Your SlideShare is downloading. ×
0
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
A sida
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A sida

405

Published on

Este trabalho não foi objeto de qualquer correção! …

Este trabalho não foi objeto de qualquer correção!
Foi postado tal e qual como foi enviado por o(s) autor(es).
O mérito (se for caso disso) é exclusivo dele(s)!

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
405
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TELMA PEREIRA 9º 5 Nº 19 ENEIDA TAVARES 9º 5 Nº 9
  • 2. A Sida • O que é a Sida? • A sida é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), que se penetra no organismo por contato com uma pessoa, ou objeto cortante infetado.
  • 3. A Sida
  • 4. A Sida • O VIH é um vírus bastante poderoso que, ao entrar no organismo, dirige-se ao sistema sanguíneo, onde começa de imediato a replicar-se, atacando o sistema imunológico, destruindo as células defensoras do organismo e deixando a pessoa infetada (seropositiva), mais debilitada e sensível a outras doenças, as chamadas infeções oportunistas que são provocadas por micróbios.
  • 5. A Sida • A infeção com o VIH caracteriza-se por quatro fases diferentes. Ocorre primeiro o período de infeção aguda, até quatro semanas após o contágio e no qual o seropositivo é afetado por diversos sintomas pouco característicos, semelhantes aos de uma gripe, e cuja causa, normalmente, passa despercebida a doentes e médicos.
  • 6. A Sida • Segue-se um período que pode durar dez a 15 anos (em alguns casos mais em outros menos), no qual, embora o vírus se continue a multiplicar, o seropositivo não apresenta quaisquer sintomas.
  • 7. A Sida • A terceira fase da doença, em que o organismo já não consegue repor completamente a quantidade de células destruídas pelo vírus, caracteriza-se por uma imunodepressão moderada, com sintomas e sinais associados. Emagrecimento, suores noturnos, diarreia prolongada e febre, são alguns dos exemplos de manifestações clínicas nesta fase de evolução da infeção.
  • 8. A Sida • A quarta fase, em que o seropositivo passa a ter SIDA, ocorre quando a contagem de células CD4 se torna muito baixa ou quando a pessoa é afetada por outra doença indicadora de um estado de imunodeficiência grave.
  • 9. A Sida • Como SE TRANSMITE o VIH? • A transmissão sexual é a principal via de transmissão da infeção VIH em todo o mundo. As secreções sexuais de uma pessoa infetada podem, com grande probabilidade, transmitir o VIH sempre que exista uma relação sexual com penetração – anal, vaginal ou oral – sem preservativo.
  • 10. A Sida • O contato com sangue infetado, através da partilha de seringas, agulhas, escova de dentes, lâminas de barbear e/ou material cortante com a pessoa infetada pelo VIH. Embora represente um risco menor, não devem ser partilhados objetos cortantes onde exista sangue de uma pessoa infetada como por exemplo: piercings, instrumentos de tatuagem e de furar as orelhas e alguns utensílios de manicura.
  • 11. A Sida • Da mãe para o filho durante a gravidez, parto e/ou amamentação. Se a mãe estiver infetada pode transmitir a infeção ao bebé durante a gravidez, através do seu próprio sangue, ou durante o parto, através do sangue ou secreções vaginais.
  • 12. A Sida
  • 13. A Sida • Como NÃO se transmite o VIH? • Através do ar, alimentos, água, picadas de insetos e outros animais, louça, talheres, sanitas ou qualquer outro meio que não envolva sangue, esperma, fluidos vaginais ou leite materno;
  • 14. A Sida • Através da urina, suor, lágrimas, fezes, saliva, secreções nasais ou vómitos, desde que estes não tenham sangue misturado;
  • 15. A Sida • Através de contactos sociais, como o beijo na face, um abraço ou um aperto de mão
  • 16. A Sida
  • 17. A Sida • Como retardar o aparecimento da SIDA em seropositivos? • A duração do período entre a entrada do vírus no organismo e o diagnóstico da SIDA depende, significativamente, dos cuidados que a pessoa tem, nomeadamente de comportamentos considerados saudáveis: boa higiene pessoal, boa nutrição, não fumar e praticar desporto. O aparecimento da SIDA pode ainda ser retardado pela correta utilização dos medicamentos que retardam a multiplicação do vírus e dos medicamentos que previnem as doenças oportunistas.
  • 18. A Sida • Quem deve fazer o teste diagnóstico do VIH? • Todos os cidadãos. É importante fazer o teste de diagnóstico sempre que se tem dúvidas sobre a possibilidade de estar infetado pelo VIH ou se pensa engravidar.
  • 19. A Sida • Teve relações sexuais sem preservativo;
  • 20. A Sida • Houve partilha de seringas, agulhas ou outro material na injeção de drogas;
  • 21. A Sida • Fez uma tatuagem ou um piercing e o material não estava devidamente desinfetado;
  • 22. A Sida • Teve contacto direto com o sangue de outra pessoa
  • 23. A Sida • Pensa engravidar ou se está grávida.
  • 24. A Sida • Porquê fazer o teste? • Se o resultado for positivo, pode ter acesso aos cuidados de saúde apropriados e iniciar o tratamento o mais cedo possível. Deste modo, a evolução da doença é retardada.
  • 25. A Sida • Onde pode fazer o teste do VIH? • Para fazer o teste do VIH, consulte o seu médico ou dirija-se aos Centros de Aconselhamento e Deteção Precoce VIH (CAD). Para consultar os contactos e horários de funcionamento dos CAD, aceda a http://www.SIDA.pt.
  • 26. A Sida • Como se trata a SIDA? • Em Portugal, a terapêutica anti retrovírica é universal, gratuita e de distribuição hospitalar.
  • 27. A Sida • Como ter acesso ao tratamento? • Qualquer pessoa à qual tenha sido diagnosticada a sua seropositividade pelo VIH/SIDA deve ser referenciada aos serviços hospitalares competentes. Deve ser agendada uma consulta de imediato. Os doentes em medicação anti retrovírica necessitam de apoio especial antes e durante o tratamento. O seu médico tem de vigiá-lo constantemente para saber se o tratamento está ou não a fazer o efeito pretendido ou se é necessário mudar o esquema terapêutico.
  • 28. A Sida • A SIDA tem cura? • A SIDA caracteriza-se por uma quebra do sistema imunitário do organismo e, por este motivo, as infeções de ordem geral não podem ser combatidas eficazmente. Atualmente, a cura não é possível. A única medida eficaz para combatê-la, presentemente, é a prevenção.
  • 29. A Sida • Telefone para Linha SIDA – 800 26 66 66 • • Consulte Coordenação Nacional da Infeção VIH/SIDA – Alto Comissariado da Saúde – http://www.SIDA.pt
  • 30. A Sida • Conclusão: • Com este trabalho ficamos a saber muito mais sobre a SIDA, como a podíamos prevenir e como deveríamos agir se algum dia a contraíssemos. Espero que com este trabalho muitas pessoas fiquem mais tocadas com os números desta doença e que não façam burrices, pois poderá vir-lhe a custar-lhe a sua própria vida.
  • 31. A Sida • • • • Bibliografia . www.sapo.pt . www.google.com http://www.minsaude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+s aude/doencas/doencas+infeciosas/sida.htm

×