Your SlideShare is downloading. ×
0
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

SMBR2012 | O bom, o mau e o #fail - Palestra #SMBR2012

492

Published on

O bom, o mau e o fail: influência, relevância e trapaças em ações com influenciadores

O bom, o mau e o fail: influência, relevância e trapaças em ações com influenciadores

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
492
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. O MauO Bom O #fail
  2. Natália Mateus Sócia Fundadora da Presença OnlineMeio mineira meio paulistaTrabalho há 4 anos comcomunicação digital, já fuiestagiária, analista decomunicação, analista deinformação/métricas e hojeatuo como Coordenadora deProjetos Digitais. @natalia2m
  3. O Bom
  4. Fontes: Delloite / IAB Brasil70% das empresas brasileirasutilizam ou monitoram mídia social R$ 4,6 bi é a previsão de investimento em publicidade online em 2012 no Brasil
  5. 60 milhões de blogs no Brasil33 milhões de contas no Twitter Fontes: IBOPE Nielsen Online | Semiocast
  6. MídiaCanal Formatos Ponto Forte Característica Spot JingleRádio Abrangência Broadcast Flash Drops
  7. Mídia Canal Formatos Ponto Forte Característica Tangibilidade eRevista/Jornal Coluna/Página Broadcast Credibilidade
  8. MídiaCanal Formatos Ponto Forte Característica Comercial TV Merchandising Imagem + Som Broadcast Patrocínio
  9. MídiaCanal Formatos Ponto Forte Característica Mobilização Tweet Pago Broadcast ... Compartilhamento rápido
  10. MídiaCanal Formatos Ponto Forte Característica Publieditorial Agregadores de Patrocínio conteúdoBlogs Banners Engajamento “Envelopamento” Segmentação ...
  11. MídiaCanal Formatos Ponto Forte Característica Aplicativo Quizz Patrocínio Relacionamento Engajamento ...
  12. Blog e Twitter são veículos profissionais de comunicação?
  13. Pode ser.
  14. . Autor conhecido. Periodicidade de publicações. Conteúdo de valor. Política publicitária. Linha editorial definida. Ser legalizado
  15. Formatos mais utilizados Tweet Pago Publieditorial RP Digital
  16. Formatos pouco utilizados Patrocínio Promoções culturais Eventos Troca de conhecimentos Newsletter
  17. Como separar o joio do trigo?
  18. O Mau
  19. Felipe Signorini DesenvolvedorApaixonado por tecnologiaEspecializado em desenvolvimentode sistemas online (php)APIS de ferramentas sociaisJá participou de projetos paraclientes como VIVO, Sebrae, Sascar,Anhembi Morumbi e FundaçãoTelefônica. @signorini
  20. Conhecendo o lado negroFerramentas para ganhar followers no twitterComo funciona os rôbosComo indentificar usuários que utilizam scriptsGerando PageRank com BlackHatQuais são as consequênciasO que está por vir
  21. Ganhando seguidores no Twitter
  22. Ganhando seguidores no Twitter #1Crescimento natural por causa de seu conteúdo/personalidade Blablablablablabla
  23. Ganhando seguidores no Twitter #2Follow Back manual
  24. Ganhando seguidores no Twitter #3Concedendo permissões à ferramentas
  25. Ganhando seguidores no Twitter #3Concedendo permissões à ferramentas
  26. Ganhando seguidores no Twitter #3Concedendo permissões à ferramentas Usuários não pagantes
  27. Ganhando seguidores no Twitter #3Concedendo permissões à ferramentas Usuário pagante
  28. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Twitter CounterCampanha Nissan – ganhe um carro com mais retweets Fonte: Veja - Abril
  29. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  30. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  31. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  32. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  33. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  34. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  35. Ganhando seguidores no TwitterComo identificar Sequaz
  36. Ganhando seguidores no TwitterConsequências Lembre-se o sistema possui autorização para fazer o que quiser. Enviar tweets em seu nome, seguir quem ele desejar e até mudar a imagem de fundo/avatar. Ter a conta suspensa pelo próprio Twitter.
  37. Trend Topics
  38. Entrando no Trend Topics #1Assunto com relevância
  39. Entrando no Trend Topics #2Burburinho automático
  40. Entrando no Trend Topics #2Burburinho automático
  41. Entrando no Trend Topics #2Como identificar: Fakes
  42. Entrando no Trend Topics #2Como identificar: Robôs
  43. Entrando no Trend Topics #2Como identificar: Spam
  44. Entrando no Trend Topics #2Como prevenir
  45. SEO Blackhat
  46. Gerando page rank com blackhat #1Mini sites (doorway) keyword1.com.br keyword2.com.br Resultado da busca meusite.com.br keyword3.com.br Fonte: MestreSEO
  47. Gerando page rank com blackhat #2Comprando links (farm-link) meusite.com.br
  48. Gerando page rank com blackhatComo identificar: ferramenta Google Webmaster
  49. Gerando page rank com blackhatConsequências A cada dia o Google fica mais inteligente para detectar essas trapaças. Aumento em prazo curto mais a tendência é a queda em prazo longo.
  50. A gota do mar negro
  51. A gota do mar negro
  52. O #FAIL
  53. Como separar o joio do trigo?
  54. Ferramentas podem ajudar
  55. Pesquise, sem preguiçaInterpolação
  56. Pesquise, sem preguiça37% ativos no último mês 43% ativos no último mês 41% ativos no último mês
  57. Pesquise, sem preguiçaFrequência Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
  58. O que considerar em blogs1. Quantidade de links apontados para eles2. Periodicidade de atualização3. Pagerank4. Quantidade de páginas indexadas5. Presença digital do blogueiro6. Se ele já fez outras ações (e se possível saber qual foi o resultado)7. Ver se linguagem usada por ele se adequa com seu objetivo de comunicação8. Há quanto tempo o blog existe9. Se possui mídia kit10. Quantidade de assinantes do feed/newsletter11. Quantidade de acessos (analytics)12. Plataforma (própria ou coletiva)
  59. O que considerar no Twitter1. Proporção de seguidores/seguidos2. Interação com os leitores3. Quem são os principais seguidores4. A curva de crescimento de followers5. Interpolação de público com outros perfis semelhantes6. Abrangência/Alcance7. Atividade de followers nos últimos dias8. Linguagem utilizada9. Horários de pico para publicações10. Bio da pessoa
  60. Ou seja… Conteúdo PeriodicidadeAbrangência Linguagem
  61. Vai um post aí?
  62. O Que não fazer, caso PumaNão direcione a opiniãoNão peça divulgação sem contrapartidaNada de gincanasProporcione a experiência do blogueiro com o produto
  63. O que fazer1. Pesquise sempre2. Produza conteúdo de valor3. Aborde profissionalmente4. Receba bem (caso presencial) ou dê assistência (caso virtual)5. Monitore resultados com métricas diferentes6. Agradeça sempre os parceiros e lhes dê retorno de seu desempenho na ação7. Cuidado com mIgUxIsMo8. Não acredite em tudo que as ferramentas dizem
  64. Perguntas?@natalia2m @signorini

×