Geração Net Tapscott, D. (1998)  Growing up digital, the rise of net generation ; New York, Mc Graw Hill
Diferentes “Gerações” do Séc. XX <ul><ul><li>Geração perdida (Hemingway) </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração modern jazz (F...
Geração Net / Don Tapscott <ul><li>“ Pela primeira vez na história da humanidade as crianças têm mais saber e conhecimento...
<ul><li>“ Estamos a passar  de um fosso geracional para dois mundos em paralelo . Na linguagem dos slogans  de um  generat...
<ul><li>“ Hoje sente-se um claro desalinhamento entre quem manda ( autoridade ) e quem percebe dos assuntos ( competência ...
Net gen como consumidores <ul><li>Procuram ter o  maior numero de opções de compra , odeiam ser forçados a  uma escolha li...
Net gen como cidadã(o)s <ul><li>  Falta de confiança nas elites, no governo e nas instituições. </li></ul><ul><li>Valoriza...
Valores <ul><li>  Forte independência </li></ul><ul><li>Abertura intelectual e emocional </li></ul><ul><li>Inclusão social...
<ul><li>“ Geração da Pizza hut” – habito de compor a pizza, óptica de serviço ao cliente, diversão além da alimentação, es...
Velocidade Novo Desmate-rialização Ciclos   curtos Mobilidade Gera  Abundância Exige  Prazer Promove a “Juvenilização”
NET GEN e a ESCOLA
E que respostas precisa encontrar o sistema educativo para esta turbulência?
Velocidade <ul><li>Impaciência. Trepidação. Turbulência. Noção de ritmo. Gozo da velocidade. </li></ul><ul><li>Sabem mais,...
Ciclos curtos <ul><li>Dificuldade de concentração. Zigue-zague. </li></ul><ul><li>Pensamento em rede e lógica de hipertext...
Império do Novo <ul><li>Atenção ao novo que é portador de um valor intrínseco </li></ul><ul><li>Valorização da experimenta...
Abundância e Diversidade <ul><li>Habituados a uma oferta exponencial de recursos informativos e de produtos de consumo. Of...
Prazer Baixa tolerância à falta de prazer. Geração “Bife do Lombo” Valorizar a Aprendizagem com prazer Recurso intenso a “...
Interactividade Habituados a interagir entre si, com os pais e com os instrumentos de lazer e tempos livres Com opinião Se...
Desmaterialização Convívio com intangíveis.  Reconhecimento que a Nova Economia espera deles flexibilidade, inovação, func...
Mobilidade Cultura de intensa mobilidade fisica e virtual: Viajam regularmente, integram as comunicações móveis, navegam n...
Os novos anciãos Influência  crescente dos  jovens na familia e na sociedade, pela relevância das suas competências e melh...
Era do feminino Ascensão dos valores “femininos” Valorizar a inteligência emocional Cultivar competências “soft” e relacio...
As sete mudanças que se adivinham na educação <ul><li>1.       do ensino linear à aprendizagem hipermédia, interactiva e n...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Geração Net

3,797

Published on

Os desafios que se colocam à Educação no quadro de uma nova geração NET.

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,797
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
126
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Geração Net

