• Save
Trabalho de geo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Trabalho de geo

on

  • 1,044 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,044
Views on SlideShare
1,044
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Trabalho de geo Trabalho de geo Document Transcript

  • EducaçãoTrabalho elaborado por:Bruno Delgado nº3Pedro Cordeiro nº16Rodrigo Aparícionº17 9º2
  • Introdução O tema deste trabalho como já deu para reparar é a educação, aeducação consiste na formação de uma pessoa para que esta no futurosaiba ler, escrever, fazer contas etc… Infelizmente muitas crianças nãotêm acesso ao ensino ou porque os pais não têm condições financeiraspara tal, ou porque as crianças trabalham, no caso das raparigas podehaver discriminação.As pessoas que não sabem ler nem escreverdesignam-se analfabetas as pessoas que sabem ler e escrever designam-se alfabetas. A educação contribui para o desenvolvimento do própriopaís, nos países em que a taxa de analfabetismo é alta o desenvolvimentodo país é baixo,nos países em que a taxa de analfabetismo é baixoodesenvolvimento do país pode ser alto.
  • A educação nos países em desenvolvimento Nos países em desenvolvimento a percentagem deanalfabetismo, nomeadamente nos países mais pobres da África eda Ásia é de 40%. As elevadas taxas de analfabetismo devem-se:  À utilização dos filhos como fonte de rendimento (trabalho infantil);  À falta de investimento no sector da educação (emescolas e em professores).  À dificuldade financeira da população para pôr os seus filhos numa escola para estes serem pessoas formadas.  Etc… Neste mapa pode visualizar o nível de alfabetização pelo mundo, e pode reparar que os níveis são mais baixos em África e na Ásia. O progresso na educação é essencial para o desenvolvimentohumano. Desde 1990 as taxas de alfabetização subiram de 75% para 82%,reduzindo em 100 milhões o número de pessoas analfabetas no mundo.
  • A educação nos países desenvolvidos Nos países desenvolvidos a taxa de analfabetismo no geral é maisbaixa, mas a taxa de analfabetismo em relação as mulheres é mais alta,ou seja, nos países desenvolvidos há uma grande descriminação ásmulheres por estas serem vistas ainda como as domésticas, astrabalhadoras agrícolas, poderem ser mães na adolescência, terem maiorvulnerabilidade ao HIV, etc… Como comprova a tabela em 2000 havia 67% mulheres analfabetasde 22 milhões de analfabetos nos países desenvolvidos prevê-se umapequena descida em 2015 de 67% para 61%. 1990 %de 2000 % de 2015(previsão) % de Milhões de mulheres Milhões de mulheres Milhões de mulheres analfabetos analfabetos analfabetosPaíses 22 70 15 67 8 61desenvolvidosAmérica 42 56 39 56 33 54Latina eCaraíbasPaíses Árabes 62 63 67 64 71 64África 131 61 136 61 133 61SubsarianaÁsia 233 69 186 71 114 73MeridionalMundo 872 63 855 64 796 63 Escolaridade obrigatória: A escolaridade obrigatória em Áustria,Itália e Suíça por exemplo é de apenas 9 anos, curioso é que nos paísespouco desenvolvidos como Arménia, Moldávia etc… a escolaridadeobrigatória é entre os 11 e os 12 anos e o seu nível de desenvolvimento ébaixo.
  • A educação em Portugal O Sistema Educativo em Portugal é regulado pelo Estado atravésdo Ministro da Educação, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e EnsinoSuperior. O sistema de educação pública é o mais usado e mais bemimplementado, existindo também escolas privadas em todos os níveis deeducação. Em Portugal a educação é iniciada obrigatoriamente para todos osalunos aos 6 anos de idade (podendo iniciar-se aos 5 caso o aluno faça 6anos no ano de entrada). A escolaridade obrigatória é de 12 anos.´O ensino básico está dividido em ciclos: • 1º Ciclo (1.º ano ao 4.º ano); • 2º Ciclo (5.º e 6.º ano); • 3º Ciclo (7.º ao 9.º ano). A taxa de alfabetização nos adultos situa-se nos 95%. As matrículaspara a escola primária estão próximas dos 100%. Apenas 20% dapopulação portuguesa em idade de frequentar um curso de ensinosuperior frequenta as instituições de ensino superior do país. Para além deser um dos principais destinos para os estudantes internacionais, Portugalestá também entre os principais locais de origem de estudantesinternacionais. Todos os estudantes do ensino superior, tanto a estudarno país como no estrangeiro, totalizaram cerca de 380 mil alunos em2005. Ensino básico A educação é igual para todos os alunos até o 3.º ciclo do ensinobásico, excepto os que necessitam de orientação especial como é o casode alunos com deficiências, que têm orientações específicas. Deste modo
