13. EM PRAÇAS PÚBLICAS! 1984. Diretas Já. 1990. MST.
  • 14. EM PRAÇAS PÚBLICAS DIGITAIS! Ficha Limpa. 2010 2009. Fora Sarney
  • 15. E OS COMITÊS, ONDE SE ORGANIZAM?
  • 16.  
  • 17.  
  • 18. O PAIS DO FUTEBOL TAMBÉM É O PAÍS DO ORKUT!
    • Tempo médio mensal dos usuários: 6h e 40 minutos,
    • Tempo de permanência por acesso: 15,7 minutos;
    • Freqüência: 24,5 vezes ao mês
    • Quase mil comunidades sobre eleições. (dados de 2008)
    • Há dois anos, a maior comunidade pró-Geraldo Alckmin (PSDB) reunia 221 mil integrantes e a maior pró-Luiz Inácio Lula da Silva (PT), 106 mil. (dados das ultimas eleições, 2006)
    • Cerca de 70% dos internautas com mais de 35 anos de idade estão na rede.
    • O que tanto fazem?
    • Divulgam os impressionantes 80 milhões de recados, 30 milhões de fotos e 3,5 milhões de vídeos por dia.”
  • 19.  
  • 20. FACEBOOK VAI A HOLLYWOOD!
    • 2º site mais popular da internet, depois do Google.
    • Mais de 350 milhões de usuários
    • Freqüência: 24,5 vezes ao mês
    • O que tanto fazem?
    • Os usuários compartilham mais de3,5 bilhões de arquivos entre si.
  • 21. FACEBOOK VAI A HOLLYWOOD!
  • 22. FACEBOOK VAI A HOLLYWOOD!
  • 23. FACEBOOK VAI A HOLLYWOOD!
  • 24.  
  • 25. EMPREGOS AQUI!
  • 26.  
  • 27. A FEBRE DO MOMENTO
    • Cresce 1382% em um ano
    • 75 milhões de usuários e possui 15 milhões de usários altamente ativos
    • Linguagem específicas através de #tags
    • What are you doing?
    • Os usuários compartilham mais de3,5 bilhões
    • de arquivos entre si.
      Adolescentes não twittam. Jovens abaixo de 25 anos correspondem a 25% do total
  • 28. www.twitter.com.br/wouldcup/bra
  • 29. A FEBRE DO MOMENTO
  • 30. A FEBRE DO MOMENTO
  • 31.  
  • 32.  
  • 33.  
  • 34. No acervo do site hoje existem mais de 450 mil fotos e 12 mil vídeos caseiros, o maior acervo gay multimídia da internet brasileira.
  • 35.  
  • 36.  
  • 37.  
  • 38.  
  • 39.  
  • 40.  
  • 41.  
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.  
  • 45.  
  • 46.  
  • 47.  
  • 48. 1 (um) ano de vida e já tem 500 mil usuários no mundo.
  • 49.  
  • 50.  
  • 51.  
  • 52.  
  • 53.  
  • 54.  
  • 55. VÍDEO AGÊNCIA CLIK
  • 56. COMPORTAMENTO E-LEITORAL
  • 57. COMPORTAMENTO E-LEITORAL NIVEL DE INTERAÇÃO Primário Secundário
  • 58. Capital Social de um político pode aumentar consideravelmente com o uso das Redes Sociais. “ O termo Capital Social refere às redes de relacionamento baseadas na confiança, cooperação e inovação que são desenvolvidas pelos indivíduos dentro e fora da organização, facilitando o acesso à informação e ao conhecimento.” Ignacio García (Antropólogo Organizacional, especialista em Análise de Redes Organizacionais e CEO da Tree Branding Consulting.) A maneira como os indivíduos se relacionam também ajudam na economia, e conseqüentemente na política ;
  • 59. Ele escolheu pra quem dar Capital Social.
  • 60. CAPITAL SOCIAL
    • Benefícios do Capital Social por Ronald S. Burt:
      • Obtém promoções mais velozmente;
      • São avaliados de maneiras mais satisfatórias;
      • Aprendem mais sobre o ambiente organizacional e o mercado no qual atuam;
      • Melhoram a eficácia e a eficiência das equipes que integram e dirigem;
      • Contribuem mais com o bem comum organizacional.
  • 61. REDES SOCIAIS PARA O INDIVÍDUO
      • Favorecer o estabelecimento de vínculos positivos através da interação entre os indivíduos.
      • Oportunizar um espaço para reflexão, troca de experiências e busca de soluções para problemas comuns.
      • Estimular o exercício da solidariedade e da cidadania.
      • Mobilizar pessoas, grupos e instituições para a utilização de recursos existentes na própria comunidade.