  1. 1. Geração Net Tapscott, D. (1998) Growing up digital, the rise of net generation ; New York, Mc Graw Hill
  2. 2. Diferentes “Gerações” do Séc. XX <ul><ul><li>Geração perdida (Hemingway) </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração modern jazz (Fitzgerald) </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração da Guerra </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração do pós-guerra </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração Rock </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração Punk </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração da Televisão e Geração MTV </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração X (Coupland) </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração Cyber </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração Rave / Geração Ecstasy </li></ul></ul><ul><ul><li>Geração Rasca (VJ Silva) </li></ul></ul><ul><ul><li>global generation (Generation G) </li></ul></ul><ul><ul><li>Network generation (N-Gen) </li></ul></ul><ul><ul><li>Net Genaration (Net Gen) </li></ul></ul>
  3. 3. Geração Net / Don Tapscott <ul><li>“ Pela primeira vez na história da humanidade as crianças têm mais saber e conhecimento, são mais letradas e sentem-se mais confortáveis do que os pais sobre um aspecto crucial do desenvolvimento da nossa sociedade – as novas tecnologias digitais.” </li></ul>
  4. 4. <ul><li>“ Estamos a passar de um fosso geracional para dois mundos em paralelo . Na linguagem dos slogans de um generational gap (fosso de gerações) para um generational lap (salto de gerações). A sociedade nunca experimentou coisas dessas: o colocar da hierarquia do saber de pernas para o ar. As crianças são pela primeira vez, as autoridades e os especialistas, em algo central para o futuro da humanidade: as novas tecnologias e a ascensão da Net.” </li></ul>
  5. 5. <ul><li>“ Hoje sente-se um claro desalinhamento entre quem manda ( autoridade ) e quem percebe dos assuntos ( competência ). Como a Geração Net nasceu com as novas tecnologias, assimila-a. Os adultos pelo contrário, têm de acomodar-se a ela. Há uma grande diferença entre assimilar os novos conhecimentos na fase de crescimento e fazer um esforço de actualização na fase de maturidade.” </li></ul>
  6. 6. Net gen como consumidores <ul><li>Procuram ter o maior numero de opções de compra , odeiam ser forçados a uma escolha limitada. </li></ul><ul><li>Querem coisas mais personalizadas , ou seja, feitas à medida das suas preferências </li></ul><ul><li>Desejam experimentar muitas vezes os produtos e serviços antes de os comprar ou de se fidelizar às marcas . Eles não são espectadores, ouvintes ou leitores; são utilizadores. Como no software deverá propor-se um periodo gratuito de experimentação. Se o produto tornar a vida mais rápida, animada e fácil então tornar-se-à indispensável. </li></ul><ul><li>Querem saber o que a tecnologia faz e não o que ela é ; Preferem o conteúdo à forma </li></ul><ul><li>Exigem ser tratados como pessoas e não como números , são mais sensíveis ao mkt de relacionamento. </li></ul><ul><li>Abominam os esforços de publicidade indesejada </li></ul>
  7. 7. Net gen como cidadã(o)s <ul><li>  Falta de confiança nas elites, no governo e nas instituições. </li></ul><ul><li>Valorização dos direitos e liberdades individuais, direito à privacidade e a estar sozinho, e a expressar os seus pontos de vista </li></ul><ul><li>Aceitação da diversidade como natural </li></ul><ul><li>Imediatismo / Instantâneo </li></ul><ul><li>Sensíveis aos interesses corporativos  </li></ul><ul><li>Querem autenticação das fontes </li></ul>
  8. 8. Valores <ul><li>  Forte independência </li></ul><ul><li>Abertura intelectual e emocional </li></ul><ul><li>Inclusão social </li></ul><ul><li>Livre expressão e fortes pontos de vista </li></ul><ul><li>Inovação </li></ul><ul><li>Preocupação com a maturidade </li></ul><ul><li>Investigação </li></ul>
  9. 9. <ul><li>“ Geração da Pizza hut” – habito de compor a pizza, óptica de serviço ao cliente, diversão além da alimentação, espaço agradável, cores quentes </li></ul><ul><li>A partir de agora as gerações crescerão digitais </li></ul><ul><li>Esta geração está habituada nos videojogos a poder corrigir de os erros imediatamente e de recriar as situações, de poder voltar a tentar. </li></ul>
  10. 10. Velocidade Novo Desmate-rialização Ciclos curtos Mobilidade Gera Abundância Exige Prazer Promove a “Juvenilização”
  11. 11. NET GEN e a ESCOLA
  12. 12. E que respostas precisa encontrar o sistema educativo para esta turbulência?