  • todos estes alunos têm as seguintes disciplinas: obrigatórias como, Inglês,Matemática, História, Educação musical, Geografia, Língua Portuguesa,Francês, Ciências Naturais, Físico-química, Educação Física, TIC, Teatro,Dança, Educação Visual (Desenho) e Educação Tecnológica (TrabalhosManuais), sendo que o aluno(a) pode escolher uma das quatro últimas no9.º ano. E o aluno ainda optar por ter ensino de religião (Moral), de formagratuita para os educandos, nos estabelecimentos públicos de ensino,sendo uma disciplina opcional. No 1.º Ciclo, a avaliação é efectuada de Muito Insuficiente aExcelente. No final do Ciclo, é realizada uma prova de aferição de LínguaPortuguesa e de Matemática de toda a matéria do 1.º Ciclo. No 2.º e 3.ºCiclos, a avaliação dos alunos é feita numa escala de 1 a 5. Já os testes sãoavaliados de Muito Insuficiente a Excelente. No final do 2.º Ciclo érealizada uma prova de aferição às disciplinas de Língua Portuguesa eMatemática, e no final do 3.º Ciclo são realizados exames nacionais aLíngua Portuguesa e a Matemática, com toda a matéria dada em cadaciclo. Ensino secundário No entanto, o Ensino Secundário é organizado de outra forma. Comoé o ensino pré-Universitário, os alunos têm que escolher uma área deensino para a qual desejam se inscrever, deixando desta forma de existiruma uniformidade nos conteúdos leccionados a todos os alunos. Existemquatro agrupamentos de cursos: 1. Curso de Ciências e Tecnologias (antigo Científico-Natural); 2. Curso de Artes Visuais; 3. Curso de Ciências Socioeconómicas (antigo curso de Economia); 4. Curso de Línguas e Humanidades. No Secundário, a avaliação aos alunos é igual à do Ensino Superior,numa escala de 1 a 20 valores (usando-se também os meios termosdecimais, por exemplo 15,4 ou 18,5). No Secundário, os alunos têm
  • exames nacionais de Português (12ºano) e das disciplinas específicas doseu curso. Os alunos de Ciências e Tecnologias têm exame, além dePortuguês, a Matemática A, Físico-Química A e Biologia e Geologia; osalunos de Artes Visuais têm exame, além de Português, a História da ArteA, Geometria Descritiva A e Desenho A; os alunos de CiênciasSocioeconómicas têm exame, além de Português, a Economia A,Matemática A e Geografia A; por fim, os alunos de Línguas eHumanidades têm exame, além de Português, a Geografia A, História A ea MACS (Matemática Aplicada às Ciências Socias. Porém, os examesnacionais no secundário, efectuam-se no 11.º ano e no 12.º ano.
  • Conclusão Ao fazermos este trabalho concluímos que a educação é umindicador importante para os países, e que haverá imensas pessoas quedariam tudo para fazer este trabalho porque significa que estavam naescola e que tinham um professor a formá-las para terem um futuromelhor. Ás vezes as coisas que temos de fazer e que acha-mos uma seca,muitas pessoas fariam sem acharem uma seca e com a melhor empenhopossível.
  • Bibliografiahttp://alemcaia.blogs.sapo.pt/28618.htmlhttp://www.google.pt/imgres?q=educa%C3%A7%C3%A3o&hl=pt-PT&biw=1366&bih=590&gbv=2&tbm=isch&tbnid=YKsKtGc0Nv861M:&imgrefurl=http://azores.inetgiant.pt/atalhada/addetails/professora-de-educacao-fisica/2955369&docid=Ud5fUNubBt_SyM&imgurl=http://www.recadosvirtuais.com.br/bg_imagem/imagem2_msg113.jpg&w=310&h=287&ei=LiYTT9PQJIja8QOd1aXyAw&zoom=1&iact=rc&dur=192&sig=115951519020091770511&page=3&tbnh=110&tbnw=119&start=48&ndsp=24&ved=1t:429,r:11,s:48&tx=89&ty=34http://pt.scribd.com/doc/7994289/Paises-desenvolvidos-e-Paises-em-desenvolvimento-Contrastes-de-desenvolvimentohttp://www.google.pt/imgres?q=paises+desenvolvidos&um=1&hl=pt-PT&sa=N&gbv=2&biw=1366&bih=590&tbm=isch&tbnid=4AghMhQ4EwTHBM:&imgrefurl=http://blogcefar.blogspot.com/2011/02/geografia-o-mundo-subdesenvolvido.html&docid=EeXA6M6td_5pXM&imgurl=http://2.bp.blogspot.com/-eMd6TwwW79c/TWbsIGVd5aI/AAAAAAAAAAM/8W0xqPnY0ww/s1600/hdi_2010_economic_freedom_of_the_world.png&w=1600&h=743&ei=zCYTT8XuPMqv8APg_53IAw&zoom=1&iact=hc&vpx=728&vpy=175&dur=207&hovh=153&hovw=330&tx=148&ty=93&sig=115951519020091770511&page=4&tbnh=69&tbnw=149&start=67&ndsp=21&ved=1t:429,r:4,s:67(Rodrigues, Arinda; Coelho, João (2008)“Viagens Geografia 9ºano contrastes de desenvolvimento ambiente esociedade”Texto editores