    Fonte: Senac. Redes Sociais e Interacao, Rio de Janeiro,
  • 62. REDES SOCIAIS PARA O POLÍTICO
      • Moda ;
      • O que falam de mim;
      • O que falar pra eles;
      • Barba, cabelo, bigode (imagem);
      • Idenficação do líder de grupo;
      • Monitorar andamento de campanha
  • 63. REDES SOCIAIS PARA O PARTIDO POLÍTICO
    • Interesse Coletivo;
    • Captação de filiados;
    • Disseminação de Objetivos Comuns;
    • Criação de discussões;
    • Captação de votos;
    • Divulgação de reuniões; eventos;
    • Espaço para publicação de material: vídeos, fotos; como filiar-se
  • 64. TENDÊNCIA DAS REDES SOCIAIS
    • Segundo David Armano da Business Week.
    • Redes sociais começarão a parecer ainda mais como mídia social
    • Avanço nas empresas
    • Negócios sociais se tornarão um assunto sério
    • Sua empresa terá uma política de comunicação social
    • Mobilidade torna-se a salvação para as mídias sociais
    • Compartilhar não significa mais mandar e-mails
  • 65. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS
    • Visibilidade: Maximize sua visibilidade trabalhando suas relações online, participe de comentários em blogs, fóruns e ajude o compartilhamento de boas idéias.
    • 2) Reputação: Nunca se esqueça de investir seu tempo em divulgar bons conteúdos nas redes sociais. Desta forma, o bom conteúdo compartilhado sempre será bem propagado e você contribuirá para sua boa reputação.
    • 3) Popularidade e Autoridade: Caracterizamos popularidade e autoridade muito mais como a capacidade de influenciar.
    • 4) Relevância: Conteúdo relevante para público relevante. Ex: Dilma e eleitorado femino.
    • Fonte: BrasilSeoSocialMidia.com
  • 66. COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI?
  • 67. Fonte: Pesquisa feita pela Deloitte
  • 68. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS e-consumidor + s-commerce = e-negócio
  • 69. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS Fonte: www.e-bit.com.br e-consumidor + s-commerce = e-negócio
  • 70. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS e-leitor e-Lula e-leição = +
  • 71. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS “ Eu falo tudo aqui pra vocês, e depois vocês jogam lá naquele negócio lá...twitter né?” Presidente Luiz Inácio da Silva, numa entrevista pra Folha. E NAS ELEIÇÕES DE 2008 ? e-leitor e-Lula e-leição = +
  • 72. COMO DISSEMINAR CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS “ Eu falo tudo aqui pra vocês, e depois vocês jogam lá naquele negócio lá...twitter né?” Presidente Luiz Inácio da Silva, numa entrevista pra Folha. E NAS ELEIÇÕES DE 2006 ? COMPORTAMENTO DO ELEITORADO NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES
    • Nas eleições de dois anos atrás, segundo o Ibope, a Internet foi o meio de informação indicado por 6 por cento dos eleitores, ou 7,8 milhões do total de 126 milhões de eleitores daquela eleição.
    • As revistas ficaram com 4 por cento e os meios tradicionais permaneceram bem à frente: TV (76%), jornais (29%) e rádio (28%).
    • Segunda fonte de informação depois da tv
    • ELEIÇÕES COM POSTURA PASSIVA
    • 2010 ELEIÇÕES COM POSTURA ATIVA
    e-leitor e-Lula e-leição = +
  • 73. INTERNET COMO PALCO DE DEBATE
  • 74. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO! Redes Sociais trazem resultados? Enquanto tempo? Como medir?
  • 75. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO! Redes Sociais trazem resultados? Enquanto tempo? Como medir? NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO!
  • 76. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO! Redes Sociais trazem resultados? Enquanto tempo? Como medir? NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO!
  • 77. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO!
  • 78. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO! Uma rede que ensina boas práticas de comportamento na rede.
  • 79. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO!
  • 80. ESTUDO DE CASO: DILMA X SERRA x MARINA
  • 81. NÓS NÃO TEMOS MAIS TEMPO! CUIDADO COM O QUE SE PODE E O QUE NÃO SE PODE FAZER NA REDE VÍDEO DILMA VIDEO CESAR MAIA
  • 82. ESTUDO DE CASO - SEARCH Atenção para o texto.
  • 83. ESTUDO DE CASO O que você precisa checar para uma boa imagem em microblogs ?
    • Foto adequada
    • Background sem falhas
    • Linguagem simples e linear
    • Trabalho de RT, DM, #FF e #hastag
    • Verified Account
    • Equilíbrio entre followers e following
    • Bio escrito com clareza
    • Deixar claro quem está twittando
    • Nome do perfil de fácil identificação
    • Frequencia de atualização
  • 84. ESTUDO DE CASO Foto adequada Background sem falhas Linguagem simples e linear Trabalho de RT , DM, #FF e #hastag Verified Account Equilíbrio entre followers e following Bio escrito com clareza Deixar claro quem está twittando Nome do perfil de fácil identificação Frequencia de atualização 85% de acerto Ps: O site de Serra não permite “pular”a fase de siguí-lo no twitter.
  • 85. ESTUDO DE CASO Foto adequada Background sem falhas Linguagem simples e linear Trabalho de RT , DM, #FF e #hastag Verified Account Equilíbrio entre followers e following Bio escrito com clareza Deixar claro quem está twittando Nome do perfil de fácil identificação Frequencia de atualização 75% de acerto Ps: mesmo Dilma tendo apenas 75%, a imagem do twitter está customizada, aparenta que a rede está muito melhor estruturada que a de Serra.
