Agosto 2014
Por que acreditamos que 
a comunicação mudou? 
Opinião pública. Além do 
formador de opinião e 
do influenciador online 
a...
AS PESSOAS 
MUDARAM. E 
NOVAS 
TECNOLOGIAS 
PASSARAM A 
FAZER PARTE 
DA DAS 
NOSSAS 
VIDAS
O MUNDO DAS TRIBOS
NOVAS INTERFACES
DESCENTRALIZAÇÃO 
DA PRODUÇÃO DE 
CONTEÚDO; DA 
DISSEMINAÇÃO E DO 
ARMAZENAMENTO 
DE DADOS
Modelo e cultura de massa 
Esquema da comunicação linear 
Modelo de emissor, receptor, 
código e canal 
Princípio da front...
Comunicação em rede, modelo circular, não linear, de imersão. Multidirecional. 
Informação deve poder circular e a socieda...
O Meio é a Mensagem e Aldeia Global. 
Foco não são os efeitosideológicos dos meios de comunicação sobre as pessoas, mas a ...
OPINIÃO 
PÚBLICA. 
AGENDA 
SETTING 
ESPIRAL DO 
SILÊNCIO
FORMADOR DE OPINIÃO. ATUA DIRETAMENTE NA CONSTRUÇÃO DA OPIINIÃO DAS PESSOAS, NORMALMENTE, IMPONDO A ELAS SUA LÓGICA DE PEN...
INFLUENCIADOR ONLINE. EMPREENDEDOR COGNITIVO. ATUA DIRETAMENTE EM SUA REDE E INDIRETAMENTE NAS REDES DE SUAS REDES. NÃO IM...
Possibilidade de acesso de todos a 
todas as informações 
Debate coletivo em rede sobre a 
questões de interesse público 
...
QUAL É O PONTO 
COMUM ENTRE 
ARNALDO JABOR E 
LEANDRO BRAVO? 
MUITOS, TALVEZ. O 
QUE INTERESSA 
AQUI É QUE: UMA 
ESTRATÉGI...
Rodrigo Padron| CEO 
rodrigo.padron@conceptpr.com.br 
+55 11 4095-2939 
Address 
Rua Cônego Eugênio Leite, 933 
Pinheiros,...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Das massas para as redes - Rodrigo Padron

234

Published on

Por Rodrigo Padron - ConceptPR
#SMBRnaCasper

Published in: Social Media
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
234
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Das massas para as redes - Rodrigo Padron

  1. 1. Agosto 2014
  2. 2. Por que acreditamos que a comunicação mudou? Opinião pública. Além do formador de opinião e do influenciador online agenda
  3. 3. AS PESSOAS MUDARAM. E NOVAS TECNOLOGIAS PASSARAM A FAZER PARTE DA DAS NOSSAS VIDAS
  4. 4. O MUNDO DAS TRIBOS
  5. 5. NOVAS INTERFACES
  6. 6. DESCENTRALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DE CONTEÚDO; DA DISSEMINAÇÃO E DO ARMAZENAMENTO DE DADOS
  7. 7. Modelo e cultura de massa Esquema da comunicação linear Modelo de emissor, receptor, código e canal Princípio da frontalidade – de um para muitos Estático Pressupõe controle
  8. 8. Comunicação em rede, modelo circular, não linear, de imersão. Multidirecional. Informação deve poder circular e a sociedade da informação só pode existir sob a condição de trocas sem barreiras. Receptor passa a ter um papel tão importante quanto o emissor. Interação está ligada à presença simultânea de atores sociais em uma mesma situação. Modelo de participação, colaboração e interação.
  9. 9. O Meio é a Mensagem e Aldeia Global. Foco não são os efeitosideológicos dos meios de comunicação sobre as pessoas, mas a interferência deles nas sensações humanas. Mundo interligado, com estreitas relações econômicas, políticas e sociais, fruto da evolução das Tecnologias da Informação e da Comunicação, particularmente da web, diminuidoras das distâncias e das incompreensões entre as pessoas e promotor da emergência de uma consciência global. NÃO EXISTE O PRINCÍPIO DA DIVISÃO ENTRE ONLINE E OFFLINE
  10. 10. OPINIÃO PÚBLICA. AGENDA SETTING ESPIRAL DO SILÊNCIO
  11. 11. FORMADOR DE OPINIÃO. ATUA DIRETAMENTE NA CONSTRUÇÃO DA OPIINIÃO DAS PESSOAS, NORMALMENTE, IMPONDO A ELAS SUA LÓGICA DE PENSAMENTO. UM ESTADO PERMANENTE. USA MEIOS DE MASSA PARA ISSO. SUA MENSAGEM TEM ESCALA, PENETRAÇÃO NAS CLASSES. SEU DISCURSO É LEGITIMO PORQUE FOII ENDOSSADO PELA CULTURA DE MASSA
  12. 12. INFLUENCIADOR ONLINE. EMPREENDEDOR COGNITIVO. ATUA DIRETAMENTE EM SUA REDE E INDIRETAMENTE NAS REDES DE SUAS REDES. NÃO IMPÕE SUA OPINIÃO, MAS DETERMINA A AGENDA. É UM ESTADO PROVISÓRIO. SEU DISCURSO É LEGÍTIMO, BASICAMENTE, POR TRÊS RAZÕES: EXPERTISE, POPULARIDADE E CAPACIDADE DE CONTAR UMA HISTÓRIA.
  13. 13. Possibilidade de acesso de todos a todas as informações Debate coletivo em rede sobre a questões de interesse público Fim do controle e do agenciamento das informações por parte dos monopólios econômicos e políticos das empresas de comunicação Fim dos pontos de vista centrais e das ideologias políticas que tinham a pretensão de controlar e agenciar o conflito social Advento de uma lógica social conectiva que se expressa na capacidade de mobilização nas redes sociais digitais: setores diversos e heterogêneos da população em torno de um tema comum
  14. 14. QUAL É O PONTO COMUM ENTRE ARNALDO JABOR E LEANDRO BRAVO? MUITOS, TALVEZ. O QUE INTERESSA AQUI É QUE: UMA ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO VAI MUITO ALÉM DELES
  15. 15. Rodrigo Padron| CEO rodrigo.padron@conceptpr.com.br +55 11 4095-2939 Address Rua Cônego Eugênio Leite, 933 Pinheiros, São Paulo -SP tel.:+55 11 4095-2900 fax.: +55 11 4095-2901
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×