3.Factores Climáticos

19,157 views

Published on

4 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
19,157
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,070
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
4
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

3.Factores Climáticos

  1. 3. Desigualdade dos dias e das noites no mesmo lugar e de lugar para lugar
  2. 4. FACTORES CLIMÁTICOS - A Latitude <ul><li>• A latitude influência o clima em todo o planeta. </li></ul><ul><li>• A forma da terra faz com que os raios solares atinjam a superfície com diferentes graus de inclinação: </li></ul><ul><li>- na zona intertropical , a inclinação é menor, </li></ul><ul><li>- nas zonas polares , a inclinação dos raios solares é maior. </li></ul>
  3. 5. <ul><li>Por este motivo, entre os trópicos, a energia solar atinge urna superficie menor (A) do que nas zonas polares (B) -> maior aquecimento na zona intertropical . </li></ul><ul><li>A influência da latitude no aquecimento da superfície terrestre </li></ul>
  4. 6. <ul><li>• Quanto maior é a latitude, maior é a inclinação dos raios solares e menor é o aquecimento da superfície -> a ternpe:ratura diminui à medida que a latitude aumenta . </li></ul><ul><li>• Este fenómeno justifica a existência de diferentes zonas climáticas. </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li> As zonas terrestres </li></ul>
  5. 7. FACTORES CLIMÁTICOS A proximidade e o afastamento do mar <ul><li>Embora a latitude influencie o clima, existem lugares com a mesma latitude que têm características climáticas diferentes -> proximidade / afastamento do oceano . </li></ul><ul><li>Os oceanos têm acção moderadora sobre as temperaturas: </li></ul>
  6. 8. <ul><li>A influência da proximidade e do afastamento do mar sobre os principais elementos climáticos. </li></ul>
  7. 9. <ul><li>• No Verão , o ar vindo dos oceanos refresca as áreas litorais, impedindo que se registem temperaturas muito elevadas; </li></ul><ul><li>• No Inverno , provoca o efeito contrário, impedindo que se verifiquem temperaturas muito baixas. </li></ul><ul><li>O efeito moderador sobre as temperaturas diminui com o afastamento do oceano -> aumenta a amplitude térmica anual . </li></ul><ul><li>As áreas do litoral também são influenciadas pelos ventos húmidos que sopra do oceano -> no litoral a precipitação regista maiores valores . </li></ul>
  8. 10. FACTORES CLIMÁTICOS – O relevo <ul><li>O relevo também influencia a temperatura e a precipitação -> variação de altitude . </li></ul><ul><li>• Nas áreas de montanha as temperaturas são mais baixas -> a temperatura diminui à medida que a altitude aumenta ( gradiente térmico vertical – 6°C por cada 1000m) </li></ul>
  9. 11. A influência do relevo na precipitação. <ul><li>A precipitação aumenta com a altitude porque: </li></ul><ul><li>• o ar é obrigado a subir quando encontra uma montanha; </li></ul><ul><li>• ao subir, arrefece, provocando a condensação do vapor de água; </li></ul><ul><li>• formam-se nuvens que podem originar precipitação; </li></ul><ul><li>• ao descer a montanha, na vertente oposta, o ar já tem menos humidade e aquece. Diminui a possibilidade de ocorrer precipitação. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Este fenómeno é mais acentuado nas vertentes expostas a ventos marítimos. </li></ul>
  10. 12. FACTORES CLIMÁTICOS - A pressão atmosférica <ul><li>O ar quente é mais leve e tem tendência a subir. </li></ul><ul><li>O ar frio é mais pesado e tem movimento descendente. </li></ul><ul><li>-> influencia a pressão atmosférica – força que o ar exerce sobre a superfície terrestre, medida em milibares (1013 mb) </li></ul>
  11. 13. <ul><li>A pressão atmosférica influencia a ocorrência de precipitação ou de tempo seco ->acção dos centros de baixas e de altas pressões . </li></ul><ul><li>O movimento do ar nos centros de baixas e de altas pressões, no hemisfério norte </li></ul>
  12. 14. Anticiclone <ul><li>A pressão aumenta da períferia para o centro. </li></ul><ul><li>O movimento vertical do ar é descendente e, à superfíe, é divergente. </li></ul><ul><li>Ao descer, a temperatura do ar aumenta, não se dando a condensação do vapor de água. Assim, os centros de altas pressões associam-se, geralmente, a céu limpo e tempo seco . </li></ul>
  13. 15. Depressão <ul><li>A pressão diminui da períferia para o centro. </li></ul><ul><li>O movimento do ar é convergente à superfíe e ascendente na vertical. </li></ul><ul><li>Ao subir a temperatura ao ar diminui, o que provoca a condensação de vapor de água, formando-se nuvens que podem originar precipitação . Assim, aos centros de baixas pressões associa-se, geralmente, mau tempo . </li></ul>
  14. 17. <ul><li>A distribuição dos principais centros de pressão provoca a circulação do ar na atmosfera : </li></ul><ul><li>• no equador , formam-se baixas pressões e em altitude o ar mais frio dirige-se para as regiões tropicais; </li></ul><ul><li>• nas regiões tropicais o ar desce e origina altas pressões ; à superficie diverge em direcção ao equador e às latitudes médias (40° a 60° N e S); </li></ul><ul><li>• nas latitudes médias , o ar tropical encontra-se com o ar que vem dos pólos provocando um movimento ascendente e a formação de baixas pressões ; </li></ul><ul><li>• nos pólos formam-se altas pressões e por isso o ar diverge à superficie a partir dessas regiões. </li></ul>
  15. 18. <ul><li>A localização dos principais centros de baixas e altas pressões e a circulação do ar na atmosfera </li></ul>
  16. 19. <ul><li>A localização dos centros de baixas e altas pressões é o principal factor da desigual distribuição da precipitação: </li></ul><ul><li>• Valores mais elevados -> faixa equatorial seguida das regiões de latitude média. </li></ul><ul><li>• Precipitação mais escassa -> nas regiões polares e nos grandes desertos das latitudes tropicais. </li></ul><ul><li>Precipitação média anual no mundo </li></ul>

×