  • 86. ESTUDO DE CASO Foto adequada Background sem falhas Linguagem simples e linear Trabalho de RT , DM, #FF e #hastag Verified Account Equilíbrio entre followers e following Bio escrito com clareza Deixar claro quem está twittando Nome do perfil de fácil identificação Frequencia de atualização 80% de acerto
  • 87. ESTUDO DE CASO O que você precisa checar para uma boa imagem numa rede de relacionamento?
    • Foto adequada
    • Descrição do perfil sem falhas
    • Scraps/recados respondidos
    • Verified Account
    • Equilíbrio entre amigos
    • Deixar claro quem está respondendo os recados
    • Nome do perfil de fácil identificação
    • Freqüência de atualização
    • Participação ativa em comunidades
    • Criação da sua comunidade e atualização constante
    • Fotos e vídeos pessoais e de campanha
  • 88. ESTUDO DE CASO Foto adequada Descrição do perfil sem falhas Scraps/recados respondidos Verified Account Equilíbrio entre amigos Deixar claro quem está respondendo os recados Nome do perfil de fácil identificação Freqüência de atualização Participação ativa em comunidades Criação da sua comunidade e atualização constante Fotos e vídeos pessoais e de campanha
  • 89. ESTUDO DE CASO Foto adequada Descrição do perfil sem falhas Scraps/recados respondidos Verified Account Equilíbrio entre amigos Deixar claro quem está respondendo os recados Nome do perfil de fácil identificação Freqüência de atualização Participação ativa em comunidades Criação da sua comunidade e atualização constante Fotos e vídeos pessoais e de campanha
  • 90. ESTUDO DE CASO ?? Não seria o caso de Dilma pensar em um formspring só para desmentir o “gentequemente’?
  • 91. ESTUDO DE CASO Charge é um estilo de ilustração que tem por finalidade satirizar , por meio de uma caricatura , algum acontecimento atual com uma ou mais personagens envolvidas. Fonte: Wikipedia.
  • 92. ESTUDO DE CASO CADÊ A MARINA?
  • 93. ESTUDO DE CASO Foto adequada Descrição do perfil sem falhas Scraps/recados respondidos Verified Account Equilíbrio entre amigos Deixar claro quem está respondendo os recados Nome do perfil de fácil identificação Freqüência de atualização Participação ativa em comunidades Criação da sua comunidade e atualização constante Fotos e vídeos pessoais e de campanha Ps: característica pessoal
  • 94. ESTUDO DE CASO
  • 95. ESTUDO DE CASO O que você precisa checar para uma boa imagem no youtube/flickr .
    • Foto adequada
    • Customização de acordo com a campanha
    • Descrição do perfil sem falhas
    • Permissão de comentários
    • Verified Account
    • Material publicado de qualidade e REVISADO
    • Tag em todo conteúdo (vídeos e fotos)
    • Títulos otimizados
    • Nome do perfil de fácil identificação
    • Freqüência de atualização
  • 96. ESTUDO DE CASO Foto adequada Customização de acordo com a campanha Descrição do perfil sem falhas Permissão de comentários Verified Account Material publicado de qualidade e REVISADO Tag em todo conteúdo (vídeos e fotos) Títulos otimizados Nome do perfil de fácil identificação Freqüência de atualização Tudo é motivo pra mailing!
  • 97. ESTUDO DE CASO
    • Foto adequada
    • Customização de acordo com a campanha
    • Descrição do perfil sem falhas
    • Permissão de comentários
    • Verified Account
    • Material publicado de qualidade e REVISADO
    • Tag em todo conteúdo (vídeos e fotos)
    • Títulos otimizados
    • Nome do perfil de fácil identificação
    • Freqüência de atualização
  • 98. ESTUDO DE CASO
    • Foto adequada
    • Customização de acordo com a campanha
    • Descrição do perfil sem falhas
    • Permissão de comentários
    • Verified Account
    • Material publicado de qualidade e REVISADO
    • Tag em todo conteúdo (vídeos e fotos)
    • Títulos otimizados
    • Nome do perfil de fácil identificação
    • Freqüência de atualização
  • 99. “ Estratégia eficiente não é estar em todas as redes sociais, é gerar buzz relevante para seu target com apenas uma delas.” Isso veremos na aula de quarta. Até lá!
  • 100. VÍDEOS DISCUTIDOS EM SALA 1) Redes Sociaisbr – Pesquisa Agência Click http://www.youtube.com/watch?v=DmRsQibIOWg 2 Como será o Direito Digital nas Eleições 2010 Vídeos Tv Estadão http://www.youtube.com/watch?v=mfPa3EpqI_c 3) Dilma "Rolando Lero" e as bobagens sobre cultura. Teste a sua paciência... http://www.youtube.com/watch?v=fcWqdV8fK1o 4) Save the earth with Cesar Maia http://www.youtube.com/watch?v=sbtHwurZzP4
  • 101. twitter.com/meloliveira [email_address]