  13. 13. Velocidade <ul><li>Impaciência. Trepidação. Turbulência. Noção de ritmo. Gozo da velocidade. </li></ul><ul><li>Sabem mais, mais cedo e mais superficialmente </li></ul><ul><li>(?) Cansaço » procura de outros ritmos mais calmos. Vazio provocado pela voragem. </li></ul>Cultura de Contra-Rotina. Formação de todos os intervenientes para o ritmo. Integração no processo educativo do “saber mais…” Assunção lúcida, esclarecida e partilhada de um ritmo mais lento, propício ao Conhecimento
  14. 14. Ciclos curtos <ul><li>Dificuldade de concentração. Zigue-zague. </li></ul><ul><li>Pensamento em rede e lógica de hipertexto expandido a toda a actividade mental </li></ul><ul><li>Desconforto da mudança permanente </li></ul>Abandono progressivo das formas expositivas clássicas para formas interactivas “ Aprendizagem em rede”, capaz de agregar e ligar conteúdos e formas diversas Dar a segurança de que alguma coisa permanece
  15. 15. Império do Novo <ul><li>Atenção ao novo que é portador de um valor intrínseco </li></ul><ul><li>Valorização da experimentação </li></ul><ul><li>Percepcionam que o mercado valoriza a capacidade de inovação e de adaptação </li></ul>Pesquisa permanente de caminhos, temas e perspectivas novas e divertidas na aprendizagem Formar para a criatividade e inovação. Valorizar na avaliação a capacidade de gerar e gerir o novo / inesperado Transformar em novo o antigo relevante
  16. 16. Abundância e Diversidade <ul><li>Habituados a uma oferta exponencial de recursos informativos e de produtos de consumo. Oferta segmentada e personalizada. </li></ul><ul><li>Desperdício. Dificuldade de escolha. </li></ul>Pleno acesso e integração dos recursos educativos na aprendizagem. Saber que informação precisa, como a encontrar, avaliar e tratar. Espírito crítico. Fim do monopólio da Escola clássica. Ascensão de outros ambientes de Aprendizagem. Soluções de aprendizagem personalizada. Aprendizagem para processos de escolha e decisão
  17. 17. Prazer Baixa tolerância à falta de prazer. Geração “Bife do Lombo” Valorizar a Aprendizagem com prazer Recurso intenso a “aditivos de prazer” para áreas mais áridas Treino para sobreviver na ausência de prazer imediato. Diferir gratificações
  18. 18. Interactividade Habituados a interagir entre si, com os pais e com os instrumentos de lazer e tempos livres Com opinião Sem a reverência pela hierarquia clássica Promover a A. intensamente interactiva - entre a comunidade escolar e com a comunidade envolvente, usando todos os recursos disponíveis Saber ouvir Retirar distância formal entre educandos e educadores
  19. 19. Desmaterialização Convívio com intangíveis. Reconhecimento que a Nova Economia espera deles flexibilidade, inovação, funcionamento em rede e aptidão para aprenderem sempre Escola maior que o seu espaço físico: a ciberescola e a escola integrada. Colocar os educadores como nós funcionantes da rede.
  20. 20. Mobilidade Cultura de intensa mobilidade fisica e virtual: Viajam regularmente, integram as comunicações móveis, navegam na Internet... Aprendizagem experimental de competências e saberes para enfrentar a mobilidade »»» capacidade de autonomia e adaptação, conhecimento de outras línguas e culturas… Dar mobilidade à aprendizagem - no espaço e no tempo - A “escola” em qualquer lugar, a qualquer hora…
  21. 21. Os novos anciãos Influência crescente dos jovens na familia e na sociedade, pela relevância das suas competências e melhor sintonia com as tendências emergentes. Potencial arrogância e auto-convencimento Abrir os ambientes educativos à participação efectiva dos jovens, transferindo poder e responsabilidade Ajudar a valorizar a riqueza das diferenças inter-geracionais e compreensão da complexidade
  22. 22. Era do feminino Ascensão dos valores “femininos” Valorizar a inteligência emocional Cultivar competências “soft” e relacionais
  23. 23. As sete mudanças que se adivinham na educação <ul><li>1.      do ensino linear à aprendizagem hipermédia, interactiva e não sequencial. </li></ul><ul><li>2.      Do ensino guiado pela pedagogia do professor para a aprendizagem experimental e espírito de descoberta. </li></ul><ul><li>3.      Do ensino cinzento à aprendizagem e entretenimento apelativos e criativos. </li></ul><ul><li>4.      De uma geração que absorvia e analisava para uma que navega e sintetiza. </li></ul><ul><li>5.      Do ensino como período exclusivo da vida jovem para a aprendizagem ao longo da vida </li></ul><ul><li>6.      Do ensino massificado para a aprendizagem personalizada </li></ul><ul><li>7.      Do saber transmitido à aprendizagem pela prática </li></ul><ul><li>Do ensino nas instituições escolares para o ensino integrado na vida empresarial. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×